FULL

TEXT



comunicação

3265349 matching pages

Results 1-100

http://sistemas.ufg.br/CONCURSOS_WEB/
  SISCONCURSO - Sistema de Concursos - Universidade Federal de Goiás SISCONCURSO Sistema de Concursos Clique aqui e baixe a resolução para professor efetivo. Clique aqui e baixe a resolução para professor substituto/visitante. Clique aqui e baixe o tutorial para inscrições em concursos. Início | Logar | Cadastre-se | Meu cadastro | Inscrições | Sair | Ajuda Concursos/Processos Seletivos Previstos ou ... 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro FIC - FACULDADE DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PPG - Comunicação ... substituto FIC - FACULDADE DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Sistemas de Informação e Decisão I e II ... - FACULDADE DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Comunicação, Design e Tecnologia GOIÂNIA 1/2017 Professor substituto FIC - FACULDADE DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Organização e Representação da Informação GOIÂNIA 1/2017 Professor substituto FIC - FACULDADE DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Teorias da Comunicação e CACHE

SISCONCURSO - Sistema de Concursos - Universidade Federal de Goiás SISCONCURSO Sistema de Concursos Clique aqui e baixe a resolução para professor efetivo. Clique aqui e baixe a resolução para professor substituto/visitante. Clique aqui e baixe o tutorial para inscrições em concursos. Início | Logar | Cadastre-se | Meu cadastro | Inscrições | Sair | Ajuda Concursos/Processos Seletivos Previstos ou com Inscrições Abertas N.º Edital Seleção Unidade Concurso/Processos Seletivo Local 58/2017 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Química GOIÂNIA Informações Inscrever 54/2017 Professor efetivo FCT - FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA Sensoriamento Remoto e Geoestatística APARECIDA DE GOIANIA Informações Cancelado 18/2017 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Toxicologia Veterinária GOIÂNIA Informações Inscrever 18/2017 Professor efetivo FCT - FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA Logística APARECIDA DE GOIANIA Informações Inscrever Concursos/Processos Seletivos em Andamento N.º Edital Seleção Unidade Concurso/Processo Seletivo Local Situação 63/2017 Técnico administrativo substituto FL - FACULDADE DE LETRAS Profissional Técnico Especializado em Linguagem de Sinais - LIBRAS teste GOIÂNIA EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Departamento de Pedagogia/Pedagogia GOIÂNIA EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Artes Visuais/Gravura em Relevo e Gravura em Metal GOIÂNIA EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Desenho de Moda/Desenho de Moda I e II, Ilustração Digital de Moda, Pesquisa em Design de Moda e Desenvolvimento de Produtos de Moda GOIÂNIA EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Desenho Técnico GOIÂNIA EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Design de Ambientes/Fundamentos de Geometria Descritiva, Representação 2D e 3D, Laboratório de Projetos Interiores GOIÂNIA EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Design de Ambientes/Gestão de Projetos e Marketing, Tecnologia de Materiais, Ergonomia e Conforto Acústico GOIÂNIA EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Design Gráfico/Orientação Supervisionada de Projetos de Design. Gestão em Design e Design Estratégico. Materiais e Tecnologias Gráficas. Estudos Cromáticos. Design Ambiental e História do Design GOIÂNIA EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto FAFIL - FACULDADE DE FILOSOFIA Filosofia GOIÂNIA EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto FH - FACULDADE DE HISTÓRIA História da América Colonial GOIÂNIA EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto FM - FACULDADE DE MEDICINA Medicina Legal GOIÂNIA EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Farmacologia GOIÂNIA EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Ensino de Geografia GOIÂNIA EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Saúde Coletiva GOIÂNIA EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto FENG - UAE - DE ENGENHARIA - CATALÃO Engenharia Civil/Geotecnia e Desenho Técnico CATALÃO EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto FENG - UAE - DE ENGENHARIA - CATALÃO Engenharia Civil/Hidráulica, Mecânica dos Fluídos e Desenho Técnico CATALÃO EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto UAEREJ_CSA - UAE REJ CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS Direito JATAÍ EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto UAEREJ_GEO - UAE REJ ESTUDOS GEOGRÁFICOS Geografia Física JATAÍ EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Clínica Médica JATAÍ EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto CIEXA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS EXATAS - JATA Educação Matemática e Matemática Básica JATAÍ EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto CIEXA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS EXATAS - JATA Física Geral JATAÍ EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto CIEXA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS EXATAS - JATA Química Geral/Orgânica JATAÍ EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto CH-GOIAS - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS HUMANAS - GOI Ensino de Física GOIÁS EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto IMTEC-CAT - UNID. ACAD. ESP/MATEMATICA E TECNOLOGI Matemática CATALÃO EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto CSA-GOIAS - UNID.ACAD.ESP/CIENC SOCIAIS APLIC-GOIA Administração Geral GOIÁS EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto CSA-GOIAS - UNID.ACAD.ESP/CIENC SOCIAIS APLIC-GOIA Fundamentos Histórico Teórico Metodológicos do Serviço Social e Estágio Supervisionado GOIÁS EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto CSA-GOIAS - UNID.ACAD.ESP/CIENC SOCIAIS APLIC-GOIA Projeto, Teoria e História da Arquitetura e do Urbanismo/Concepção e Crítica GOIÁS EM ANDAMENTO 61/2017 Professor substituto CSA-GOIAS - UNID.ACAD.ESP/CIENC SOCIAIS APLIC-GOIA Projeto, Teoria e História da Arquitetura e do Urbanismo/Concepção e Representação GOIÁS EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Cirurgia de Grandes Animais GOIÂNIA EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Forragicultura e Pastagens GOIÂNIA EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Produção de Suínos GOIÂNIA EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo FCT - FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA Geologia Estrutural APARECIDA DE GOIANIA EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo FCT - FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA Gestão e Meio Ambiente em Transportes APARECIDA DE GOIANIA EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo FCT - FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA Hidrogeologia APARECIDA DE GOIANIA EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo FCT - FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA Sensoriamento Remoto e Geoestatística APARECIDA DE GOIANIA EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Relações Internacionais (Política e Negócios Internacionais) GOIÂNIA EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Didática e Estágio em Educação Infantil e Anos Iniciais do Ensino Fundamental GOIÂNIA EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia da Educação GOIÂNIA EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia Social do Trabalho e Psicologia Organizacional GOIÂNIA EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo FEFD - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FISICA E DANÇA Educação Física, Saúde Coletiva e Formação em Saúde GOIÂNIA EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo FEFD - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FISICA E DANÇA Formação de Professores e Estágio em Educação Física Escolar GOIÂNIA EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo FEN - FACULDADE DE ENFERMAGEM Enfermagem Psiquiátrica e Saúde Mental GOIÂNIA EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo FANUT - FACULDADE DE NUTRIÇÃO Alimentos e Nutrição Básica GOIÂNIA EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo FANUT - FACULDADE DE NUTRIÇÃO Nutrição em Saúde Pública GOIÂNIA EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Astronomia GOIÂNIA EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Dermatologia GOIÂNIA EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Doenças Infecciosas e Parasitárias GOIÂNIA EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Imunologia GOIÂNIA EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Saúde Coletiva GOIÂNIA EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Virologia GOIÂNIA EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Química Analítica/Subárea: Química Ambiental ou Eletroanalítica GOIÂNIA EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo CEGEN - UAE - DE GESTÃO DE NEGÓCIOS - CATALÃO Administração Geral CATALÃO EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo UAEREJ_CHL - UAE REJ CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS Linguística e Formação de Professores de Língua Portuguesa JATAÍ EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo UAEREJ_CHL - UAE REJ CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS Psicologia da Saúde JATAÍ EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo IBIOTEC-CA - UNID. ACAD. ESP/BIOTECNOLOGIA - CATALA Educação Física e Saúde CATALÃO EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo IBIOTEC-CA - UNID. ACAD. ESP/BIOTECNOLOGIA - CATALA Enfermagem na Saúde do Adulto/Idoso em Cuidados Clínicos e Cirúrgicos CATALÃO EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo CIAGRA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS AGRARIAS-JATA Ciências Florestais JATAÍ EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Estágio Supervisionado em Biomedicina, Bioética, Exercício Profissional e Gestão Laboratorial JATAÍ EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Farmacologia, Bioquímica e áreas afins JATAÍ EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Saúde do Adulto e Idoso com ênfase em Anatomia Humana JATAÍ EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo CH-GOIAS - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS HUMANAS - GOI Letras-Português GOIÁS EM ANDAMENTO 54/2017 Professor efetivo FAE-CAT - UNID. ACAD. ESP./EDUCAÇÃO - CATALÃO Ensino de Ciências da Natureza em Física CATALÃO EM ANDAMENTO 18/2017 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Contabilidade Gerencial GOIÂNIA EM ANDAMENTO 18/2017 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Medicina da Criança e do Adolescente JATAÍ EM ANDAMENTO 17/2017 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Microbiologia Aplicada, Doenças Infecciosas e Diagnóstico Molecular aplicados à Medicina Veterinária GOIÂNIA EM ANDAMENTO Concursos/Processos Seletivos Encerrados N.º Edital Seleção Unidade Concurso/Processo Seletivo Local 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO PPG - Ensino na Educação Básica GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro EA - ESCOLA DE AGRONOMIA PPG - Agronegócio GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro EA - ESCOLA DE AGRONOMIA PPG - Agronomia GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro EA - ESCOLA DE AGRONOMIA PPG - Ciência e Tecnologia de Alimentos GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro EA - ESCOLA DE AGRONOMIA PPG - Genética e Melhoramento de Plantas/ EA GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro EECA - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL PPG - Engenharia Ambiental e Sanitária GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro EECA - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL PPG - Geotecnia, Estruturas e Construção Civil GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro EMC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA, MECÂNICA E DE COMPUTAÇÃO PPG - Engenharia Elétrica e de Computação GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA PPG - Ciência Animal GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA PPG - Zootecnia/EVZ GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS PPG - Economia GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS PPG - Arte e Cultura Visual/FAV GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS PPG - Projeto e Cidade GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS PPG - Antropologia Social GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS PPG - Ciência Política GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS PPG - Performances Culturais GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro FD - FACULDADE DE DIREITO PPG - Direito Agrário GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro FD - FACULDADE DE DIREITO PPG - Direito e Políticas Públicas GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO PPG - Educação GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro FEFD - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FISICA E DANÇA PPG - Educação Física GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro FEN - FACULDADE DE ENFERMAGEM PPG - Enfermagem GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro FF - FACULDADE DE FARMÁCIA PPG - Assistência e Avaliação em Saúde GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro FF - FACULDADE DE FARMÁCIA PPG - Ciências Farmacêuticas GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro FF - FACULDADE DE FARMÁCIA PPG - Nanotecnologia Farmacêutica/UFG GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro FAFIL - FACULDADE DE FILOSOFIA PPG - Filosofia GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro FH - FACULDADE DE HISTÓRIA PPG - História GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro FIC - FACULDADE DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PPG - Comunicação GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro FL - FACULDADE DE LETRAS PPG - Letras e Linguística GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro FM - FACULDADE DE MEDICINA PPG - Ciências da Saúde GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro FM - FACULDADE DE MEDICINA PPG - Ensino na Saúde/FM GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro FANUT - FACULDADE DE NUTRIÇÃO PPG - Nutrição e Saúde GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA PPG - Odontologia GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS PPG - Biodiversidade Animal/ ICB GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS PPG - Biodiversidade Vegetal/ ICB GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS PPG - Ciências Biológicas GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS PPG - Ciências Fisiológicas GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS PPG - Ecologia e Evolução GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS PPG - Genética e Biologia Molecular GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS PPG - Geografia - Goiânia GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro IF - INSTITUTO DE FÍSICA PPG - Física GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA PPG - Ciência da Computação GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA PPG - Matemática GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA PPG - Biologia da Relação Parasito-Hospedeiro GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA PPG - Medicina Tropical e Saúde Pública GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA PPG - Engenharia Química GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA PPG - Química GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro PRPG - PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO PPG - Biotecnologia e Biodiversidade - UNB GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro PRPG - PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO PPG - Ciências Ambientais GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro PRPG - PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO PPG - Direitos Humanos/PRPG GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro PRPG - PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO PPG - Educação em Ciências e Matemática GOIÂNIA 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro UAEREJ_CHL - UAE REJ CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS PPG - Educação/REJ JATAÍ 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro UAEREJ_GEO - UAE REJ ESTUDOS GEOGRÁFICOS PPG - Geografia/REJ JATAÍ 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro CIAGRA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS AGRARIAS-JATA PPG - Agonomia/REJ JATAÍ 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro CIAGRA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS AGRARIAS-JATA PPG - Biociência Animal/REJ JATAÍ 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA PPG - Ciências Aplicadas à Saúde/REJ JATAÍ 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro IFQC-CAT - UNID. ACAD. ESP/FISICA E QUIMICA - CAT PPG - Ciências Exatas e Tecnológicas/ RC CATALÃO 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro IFQC-CAT - UNID. ACAD. ESP/FISICA E QUIMICA - CAT PPG(UFG) - Química/RC CATALÃO 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro IFQC-CAT - UNID. ACAD. ESP/FISICA E QUIMICA - CAT PPG(UFGD,UEG E UFG) - Química/RC CATALÃO 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro IGEO-CAT - UNID. ACAD. ESP/GEOGRAFIA - CATALAO PPG - Geografia/RC CATALÃO 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro ILELI-CAT - UNID. ACAD. ESP/LETRAS E LINGUISTICA C PPG - Estudos da Linguagem/RC CATALÃO 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro IMTEC-CAT - UNID. ACAD. ESP/MATEMATICA E TECNOLOGI PPG - Modelagem e Otimização/RC CATALÃO 55/2017 Professor Visitante/Estrangeiro INHCS-CAT - UNID.ACAD.ESP/HIST. E CIENCIAS SOCIAIS PPG - História/RC CATALÃO 54/2017 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Matemática GOIÂNIA 54/2017 Professor efetivo EECA - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL Estruturas/Subárea: Mecânica das Estruturas GOIÂNIA 54/2017 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Angiologia e Cirurgia Vascular GOIÂNIA 54/2017 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Cirurgia Geral e/ou Cirurgia do Aparelho Digestivo GOIÂNIA 54/2017 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Cirurgia Plástica GOIÂNIA 54/2017 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Neurocirurgia GOIÂNIA 46/2017 Professor substituto CIBIO-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS BIOLOGICAS-JA Fisiologia animal, humana e comparada JATAÍ 46/2017 Professor substituto CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Educação Física, Esporte e Estágio JATAÍ 46/2017 Professor substituto CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Educação Física, Saúde e Estágio JATAÍ 46/2017 Professor substituto CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Estágio, Expressão Corporal e Dança JATAÍ 46/2017 Professor substituto CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Farmacologia JATAÍ 43/2017 Professor substituto CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Departamento de Geografia/ Geografia GOIÂNIA 43/2017 Professor substituto EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Composição Musical e Linguagens Musicais GOIÂNIA 43/2017 Professor substituto EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Guitarra, Ensino Coletivo de Violão e Prática de Conjunto GOIÂNIA 43/2017 Professor substituto EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Bovinocultura de Leite GOIÂNIA 43/2017 Professor substituto EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Forragicultura e Pastagens GOIÂNIA 43/2017 Professor substituto EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Suinocultura GOIÂNIA 43/2017 Professor substituto EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Técnica Operatória e Cirurgia de Grandes Animais GOIÂNIA 43/2017 Professor substituto FM - FACULDADE DE MEDICINA Pneumologia GOIÂNIA 43/2017 Professor substituto ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Ensino de Ciências e Biologia e Estágio Curricular Supervisionado GOIÂNIA 43/2017 Professor substituto CIAGRA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS AGRARIAS-JATA Medicina Veterinária Preventiva JATAÍ 43/2017 Professor substituto CIBIO-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS BIOLOGICAS-JA Ensino de Biologia e Estágio Curricular Supervisionado JATAÍ 43/2017 Professor substituto CIEXA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS EXATAS - JATA Estrutura de Dados e Arquitetura de de Computadores JATAÍ 43/2017 Professor substituto CH-GOIAS - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS HUMANAS - GOI Ensino de Física GOIÁS 43/2017 Professor substituto CH-GOIAS - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS HUMANAS - GOI Filosofia Geral e Filosofia da Educação GOIÁS 43/2017 Professor substituto INHCS-CAT - UNID.ACAD.ESP/HIST. E CIENCIAS SOCIAIS Sociologia CATALÃO 32/02017 Professor substituto FEN - FACULDADE DE ENFERMAGEM Assistência de Enfermagem ao Paciente Crítico GOIÂNIA 32/02017 Professor substituto FEN - FACULDADE DE ENFERMAGEM Enfermagem Cirúrgica GOIÂNIA 32/02017 Professor substituto FEN - FACULDADE DE ENFERMAGEM Enfermagem Pediátrica e Neonatológica GOIÂNIA 32/02017 Professor substituto FEN - FACULDADE DE ENFERMAGEM Enfermagem Psiquiátrica GOIÂNIA 32/02017 Professor substituto FIC - FACULDADE DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Sistemas de Informação e Decisão I e II, Segurança de Informação e Proteção do Conhecimento, Gerência de Sistemas de Informação GOIÂNIA 32/02017 Professor substituto IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Geografia Humana GOIÂNIA 32/02017 Professor substituto IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Matemática/ Estatística GOIÂNIA 32/02017 Professor substituto CEGEN - UAE - DE GESTÃO DE NEGÓCIOS - CATALÃO Administração Geral CATALÃO 27/2017 Professor substituto EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Bateria, Prática de Conjunto e Música de Câmara GOIÂNIA 27/2017 Professor substituto FF - FACULDADE DE FARMÁCIA Hematologia Clínica e Líquidos Corporais GOIÂNIA 27/2017 Professor substituto FH - FACULDADE DE HISTÓRIA História do Brasil GOIÂNIA 27/2017 Professor substituto FM - FACULDADE DE MEDICINA Medicina Interna e Geriatria GOIÂNIA 27/2017 Professor substituto FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Odontologia Coletiva e Estágios em Odontologia Coletiva GOIÂNIA 27/2017 Professor substituto FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Odontologia Coletiva e Estágios em Odontologia Coletiva GOIÂNIA 27/2017 Professor substituto UAEREJ_CHL - UAE REJ CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS Língua Inglesa JATAÍ 27/2017 Professor substituto UAEREJ_CHL - UAE REJ CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS Psicologia do Trabalho e das Organizações JATAÍ 27/2017 Professor substituto UAEREJ_CSA - UAE REJ CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS Direito JATAÍ 27/2017 Professor substituto IBIOTEC-CA - UNID. ACAD. ESP/BIOTECNOLOGIA - CATALA Enfermagem/ Estágio Curricular Obrigatório em Enfermagem CATALÃO 27/2017 Professor substituto IBIOTEC-CA - UNID. ACAD. ESP/BIOTECNOLOGIA - CATALA Saúde Coletiva CATALÃO 27/2017 Professor substituto CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Hidroterapia, Ergonomia , Fisioterapia Dermatofuncional, Fisioterapia Geral e Estágio Supervisionado JATAÍ 27/2017 Professor substituto IMTEC-CAT - UNID. ACAD. ESP/MATEMATICA E TECNOLOGI Matemática CATALÃO 21/2017 Professor substituto EA - ESCOLA DE AGRONOMIA Desenho Técnico e Construções Rurais GOIÂNIA 21/2017 Professor substituto EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Bateria, Prática de Conjunto e Música de Câmara GOIÂNIA 21/2017 Professor substituto EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Harmonia Funcional Aplicada, Prática de Harmonia e Conjunto Musical MPB GOIÂNIA 21/2017 Professor substituto EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais GOIÂNIA 21/2017 Professor substituto EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Doenças Parasitárias dos Animais GOIÂNIA 21/2017 Professor substituto EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Toxicologia e Práticas Hospitalares GOIÂNIA 21/2017 Professor substituto FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Museologia GOIÂNIA 21/2017 Professor substituto FL - FACULDADE DE LETRAS Espanhol GOIÂNIA 21/2017 Professor substituto FM - FACULDADE DE MEDICINA Cirurgia Geral e Aparelho Digestivo GOIÂNIA 21/2017 Professor substituto FM - FACULDADE DE MEDICINA Medicina Interna e Geriatria GOIÂNIA 21/2017 Professor substituto FM - FACULDADE DE MEDICINA Neurocirurgia GOIÂNIA 21/2017 Professor substituto FANUT - FACULDADE DE NUTRIÇÃO Alimentação Coletiva GOIÂNIA 21/2017 Professor substituto FANUT - FACULDADE DE NUTRIÇÃO Alimentos e Nutrição Básica GOIÂNIA 21/2017 Professor substituto FANUT - FACULDADE DE NUTRIÇÃO Nutrição em Saúde Pública GOIÂNIA 21/2017 Professor substituto IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Patologia Geral GOIÂNIA 21/2017 Professor substituto UAEREJ_CHL - UAE REJ CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS Psicologia da Saúde JATAÍ 21/2017 Professor substituto UAEREJ_CHL - UAE REJ CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS Psicologia do Trabalho e das Organizações JATAÍ 21/2017 Professor substituto IBIOTEC-CA - UNID. ACAD. ESP/BIOTECNOLOGIA - CATALA Gerenciamento e Gestão em Enfermagem CATALÃO 21/2017 Professor substituto CIAGRA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS AGRARIAS-JATA Solos JATAÍ 21/2017 Professor substituto CIBIO-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS BIOLOGICAS-JA Anatomia Humana e Comparada JATAÍ 21/2017 Professor substituto CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Medicina da Família e Comunidade JATAÍ 21/2017 Professor substituto CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Parasitologia JATAÍ 21/2017 Professor substituto CIEXA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS EXATAS - JATA Sistemas Operacionais e Arquitetura de Computadores JATAÍ 21/2017 Professor substituto IFQC-CAT - UNID. ACAD. ESP/FISICA E QUIMICA - CAT Física Geral CATALÃO 18/2017 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Educação Física GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Matemática GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA Meteorologia e Climatologia Agrícola e Florestal GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo EECA - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL Construção Civil/Subárea: Processos Construtivos e Materiais e Componentes de Construção GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo EECA - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL Estruturas/Subárea: Mecânica das Estruturas GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo EECA - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL Geomática/Subárea: Topografia e Geodésia, Sistema de Informação Geográfica (SIG) e Sensoriamento Remoto GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo EECA - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL Hidrologia e Recursos Hídricos GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Direção de Arte: Desenho, Plástica e Representação Gráfica GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Cirurgia de Pequenos Animais GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Doenças Parasitárias dos Animais GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Toxicologia Veterinária GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Contabilidade Gerencial GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo FCT - FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA Engenharia de Materiais APARECIDA DE GOIANIA 18/2017 Professor efetivo FCT - FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA Geologia Estrutural APARECIDA DE GOIANIA 18/2017 Professor efetivo FCT - FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA Logística APARECIDA DE GOIANIA 18/2017 Professor efetivo FCT - FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA Logística APARECIDA DE GOIANIA 18/2017 Professor efetivo FCT - FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA Planejamento e Controle da Produção APARECIDA DE GOIANIA 18/2017 Professor efetivo FCT - FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA Portos e Vias Navegáveis APARECIDA DE GOIANIA 18/2017 Professor efetivo FEN - FACULDADE DE ENFERMAGEM Administração em Enfermagem GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo FEN - FACULDADE DE ENFERMAGEM Enfermagem em Saúde Coletiva GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo FEN - FACULDADE DE ENFERMAGEM Enfermagem na Saúde do Adulto e do Idoso GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo FEN - FACULDADE DE ENFERMAGEM Enfermagem Pediátrica GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo FH - FACULDADE DE HISTÓRIA História Moderna e Contemporânea GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Fundamentos Filosóficos e Sócio-Históricos da Educação e Políticas Educacionais do Brasil GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Libras e Linguística GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Ginecologia e Obstetrícia GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Ortopedia e Traumatologia GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Pediatria Geral GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Pediatria Geral e Medicina do Adolescente GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo FANUT - FACULDADE DE NUTRIÇÃO Alimentação Coletiva GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Dentística GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Endodontia GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Botânica Criptogâmica GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Ecologia GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo IF - INSTITUTO DE FÍSICA Física Médica GOIÂNIA 18/2017 Professor efetivo FENG - UAE - DE ENGENHARIA - CATALÃO Engenharia Mecânica CATALÃO 18/2017 Professor efetivo UAEREJ_GEO - UAE REJ ESTUDOS GEOGRÁFICOS Geografia Física JATAÍ 18/2017 Professor efetivo IBIOTEC-CA - UNID. ACAD. ESP/BIOTECNOLOGIA - CATALA Ciências Biológicas/Zoologia de Vertebrados/Anatomia Animal Comparada/Biogeografia CATALÃO 18/2017 Professor efetivo CIAGRA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS AGRARIAS-JATA Solos JATAÍ 18/2017 Professor efetivo CIBIO-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS BIOLOGICAS-JA Anatomia Humana e Comparada JATAÍ 18/2017 Professor efetivo CIBIO-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS BIOLOGICAS-JA Zoologia JATAÍ 18/2017 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Clínica Médica JATAÍ 18/2017 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Imagenologia JATAÍ 18/2017 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Imagenologia JATAÍ 18/2017 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Medicina da Criança e do Adolescente JATAÍ 18/2017 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Medicina da Criança e do Adolescente JATAÍ 18/2017 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Medicina da Família e Comunidade JATAÍ 18/2017 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Psiquiatria JATAÍ 18/2017 Professor efetivo CSA-GOIAS - UNID.ACAD.ESP/CIENC SOCIAIS APLIC-GOIA Direito Administrativo, Financeiro e Tributário GOIÁS 17/2017 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Microbiologia Aplicada, Doenças Infecciosas e Diagnóstico Molecular aplicados à Medicina Veterinária GOIÂNIA 17/2017 Professor efetivo FF - FACULDADE DE FARMÁCIA Fármacos e Medicamentos GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Artes Cênicas GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Departamento de Educação Infantil/ Pedagogia GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Departamento de História/ História GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Departamento de Língua Estrangeira - Inglês/ Inglês GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Departamento de Matemática/ Matemática GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Departamento de Pedagogia/ Pedagogia GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto EA - ESCOLA DE AGRONOMIA Fitopatologia GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto EECA - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL Ciências Ambientais GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Musicoterapia GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Regência e Canto GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Contabilidade Geral GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Fotografia e Vídeo GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Observação, Investigação e Linguagem GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto FD - FACULDADE DE DIREITO Direito Penal GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Didática/ Estágio GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto FEFD - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FISICA E DANÇA Ginástica e Educação Física Escolar GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto FEFD - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FISICA E DANÇA Processos de Formação em Dança: Técnica, Criação e Prática na Escola GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto FM - FACULDADE DE MEDICINA Cirurgia Geral e Aparelho Digestivo GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto FM - FACULDADE DE MEDICINA Medicina Interna e Geriatria GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto FM - FACULDADE DE MEDICINA Módulo Clínica Médica, Anestesiologia e Dor e Módulo de Emergências e Traumas GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto FM - FACULDADE DE MEDICINA Neurocirurgia GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Anatomia e Escultura Dental, Pré - clínica I e II, Área de Oclusão nas disciplinas: Clínica de Atenção Básica I e II, Estágio em Clínica Integrada I e II GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Odontopediatria/ Pré-clínica Infantil, Clínica Infantil I e II GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Fisiologia Vegetal GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Microbiologia GOIÂNIA 11/2017 Professor substituto FENG - UAE - DE ENGENHARIA - CATALÃO Engenharia de Minas/ Processamento Mineral CATALÃO 11/2017 Professor substituto UAEREJ_CHL - UAE REJ CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS Letras Inglês JATAÍ 11/2017 Professor substituto UAEREJ_CHL - UAE REJ CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS Linguística e Formação de Professores de Língua Portuguesa JATAÍ 11/2017 Professor substituto UAEREJ_CHL - UAE REJ CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS Psicologia do Trabalho e das Organizações JATAÍ 11/2017 Professor substituto UAEREJ_CHL - UAE REJ CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS Teoria Literária e Literatura Brasileira JATAÍ 11/2017 Professor substituto IBIOTEC-CA - UNID. ACAD. ESP/BIOTECNOLOGIA - CATALA Educação Física, Saúde e Esporte CATALÃO 11/2017 Professor substituto CIAGRA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS AGRARIAS-JATA Economia e Administração Rural JATAÍ 11/2017 Professor substituto CIBIO-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS BIOLOGICAS-JA Anatomia Humana e Comparada JATAÍ 11/2017 Professor substituto CIBIO-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS BIOLOGICAS-JA Anatomia Vegetal JATAÍ 11/2017 Professor substituto CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Bioquímica Clínica, Líquidos Corporais e Estágio Supervisionado em Análises Clínicas JATAÍ 11/2017 Professor substituto CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Diagnóstico Molecular, Biologia Celular e Molecular, Genética e Estágio Supervisionado em Análises Clínicas JATAÍ 11/2017 Professor substituto INHCS-CAT - UNID.ACAD.ESP/HIST. E CIENCIAS SOCIAIS Ensino de História CATALÃO 1/2017 Professor substituto CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Economia / Introdução à Economia, Economia Industrial, Engenharia Econômica e Fundamentos de Contabilidade APARECIDA DE GOIANIA 1/2017 Professor substituto CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Departamento de Educação Física / Educação Física GOIÂNIA 1/2017 Professor substituto EA - ESCOLA DE AGRONOMIA Desenvolvimento Rural / Sociologia Rural e Políticas de Desenvolvimento GOIÂNIA 1/2017 Professor substituto EA - ESCOLA DE AGRONOMIA Horticultura / Paisagismo e Floricultura GOIÂNIA 1/2017 Professor substituto EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Pedagogia do Teatro e Teorias do Espetáculo GOIÂNIA 1/2017 Professor substituto EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Bovinocultura de Corte GOIÂNIA 1/2017 Professor substituto FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Economia Geral GOIÂNIA 1/2017 Professor substituto FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Relações Internacionais GOIÂNIA 1/2017 Professor substituto FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Sociologia GOIÂNIA 1/2017 Professor substituto FIC - FACULDADE DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Comunicação, Design e Tecnologia GOIÂNIA 1/2017 Professor substituto FIC - FACULDADE DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Organização e Representação da Informação GOIÂNIA 1/2017 Professor substituto FIC - FACULDADE DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Teorias da Comunicação e Mídias Digitais GOIÂNIA 1/2017 Professor substituto FL - FACULDADE DE LETRAS LIBRAS GOIÂNIA 1/2017 Professor substituto FL - FACULDADE DE LETRAS Línguas Indígenas e Bilinguismo GOIÂNIA 1/2017 Professor substituto FM - FACULDADE DE MEDICINA Ginecologia e Obstetrícia GOIÂNIA 1/2017 Professor substituto FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Prótese Dentária I e II, Estágio em Clínica Integrada, Práticas Integradas em Reabilitação Bucal I e II GOIÂNIA 1/2017 Professor substituto INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Ciências da Computação/INF GOIÂNIA 1/2017 Professor substituto IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Dermatologia GOIÂNIA 1/2017 Professor substituto IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Saúde Coletiva GOIÂNIA 1/2017 Professor substituto IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Química Orgânica GOIÂNIA 1/2017 Professor substituto FENG - UAE - DE ENGENHARIA - CATALÃO Engenharia de Minas / Processamento Mineral CATALÃO 1/2017 Professor substituto FENG - UAE - DE ENGENHARIA - CATALÃO Engenharia de Produção CATALÃO 1/2017 Professor substituto UAEREJ_CHL - UAE REJ CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS Linguística e Formação de Professores de Língua Portuguesa JATAÍ 1/2017 Professor substituto IBIOTEC-CA - UNID. ACAD. ESP/BIOTECNOLOGIA - CATALA Ciências da Computação/IBIOTEC CATALÃO 1/2017 Professor substituto IBIOTEC-CA - UNID. ACAD. ESP/BIOTECNOLOGIA - CATALA Enfermagem CATALÃO 1/2017 Professor substituto IBIOTEC-CA - UNID. ACAD. ESP/BIOTECNOLOGIA - CATALA Nutrição CATALÃO 1/2017 Professor substituto CIAGRA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS AGRARIAS-JATA Clínica de Grandes Animais e Semiologia Veterinária JATAÍ 1/2017 Professor substituto CIBIO-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS BIOLOGICAS-JA Bioquímica de Biomoléculas e Metabolismo Celular JATAÍ 1/2017 Professor substituto CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Enfermagem Geral JATAÍ 1/2017 Professor substituto CH-GOIAS - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS HUMANAS - GOI Serviço Social GOIÁS 1/2017 Professor substituto IMTEC-CAT - UNID. ACAD. ESP/MATEMATICA E TECNOLOGI Matemática CATALÃO 61/2016 Professor substituto FL - FACULDADE DE LETRAS Línguas Indíginas e Bilinguismo GOIÂNIA 61/2016 Professor substituto FENG - UAE - DE ENGENHARIA - CATALÃO Planejamento e Infraestrutura de Transportes e Desenho Técnico CATALÃO 61/2016 Professor substituto UAEREJ_CHL - UAE REJ CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS Práticas de Ensino de História JATAÍ 61/2016 Professor substituto UAEREJ_GEO - UAE REJ ESTUDOS GEOGRÁFICOS Geografia Humana JATAÍ 61/2016 Professor substituto IBIOTEC-CA - UNID. ACAD. ESP/BIOTECNOLOGIA - CATALA Enfermagem CATALÃO 61/2016 Professor substituto CIAGRA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS AGRARIAS-JATA Clínica de Grandes Animais e Semiologia Veterinária JATAÍ 61/2016 Professor substituto CIEXA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS EXATAS - JATA Ensino de Química e Química Geral JATAÍ 61/2016 Professor substituto IFQC-CAT - UNID. ACAD. ESP/FISICA E QUIMICA - CAT Química Geral e Orgânica CATALÃO 61/2016 Professor substituto IGEO-CAT - UNID. ACAD. ESP/GEOGRAFIA - CATALAO Geografia Física CATALÃO 61/2016 Professor substituto ILELI-CAT - UNID. ACAD. ESP/LETRAS E LINGUISTICA C LIBRAS CATALÃO 51/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Economia dos Transportes APARECIDA DE GOIANIA 51/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Infraestrutura de Transporte APARECIDA DE GOIANIA 51/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Logística APARECIDA DE GOIANIA 51/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Portos e Vias Navegáveis APARECIDA DE GOIANIA 51/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Portos e Vias Navegáveis APARECIDA DE GOIANIA 51/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Sistemas Inteligentes de Transportes APARECIDA DE GOIANIA 51/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Transporte Ferroviário APARECIDA DE GOIANIA 51/2016 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Língua Portuguesa GOIÂNIA 51/2016 Professor efetivo EECA - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL Estruturas/Subárea: Mecânica das Estruturas GOIÂNIA 51/2016 Professor efetivo EECA - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL Geomática/Subárea: Topografia, Sistema de Informação Geográfica (SIG) e Gestão Ambiental GOIÂNIA 51/2016 Professor efetivo EECA - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL Hidrologia e Recursos Hídricos GOIÂNIA 51/2016 Professor efetivo EMC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA, MECÂNICA E DE COMPUTAÇÃO Engenharia Elétrica GOIÂNIA 51/2016 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Gestão de Pessoas GOIÂNIA 51/2016 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Gestão de Pessoas GOIÂNIA 51/2016 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Antropologia GOIÂNIA 51/2016 Professor efetivo FEFD - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FISICA E DANÇA Handebol GOIÂNIA 51/2016 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Fundamentos Filosóficos e Sociohistóricos da Educação e Políticas Educacionais do Brasil GOIÂNIA 51/2016 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Libras e Tradução GOIÂNIA 51/2016 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Angiologia e Cirurgia Vascular GOIÂNIA 51/2016 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Angiologia e Cirurgia Vascular GOIÂNIA 51/2016 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Emergências Clínicas/Clínica Médica GOIÂNIA 51/2016 Professor efetivo FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Odontologia Coletiva e Estágios em Odontologia Coletiva GOIÂNIA 51/2016 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Astronomia GOIÂNIA 51/2016 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Educação Ambiental e Planejamento Ambiental GOIÂNIA 51/2016 Professor efetivo IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Estatística GOIÂNIA 51/2016 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Biotecnologia GOIÂNIA 51/2016 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Saúde Coletiva GOIÂNIA 51/2016 Professor efetivo UAEREJ_CHL - UAE REJ CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS Letras Clássicas/Filologia JATAÍ 51/2016 Professor efetivo CIAGRA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS AGRARIAS-JATA Tecnologia de Produtos Florestais JATAÍ 51/2016 Professor efetivo FAE-CAT - UNID. ACAD. ESP./EDUCAÇÃO - CATALÃO Filosofia da Educação CATALÃO 51/2016 Professor efetivo CSA-GOIAS - UNID.ACAD.ESP/CIENC SOCIAIS APLIC-GOIA Administração Geral - Dedicação Exclusiva GOIÁS 51/2016 Professor efetivo CSA-GOIAS - UNID.ACAD.ESP/CIENC SOCIAIS APLIC-GOIA Administração Geral - 20 horas GOIÁS 48/2016 Professor substituto CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Departamento de Educação Infantil/ Pedagogia GOIÂNIA 48/2016 Professor substituto CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Departamento de Pedagogia/ Ciências GOIÂNIA 48/2016 Professor substituto CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Educação Física GOIÂNIA 48/2016 Professor substituto EECA - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL Hidráulica e Saneamento/ Fenômenos de Transporte, Mecânica dos Fluidos, Hidráulica, Hidrologia e Ciências Ambientais GOIÂNIA 48/2016 Professor substituto EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Cenografia e Direção de Arte GOIÂNIA 48/2016 Professor substituto EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Estágio, Práticas de Ensino de Música e Piano GOIÂNIA 48/2016 Professor substituto EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Pedagogia do Teatro GOIÂNIA 48/2016 Professor substituto EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Técnicas de Bilogia Celular e Molecular Aplicadas à Medicina Veterinária GOIÂNIA 48/2016 Professor substituto FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Modelagem de Vestuário e Gestão de Processos Produtivos/ Iniciação à Modelagem, Modelagem I, Modelagem II, Modelagem III e Gestão de Processos Produtivos GOIÂNIA 48/2016 Professor substituto FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Teoria, História e Projeto de Arquitetura GOIÂNIA 48/2016 Professor substituto FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Odontopediatria/ Pré-Clínica Infantil, Clínica Infantil I e II GOIÂNIA 48/2016 Professor substituto IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Ensino de Geografia GOIÂNIA 48/2016 Professor substituto IF - INSTITUTO DE FÍSICA Física Geral GOIÂNIA 48/2016 Professor substituto FENG - UAE - DE ENGENHARIA - CATALÃO Planejamento e Infraestrutura de Transportes e Desenho Técnico CATALÃO 48/2016 Professor substituto IBIOTEC-CA - UNID. ACAD. ESP/BIOTECNOLOGIA - CATALA Ciências Biológicas/ Zoologia de Vertebrados, Anatomia Animal Comparada e Evolução CATALÃO 48/2016 Professor substituto IBIOTEC-CA - UNID. ACAD. ESP/BIOTECNOLOGIA - CATALA Enfermagem Geral CATALÃO 48/2016 Professor substituto IBIOTEC-CA - UNID. ACAD. ESP/BIOTECNOLOGIA - CATALA Psicologia CATALÃO 48/2016 Professor substituto CIAGRA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS AGRARIAS-JATA Clínica de Grandes Animais e Semiologia Veterinária JATAÍ 48/2016 Professor substituto CIBIO-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS BIOLOGICAS-JA Zoologia (Ênfase em Vertebrados) e Ecologia JATAÍ 48/2016 Professor substituto CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Medicina/ Imunologia JATAÍ 48/2016 Professor substituto CH-GOIAS - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS HUMANAS - GOI Filosofia Moderna e Ensino de Filosofia GOIÁS 48/2016 Professor substituto FAE-CAT - UNID. ACAD. ESP./EDUCAÇÃO - CATALÃO Ciência da Natureza CATALÃO 48/2016 Professor substituto ILELI-CAT - UNID. ACAD. ESP/LETRAS E LINGUISTICA C LIBRAS CATALÃO 39/2016 Professor substituto CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Geologia/ Desenho Técnico APARECIDA DE GOIANIA 39/2016 Professor substituto CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Pedagogia GOIÂNIA 39/2016 Professor substituto EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Contrabaixo Acústico, Prática de Conjunto, Literatura e Repertório GOIÂNIA 39/2016 Professor substituto EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Forragicultura GOIÂNIA 39/2016 Professor substituto FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Administração Geral GOIÂNIA 39/2016 Professor substituto FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Contabilidade Pública e Geral GOIÂNIA 39/2016 Professor substituto FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Avaliação Psicológica/ Psíco-diagnóstico GOIÂNIA 39/2016 Professor substituto FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Fundamento e Metodologia da Língua Portuguesa na Educação Infantil e Anos Iniciais do Ensino Fundamental GOIÂNIA 39/2016 Professor substituto FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia da Educação GOIÂNIA 39/2016 Professor substituto FEFD - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FISICA E DANÇA Educação Física GOIÂNIA 39/2016 Professor substituto FM - FACULDADE DE MEDICINA Clínica Médica - Cardiologia GOIÂNIA 39/2016 Professor substituto FM - FACULDADE DE MEDICINA Clínica Médica - Especialidade Endocrinologia GOIÂNIA 39/2016 Professor substituto FM - FACULDADE DE MEDICINA Semiologia Médica GOIÂNIA 39/2016 Professor substituto IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Ensino de Geografia GOIÂNIA 39/2016 Professor substituto IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Matemática/Estatística GOIÂNIA 39/2016 Professor substituto IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Saúde Coletiva GOIÂNIA 39/2016 Professor substituto CIAGRA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS AGRARIAS-JATA Tecnologia de Produtos Florestais JATAÍ 39/2016 Professor substituto CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Clínica Médica JATAÍ 39/2016 Professor substituto IMTEC-CAT - UNID. ACAD. ESP/MATEMATICA E TECNOLOGI Matemática CATALÃO 39/2016 Professor substituto CSA-GOIAS - UNID.ACAD.ESP/CIENC SOCIAIS APLIC-GOIA Administração Geral - CSA GOIÁS 39/2016 Professor substituto CSA-GOIAS - UNID.ACAD.ESP/CIENC SOCIAIS APLIC-GOIA Fundamentos do Serviço Social/ Estágio Supervisionado GOIÁS 39/2016 Professor substituto CSA-GOIAS - UNID.ACAD.ESP/CIENC SOCIAIS APLIC-GOIA Metodologia da Pesquisa e Metodologia da Extensão GOIÁS 39/2016 Professor substituto CSA-GOIAS - UNID.ACAD.ESP/CIENC SOCIAIS APLIC-GOIA Sociologia GOIÁS 29/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Cristalografia APARECIDA DE GOIANIA 29/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Cristalografia APARECIDA DE GOIANIA 29/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Engenharia de Produção APARECIDA DE GOIANIA 29/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Geologia do Brasil APARECIDA DE GOIANIA 29/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Geologia do Brasil APARECIDA DE GOIANIA 29/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Geologia Econômica APARECIDA DE GOIANIA 29/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Geologia Econômica APARECIDA DE GOIANIA 29/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Geologia Geral APARECIDA DE GOIANIA 29/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Geologia Geral APARECIDA DE GOIANIA 29/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Mineralogia APARECIDA DE GOIANIA 29/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Mineralogia APARECIDA DE GOIANIA 29/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Petrologia Metamórfica APARECIDA DE GOIANIA 29/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Projeto de Rodovias APARECIDA DE GOIANIA 29/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Prospecção APARECIDA DE GOIANIA 29/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Prospecção APARECIDA DE GOIANIA 29/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Regulação em Transportes APARECIDA DE GOIANIA 29/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Transporte Ferroviário APARECIDA DE GOIANIA 29/2016 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Pedagogia GOIÂNIA 29/2016 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA Ciência e Tecnologia de Alimentos GOIÂNIA 29/2016 Professor efetivo EECA - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL Gestão e Engenharia Ambiental GOIÂNIA 29/2016 Professor efetivo EMC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA, MECÂNICA E DE COMPUTAÇÃO Eletrônica GOIÂNIA 29/2016 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Equideocultura GOIÂNIA 29/2016 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Arquitetura e Urbanismo GOIÂNIA 29/2016 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Direito Processual do Trabalho GOIÂNIA 29/2016 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Didática e Estágio em Educação Infantil e Anos Iniciais GOIÂNIA 29/2016 Professor efetivo FEFD - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FISICA E DANÇA Handebol e Jogos e Brincadeiras GOIÂNIA 29/2016 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Leitura, Produção de Texto e Ensino de Língua Portuguesa GOIÂNIA 29/2016 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Libras e Tradução GOIÂNIA 29/2016 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Literaturas de Língua Portuguesa e Ensino de Literatura GOIÂNIA 29/2016 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Cirurgia Geral e Cirurgia do Aparelho Digestivo GOIÂNIA 29/2016 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Clínica Médica GOIÂNIA 29/2016 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Clínica Médica: Medicina de Família e Comunidade e Estágios Supervisionados GOIÂNIA 29/2016 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Saúde Coletiva GOIÂNIA 29/2016 Professor efetivo CIBIO-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS BIOLOGICAS-JA Biologia Celular, Histologia e Embriologia JATAÍ 29/2016 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Hidroterapia, Ergonomia, Fisioterapia Dermatofuncional, Fisioterapia Geral e Estágio Supervisionado JATAÍ 29/2016 Professor efetivo CH-GOIAS - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS HUMANAS - GOI Ciências da Natureza GOIÁS 29/2016 Professor efetivo CH-GOIAS - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS HUMANAS - GOI Pedagogia GOIÁS 29/2016 Professor efetivo CSA-GOIAS - UNID.ACAD.ESP/CIENC SOCIAIS APLIC-GOIA Administração - Processos Operacionais e Logística GOIÁS 17/2016 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Planejamento e Infraestrutura de Transportes APARECIDA DE GOIANIA 17/2016 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Medicina Física e Reabilitação/Fisiatria GOIÂNIA 17/2016 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Medicina Laboratorial (Patologia Clínica) GOIÂNIA 17/2016 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Oncologia Clínica/Clínica Médica GOIÂNIA 17/2016 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Anatomia Topográfica. Sistêmica e Segmentar. e Neuroanatomia Humana GOIÂNIA 17/2016 Professor efetivo IF - INSTITUTO DE FÍSICA Física Experimental GOIÂNIA 17/2016 Professor efetivo CEGEN - UAE - DE GESTÃO DE NEGÓCIOS - CATALÃO Administração Geral CATALÃO 17/2016 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Dermatologia JATAÍ 17/2016 Professor efetivo ILELI-CAT - UNID. ACAD. ESP/LETRAS E LINGUISTICA C Língua Inglesa, Literaturas de Língua Inglesa e Ensino CATALÃO 17/2016 Professor efetivo IMTEC-CAT - UNID. ACAD. ESP/MATEMATICA E TECNOLOGI Ensino de Matemática CATALÃO 17/2016 Professor efetivo CSA-GOIAS - UNID.ACAD.ESP/CIENC SOCIAIS APLIC-GOIA Administração Geral GOIÁS 17/2016 Professor efetivo CSA-GOIAS - UNID.ACAD.ESP/CIENC SOCIAIS APLIC-GOIA Matemática e Estatística Aplicada à Administração GOIÁS 77/2015 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Educação Física GOIÂNIA 77/2015 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Geografia GOIÂNIA 77/2015 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Língua Inglesa GOIÂNIA 77/2015 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA Melhoramento de Plantas GOIÂNIA 77/2015 Professor efetivo EMC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA, MECÂNICA E DE COMPUTAÇÃO Ensaios Mecânicos e Metrologia GOIÂNIA 77/2015 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Viola, Música de Câmara e Prática de Orquestra GOIÂNIA 77/2015 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Forragicultura e Pastagens GOIÂNIA 77/2015 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Tecnologia de Produtos de Origem Animal GOIÂNIA 77/2015 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Design de Moda GOIÂNIA 77/2015 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO História da Educação GOIÂNIA 77/2015 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia Social e Organizacional GOIÂNIA 77/2015 Professor efetivo FIC - FACULDADE DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Imagem, Som e Tecnologia GOIÂNIA 77/2015 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Libras, Linguística e Ensino de Libras GOIÂNIA 77/2015 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Literaturas de Língua Francesa, Língua Francesa e Ensino de Língua Francesa GOIÂNIA 77/2015 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Literaturas de Língua Portuguesa e Ensino de Literatura GOIÂNIA 77/2015 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Clínica Médica GOIÂNIA 77/2015 Professor efetivo FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Endodontia GOIÂNIA 77/2015 Professor efetivo FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Periodontia GOIÂNIA 77/2015 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Farmacologia GOIÂNIA 77/2015 Professor efetivo FENG - UAE - DE ENGENHARIA - CATALÃO Geologia Geral, Pesquisa Mineral, Geologia Estrutural e Processos Formadores de Depósitos Minerais CATALÃO 77/2015 Professor efetivo CIAGRA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS AGRARIAS-JATA Patologia Veterinária JATAÍ 77/2015 Professor efetivo CIBIO-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS BIOLOGICAS-JA Anatomia Humana e Comparada JATAÍ 77/2015 Professor efetivo CIEXA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS EXATAS - JATA Engenharia de Software JATAÍ 77/2015 Professor efetivo CIEXA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS EXATAS - JATA Engenharia de Software JATAÍ 77/2015 Professor efetivo LHS-JATAI - UNID. ACAD. ESP/LETRAS-HUMANAS-SOCIAIS Direito Penal, Sociologia e Sociologia Criminal JATAÍ 77/2015 Professor efetivo CSA-GOIAS - UNID.ACAD.ESP/CIENC SOCIAIS APLIC-GOIA Direito Processual Civil e Prática Processual Civil GOIÁS 77/2015 Professor efetivo CSA-GOIAS - UNID.ACAD.ESP/CIENC SOCIAIS APLIC-GOIA Fundamentos do Direito GOIÁS 63/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Algoritmos e Programação de Computadores (APC), Sistemas de Informações (SI) e Simulação de Sistemas APARECIDA DE GOIANIA 63/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Ciência dos Materiais APARECIDA DE GOIANIA 63/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Economia dos Transportes APARECIDA DE GOIANIA 63/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Economia dos Transportes APARECIDA DE GOIANIA 63/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Engenharia de Tráfego APARECIDA DE GOIANIA 63/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Engenharia de Tráfego APARECIDA DE GOIANIA 63/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Estratigrafia APARECIDA DE GOIANIA 63/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Geologia Estrutural APARECIDA DE GOIANIA 63/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Geotecnia APARECIDA DE GOIANIA 63/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Infraestrutura de Transportes APARECIDA DE GOIANIA 63/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Infraestrutura de Transportes APARECIDA DE GOIANIA 63/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Modelagem de Transporte APARECIDA DE GOIANIA 63/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Sedimentologia APARECIDA DE GOIANIA 63/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Sedimentologia APARECIDA DE GOIANIA 63/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Sedimentologia APARECIDA DE GOIANIA 63/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Simulação de Sistemas, Planejamento e Controle da Produção 1 (PCP 1), Planejamento e Controle da Produção 2 (PCP 2) e Planejamento e Controle da Produção 3 (PCP 3) APARECIDA DE GOIANIA 63/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Transporte Aéreo APARECIDA DE GOIANIA 63/2015 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Geomática/Subárea: Topografia e Geodésia, Sensoriamento Remoto e Sistema de Informação Geográfica (SIG) GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Geotecnia/Subárea: Geossintéticos e Melhoramento de Solos GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Hidráulica e Saneamento GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo EECA - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL Geomática/Subárea: Topografia e Geodésia, Sensoriamento Remoto e Sistema de Informação Geográfica (SIG) GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo EMC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA, MECÂNICA E DE COMPUTAÇÃO Eletrônica GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Doenças Infecciosas dos Animais GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Melhoramento Genético Animal GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Economia Política GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Métodos Quantitativos GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Teoria Econômica GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Ciência Política GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Sociologia GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Fundamentos Filosóficos e Sócio-Históricos da Educação GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo FEFD - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FISICA E DANÇA Pedagogia do Esporte: Ênfase em Voleibol e Handebol GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo FAFIL - FACULDADE DE FILOSOFIA Filosofia Medieval GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo FH - FACULDADE DE HISTÓRIA História do Brasil: Império e República GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo FIC - FACULDADE DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Administração de Unidades de Informação, Serviços e Produtos de Informação GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Libras e Tradução GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Língua Portuguesa como Língua de Relações Interculturais GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Cirurgia Torácica GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Clínica Médica GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Patologia (Patologia Cirúrgica) GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Pediatria GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo FANUT - FACULDADE DE NUTRIÇÃO Nutrição em Saúde Pública GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Biologia Celular, Histologia e Embriologia GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Bioquímica e Biologia Molecular GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Fisiologia Animal e Humana GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Ensino de Geografia GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Planejamento Urbano e Regional GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Sistemas de Informação - DE GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Sistemas de Informação - 20 horas GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Educação Matemática GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Estatística GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Matemática GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Doenças Infecciosas e Parasitárias GOIÂNIA 63/2015 Professor efetivo FENG - UAE - DE ENGENHARIA - CATALÃO Engenharia de Produção - DE CATALÃO 63/2015 Professor efetivo FENG - UAE - DE ENGENHARIA - CATALÃO Engenharia de Produção - 20 horas CATALÃO 63/2015 Professor efetivo CIAGRA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS AGRARIAS-JATA Desenho Técnico, Topografia, Armazenamento de Grãos e Física JATAÍ 63/2015 Professor efetivo CIAGRA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS AGRARIAS-JATA Fitotecnia JATAÍ 63/2015 Professor efetivo CIAGRA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS AGRARIAS-JATA Fruticultura JATAÍ 63/2015 Professor efetivo CIAGRA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS AGRARIAS-JATA Melhoramento Genético Animal JATAÍ 63/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Anatomia Patológica JATAÍ 63/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Anatomia Patológica JATAÍ 63/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Anestesiologia e Dor JATAÍ 63/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Clínica Cirúrgica JATAÍ 63/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Clínica Médica JATAÍ 63/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Enfermagem Fundamental e Especializada JATAÍ 63/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Ginecologia e Obstetrícia JATAÍ 63/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Imagenologia JATAÍ 63/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Imagenologia JATAÍ 63/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Medicina da Família e Comunidade JATAÍ 63/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Medicina da Família e Comunidade JATAÍ 63/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Oftalmologia JATAÍ 63/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Ortopedia e Traumatologia JATAÍ 63/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Otorrinolaringologia JATAÍ 63/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Otorrinolaringologia JATAÍ 63/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Saúde Coletiva e Bioestatística JATAÍ 63/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Saúde do Adulto com ênfase em Anatomia Humana JATAÍ 63/2015 Professor efetivo CIEXA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS EXATAS - JATA Física Geral JATAÍ 63/2015 Professor efetivo CIEXA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS EXATAS - JATA Matemática JATAÍ 63/2015 Professor efetivo CH-GOIAS - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS HUMANAS - GOI Licenciatura em Física GOIÁS 63/2015 Professor efetivo FENAD-CAT - UNID. ACAD. ESP/ENG. E ADM - CATALÃO Engenharia de Produção - DE CATALÃO 63/2015 Professor efetivo FENAD-CAT - UNID. ACAD. ESP/ENG. E ADM - CATALÃO Engenharia de Produção - 20 horas CATALÃO 63/2015 Professor efetivo FENAD-CAT - UNID. ACAD. ESP/ENG. E ADM - CATALÃO Engenharia de Produção - 20 horas CATALÃO 63/2015 Professor efetivo FENAD-CAT - UNID. ACAD. ESP/ENG. E ADM - CATALÃO Estruturas CATALÃO 63/2015 Professor efetivo FENAD-CAT - UNID. ACAD. ESP/ENG. E ADM - CATALÃO Planejamento, Pesquisa Mineral e Projeto de Mineração CATALÃO 63/2015 Professor efetivo IFQC-CAT - UNID. ACAD. ESP/FISICA E QUIMICA - CAT Química Geral e Química Orgânica CATALÃO 63/2015 Professor efetivo LHS-JATAI - UNID. ACAD. ESP/LETRAS-HUMANAS-SOCIAIS Direito Constitucional e Teoria do Direito JATAÍ 63/2015 Professor efetivo LHS-JATAI - UNID. ACAD. ESP/LETRAS-HUMANAS-SOCIAIS Educação Matemática JATAÍ 63/2015 Professor efetivo LHS-JATAI - UNID. ACAD. ESP/LETRAS-HUMANAS-SOCIAIS Psicologia Escolar e Educação JATAÍ 63/2015 Professor efetivo LHS-JATAI - UNID. ACAD. ESP/LETRAS-HUMANAS-SOCIAIS Psicologia Social e Psicanálise JATAÍ 63/2015 Professor efetivo CSA-GOIAS - UNID.ACAD.ESP/CIENC SOCIAIS APLIC-GOIA Administração - Processos Operacionais e Logística GOIÁS 63/2015 Professor efetivo CSA-GOIAS - UNID.ACAD.ESP/CIENC SOCIAIS APLIC-GOIA Projeto, Desenho Técnico e Informática GOIÁS 63/2015 Professor efetivo CSA-GOIAS - UNID.ACAD.ESP/CIENC SOCIAIS APLIC-GOIA Projeto e Conforto Ambiental GOIÁS 63/2015 Professor efetivo CSA-GOIAS - UNID.ACAD.ESP/CIENC SOCIAIS APLIC-GOIA Projeto e Desenho de Observação GOIÁS 63/2015 Professor efetivo CSA-GOIAS - UNID.ACAD.ESP/CIENC SOCIAIS APLIC-GOIA Projeto e Tecnologias da Construção GOIÁS 63/2015 Professor efetivo CSA-GOIAS - UNID.ACAD.ESP/CIENC SOCIAIS APLIC-GOIA Projeto, Teoria e História da Arquitetura GOIÁS 63/2015 Professor efetivo CSA-GOIAS - UNID.ACAD.ESP/CIENC SOCIAIS APLIC-GOIA Sistemas Estruturais em Arquitetura GOIÁS 63/2015 Professor efetivo CSA-GOIAS - UNID.ACAD.ESP/CIENC SOCIAIS APLIC-GOIA Teorias e Projeto da Paisagem Urbana GOIÁS 30/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Energia e Eletricidade para Engenharia de Produção e Automação e Controle APARECIDA DE GOIANIA 30/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Engenharia de Produção APARECIDA DE GOIANIA 30/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Engenharia de Tráfego APARECIDA DE GOIANIA 30/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Geofísica APARECIDA DE GOIANIA 30/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Geologia Geral APARECIDA DE GOIANIA 30/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Infraestrutura de Transportes APARECIDA DE GOIANIA 30/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Introdução à Economia, Economia Industrial e Engenharia Econômica APARECIDA DE GOIANIA 30/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Planejamento e Controle da Produção 1 (PCP1), Planejamento e Controle da Produção 2 (PCP 2) e Planejamento e Controle da Produção 3 (PCP 3) APARECIDA DE GOIANIA 30/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Sedimentologia e Estratigrafia APARECIDA DE GOIANIA 30/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Segurança do Trabalho, Ergonomia e Engenharia do Trabalho e Projeto de Instalações Industriais APARECIDA DE GOIANIA 30/2015 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Topografia e Geodésia APARECIDA DE GOIANIA 30/2015 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA Desenvolvimento Rural/Teoria Econômica GOIÂNIA 30/2015 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA Irrigação e Recursos Hídricos GOIÂNIA 30/2015 Professor efetivo EMC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA, MECÂNICA E DE COMPUTAÇÃO Projeto Mecânico GOIÂNIA 30/2015 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Administração de Operações GOIÂNIA 30/2015 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Administração Pública GOIÂNIA 30/2015 Professor efetivo FAFIL - FACULDADE DE FILOSOFIA Epistemologia Contemporânea GOIÂNIA 30/2015 Professor efetivo FH - FACULDADE DE HISTÓRIA História: Patrimônio Histórico, Memória e Identidade GOIÂNIA 30/2015 Professor efetivo FIC - FACULDADE DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Administração de Unidades de Informação, Serviços e Produtos de Informação GOIÂNIA 30/2015 Professor efetivo FIC - FACULDADE DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Unidades de Informação e os Contextos Social, Cultural e Educacional GOIÂNIA 30/2015 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Libras e Linguística GOIÂNIA 30/2015 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Libras e Tradução GOIÂNIA 30/2015 Professor efetivo FANUT - FACULDADE DE NUTRIÇÃO Nutrição Clínica GOIÂNIA 30/2015 Professor efetivo FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Odontologia Coletiva e Estágios em Odontologia Coletiva GOIÂNIA 30/2015 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Análise e Gestão Ambiental GOIÂNIA 30/2015 Professor efetivo IF - INSTITUTO DE FÍSICA Física Teórica GOIÂNIA 30/2015 Professor efetivo IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Educação Matemática. GOIÂNIA 30/2015 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Fenômenos de Transporte GOIÂNIA 30/2015 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Termodinâmica GOIÂNIA 30/2015 Professor efetivo REGGOIAS - REGIONAL GOIÁS Administração Financeira GOIÁS 30/2015 Professor efetivo REGGOIAS - REGIONAL GOIÁS Economia GOIÁS 30/2015 Professor efetivo IBIOTEC-CA - UNID. ACAD. ESP/BIOTECNOLOGIA - CATALA Teoria da Computação, Análise e Projeto de Algoritmos e Teoria dos Grafos CATALÃO 30/2015 Professor efetivo CIAGRA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS AGRARIAS-JATA Anestesiologia, Farmacologia e Terapêutica Veterinárias JATAÍ 30/2015 Professor efetivo CIAGRA-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS AGRARIAS-JATA Fitotecnia JATAÍ 30/2015 Professor efetivo CIBIO-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS BIOLOGICAS-JA Fisiologia e Anatomia Vegetal JATAÍ 30/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Anatomia Patológica JATAÍ 30/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Anestesiologia e Dor JATAÍ 30/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Cardiologia JATAÍ 30/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Clínica Cirúrgica JATAÍ 30/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Medicina de Família e Comunidade JATAÍ 30/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Medicina Legal e Deontologia Médica JATAÍ 30/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Patologia Geral Humana JATAÍ 30/2015 Professor efetivo CISAU-JAT - UNID. ACAD. ESP/CIENCIAS DA SAUDE-JATA Pediatria JATAÍ 30/2015 Professor efetivo FENAD-CAT - UNID. ACAD. ESP/ENG. E ADM - CATALÃO Lavra CATALÃO 30/2015 Professor efetivo FENAD-CAT - UNID. ACAD. ESP/ENG. E ADM - CATALÃO Planejamento e Controle da Produção CATALÃO 30/2015 Professor efetivo LHS-JATAI - UNID. ACAD. ESP/LETRAS-HUMANAS-SOCIAIS Educação Matemática JATAÍ 7/2015 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA Entomologia GOIÂNIA 7/2015 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Contabilidade Governamental GOIÂNIA 7/2015 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Teoria Econômica GOIÂNIA 7/2015 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Direito Civil e Direito Processual Civil GOIÂNIA 7/2015 Professor efetivo IF - INSTITUTO DE FÍSICA Física Médica GOIÂNIA 7/2015 Professor efetivo REGGOIAS - REGIONAL GOIÁS Matemática e Estatística Aplicada à Administração GOIÁS 7/2015 Professor efetivo REGGOIAS - REGIONAL GOIÁS Projeto e Desenho de Observação GOIÁS 7/2015 Professor efetivo REGJATAI - REGIONAL JATAÍ Filosofia e Fundamentos JATAÍ 75/2014 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Algoritmos e Programação de Computadores (APC), Sistemas de Informações (SI) e Simulação de Sistemas APARECIDA DE GOIANIA 75/2014 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Cristalografia e Mineralogia APARECIDA DE GOIANIA 75/2014 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Desenho Técnico APARECIDA DE GOIANIA 75/2014 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Engenharia de Produção APARECIDA DE GOIANIA 75/2014 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Geologia Geral APARECIDA DE GOIANIA 75/2014 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Introdução à Economia, Economia Industrial e Engenharia Econômica APARECIDA DE GOIANIA 75/2014 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Planejamento e Infraestrutura de Transportes APARECIDA DE GOIANIA 75/2014 Professor efetivo CAG - CAMPUS APARECIDA DE GOIÂNIA Topografia APARECIDA DE GOIANIA 75/2014 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA Horticultura GOIÂNIA 75/2014 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA Topografia e Geodésia GOIÂNIA 75/2014 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Artes Visuais - Licenciatura GOIÂNIA 75/2014 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Fisiologia do Exercício e Teoria do Treinamento Esportivo GOIÂNIA 75/2014 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Metodologia do Ensino da Dança e Estágio Curricular GOIÂNIA 75/2014 Professor efetivo FIC - FACULDADE DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Administração de Unidades de Informação, Serviços e Produtos de Informação GOIÂNIA 75/2014 Professor efetivo FIC - FACULDADE DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Administração de Unidades de Informação, Serviços e Produtos de Informação GOIÂNIA 75/2014 Professor efetivo FIC - FACULDADE DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Unidades de Informação e os Contextos Social, Cultural e Educacional GOIÂNIA 75/2014 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Geografia Física GOIÂNIA 75/2014 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Parasitologia Aplicada à Biotecnologia GOIÂNIA 75/2014 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Química Analítica/Subárea: Química Ambiental GOIÂNIA 75/2014 Professor efetivo REGCATALAO - REGIONAL CATALÃO Ensino de Química e Química Geral (Teórica e Experimental) CATALÃO 75/2014 Professor efetivo REGCATALAO - REGIONAL CATALÃO Psicologia da Educação CATALÃO 75/2014 Professor efetivo REGJATAI - REGIONAL JATAÍ Anestesiologia e Farmacologia Veterinárias JATAÍ 75/2014 Professor efetivo REGJATAI - REGIONAL JATAÍ Enfermagem Clínica e Enfermagem em Doenças Infecciosas JATAÍ 75/2014 Professor efetivo REGJATAI - REGIONAL JATAÍ Enfermagem do Adulto com ênfase em Anatomia Humana JATAÍ 75/2014 Professor efetivo REGJATAI - REGIONAL JATAÍ Patologia Veterinária JATAÍ 75/2014 Professor efetivo REGJATAI - REGIONAL JATAÍ Psicologia Clínica e da Saúde JATAÍ 75/2014 Professor efetivo REGJATAI - REGIONAL JATAÍ Teoria da História, Historiografia, Monografia e Técnica de Pesquisa JATAÍ 73/2014 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Biologia Celular e Molecular Aplicadas à Ciência Animal GOIÂNIA 73/2014 Professor efetivo FF - FACULDADE DE FARMÁCIA Fármacos e Medicamentos GOIÂNIA 73/2014 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Ecologia GOIÂNIA 73/2014 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Química GOIÂNIA 65/2014 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Cultura, Currículo e Avaliação CATALÃO 65/2014 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Educação Bilíngue para Surdos, Alfabetização e Formação de Professores CATALÃO 65/2014 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Ensino de Ciências da Natureza em Física CATALÃO 65/2014 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Formação de Professores: Estágio e Metodologia de Ensino CATALÃO 65/2014 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Matemática Industrial CATALÃO 65/2014 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Planejamento e Controle da Produção CATALÃO 65/2014 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Políticas Educacionais CATALÃO 65/2014 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Probabilidade e Estatística CATALÃO 65/2014 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Qualidade e Produto CATALÃO 65/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Psicologia e Processos Clínicos JATAÍ 65/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Química Analítica e Geral JATAÍ 65/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Química Orgânica e Geral JATAÍ 65/2014 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA Conservação e Manejo de Florestas GOIÂNIA 65/2014 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA Desenvolvimento Rural/Teoria Econômica GOIÂNIA 65/2014 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA Tecnologia de Produtos Florestais GOIÂNIA 65/2014 Professor efetivo EMC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA, MECÂNICA E DE COMPUTAÇÃO Materiais e Processos de Fabricação GOIÂNIA 65/2014 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Medicina de Emergência e Terapia Intensiva em Medicina Veterinária GOIÂNIA 65/2014 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Produção de Bovinos de Leite GOIÂNIA 65/2014 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Contabilidade Societária GOIÂNIA 65/2014 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Economia e Métodos Quantitativos GOIÂNIA 65/2014 Professor efetivo FAFIL - FACULDADE DE FILOSOFIA Ética GOIÂNIA 65/2014 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Libras e Ensino de Libras GOIÂNIA 65/2014 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Linguística e Ensino de Português para Surdos e Ouvintes GOIÂNIA 65/2014 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Clínica Médica GOIÂNIA 65/2014 Professor efetivo FANUT - FACULDADE DE NUTRIÇÃO Nutrição em Saúde Pública GOIÂNIA 65/2014 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Botânica GOIÂNIA 65/2014 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Ensino de Ciências e Biologia e Estágio Supervisionado GOIÂNIA 65/2014 Professor efetivo IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Estatística Aplicada GOIÂNIA 65/2014 Professor efetivo IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Matemática GOIÂNIA 65/2014 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Termodinâmica GOIÂNIA 38/2014 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia de Produção CATALÃO 38/2014 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Psicologia da Educação CATALÃO 38/2014 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Agronomia/Extensão Rural GOIÁS 38/2014 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Fundamentos do Serviço Social/Estágio Curricular GOIÁS 38/2014 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Licenciatura em Física GOIÁS 38/2014 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Pedagogia GOIÁS 38/2014 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Projeto, Desenho Técnico e Informática GOIÁS 38/2014 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Projeto e Desenho de Observação GOIÁS 38/2014 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Projeto, Teoria e História da Arquitetura GOIÁS 38/2014 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Projeto, Teoria e História do Urbanismo GOIÁS 38/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Direito Civil, Responsabilidade Civil, Empresarial e Prática Civil JATAÍ 38/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Filosofia Geral e Jurídica, Hermenêutica e Ética Profissional e Jurídica JATAÍ 38/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Imagenologia JATAÍ 38/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Linguística/Linguística Histórica JATAÍ 38/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Matemática JATAÍ 38/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Psicologia Humanista-Existencial-Fenomenológica JATAÍ 38/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Sociologia Geral e Jurídica, Metodologia e História do Pensamento Jurídico JATAÍ 38/2014 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Artes Visuais - Licenciatura GOIÂNIA 38/2014 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Direito Civil e Direito Processual Civil GOIÂNIA 38/2014 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Libras e Linguística GOIÂNIA 38/2014 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Libras e Tradução GOIÂNIA 38/2014 Professor efetivo IF - INSTITUTO DE FÍSICA Engenharia Física GOIÂNIA 38/2014 Professor efetivo IF - INSTITUTO DE FÍSICA Física Experimental GOIÂNIA 38/2014 Professor efetivo IF - INSTITUTO DE FÍSICA Física Médica GOIÂNIA 22/2014 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia de Produção CATALÃO 22/2014 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Estruturas CATALÃO 22/2014 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Formação de Professores: Estágio e Metodologia de Ensino CATALÃO 22/2014 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Administração - Processos Operacionais e Logística GOIÁS 22/2014 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Administração Financeira GOIÁS 22/2014 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Administração Geral GOIÁS 22/2014 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Direito GOIÁS 22/2014 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Economia GOIÁS 22/2014 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Matemática e Estatística Aplicada à Administração GOIÁS 22/2014 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Sociologia GOIÁS 22/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Anatomofisiologia JATAÍ 22/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Bioquímica Clínica e Biologia Molecular JATAÍ 22/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Clínica Cirúrgica JATAÍ 22/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Ensino de Libras JATAÍ 22/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Farmacologia Básica e Aplicada JATAÍ 22/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Genética Médica JATAÍ 22/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Humanidades JATAÍ 22/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Imagenologia JATAÍ 22/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Imunologia Médica JATAÍ 22/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Medicina da Família e Comunidade JATAÍ 22/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Medicina de Urgência/Emergência JATAÍ 22/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Microbiologia Médica JATAÍ 22/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Morfologia JATAÍ 22/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Parasitologia Médica JATAÍ 22/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Patologia Geral, Citopatologia, Histopatologia e Experimentação JATAÍ 22/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Patologia Geral e Clínica em Humanos JATAÍ 22/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Políticas Educacionais JATAÍ 22/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Psicologia Humanista-Existencial-Fenomenológica JATAÍ 22/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Química Analítica e Geral JATAÍ 22/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Química Geral JATAÍ 22/2014 Professor efetivo EMC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA, MECÂNICA E DE COMPUTAÇÃO Materiais e Processos de Fabricação GOIÂNIA 22/2014 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Clínica Médica de Pequenos Animais GOIÂNIA 22/2014 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Medicina de Emergência e Terapia Intensiva em Medicina Veterinária GOIÂNIA 22/2014 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Produção de Bovinos de Corte GOIÂNIA 22/2014 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Produção de Bovinos de Leite GOIÂNIA 22/2014 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Relações Internacionais e Economia Política Internacional GOIÂNIA 22/2014 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Relações Internacionais e Política Externa GOIÂNIA 22/2014 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Relações Internacionais e Segurança Internacional GOIÂNIA 22/2014 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Medicina Legal GOIÂNIA 22/2014 Professor efetivo FEN - FACULDADE DE ENFERMAGEM Enfermagem Médico-Cirúrgica GOIÂNIA 22/2014 Professor efetivo FH - FACULDADE DE HISTÓRIA História do Brasil: Império e República GOIÂNIA 22/2014 Professor efetivo FH - FACULDADE DE HISTÓRIA Teoria e Metodologia da História GOIÂNIA 22/2014 Professor efetivo IF - INSTITUTO DE FÍSICA Engenharia Física GOIÂNIA 22/2014 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Engenharia de Software GOIÂNIA 22/2014 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Fundamentos de Engenharia de Software GOIÂNIA 22/2014 Professor efetivo IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Estatística Aplicada GOIÂNIA 4/2014 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia do Trabalho CATALÃO 4/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Esportes Individuais e Coletivos e Estágio JATAÍ 4/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Histologia e Embriologia JATAÍ 4/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Psicologia e Processos Clínicos JATAÍ 4/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Psicologia Escolar e Educacional JATAÍ 4/2014 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Química Geral, Orgânica e Biomoléculas JATAÍ 4/2014 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Comunicação/Educação Infantil GOIÂNIA 4/2014 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Economia e Métodos Quantitativos GOIÂNIA 4/2014 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Antropologia GOIÂNIA 4/2014 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Direito Civil e Direito Processual Civil GOIÂNIA 4/2014 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Metodologia do Ensino da Dança e Estágio Curricular GOIÂNIA 4/2014 Professor efetivo FIC - FACULDADE DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Biblioteconomia - Organização e Tratamento da Informação GOIÂNIA 4/2014 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Língua Portuguesa: Leitura e Produção de Texto GOIÂNIA 4/2014 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Anatomofisiologia GOIÂNIA 4/2014 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Biodiversidade Animal GOIÂNIA 4/2014 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Ensino de Ciências e Biologia e Estágio Supervisionado GOIÂNIA 4/2014 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Estágio Supervisionado em Análises Clínicas GOIÂNIA 4/2014 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Evolução GOIÂNIA 4/2014 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Bacteriologia Aplicada à Biotecnologia GOIÂNIA 4/2014 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Patologia Geral Aplicada à Biotecnologia GOIÂNIA 4/2014 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Saúde Coletiva GOIÂNIA 4/2014 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Simulação e Controle de Processos GOIÂNIA 91/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Administração Geral CATALÃO 91/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Economia CATALÃO 91/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia do Trabalho CATALÃO 91/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Estruturas CATALÃO 91/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Libras - Língua Brasileira de Sinais CATALÃO 91/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Matemática Industrial CATALÃO 91/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Matemática Industrial CATALÃO 91/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Qualidade e Produto CATALÃO 91/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Enfermagem em Saúde da Mulher JATAÍ 91/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Química Analítica e Geral JATAÍ 91/2013 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Comunicação/Inglês GOIÂNIA 91/2013 Professor efetivo EMC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA, MECÂNICA E DE COMPUTAÇÃO Projeto Mecânico GOIÂNIA 91/2013 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Pedagogia do Teatro GOIÂNIA 91/2013 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Estágio, Políticas Públicas e Trabalho em Saúde, Esporte e Lazer GOIÂNIA 91/2013 Professor efetivo FAFIL - FACULDADE DE FILOSOFIA Ética GOIÂNIA 91/2013 Professor efetivo FANUT - FACULDADE DE NUTRIÇÃO Alimento e Nutrição Básica GOIÂNIA 91/2013 Professor efetivo FANUT - FACULDADE DE NUTRIÇÃO Nutrição em Saúde Pública GOIÂNIA 91/2013 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Genética Humana e Molecular GOIÂNIA 91/2013 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Astronomia GOIÂNIA 91/2013 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Doenças Infecciosas e Parasitárias GOIÂNIA 84/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Geografia Física CATALÃO 84/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Geografia Humana CATALÃO 84/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Geotecnia CATALÃO 84/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Geotecnia CATALÃO 84/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Geotecnia CATALÃO 84/2013 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Biologia (Licenciatura) GOIÁS 84/2013 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Filosofia da Educação GOIÁS 84/2013 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Fundamentos do Serviço Social/Estágio Supervisionado GOIÁS 84/2013 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Letras-Português GOIÁS 84/2013 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Letras-Português/Libras - Professor Intérprete GOIÁS 84/2013 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Matemática (Licenciatura) GOIÁS 84/2013 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Pedagogia GOIÁS 84/2013 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Química (Licenciatura) GOIÁS 84/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Alfabetização e Letramento JATAÍ 84/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Anatomia, Fisiologia e Patologia Funcional JATAÍ 84/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Clínica Cirúrgica JATAÍ 84/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Clínica Médica JATAÍ 84/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Esportes Individuais e Coletivos e Estágio JATAÍ 84/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Esportes Individuais e Coletivos e Estágio JATAÍ 84/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Ginecologia e Obstetrícia JATAÍ 84/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Matemática e Educação Matemática JATAÍ 84/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Medicina da Família e Comunidade JATAÍ 84/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Medicina de Urgência/Emergência JATAÍ 84/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Pediatria JATAÍ 84/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Psicologia Médica e Saúde Mental JATAÍ 84/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Saúde Coletiva e Epidemiologia JATAÍ 84/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Semiologia Médica JATAÍ 84/2013 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA Topografia e Geodésia GOIÂNIA 84/2013 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Educação Musical e Estágio Supervisionado em Música GOIÂNIA 84/2013 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Direito Civil e Direito Processual Civil GOIÂNIA 84/2013 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Direito Público GOIÂNIA 84/2013 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Prática Jurídica GOIÂNIA 84/2013 Professor efetivo FAFIL - FACULDADE DE FILOSOFIA Epistemologia Contemporânea GOIÂNIA 84/2013 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Libras e Ensino de Libras GOIÂNIA 84/2013 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Libras e Ensino de Libras GOIÂNIA 84/2013 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Libras e Linguística GOIÂNIA 84/2013 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Libras e Tradução GOIÂNIA 84/2013 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Linguística e Ensino de Português para Surdos e Ouvintes GOIÂNIA 84/2013 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Linguística e Ensino de Português para Surdos e Ouvintes GOIÂNIA 84/2013 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Literaturas de Língua Portuguesa e Ensino de Literatura GOIÂNIA 84/2013 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Português para Estrangeiros GOIÂNIA 84/2013 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Português para Estrangeiros GOIÂNIA 84/2013 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Teoria da Literatura e Ensino de Literatura GOIÂNIA 84/2013 Professor efetivo IF - INSTITUTO DE FÍSICA Engenharia Física GOIÂNIA 84/2013 Professor efetivo IF - INSTITUTO DE FÍSICA Física Médica GOIÂNIA 84/2013 Professor efetivo IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Matemática e Estatística GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Administração Geral CATALÃO 66/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Educação das Ciências da Natureza CATALÃO 66/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Educação do Campo CATALÃO 66/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Educação e Linguagem CATALÃO 66/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Educação Matemática CATALÃO 66/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Lavra CATALÃO 66/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Didática e Prática de Ensino de História JATAÍ 66/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Química Geral e Físico-Química JATAÍ 66/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Química Geral, Orgânica e Biomoléculas JATAÍ 66/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Química Geral, Orgânica e Biomoléculas JATAÍ 66/2013 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Comunicação/Francês GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA Engenharia de Alimentos GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA Gênese e Mineralogia do Solo GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Estruturas/Subárea: Mecânica das Estruturas GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Estruturas/Subárea: Resistência dos Materiais, Estruturas Metálicas e Estruturas de Madeira GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Estruturas/Subárea: Resistência dos Materiais, Estruturas Metálicas e Estruturas de Madeira GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Hidráulica e Saneamento - DE GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Hidráulica e Saneamento - 20 horas GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Hidráulica e Saneamento - 20 horas GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Saneamento e Recursos Hídricos GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Patologia Clínica Veterinária GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Tecnologia na Fabricação de Rações Animais GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Teoria e Projeto em Design de Ambientes GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Arquitetura da Informação, Mineração de Dados, Gerência de Tecnologias de Informação GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Gestão Documental, Gestão de Documentos Digitais GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Mídias Sociais, Laboratório de Mídias Sociais, Design da Informação GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Sistemas de Informação e Decisão I e II, Segurança de Informação e Proteção do Conhecimento, Gerência de Sistemas de Informação GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo FH - FACULDADE DE HISTÓRIA História da América Colonial GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo FIC - FACULDADE DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Arquitetura da Informação, Mineração de Dados, Gerência de Tecnologias de Informação GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo FIC - FACULDADE DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Sistemas de Informação e Decisão I e II, Segurança de Informação e Proteção do Conhecimento, Gerência de Sistemas de Informação GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Medicina do Adolescente GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Banco de Dados GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Fundamentos de Engenharia de Software - DE GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Fundamentos de Engenharia de Software - 20 horas GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Redes e Sistemas Distribuídos GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Tecnologias de Engenharia de Software - DE GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Tecnologias de Engenharia de Software - 20 horas GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Visão Computacional GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Estatística - DE GOIÂNIA 66/2013 Professor efetivo IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Estatística - 20 horas GOIÂNIA 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Anatomia e Patologia CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO As Políticas de Estado para a Educação Básica no Brasil CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Botânica, Ecologia e Paleontologia CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Didática e Ensino de Geografia CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Enfermagem Fundamental com ênfase em Saúde Coletiva CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia Civil CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Filosofia da Educação CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Física Geral CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Formação de Professores: Estágio e Metodologia de Ensino CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Geodésia, Topografia, Mecânica dos Fluidos e Hidráulica CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Geodésia, Topografia, Mecânica dos Fluidos e Hidráulica CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Geodésia, Topografia, Mecânica dos Fluidos e Hidráulica CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Geoestatística e Estatística CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Geoestatística e Estatística CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO História da Educação CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Língua Inglesa, Literaturas de Língua Inglesa e Ensino CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Linguística, Língua Portuguesa e Ensino CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Matemática CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Probabilidade e Estatística CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Processo de Cuidar em Saúde da Criança/Processo de Cuidar em Saúde do Adolescente com atuação em Estágio Curricular Obrigatório CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Processos Psicossociais, Educação e Saúde CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Química Geral e Química Analítica CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Resistência de Materiais, Mecânica das Rochas, Estabilidade de Taludes, Fundamentos de Mecânica dos Solos, Pilhas de Estéril e Barragens de Rejeitos CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Resistência de Materiais, Mecânica das Rochas, Estabilidade de Taludes, Fundamentos de Mecânica dos Solos, Pilhas de Estéril e Barragens de Rejeitos CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO UTI, Urgência e Emergência CATALÃO 53/2013 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Filosofia Antiga GOIÁS 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Anestesiologia e Farmacologia Veterinárias JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Ciências Florestais JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Ciências Florestais JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Clínica de Equinos e Reprodução Animal JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Direito do Trabalho, Processo do Trabalho e Prática Trabalhista JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Direito do Trabalho, Processo do Trabalho e Prática Trabalhista JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Direito Tributário, Econômico e Administrativo JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Educação Matemática JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Enfermagem e Saúde Coletiva - DE JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Enfermagem e Saúde Coletiva - 20 horas JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Enfermagem e Saúde da Mulher JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Enfermagem em Saúde do Adulto com ênfase em Anatomia JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Enfermagem em Saúde Mental JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Enfermagem Saúde do Adulto e Idoso com ênfase em Assistência de Enfermagem ao Paciente Crítico e Atendimento Pré-Hospitalar JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Enfermagem Saúde do Adulto e Idoso com ênfase em Cirúrgica e Central de Materiais e Esterilização JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Enfermagem Saúde do Adulto e Idoso com ênfase em Cirúrgica e Central de Materiais e Esterilização JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Enfermagem Saúde do Adulto e Idoso com ênfase em Enfermagem Clínica e Doenças Infecciosas JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Ensino de Ciências e Biologia e Estágio Supervisionado JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Esportes Individuais e Coletivos e Estágio JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Estágio Supervisionado e Didática JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Exercício Físico em Condições e Populações Especiais e Estágio JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Filosofia e Fundamentos JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Genética e Biologia Evolutiva JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Geografia Física JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Geografia Humana JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Língua Inglesa e Ensino JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Parasitologia Veterinária e Doenças Parasitárias dos Animais Domésticos JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Pesquisa, Conhecimento e Gestão em Saúde Pública e Estágio relacionado à Educação Física JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Psicologia da Educação JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Psicologia e Processos Clínicos JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Psicologia e Processos Clínicos JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Psicologia e Processos Psicossociais JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Psicologia Escolar e Educacional JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Química Analítica e Geral JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Química Geral e Bioquímica JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Química Inorgânica e Geral JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Sociologia e Fundamentos JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Teoria da Computação JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Teoria da Computação JATAÍ 53/2013 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Ciências Humanas e Filosofia/Filosofia GOIÂNIA 53/2013 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA Sociologia Rural GOIÂNIA 53/2013 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Epidemiologia Veterinária/Sanidade de Suínos GOIÂNIA 53/2013 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Produção de Suínos GOIÂNIA 53/2013 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Contabilidade Gerencial GOIÂNIA 53/2013 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS História da Arte e da Imagem GOIÂNIA 53/2013 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Projeto de Arquitetura e Urbanismo GOIÂNIA 53/2013 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Ciência Política GOIÂNIA 53/2013 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Museologia GOIÂNIA 53/2013 Professor efetivo FF - FACULDADE DE FARMÁCIA Toxicologia GOIÂNIA 53/2013 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Urologia GOIÂNIA 53/2013 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Biotecnologia GOIÂNIA 53/2013 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Química Analítica GOIÂNIA 53/2013 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Química Inorgânica GOIÂNIA 53/2013 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Termodinâmica e Simulação de Processos GOIÂNIA 50/2013 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Direito do Trabalho, Direito Processual Trabalhista e Prática Jurídica Trabalhista GOIÁS 50/2013 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Direito Processual Penal e Pratíca Jurídica Penal GOIÁS 50/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Língua Inglesa JATAÍ 50/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Núcleo de Prática Jurídica-Estágio JATAÍ 50/2013 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Teoria da Literatura e Literatura de Língua Portuguesa JATAÍ 50/2013 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Cirurgia Geral GOIÂNIA 50/2013 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Cirurgia Plástica GOIÂNIA 50/2013 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Cirurgia Torácica GOIÂNIA 50/2013 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Pneumologia GOIÂNIA 50/2013 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Psiquiatria Clínica e Forense GOIÂNIA 50/2013 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Reumatologia GOIÂNIA 50/2013 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Saúde Coletiva GOIÂNIA 86/2012 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Ensino de Ciências e Biologia e Estágio Supervisionado em Ciências e Biologia CATALÃO 86/2012 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Química Analítica e Geral JATAÍ 86/2012 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Química Geral JATAÍ 86/2012 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Química Inorgânica e Geral JATAÍ 86/2012 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Química Orgânica e Geral JATAÍ 86/2012 Professor efetivo EMC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA, MECÂNICA E DE COMPUTAÇÃO Projeto Mecânico GOIÂNIA 86/2012 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Educação Musical e Estágio Supervisionado em Música GOIÂNIA 86/2012 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Trombone e Música de Câmara GOIÂNIA 86/2012 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Contabilidade Gerencial GOIÂNIA 86/2012 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Tectônica e Composição em Arquitetura e Urbanismo GOIÂNIA 86/2012 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Técnica Operatória e Cirurgia Experimental GOIÂNIA 86/2012 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Pedologia e Geomorfologia GOIÂNIA 86/2012 Professor efetivo IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Estatística GOIÂNIA 86/2012 Professor efetivo IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Matemática - Adjunto GOIÂNIA 86/2012 Professor efetivo IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Matemática - Titular GOIÂNIA 86/2012 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Química Inorgânica GOIÂNIA 86/2012 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Termodinâmica e Simulação de Processos GOIÂNIA 77/2012 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Administração Geral CATALÃO 77/2012 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Sociologia CATALÃO 77/2012 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Administração Geral GOIÁS 77/2012 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Contabilidade GOIÁS 77/2012 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Ciência do Solo JATAÍ 77/2012 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Ciências Humanas e Filosofia/Filosofia GOIÂNIA 77/2012 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Economia Política GOIÂNIA 77/2012 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Teoria Econômica GOIÂNIA 77/2012 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Planejamento e Desenho Urbano GOIÂNIA 77/2012 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Relações Internacionais GOIÂNIA 77/2012 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Sociologia GOIÂNIA 77/2012 Professor efetivo FAFIL - FACULDADE DE FILOSOFIA Epistemologia Contemporânea GOIÂNIA 77/2012 Professor efetivo FAFIL - FACULDADE DE FILOSOFIA Ética Geral GOIÂNIA 77/2012 Professor efetivo FAFIL - FACULDADE DE FILOSOFIA Filosofia Antiga/Medieval GOIÂNIA 77/2012 Professor efetivo FAFIL - FACULDADE DE FILOSOFIA Filosofia Política GOIÂNIA 77/2012 Professor efetivo FH - FACULDADE DE HISTÓRIA História: Patrimônio Histórico, Memória e Identidade GOIÂNIA 77/2012 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Clínica Médica GOIÂNIA 77/2012 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Pneumologia GOIÂNIA 77/2012 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Radiologia e Diagnóstico por Imagem/Imagenologia GOIÂNIA 77/2012 Professor efetivo FANUT - FACULDADE DE NUTRIÇÃO Nutrição Clínica GOIÂNIA 57/2012 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Matemática CATALÃO 57/2012 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Conservação do Solo e Topografia JATAÍ 57/2012 Professor efetivo FF - FACULDADE DE FARMÁCIA Química de Produtos Naturais e Sintéticos GOIÂNIA 57/2012 Professor efetivo FF - FACULDADE DE FARMÁCIA Tecnologia e Nanotecnologia Farmacêuticas GOIÂNIA 57/2012 Professor efetivo FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Diagnóstico Integrado das Afecções do Complexo Bucomaxilofacial GOIÂNIA 57/2012 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Anatomia Humana Sistêmica e Segmentar GOIÂNIA 57/2012 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Anatomia Vegetal GOIÂNIA 57/2012 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Ensino de Ciências e Biologia e Estágio Curricular Supervisionado GOIÂNIA 57/2012 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Fisiologia Geral e Humana GOIÂNIA 57/2012 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Histologia, Embriologia e Biologia Celular GOIÂNIA 48/2012 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Psicologia GOIÁS 48/2012 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Saúde do Adulto e Idoso JATAÍ 48/2012 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Flauta Doce e Educação Musical GOIÂNIA 48/2012 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Flauta Doce e Educação Musical GOIÂNIA 48/2012 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Linguagem e Estruturação Musicais e Violão GOIÂNIA 48/2012 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Métodos Quantitativos Aplicados à Contabilidade GOIÂNIA 48/2012 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Métodos Quantitativos Aplicados à Contabilidade GOIÂNIA 48/2012 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Fenômenos de Transporte e Operações Unitárias GOIÂNIA 35/2012 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Arquitetura e Organização de Computadores CATALÃO 35/2012 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Didática, Estágio e Ensino de Geografia JATAÍ 35/2012 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Enfermagem em Saúde da Mulher, Criança e Adolescente JATAÍ 35/2012 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Enfermagem em Saúde da Mulher, Criança e Adolescente JATAÍ 35/2012 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Engenharia da Água e Solo com ênfase em Automação Agrícola GOIÂNIA 35/2012 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia/Psicodiagnóstico e Técnicas de Avaliação Psicológica GOIÂNIA 35/2012 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Metodologia de Ensino e Pesquisa em Basquetebol GOIÂNIA 35/2012 Professor efetivo FANUT - FACULDADE DE NUTRIÇÃO Alimento e Nutrição Básica GOIÂNIA 20/2012 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Psicologia Cognitiva e Comportamental CATALÃO 20/2012 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Metodologia do Ensino da Dança GOIÂNIA 20/2012 Professor efetivo FH - FACULDADE DE HISTÓRIA História da Arte GOIÂNIA 20/2012 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Patologia Geral Aplicada à Biotecnologia GOIÂNIA 5/2012 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Geografia Humana e Ensino de Geografia JATAÍ 5/2012 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Agricultura GOIÂNIA 5/2012 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Economia Rural GOIÂNIA 5/2012 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Engenharia Florestal GOIÂNIA 5/2012 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Hidráulica e Saneamento GOIÂNIA 5/2012 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Hidráulica e Saneamento GOIÂNIA 5/2012 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Hidráulica e Saneamento GOIÂNIA 5/2012 Professor efetivo EEEC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA E DE COMPUTAÇÃO Circuitos Elétricos e Eletrônica GOIÂNIA 5/2012 Professor efetivo EEEC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA E DE COMPUTAÇÃO Teoria de Controle Linear GOIÂNIA 5/2012 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Museologia - Gestão de Museus e Avaliação GOIÂNIA 89/2011 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Ciência da Computação CATALÃO 89/2011 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia Econômica CATALÃO 89/2011 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Ensino de Filosofia e Filosofia da Educação GOIÁS 89/2011 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Fundamentos do Serviço Social e Política Social GOIÁS 89/2011 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Direito Civil, Direito Processual Civil e Direito Empresarial JATAÍ 89/2011 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Direito Penal e Direito Processual Penal JATAÍ 89/2011 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Física Experimental - Subárea: Física da Matéria Condensada JATAÍ 89/2011 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Física Geral JATAÍ 89/2011 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Física Geral e Ensino de Física JATAÍ 89/2011 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Física/Física Geral e Ensino de Física JATAÍ 89/2011 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Fisioterapia Aplicada à Neurologia e Estágio Supervisionado JATAÍ 89/2011 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Fisioterapia Cardiorrespiratória, Unidade de Terapia Intensiva, Estágio Supervisionado e Fisioterapia Geral JATAÍ 89/2011 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Manejo Florestal JATAÍ 89/2011 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Qumíca Analítica e Química Geral JATAÍ 89/2011 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Tecnologia de Produtos Florestais JATAÍ 89/2011 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Topografia GOIÂNIA 89/2011 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Gestão Ambiental GOIÂNIA 89/2011 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Planejamento e Gestão Ambiental GOIÂNIA 89/2011 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Sistemas de Abastecimento e Tratamento de Águas GOIÂNIA 89/2011 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Sistemas de Abastecimento e Tratamento de Águas GOIÂNIA 89/2011 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Sistemas de Abastecimento e Tratamento de Águas GOIÂNIA 89/2011 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Sistemas de Coleta, Transporte e Tratamento de Águas Residuárias GOIÂNIA 89/2011 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Transportes - Subárea: Planejamento e Operação de Transportes GOIÂNIA 89/2011 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Administração Estratégica GOIÂNIA 89/2011 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Administração Geral GOIÂNIA 89/2011 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Contabilidade Ambiental e Social GOIÂNIA 89/2011 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Teoria do Direito GOIÂNIA 89/2011 Professor efetivo FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Urgência/Endodontia GOIÂNIA 89/2011 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Anatomia Humana e Neuroanatomia GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Ciências Políticas CATALÃO 82/2011 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Economia Mineral CATALÃO 82/2011 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO História Moderna e Contemporânea CATALÃO 82/2011 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Lavra CATALÃO 82/2011 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Sociologia CATALÃO 82/2011 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Construções Rurais e Desenho Técnico JATAÍ 82/2011 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Contruções Rurais e Desenho Técnico JATAÍ 82/2011 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Fitotecnia e Sementes JATAÍ 82/2011 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Psicologia Comunitária JATAÍ 82/2011 Professor efetivo EEEC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA E DE COMPUTAÇÃO Materiais e Processos de Fabricação GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo EEEC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA E DE COMPUTAÇÃO Projeto Mecânico GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo EEEC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA E DE COMPUTAÇÃO Termo-Fluido Dinâmica GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Musicoterapia GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Cirurgia de Pequenos Animais GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Equideocultura GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Biblioteconomia - Tratamento da Informação GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Radiojornalismo e Produção Radiofônica GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Redação em Relações Públicas GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo FEN - FACULDADE DE ENFERMAGEM Enfermagem Pediátrica e Neonatológica GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Ciências Ambientais e Saúde GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Ciências Ambientais e Saúde GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Cultura e Humanidades GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Linguística Aplicada à Educação Bilíngue GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Linguística Descritiva GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Literaturas de Língua Francesa, Língua Francesa e Ensino de Língua Francesa GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo IF - INSTITUTO DE FÍSICA Física Geral Experimental GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo IF - INSTITUTO DE FÍSICA Física Geral Teórica GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Sistema Dinâmico GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Dermatologia GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Imunologia Aplicada à Biotecnologia GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Saúde Coletiva - Adjunto - Dedicação Exclusiva GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Saúde Coletiva - Adjunto - 20 horas GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Saúde Coletiva - Assistente GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Saúde Coletiva - Auxiliar GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Ensino de Química GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Espectrometria de Massas GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Modelagem, Simulação e Controle de Processos GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Processos da Indústria Química, Projetos de Processos e Instalações Químicas GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Química Analítica GOIÂNIA 82/2011 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Química Inorgânica GOIÂNIA 69/2011 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Ciências Sociais CATALÃO 69/2011 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Desenvolvimento de Produtos CATALÃO 69/2011 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Desenvolvimento de Produtos CATALÃO 69/2011 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Fisiologia e Biofísica CATALÃO 69/2011 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO História do Brasil CATALÃO 69/2011 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Algoritmos e Programação de Computadores JATAÍ 69/2011 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Estrutura de Dados e Engenharia de Software JATAÍ 69/2011 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Ciências da Natureza e Matemática/Matemática GOIÂNIA 69/2011 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Desenvolvimento Rural GOIÂNIA 69/2011 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Desenvolvimento Rural GOIÂNIA 69/2011 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Ecologia GOIÂNIA 54/2011 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Matemática JATAÍ 54/2011 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Psicologia da Saúde e Hospitalar JATAÍ 54/2011 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Ciências da Natureza/Matemática GOIÂNIA 54/2011 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Ressonância Magnética Nuclear GOIÂNIA 40/2011 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Zoologia de Invertebrados CATALÃO 40/2011 Professor efetivo EV - ESCOLA DE VETERINÁRIA Bioclimatologia, Comportamento e Bem Estar Animal GOIÂNIA 40/2011 Professor efetivo EV - ESCOLA DE VETERINÁRIA Criação de Animais de Companhia GOIÂNIA 40/2011 Professor efetivo EVZ - ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Criação de Animais de Companhia GOIÂNIA 40/2011 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Etnologia Indígena GOIÂNIA 40/2011 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Etnologia Indígena GOIÂNIA 40/2011 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Biomecânica do Movimento e Anatomia Humana GOIÂNIA 40/2011 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Fundamentos Modernos e Contemporâneos da Dança GOIÂNIA 40/2011 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Metodologia do Ensino da Dança e Estágio GOIÂNIA 40/2011 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Processos de Criação e Composição Coreográfica GOIÂNIA 28/2011 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Ciências Humanas e Filosofia/Filosofia GOIÂNIA 28/2011 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Agricultura GOIÂNIA 28/2011 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Fitopatologia GOIÂNIA 28/2011 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Tecnologia de Alimentos GOIÂNIA 28/2011 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Gestão de Pessoas GOIÂNIA 28/2011 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Gestão de Projetos e Processos Organizacionais GOIÂNIA 28/2011 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Gestão de Projetos e Processos Organizacionais GOIÂNIA 28/2011 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Negócios Internacionais e Comércio Exterior GOIÂNIA 28/2011 Professor efetivo FF - FACULDADE DE FARMÁCIA Assistência Farmacêutica e Farmácia Comunitária GOIÂNIA 28/2011 Professor efetivo FF - FACULDADE DE FARMÁCIA Bioquímica Clínica e Semiologia Farmacêutica GOIÂNIA 28/2011 Professor efetivo FF - FACULDADE DE FARMÁCIA Bioquímica Clínica e Semiologia Farmacêutica GOIÂNIA 18/2011 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Logística e Gestão de Cadeia de Suprimento CATALÃO 18/2011 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Biblioteconomia - Tecnologia da Informação GOIÂNIA 18/2011 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Teoria da Imagem e Produção Audiovisual GOIÂNIA 18/2011 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Direito Civil e Empresarial GOIÂNIA 18/2011 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Direito Civil e Empresarial GOIÂNIA 18/2011 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Direito Civil e Empresarial GOIÂNIA 18/2011 Professor efetivo FANUT - FACULDADE DE NUTRIÇÃO Nutrição Clínica GOIÂNIA 7/2011 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Antropologia CATALÃO 7/2011 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Ciências Políticas CATALÃO 7/2011 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Ergonomia e Projeto CATALÃO 7/2011 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Matemática CATALÃO 7/2011 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Matemática CATALÃO 7/2011 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Matemática Aplicada CATALÃO 7/2011 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Matemática Aplicada CATALÃO 7/2011 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Probabilidade e Estatística CATALÃO 7/2011 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Sociologia CATALÃO 7/2011 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Prática e Ensino de Projeto GOIÂNIA 7/2011 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Teorias e Processos da Arte Contemporânea GOIÂNIA 7/2011 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Libras, Linguística e Ensino - Professor Assistente GOIÂNIA 7/2011 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Libras, Linguística e Ensino - Professor Auxiliar GOIÂNIA 7/2011 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Cartografia, Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto GOIÂNIA 7/2011 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Geografia Física GOIÂNIA 79/2010 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Climatologia Agrícola e Recursos Hídricos GOIÂNIA 79/2010 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Engenharia Florestal GOIÂNIA 79/2010 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Horticultura GOIÂNIA 79/2010 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Literatura Brasileira e Ensino de Literatura GOIÂNIA 75/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Fenômenos de Transporte,Hidráulica,Saneamento e Hidrologia CATALÃO 75/2010 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Filosofia Moderna e Contemporânea GOIÁS 75/2010 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Fundamentos da Educação GOIÁS 75/2010 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Radiofotobiologia e Bioquímica JATAÍ 75/2010 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Fitossanidade GOIÂNIA 75/2010 Professor efetivo EEEC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA E DE COMPUTAÇÃO Materiais e Processos de Fabricação GOIÂNIA 75/2010 Professor efetivo EEEC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA E DE COMPUTAÇÃO Projeto Mecânico GOIÂNIA 75/2010 Professor efetivo EEEC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA E DE COMPUTAÇÃO Termo-Fluido Dinâmica GOIÂNIA 75/2010 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Artes Cênicas - Interpretação e Pedagogia Teatral GOIÂNIA 75/2010 Professor efetivo FH - FACULDADE DE HISTÓRIA História:Patrimônio Histórico,Memória e Identidade GOIÂNIA 75/2010 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Reumatologia GOIÂNIA 71/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia Civil CATALÃO 71/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia Civil CATALÃO 71/2010 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Didática e Prática de Ensino de História JATAÍ 71/2010 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Geografia Humana e Ensino de Geografia JATAÍ 71/2010 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Psicologia e Saúde Pública:enfoque fenomenológico-existencial JATAÍ 71/2010 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Ciência Política GOIÂNIA 71/2010 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Políticas Educacionais GOIÂNIA 71/2010 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia da Educação GOIÂNIA 71/2010 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia da Educação GOIÂNIA 67/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia de Estruturas CATALÃO 67/2010 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Fundamentos do Serviço Social/Estágio Supervisionado GOIÁS 67/2010 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Ensino de Artes Visuais Modalidade a Distância GOIÂNIA 67/2010 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS História da Arte e da Imagem GOIÂNIA 67/2010 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Fundamentos Filosóficos e Sócio-Históricos da Educação GOIÂNIA 67/2010 Professor efetivo FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Diagnóstico Integrado das Afecções do Complexo Bucomaxilofacial GOIÂNIA 67/2010 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Didática em Geografia GOIÂNIA 67/2010 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Bacteriologia GOIÂNIA 46/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Geologia Sedimentar CATALÃO 46/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Geologia Sedimentar CATALÃO 46/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Geologia Sedimentar CATALÃO 46/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Geologia Sedimentar CATALÃO 46/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Geologia Sedimentar CATALÃO 46/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Sistemas Operacionais CATALÃO 46/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Sistemas Operacionais CATALÃO 46/2010 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Construção Civil Sub-Área:Sistemas Prediais,Administração de Obras e Serviços de Saneamento GOIÂNIA 46/2010 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Construção Civil Sub-Área:Sistemas Prediais,Administração de Obras e Serviços de Saneamento GOIÂNIA 46/2010 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Transportes Sub-Área:Planejamento de Transportes GOIÂNIA 46/2010 Professor efetivo GOIÁS - FACULDADE DE DIREITO - EXTENSÃO GOIÁS Prática Jurídica e Estágio Supervisionado GOIÁS 46/2010 Professor efetivo GOIÁS - FACULDADE DE DIREITO - EXTENSÃO GOIÁS Prática Jurídica e Estágio Supervisionado GOIÁS 46/2010 Professor efetivo GOIÁS - FACULDADE DE DIREITO - EXTENSÃO GOIÁS Prática Jurídica Trabalhista e Previdenciária GOIÁS 46/2010 Professor efetivo GOIÁS - FACULDADE DE DIREITO - EXTENSÃO GOIÁS Processo Civil e Estágio Supervisionado GOIÁS 46/2010 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Arte e Educação GOIÂNIA 46/2010 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia/Psicologia da Educação GOIÂNIA 46/2010 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia/Psicologia: Fundamentos Epistemológicos e Teorias da Personalidade GOIÂNIA 46/2010 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia/Psicologia:Fundamentos Epistemológicos e Teorias da Personalidade GOIÂNIA 32/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Fenômeno de Transportes e Hidrologia CATALÃO 32/2010 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Toxicologia Veterinária, Farmacologia Veterinária e Terapêutica Veterinária JATAÍ 32/2010 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Monitoramento Ambiental GOIÂNIA 32/2010 Professor efetivo EEEC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA E DE COMPUTAÇÃO Instalações Elétricas Industriais GOIÂNIA 32/2010 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Administração Estratégica e Negócios Internacionais GOIÂNIA 32/2010 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Administração Financeira GOIÂNIA 32/2010 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Econometria GOIÂNIA 32/2010 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Teoria Econômica GOIÂNIA 32/2010 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Estética e História da Imagem GOIÂNIA 32/2010 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Direito Civil GOIÂNIA 32/2010 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Didática/Didática e Formação de professores e estágio nos anos iniciais do ensino fundamental e educação infantil GOIÂNIA 32/2010 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Educação, Comunicação e Mídias GOIÂNIA 32/2010 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia/Psicologia e Processos Clínicos GOIÂNIA 32/2010 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Aspectos Nutricionais e Biodinâmicos do Movimento GOIÂNIA 32/2010 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Aspectos Nutricionais e Biodinâmicos do Movimento GOIÂNIA 32/2010 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Ensino e Pesquisa em Basquetebol GOIÂNIA 32/2010 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Língua Portuguesa e Lingüística e Ensino GOIÂNIA 29/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Economia Mineral CATALÃO 29/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Lavra CATALÃO 29/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Lavra CATALÃO 29/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Lavra CATALÃO 29/2010 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Doenças Infecciosas do Animais Domésticos e Saúde Pública JATAÍ 29/2010 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Eletrotermofototerapia Fisioterapia Geral JATAÍ 29/2010 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Esporte Coletivo e Individual JATAÍ 29/2010 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Esporte e Estágio JATAÍ 29/2010 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Silvicultura JATAÍ 29/2010 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Silvicultura JATAÍ 29/2010 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Administração Mercadológica GOIÂNIA 29/2010 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Ensino de Artes Visuais: Modalidade a Distância GOIÂNIA 29/2010 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Ciência, Sociedade e Intervenção Profissional GOIÂNIA 29/2010 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Dança Educação e Improvisação GOIÂNIA 29/2010 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Educação Física, Saúde Coletiva e Políticas de Saúde no Brasil GOIÂNIA 29/2010 Professor efetivo FEN - FACULDADE DE ENFERMAGEM Enfermagem Clínica Cirurgica GOIÂNIA 29/2010 Professor efetivo FEN - FACULDADE DE ENFERMAGEM Enfermagem Psiquiátrica e Saúde Mental GOIÂNIA 29/2010 Professor efetivo FAFIL - FACULDADE DE FILOSOFIA Filosofia Geral GOIÂNIA 29/2010 Professor efetivo FAFIL - FACULDADE DE FILOSOFIA Filosofia Geral GOIÂNIA 29/2010 Professor efetivo FAFIL - FACULDADE DE FILOSOFIA Filosofia Moderna GOIÂNIA 29/2010 Professor efetivo IF - INSTITUTO DE FÍSICA Cristalografia GOIÂNIA 29/2010 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Ciência da Computação GOIÂNIA 023/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Física Geral CATALÃO 023/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Geologia Estrutural/Geologia Sedimentar CATALÃO 023/2010 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Enfermagem Clínica JATAÍ 023/2010 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Artes Cênicas-Teatro-Educação e Novas Tecnologias GOIÂNIA 023/2010 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Representação Linguagem e Tecnologia em Design de Interiores GOIÂNIA 023/2010 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Museologia-Expografia GOIÂNIA 023/2010 Professor efetivo FH - FACULDADE DE HISTÓRIA História Moderna e Contemporânea GOIÂNIA 023/2010 Professor efetivo FH - FACULDADE DE HISTÓRIA História Moderna e Contemporânea GOIÂNIA 023/2010 Professor efetivo FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Odontologia Legal GOIÂNIA 023/2010 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Biologia Molecular de Procariotos-EAD GOIÂNIA 023/2010 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Bioquímica e Biologia Molecular-EAD GOIÂNIA 023/2010 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Fisiologia Geral de Vertebrados GOIÂNIA 023/2010 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Morfologia e Taxonomia Vegetal GOIÂNIA 023/2010 Professor efetivo IF - INSTITUTO DE FÍSICA Física Geral Teórica e Experimental GOIÂNIA 023/2010 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Cristalografia GOIÂNIA 023/2010 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Físico-Química GOIÂNIA 13/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Fenômeno de Transportes e Hidrologia CATALÃO 13/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Processos Psicossociais: Educação, Desenvolvimento e Aprendizagem CATALÃO 13/2010 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Comunicação - Letras e LInguística/Língua Portuguesa GOIÂNIA 13/2010 Professor efetivo EEEC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA E DE COMPUTAÇÃO Microprocessadores GOIÂNIA 13/2010 Professor efetivo EEEC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA E DE COMPUTAÇÃO Microprocessadores GOIÂNIA 13/2010 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Artes Cênicas-Cenografia e Iluminação Cênica GOIÂNIA 13/2010 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Artes Cênicas-Figurino,Maquiagem e Formas Animadas GOIÂNIA 13/2010 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Artes Cênicas-História e Teorias do Espetáculo GOIÂNIA 13/2010 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Artes Cênicas-Produção Cultural e Teorias do Espetáculo GOIÂNIA 13/2010 Professor efetivo EV - ESCOLA DE VETERINÁRIA Clínica de Equinos GOIÂNIA 13/2010 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Sociologia GOIÂNIA 13/2010 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Relações Públicas e Comunicação Organizacional GOIÂNIA 13/2010 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Telejornalismo e Produção Audiovisual GOIÂNIA 13/2010 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Educação Física,Infância e Escola GOIÂNIA 13/2010 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Metodologia do Ensino da Educação Física na Escola GOIÂNIA 13/2010 Professor efetivo FF - FACULDADE DE FARMÁCIA Modelagem Molecular/Química Farmacêutica Medicinal GOIÂNIA 13/2010 Professor efetivo FH - FACULDADE DE HISTÓRIA História do Brasil-Colônia e Império GOIÂNIA 13/2010 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Geografia Humana GOIÂNIA 1/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Ciências Políticas CATALÃO 1/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia de Estruturas - Subárea: Estrutura de Aço e Madeira CATALÃO 1/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Ensino de Ciências e Biologia, Estágio Curricular Supervisionado em Ciências e Biologia CATALÃO 1/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Matemática Aplicada CATALÃO 1/2010 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Matemática Industrial CATALÃO 1/2010 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Melhoramento Genético de Plantas GOIÂNIA 1/2010 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Anatomia Humana e Comparada GOIÂNIA 1/2010 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Genética Humana e Molecular GOIÂNIA 1/2010 Professor efetivo IF - INSTITUTO DE FÍSICA Cristalografia GOIÂNIA 1/2010 Professor efetivo IF - INSTITUTO DE FÍSICA Física Aplicada à Medicina GOIÂNIA 1/2010 Professor efetivo IF - INSTITUTO DE FÍSICA Magnetismo e Materiais GOIÂNIA 1/2010 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Micologia GOIÂNIA 1/2010 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Nanobiotecnologia e Biologia Molecular GOIÂNIA 1/2010 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Parasitologia GOIÂNIA 1/2010 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Patologia GOIÂNIA 1/2010 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Saúde Coletiva GOIÂNIA 092/2009 Professor efetivo CACG - CAMPUS CIDADE DE GOIÁS Política Social GOIÁS 092/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Administração Rural e Agronegócios JATAÍ 092/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Algoritmos e Programação de Computadores JATAÍ 092/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Anatomia Humana e Comparada JATAÍ 092/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Bases para o Cuidar do Indivíduo e da Família JATAÍ 092/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Bovinocultura de Corte e Forragicultura JATAÍ 092/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Direito Privado JATAÍ 092/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Direito Público JATAÍ 092/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Doenças Infecciosas e Saúde Pública JATAÍ 092/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Ecologia Florestal JATAÍ 092/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Epidemiologia e Saúde/Gestão Hospitalar e Laboratorial JATAÍ 092/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Física JATAÍ 092/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Fisioterapia/Sub área: Semiologia Fisioterapêutica e Fisioterapia Geral JATAÍ 092/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Fundamentos da Educação JATAÍ 092/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Literatura: Teoria Literária e Ensino de Literatura JATAÍ 092/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Matemática Aplicada JATAÍ 092/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Morfofisiologia Humana e Animal JATAÍ 092/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Morfofisiologia Vegetal JATAÍ 092/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Olericultura e Tecnologia de Alimentos de Origem Vegetal JATAÍ 092/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Parasitologia Veterinária e Doenças Parasitárias dos Animais Domésticos JATAÍ 092/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Psicologia Social e do Trabalho JATAÍ 092/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Química Geral JATAÍ 092/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Silvicultura, Melhoramento Florestal e Estatística Experimental JATAÍ 092/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Teoria e Método na Geografia JATAÍ 092/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Teorias e Técnicas Psicanalítica JATAÍ 092/2009 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Engenharia Ambiental: Ciências Ambientais GOIÂNIA 092/2009 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Engenharia Ambiental: Monitoramento Ambiental GOIÂNIA 092/2009 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Engenharia Ambiental: Planejamento Urbano e Ambiental GOIÂNIA 092/2009 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Engenharia Ambiental: Recursos Hídricos GOIÂNIA 092/2009 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Publicidade e Propaganda GOIÂNIA 092/2009 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Bioprocessos e Biotecnologia GOIÂNIA 092/2009 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Botânica Criptógamos GOIÂNIA 092/2009 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Ecologia GOIÂNIA 092/2009 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Ensino de Ciências e Biologia e Estágio Curricular Supervisionado GOIÂNIA 092/2009 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Fisiologia Vegetal GOIÂNIA 092/2009 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Histoquímica, Histologia e Embriologia GOIÂNIA 092/2009 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Zoologia de Invertebrados GOIÂNIA 092/2009 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Cartografia e Geoprocessamento GOIÂNIA 092/2009 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Geologia Aplicada GOIÂNIA 092/2009 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Geologia Geral GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo EEEC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA E DE COMPUTAÇÃO Termo-Fluido Dinâmica GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo EV - ESCOLA DE VETERINÁRIA Bioquímica e Metabolismo GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Representação e Linguagem e Informática Aplicada à Arquitetura GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Teoria e História da Arquitetura e Projeto de Arquitetura GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Teoria e História da Arquitetura e Urbanismo e Projetos Urbanos GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Estado e Políticas Públicas GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Estado e Políticas Públicas GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Museologia - Conservação de Bens Culturais GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Museologia - Conservação de Bens Culturais GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Museologia - Documentação Museológica GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Museologia - Expografia GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Museologia - Gestão de Museus GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Teoria Antropológica GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Biblioteconomia - Gestão, Produtos e Serviços de Informação GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Didática/Didática e Formação de Professores e Estágio nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental e Educação Infantil GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia/Psicologia e Processos Clínicos GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Anatomia e Fisiologia Aplicada às Praticas Corporais GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Ciência, Sociedade e Intervenção Profissional GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Dança, Educação e Improvisação GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Danças Populares Brasileiras, História e Musicalidade GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Educação Física, Saúde Coletiva e Políticas Públicas de Saúde no Brasil GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Fundamentos Clássicos e Modernos da Dança GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FAFIL - FACULDADE DE FILOSOFIA Estética GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FAFIL - FACULDADE DE FILOSOFIA Ética Contemporânea GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FAFIL - FACULDADE DE FILOSOFIA Filosofia do Século XVII GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FAFIL - FACULDADE DE FILOSOFIA Filosofia Geral GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FAFIL - FACULDADE DE FILOSOFIA Teoria do Conhecimento GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FH - FACULDADE DE HISTÓRIA Metodologia e Didática da História GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Libras e Linguística GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Literatura Brasileira e Ensino de Literatura GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo FANUT - FACULDADE DE NUTRIÇÃO Alimentos e Nutrição Básica GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Geomorfologia GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Banco de Dados GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Ciência da Computação GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Engenharia de Software GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Inteligência Artificial GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Sistemas de Computação GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Teoria da Computação e Otimização GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Educação Matemática GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Estatística GOIÂNIA 085/2009 Professor efetivo IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Matemática GOIÂNIA 079/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Ecologia Florestal JATAÍ 079/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Enfermagem em UTI e Emergência JATAÍ 079/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Geografia Física JATAÍ 079/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Microbiologia Geral, Veterinária e de Alimentos JATAÍ 079/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Morfologia dos Animais JATAÍ 079/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Políticas Educacionais JATAÍ 079/2009 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Produção, Materiais e Logística GOIÂNIA 079/2009 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Tecnologia da Informação GOIÂNIA 079/2009 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Sociologia GOIÂNIA 079/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia e Processos Clínicos GOIÂNIA 079/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia/Psicologia Social GOIÂNIA 079/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia/Psicologia Social do Trabalho GOIÂNIA 079/2009 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Língua e Literaturas em Língua Espanhola e Ensino de Língua e Literaturas Espanhola GOIÂNIA 079/2009 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Teoria Literária e Ensino da Literatura GOIÂNIA 075/2009 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Violoncelo e Música de Câmara GOIÂNIA 075/2009 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Violoncelo e Música de Câmara GOIÂNIA 075/2009 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Relações Públicas: Gestão Estratégica e Marketing GOIÂNIA 075/2009 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Direito Civil GOIÂNIA 075/2009 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Direito Civil GOIÂNIA 060/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Química Inorgânica e Química Industrial CATALÃO 060/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Prática Contábil e Contabilidade Financeira GOIÂNIA 060/2009 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Prática Contábil e Contabilidade Financeira GOIÂNIA 060/2009 Professor efetivo FH - FACULDADE DE HISTÓRIA Didática e Prática do Ensino de História/História da África GOIÂNIA 060/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Oftalmologia GOIÂNIA 047/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia Elétrica CATALÃO 047/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Ensino de Física CATALÃO 047/2009 Professor efetivo EV - ESCOLA DE VETERINÁRIA Aquicultura GOIÂNIA 047/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Língua Brasileira de Sinais GOIÂNIA 047/2009 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Latim e Língua Portuguesa GOIÂNIA 047/2009 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Latim e Língua Portuguesa GOIÂNIA 047/2009 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Língua Portuguesa, Linguística e Ensino GOIÂNIA 047/2009 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Língua Portuguesa, Linguística e Ensino GOIÂNIA 047/2009 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Políticas Educacionais do Brasil e Fundamentos Filosóficos e Sócio-históricos da Educação GOIÂNIA 047/2009 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Psicologia da Educação GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Ensino de Física JATAÍ 040/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Física Experimental/Subárea: Física da Matéria Condensada JATAÍ 040/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Física Experimental/Subárea: Física da Matéria Condensada JATAÍ 040/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Física Teórica/Subárea: Física Computacional JATAÍ 040/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ História do Brasil JATAÍ 040/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Arte e Educação GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Arte e Educação GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Ciências Naturais nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental e Educação Infantil GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Didática e Formação de Professores e Estágio nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental e Educação Infantil GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Educação, Comunicação e Mídias GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Filosofia da Educação GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Fundamentos e Metodologia de Ensino de Língua Portuguesa na Educação Infantil e nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Fundamentos e Metodologia de Ensino de Matemática na Educação Infantil e Anos Iniciais do Ensino Fundamental GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Fundamentos e Metodologia em Ciências Humanas GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Política e Gestão da Educação GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia da Educação GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia/Neuropsicologia GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia/Psicodiagnóstico e Técnica de Avaliação Psicológica GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia/Psicologia e Saúde GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia/Psicologia e Saúde GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia/Psicologia Social GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia/Psicologia Social GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia/Psicopatologia GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia/Técnicas Psicoterápicas GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Sociologia da Educação GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Didática em Geografia GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Didática em Geografia GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Fundamentos do Saber Geográfico GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Fundamentos do Saber Geográfico GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Fundamentos do Saber Geográfico GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Algoritmos e Otimização GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Algoritmos e Otimização GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Banco de Dados GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Engenharia de Software GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Linguagens de Programação GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Metodologia e Técnicas da Computação GOIÂNIA 040/2009 Professor efetivo IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Estatística GOIÂNIA 039/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Contabilidade CATALÃO 039/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Contabilidade CATALÃO 039/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Economia Geral GOIÂNIA 039/2009 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Piano, Harmonia Funcional e Percepção GOIÂNIA 039/2009 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Violão, Educação Musical, Mídias e Tecnologias GOIÂNIA 039/2009 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Violão, Educação Musical, Mídias e Tecnologias GOIÂNIA 039/2009 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Ciências Sociais e Educação GOIÂNIA 039/2009 Professor efetivo FCS - FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS Ciências Sociais e Educação GOIÂNIA 039/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Políticas Educacionais GOIÂNIA 039/2009 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Anatomia Humana e Comparada GOIÂNIA 032/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia Mecânica CATALÃO 032/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia Mecânica CATALÃO 032/2009 Professor efetivo GOIÁS - FACULDADE DE DIREITO - EXTENSÃO GOIÁS Direito Privado/Professor Adjunto GOIÁS 032/2009 Professor efetivo GOIÁS - FACULDADE DE DIREITO - EXTENSÃO GOIÁS Direito Privado/Professor Assistente GOIÁS 032/2009 Professor efetivo GOIÁS - FACULDADE DE DIREITO - EXTENSÃO GOIÁS Direito Público/Professor Adjunto GOIÁS 032/2009 Professor efetivo GOIÁS - FACULDADE DE DIREITO - EXTENSÃO GOIÁS Direito Público/Regime de Trabalho: Dedicação Exclusiva GOIÁS 032/2009 Professor efetivo GOIÁS - FACULDADE DE DIREITO - EXTENSÃO GOIÁS Direito Público/Regime de Trabalho: 20 horas GOIÁS 032/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Filosofia da Educação GOIÂNIA 032/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Filosofia da Educação GOIÂNIA 032/2009 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Ensino e Pesquisa em Atletismo GOIÂNIA 032/2009 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Ensino e Pesquisa em Atletismo GOIÂNIA 032/2009 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Metodologia do Ensino em Educação Física e Estágio GOIÂNIA 032/2009 Professor efetivo FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Odontologia Coletiva e Estágio em Odontologia Coletiva GOIÂNIA 032/2009 Professor efetivo IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Otimização GOIÂNIA 032/2009 Professor efetivo IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Sistemas Dinâmicos GOIÂNIA 028/2009 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Artes (Disciplina: Artes Visuais) GOIÂNIA 028/2009 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Ciências da Natureza e Matemática (Disciplina: Ciências e Biologia) GOIÂNIA 028/2009 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Ciências da Natureza e Matemática (Disciplina: Física) GOIÂNIA 028/2009 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Ciências da Natureza e Matemática (Disciplina: Informática) GOIÂNIA 028/2009 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Ciências da Natureza e Matemática (Disciplina: Informática) GOIÂNIA 028/2009 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Ciências da Natureza e Matemática (Disciplina: Matemática) GOIÂNIA 028/2009 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Ciências da Natureza e Matemática (Disciplina: Matemática)/Adjunto GOIÂNIA 028/2009 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Ciências da Natureza e Matemática (Disciplina: Matemática)/Assistente GOIÂNIA 028/2009 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Ciências Humanas e Filosofia (Disciplina: Filosofia) GOIÂNIA 028/2009 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Ciências Humanas e Filosofia (Disciplina: Sociologia) GOIÂNIA 028/2009 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Comunicação (Disciplina: Educação Física)/Regime de Trabalho: Dedicação Exclusiva GOIÂNIA 028/2009 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Comunicação (Disciplina: Educação Física)/Regime de Trabalho: 20 horas GOIÂNIA 028/2009 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Espanhol (Disciplina: Língua Espanhola)/Professor Assistente GOIÂNIA 028/2009 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Espanhol (Disciplina: Língua Espanhola)/Professor Auxiliar GOIÂNIA 028/2009 Professor efetivo EEEC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA E DE COMPUTAÇÃO Sistemas de Energia GOIÂNIA 028/2009 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Direito Administrativo e Direito Processual Administrativo GOIÂNIA 028/2009 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Direito do Trabalho, Direito Processual do Trabalho e Direito Previdenciário GOIÂNIA 028/2009 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Direito Empresarial GOIÂNIA 028/2009 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Direito Tributário GOIÂNIA 028/2009 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Estágio Supervisionado de Direito Processual Civil e Direito Processual Trabalhista e Laboratório de Prática de Direito Processual Civil e Prática de Direito Processual Trabalhista GOIÂNIA 028/2009 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Estágio Supervisionado de Direito Processual Penal e Laboratório de Prática de Direito Processual Penal GOIÂNIA 028/2009 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Introdução ao Direito e História do Pensamento Jurídico GOIÂNIA 028/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia/Processos Psicossociais: Trabalho, Instituição, Organização e Grupo GOIÂNIA 018/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Topografia CATALÃO 018/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Assistência de Enfermagem ao Paciente Crítico JATAÍ 018/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Ciência do Solo JATAÍ 018/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Educação Física e Saúde JATAÍ 018/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Eficiência Reprodutiva dos Rebanhos JATAÍ 018/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Enfermagem Cirúrgica JATAÍ 018/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Enfermagem Cirúrgica JATAÍ 018/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Enfermagem Cirúrgica JATAÍ 018/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Enfermagem Clínica JATAÍ 018/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Enfermagem Clínica JATAÍ 018/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Enfermagem Ginecológica e Obstetrícia JATAÍ 018/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Enfermagem Pediátrica e Neonatológica JATAÍ 018/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Enfermagem Pediátrica e Neonatológica JATAÍ 018/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Ensino de Ciências e de Biologia e Estágio Supervisionado JATAÍ 018/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Estágio Supervisionado em História JATAÍ 018/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Fundamentos de Fisioterapia. Cinesiologia e Cinesioterapia JATAÍ 018/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ História Moderna JATAÍ 018/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Parasitologia JATAÍ 018/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Tecnologia da Madeira JATAÍ 018/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Tecnologia da Madeira JATAÍ 018/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Tecnologia e Inspeção de Produtos de Origem Animal JATAÍ 018/2009 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Ciências da Natureza e Matemática (Disciplina: Química) GOIÂNIA 018/2009 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Comunicação (Disciplina: Espanhol) GOIÂNIA 018/2009 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Comunicação (Disciplina: Francês) GOIÂNIA 018/2009 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Comunicação (Disciplina: Inglês) GOIÂNIA 018/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Administração de Marketing GOIÂNIA 018/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Administração Financeira GOIÂNIA 018/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Administração Mercadológica GOIÂNIA 018/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Administração Pública GOIÂNIA 018/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Administração Pública GOIÂNIA 018/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Desenho Técnico GOIÂNIA 018/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Topografia e Geoprocessamento GOIÂNIA 018/2009 Professor efetivo EV - ESCOLA DE VETERINÁRIA Estatística e Experimentação Animal GOIÂNIA 018/2009 Professor efetivo EV - ESCOLA DE VETERINÁRIA Estatística e Experimentação Animal GOIÂNIA 018/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO História da Educação GOIÂNIA 018/2009 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia da Educação GOIÂNIA 018/2009 Professor efetivo FH - FACULDADE DE HISTÓRIA Etnohistória GOIÂNIA 018/2009 Professor efetivo FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Atenção Odontológica à Saúde da Criança e do Paciente com Necessidades Especiais GOIÂNIA 018/2009 Professor efetivo FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Atividades Cirúrgicas Integradas na Clínica Odontológica GOIÂNIA 018/2009 Professor efetivo FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Clínicas Odontológicas e Estágios em Clínicas Odontológicas GOIÂNIA 018/2009 Professor efetivo FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Diagnóstico Integrado das Afecçoes do Complexo Bucomaxilofacial GOIÂNIA 018/2009 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Fenômenos de Transferência e Operações Unitárias GOIÂNIA 018/2009 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Fenômenos de Transferência: Quantidade de Movimento, Calor e Massa GOIÂNIA 018/2009 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Fenômenos de Transferência: Quantidade de Movimento, Calor e Massa GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Anestesiologia GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Cardiologia GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Cirurgia Geral e Aparelho Digestivo GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Cirurgia Vascular GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Clínica Médica GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Coloproctologia GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Endocrinologia GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Gastroenterologia GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Ginecologia e Obstetrícia GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Hematologia GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Medicina Comunitária GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Medicina do Adolescente GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Nefrologia GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Neurocirurgia GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Oftalmologia GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Ortopedia e Traumatologia GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Otorrinolaringologia GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Patologia Funcional GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Pediatria Geral GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Pneumologia GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Práticas Integradoras GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Psicologia Médica GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Psiquiatria GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Reumatologia GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Técnica Operatória e Cirúrgica Experimental GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Telemedicina GOIÂNIA 016/2009 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Urologia GOIÂNIA 011/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Educação Matemática CATALÃO 011/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Educação Matemática CATALÃO 011/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Administração Financeira GOIÂNIA 011/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Sociologia e Extensão Rural GOIÂNIA 011/2009 Professor efetivo GOIÁS - FACULDADE DE DIREITO - EXTENSÃO GOIÁS Ciências Sociais, História, Antropologia e Economia GOIÁS 011/2009 Professor efetivo GOIÁS - FACULDADE DE DIREITO - EXTENSÃO GOIÁS Fundamentos do Serviço Social GOIÁS 011/2009 Professor efetivo FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Dentística/Disciplinas: Pré-Clínica I e II, Clínica de Atenção Básica I e II GOIÂNIA 011/2009 Professor efetivo FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Odonto Social e Saúde Coletiva/Disciplinas: Odontologia Coletiva I e II, Estágio em Odontologia I, II, III, IV GOIÂNIA 008/2009 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Artes/Teatro GOIÂNIA 008/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Ciência do Solo GOIÂNIA 008/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Engenharia de Alimentos GOIÂNIA 008/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Engenharia e Tecnologia de Alimentos GOIÂNIA 008/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Engenharia Florestal GOIÂNIA 008/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Engenharia Florestal GOIÂNIA 008/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Tecnologia de Alimentos GOIÂNIA 008/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Tecnologia de Alimentos GOIÂNIA 006/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Economia Mineral CATALÃO 006/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Economia Mineral CATALÃO 006/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Economia Mineral CATALÃO 006/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Economia Mineral CATALÃO 006/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Enfermagem em Saúde Coletiva CATALÃO 006/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Enfermagem Fundamental com Ênfase em Saúde Coletiva CATALÃO 006/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Geoestatística CATALÃO 006/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Geologia e Geografia Física CATALÃO 006/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Geotecnia - Mecânica das Rochas e dos Solos CATALÃO 006/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Geotecnia - Mecânica das Rochas e dos Solos CATALÃO 006/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Lavra CATALÃO 006/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Lavra CATALÃO 006/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Lavra CATALÃO 006/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Meio Ambiente e Mineração CATALÃO 006/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Meio Ambiente e Mineração CATALÃO 006/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Processamento Mineral CATALÃO 006/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Processamento Mineral CATALÃO 006/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Administração Geral GOIÂNIA 006/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Contabilidade Financeira GOIÂNIA 006/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Contabilidade Financeira GOIÂNIA 006/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Contabilidade Financeira e Contabilidade Gerencial GOIÂNIA 006/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Contabilidade Tributária e Financeira GOIÂNIA 006/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Econometria GOIÂNIA 006/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Economia Política GOIÂNIA 006/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Teoria da Contabilidade, Auditoria e Perícia GOIÂNIA 006/2009 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Teoria Econômica GOIÂNIA 006/2009 Professor efetivo EEEC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA E DE COMPUTAÇÃO Circuitos Elétricos e Eletrônicos GOIÂNIA 006/2009 Professor efetivo FACE - FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS Contabilidade Financeira e Contabilidade Gerencial GOIÂNIA 006/2009 Professor efetivo IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Matemática GOIÂNIA 006/2009 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Bacteriologioa GOIÂNIA 006/2009 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Dermatologia GOIÂNIA 006/2009 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Doenças Infecciosas e Parasitárias GOIÂNIA 006/2009 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Imunologia GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Cultura, Currículo e Avaliação JATAÍ 002/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Física/Subárea: Geral, Experimental e Aplicada JATAÍ 002/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Genética e Bioestatística JATAÍ 002/2009 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Química Geral e Química Analítica JATAÍ 002/2009 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Ciências Biológicas GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Construção Civil/Subárea: Sistemas Prediais, Administração de Obras e Serviços de Saneamento GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Estruturas GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Fenômenos de Transporte GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Fenômenos de Transporte GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Geotecnia GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Geotecnia Ambiental GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Gestão Ambiental GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Desenho: Práticas e Reflexões entre a Tradição e o Campo Ampliado GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo FCHF - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E FILOSOFIA Métodos Quantitativos e Estatística Aplicada às Ciências Sociais GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Libras e Educação de Surdos GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Língua Inglesa e Inglês Instrumental GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Língua Portuguesa GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Língua Portuguesa e Libras GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Lingüística e Libras GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Português como Segunda Língua para Povos Indígenas numa Perspectiva Bilíngüe Intercultural GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Teoria da Literatura e Educação de Surdos GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo FANUT - FACULDADE DE NUTRIÇÃO Nutrição em Saúde Pública GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo FANUT - FACULDADE DE NUTRIÇÃO Nutrição em Saúde Pública GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Anatomia Animal GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Biologia Celular e Biologia dos Tecidos, Órgãos e Sistemas GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Bioquímica e/ou Biologia Molecular: Enzimologia e/ou Química de Proteínas GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Bioquímica e/ou Biologia Molecular: Genômica e/ou Proteômica e/ou Bioinformática GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Ensino de Ciências e Biologia e Estágio Supervisionado GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Ensino de Ciências e Biologia e Estágio Supervisionado (Ensino a Distância) GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Farmacologia GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Histologia e Embriologia, Biologia do Desenvolvimento, Histologia e Desenvolvimento Buco-Dental GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Histologia e Embriologia e Educação a Distância GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Bioinorgânica ou Catálise Heterogênea GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Conservação de Massa e Energia e Termodinâmica Aplicada à Engenharia Química GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Eletroforese ou Análise por Injeção em Fluxo GOIÂNIA 002/2009 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Síntese Orgânica GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Ciência da Computação CATALÃO 001/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Didática, Estágio e Formação Docente CATALÃO 001/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Direito CATALÃO 001/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO História da América CATALÃO 001/2009 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Lingüística e Ensino de Língua Portuguesa CATALÃO 001/2009 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Administração de Agência Experimental GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Criação Publicitária e Direção de Arte GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Fontes de Informação GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Jornalismo Impresso GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Linguagens de Classificação GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Pesquisa de Opinião e Mercado GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Planejamento de Campanha e Mídia GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Planejamento Gráfico e Editorial GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Planejamento Gráfico Visual GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Radiojornalismo GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Representação Descritiva de Documentos GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Serviço de Referência GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Webjornalismo GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Webpublicidade GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Webpublicidade GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo GOIÁS - FACULDADE DE DIREITO - EXTENSÃO GOIÁS Filosofia Antiga e Medieval GOIÁS 001/2009 Professor efetivo GOIÁS - FACULDADE DE DIREITO - EXTENSÃO GOIÁS Lógica, Filosofia da Linguagem e Filosofia da Ciência GOIÁS 001/2009 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Ensino e Pesquisa em Educação Física Adaptada, Inclusão e Diferença GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Ensino e Pesquisa em Ginástica GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Fundamentos de Biomecânica e Anatomia Funcional na Análise de Movimento GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Fundamentos Históricos e Sócio-Antropólogicos da Educação Física GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Intervenção Profissional da Educação Física em Ambientes Não Formais GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Metodologia do Ensino e Pesquisa em Atividades Aquáticas GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Metodologia do Ensino e Pesquisa em Práticas Corporais Holísticas GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FEN - FACULDADE DE ENFERMAGEM Enfermagem Clínica e Centro de Material e Esterelização GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FEN - FACULDADE DE ENFERMAGEM Enfermagem em Pediatria GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FEN - FACULDADE DE ENFERMAGEM Enfermagem em Saúde Coletiva GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FEN - FACULDADE DE ENFERMAGEM Enfermagem Fundamental Aplicada a Indivíduos, Família e Comunidade GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo FEN - FACULDADE DE ENFERMAGEM Enfermagem Fundamental Aplicada a Indivíduos, Família e Comunidade GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Biogeografia GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Cartografia GOIÂNIA 001/2009 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Geologia GOIÂNIA 114/2008 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Ensino de Arte GOIÂNIA 114/2008 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Ensino de Arte - Educação a Distância GOIÂNIA 114/2008 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Fotografia e Vídeo GOIÂNIA 114/2008 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS História do Mobiliário e Projetos de Interiores GOIÂNIA 114/2008 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Projeto de Arquitetura e Informática aplicada à Arquitetura GOIÂNIA 114/2008 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Projeto de Comunicação Visual (Metodologias, Processos Produtivos e Projetos de Comunicação Visual para Mídias Impressa e Digital) GOIÂNIA 114/2008 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Projeto de Comunicação Visual (Metodologias, Processos Produtivos e Projetos de Comunicação Visual para Mídias Impressa e Digital) GOIÂNIA 114/2008 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Teoria e História da Arquitetura e Projetos de Arquitetura GOIÂNIA 114/2008 Professor efetivo FCHF - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E FILOSOFIA Filosofia GOIÂNIA 114/2008 Professor efetivo FCHF - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E FILOSOFIA Filosofia Antiga GOIÂNIA 114/2008 Professor efetivo FCHF - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E FILOSOFIA Filosofia Antiga GOIÂNIA 114/2008 Professor efetivo FCHF - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E FILOSOFIA Filosofia e Educação GOIÂNIA 114/2008 Professor efetivo FCHF - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E FILOSOFIA Filosofia e Educação GOIÂNIA 114/2008 Professor efetivo FCHF - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E FILOSOFIA Ontologia e Metafísica GOIÂNIA 114/2008 Professor efetivo FF - FACULDADE DE FARMÁCIA Assistência Farmacêutica em Saúde Coletiva GOIÂNIA 114/2008 Professor efetivo FF - FACULDADE DE FARMÁCIA Bioquímica Clínica GOIÂNIA 114/2008 Professor efetivo FF - FACULDADE DE FARMÁCIA Hematologia Clínica GOIÂNIA 114/2008 Professor efetivo FF - FACULDADE DE FARMÁCIA Produção, Controle e Análise de Alimentos GOIÂNIA 112/2008 Professor efetivo IF - INSTITUTO DE FÍSICA Ensino de Física GOIÂNIA 112/2008 Professor efetivo IF - INSTITUTO DE FÍSICA Ensino de Física - Ensino a Distância GOIÂNIA 112/2008 Professor efetivo IF - INSTITUTO DE FÍSICA Física Experimental GOIÂNIA 112/2008 Professor efetivo IF - INSTITUTO DE FÍSICA Física Experimental - Biofísica GOIÂNIA 112/2008 Professor efetivo IF - INSTITUTO DE FÍSICA Física Experimental - Magnetismo GOIÂNIA 112/2008 Professor efetivo IF - INSTITUTO DE FÍSICA Física Teórica GOIÂNIA 112/2008 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Banco de Dados GOIÂNIA 112/2008 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Engenharia de Software GOIÂNIA 112/2008 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Linguagens de Programação GOIÂNIA 112/2008 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos GOIÂNIA 112/2008 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Teoria da Computação GOIÂNIA 109/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Educação Matemática JATAÍ 109/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Estatística JATAÍ 109/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Matemática JATAÍ 109/2008 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Artes Cênicas - Montagem de Espetáculos e Encenação GOIÂNIA 109/2008 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Artes Cênicas - Técnicas Corporais e Interpretação Teatral GOIÂNIA 109/2008 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Flauta Doce, Linguagem e Estruturação Musical GOIÂNIA 109/2008 Professor efetivo FCHF - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E FILOSOFIA Antropologia e Métodos GOIÂNIA 109/2008 Professor efetivo FCHF - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E FILOSOFIA Ciência Política GOIÂNIA 109/2008 Professor efetivo FCHF - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E FILOSOFIA Ciência Política com ênfase em Métodos e Técnicas de Pesquisa GOIÂNIA 109/2008 Professor efetivo FCHF - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E FILOSOFIA Didática e Prática de Ensino em História GOIÂNIA 109/2008 Professor efetivo FCHF - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E FILOSOFIA História Medieval GOIÂNIA 109/2008 Professor efetivo FCHF - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E FILOSOFIA Museologia GOIÂNIA 109/2008 Professor efetivo FCHF - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E FILOSOFIA Sociologia GOIÂNIA 109/2008 Professor efetivo FCHF - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E FILOSOFIA Sociologia com ênfase em Métodos e Técnicas de Pesquisa GOIÂNIA 109/2008 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Neurologia GOIÂNIA 109/2008 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Semiologia Médica GOIÂNIA 107/2008 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Ciência da Informação - Bibliotecas Pública, Escolar e Comunitária GOIÂNIA 107/2008 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Ciência da Informação - Representação Semântica de Conteúdos GOIÂNIA 107/2008 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Ciência da Informação - Usuário, Produtos e Serviços de Informação GOIÂNIA 107/2008 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Publicidade e Propaganda GOIÂNIA 107/2008 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Publicidade e Propaganda GOIÂNIA 107/2008 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Relações Públicas GOIÂNIA 107/2008 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Relações Públicas GOIÂNIA 107/2008 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Relações Públicas GOIÂNIA 107/2008 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Relações Públicas GOIÂNIA 107/2008 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Metodologia e Técnicas da Computação GOIÂNIA 103/2008 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Ciências Humanas e Filosofia (Disciplina: História) GOIÂNIA 103/2008 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Ciências Humanas e Filosofia (Disciplina: História) GOIÂNIA 103/2008 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Ensino de Química GOIÂNIA 103/2008 Professor efetivo IQ - INSTITUTO DE QUÍMICA Ressonância Magnética Nuclear GOIÂNIA 104/2008 Professor efetivo EEC - ESCOLA DE ENGENHARIA CIVIL Estruturas (Subárea: Mecânica Computacional) GOIÂNIA 104/2008 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Canto e Regência Coral GOIÂNIA 104/2008 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Guitarra Elétrica, Violão Popular e Ensino Coletivo de Instrumento GOIÂNIA 104/2008 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Percussão e Bateria GOIÂNIA 104/2008 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Violão, Ensino Coletivo de Instrumento, Harmonia, Contraponto e Análise GOIÂNIA 104/2008 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Bioquímica e/ou Biologia Molecular GOIÂNIA 104/2008 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Botânica com ênfase em Morfo-Anatomia Ecológica e/ou Ecofisiologia Vegetal GOIÂNIA 104/2008 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Ecologia GOIÂNIA 104/2008 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Fisiologia Humana e Comparada GOIÂNIA 104/2008 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Genética (Genética da Conservação ou Ecologia Molecular) GOIÂNIA 104/2008 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Genética (Genética Humana) GOIÂNIA 104/2008 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Zoologia GOIÂNIA 102/2008 Professor efetivo EEEC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA E DE COMPUTAÇÃO Materiais, Metrologia e Usinagem GOIÂNIA 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Administração em Geral CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Antropologia CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Bioquímica CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Bioquímica CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Botânica e Ecologia Vegetal CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Ciências Econômicas e Ciências Contábeis CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Desenvolvimento, Aprendizagem e Processos Educacionais CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Economia CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia Civil (Construção Civil) CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia Civil (Estruturas) CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia Civil (Estruturas) CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia Civil (Fenômenos de Transporte e/ou Hidráulica e/ou Saneamento) CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia Civil (Geotecnia) CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia Civil (Hidráulica e/ou Saneamento) CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia Civil (Transportes) CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia de Minas (Geoestatística) CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia de Minas (Processamento/Beneficiamento Mineral) CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia de Minas (Prospecção e/ou Geologia Econômica) CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia de Software CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia e Automação CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia Econômica CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia Química CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Ergonomia e Projeto CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Física da Matéria Condensada - Teoria CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Fundamentos da Educação Brasileira CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Geografia e Didática para o Ensino de Geografia CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Gestão de Qualidade CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Língua Inglesa e Literaturas de Língua Inglesa CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Literatura e Ensino de Literatura CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Logística CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Metodologia de Ensino em Ciências e Biologia, Estágio Supervisionado, Genética e Evolução CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Metodologia do Ensino em Educação Física e Esporte CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Microbiologia CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Organização CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Pesquisa Operacional CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Planejamento e Controle da Produção CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Processos Clínicos: Teorias e Práticas Psicoterápicas CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Processos Psicossociais e Instituições: Concepções Teórico-Práticas CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Processos Psicossociais e Instituições: Concepções Teórico-Práticas CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Processos Psicossociais: Trabalho e Práticas Organizacionais CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Psicologia da Educação CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Psicometria e Técnicas de Avaliação Psicológica CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Psicopatologia e Processos Clínicos: Modos de Atuação, Intervenção e Acompanhamento CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Química Geral e Eletroquímica CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Química Geral e Físico-Química CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Química Geral e Química Analítica CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Química Geral e Química Orgânica CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Sistemas Operacionais e Distribuídos CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Sociologia CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Teoria e Método em Geografia CATALÃO 100/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Zoologia e Ecologia Animal CATALÃO 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Anatomia Humana JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Aquicultura e Pequenas Culturas (Sericicultura, Apicultura e Cunicultura) JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Avaliação Psicológica JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Biofísica JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Biofísica JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Bioquímica JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Bioquímica Clínica, Estágio Supervisionado I JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Computação Gráfica, Processamento Digital de Imagens e Multimídia JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Construções Rurais e Desenho Técnico JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Diagnóstico Molecular, Estágio Supervisionado II JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Direito Público JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Ecologia Animal/Zoologia Geral JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Economia Rural JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Enfermagem e Saúde Coletiva JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Enfermagem no Cuidar do Indivíduo e da Família JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Engenharia de Software JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Farmacologia JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Farmacologia e Terapêutica dos Mamíferos Domésticos e Aves/Fisiologia das Aves JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Fisiologia Humana e Animal JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Fisiologia Vegetal JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Fitossanidade JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Fundamentos e Metodologia em Ciências Humanas JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Geografia Humana e Ensino de Geografia JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Geografia Humana e Ensino de Geografia JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Hematologia e Líquidos Corporais JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Hematologia e Líquidos Corporais JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Linguagens Formais e Autômatos e Compiladores JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Linguagens Formais e Autômatos e Compiladores JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Manejo Florestal JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Microbiologia JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Patologia JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Produção de Ovinos, Caprinos e Equinos JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Produção e Nutrição de Aves JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Produção e Nutrição de Suínos JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Programação de Computadores JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Programação de Computadores JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Psicologia Clínica (Psicanálise Kleiniana) JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Psicologia Clínica (Psicodrama) JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Psicologia da Educação JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Psicologia da Saúde JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Psicologia do Desenvolvimento e da Aprendizagem JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Psicologia Social e do Trabalho JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Química Geral JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Química Orgânica JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Química Orgânica JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Redes de Computadores JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Redes de Computadores JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Silvicultura JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Sistemas Operacionais e Arquitetura de Computadores JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Sistemas Operacionais e Arquitetura de Computadores JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Tecnologia de Produtos de Origem Animal e Bromatologia JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Tecnologia de Produtos de Origem Animal e Bromatologia JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Teoria da História e Historiografia JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Topografia e Geoprocessamento JATAÍ 98/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Topografia e Geoprocessamento JATAÍ 99/2008 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Trompete, Linguagem e Estruturação Musicais GOIÂNIA 96/2008 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Contabilidade Tributária e Financeira GOIÂNIA 96/2008 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Teoria Econômica GOIÂNIA 96/2008 Professor efetivo EEEC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA E DE COMPUTAÇÃO Infraestrutura de Redes de Computadores GOIÂNIA 96/2008 Professor efetivo EEEC - ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA E DE COMPUTAÇÃO Vibrações e Dinâmica GOIÂNIA 95/2008 Professor efetivo IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Estatística GOIÂNIA 94/2008 Professor efetivo IME - INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA Matemática GOIÂNIA 92/2008 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Artes Visuais/Teoria e História da Arte GOIÂNIA 90/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Semiologia Animal, Diagnóstico por Imagem, Laboratório Clínico Veterinário e Clínica Ambulatorial JATAÍ 86/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia de Minas CATALÃO 86/2008 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia/Processos Psicossociais: Trabalho, Instituição, Organização e Grupo GOIÂNIA 82/2008 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Letras e Lingüística (Disciplina: Língua Portuguesa) GOIÂNIA 82/2008 Professor efetivo FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Introdução à Clínica Odontológica, Metodologia Científica, Orientação Profissional, Trabalho de Conclusão de Curso GOIÂNIA 80/2008 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Tecnologia de Produçao em Moda/Subárea: Modelagem e Atelier de Costura GOIÂNIA 80/2008 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Direito Civil GOIÂNIA 77/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Didática e Prática de Ensino de História CATALÃO 75/2008 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Trompete, Linguagem e Estruturação Musicais GOIÂNIA 01 Professor efetivo - COORDENAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA demonstracao GOIÂNIA 70/2008 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Administração Financeira GOIÂNIA 70/2008 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Teoria Econômica GOIÂNIA 67/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Educação Física Escolar e Esporte JATAÍ 67/2008 Professor efetivo EMAC - ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS Artes Cênicas - Montagem de Espetáculo e Pedagogia do Teatro GOIÂNIA 65/2008 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Cirurgia Plástica GOIÂNIA 64/2008 Professor efetivo FE - FACULDADE DE EDUCAÇÃO Psicologia/Processos Psicossociais: Trabalho, Instituição, Organização e Grupo GOIÂNIA 63/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Educação Matemática JATAÍ 62/2008 Professor efetivo FO - FACULDADE DE ODONTOLOGIA Introdução à Clínica Odontológica, Metodologia Científica, Orientação Profissional, Trabalho de Conclusão de Curso GOIÂNIA 59/2008 Professor efetivo FAV - FACULDADE DE ARTES VISUAIS Ensino de Artes Visuais na modalidade Ensino à Distância GOIÂNIA 57/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Lingüística e Língua Portuguesa CATALÃO 56/2008 Professor efetivo IESA - INSTITUTO DE ESTUDOS SÓCIO-AMBIENTAIS Geografia Humana GOIÂNIA 55/2008 Professor efetivo FACOMB - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA Publicidade e Propaganda GOIÂNIA 55/2008 Professor efetivo GOIÁS - FACULDADE DE DIREITO - EXTENSÃO GOIÁS Direito Administrativo e Direito Tributário GOIÁS 55/2008 Professor efetivo GOIÁS - FACULDADE DE DIREITO - EXTENSÃO GOIÁS Direito Agrário, Direito Ambiental, Direito do Trabalho e Direito Processual do Trabalho GOIÁS 55/2008 Professor efetivo GOIÁS - FACULDADE DE DIREITO - EXTENSÃO GOIÁS Direito Penal e Direito Processual Penal GOIÁS 54/2008 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Cirurgia Plástica GOIÂNIA 54/2008 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Endocrinologia GOIÂNIA 54/2008 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Pediatria Geral GOIÂNIA 54/2008 Professor efetivo FM - FACULDADE DE MEDICINA Pediatria Geral e Gastroenterologia Pediátrica GOIÂNIA 52/2008 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Língua e Literatura Francesa GOIÂNIA 52/2008 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Língua Espanhola e Ensino de Língua Espanhola GOIÂNIA 52/2008 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Língua Portuguesa e Ensino de Língua Portuguesa GOIÂNIA 52/2008 Professor efetivo FL - FACULDADE DE LETRAS Teoria Literária e Ensino da Literatura GOIÂNIA 50/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia de Minas-Formação Exigida: Graduação e Doutorado em Engenharia de Minas CATALÃO 50/2008 Professor efetivo CAC - CAMPUS CATALÃO Engenharia de Minas-Formação Exigida: Graduação e Doutorado em Geologia ou Engenharia Geológica CATALÃO 50/2008 Professor efetivo FANUT - FACULDADE DE NUTRIÇÃO Nutrição GOIÂNIA 50/2008 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Anatomia Humana GOIÂNIA 50/2008 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Genética/Genética Molecular GOIÂNIA 50/2008 Professor efetivo ICB - INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Metodologia do Ensino de Ciências e Biologia e Estágio Supervisionado GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo CAJ - CAMPUS JATAÍ Educação Fisica Escolar e Esporte JATAÍ 48/2008 Professor efetivo CEPAE - CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO Letras e Linguistica. Educação (Disciplina: língua Portuguesa) GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Administração Financeira e Marketing GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Agricultura GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Auditoria, Perícia e Contabilidade Geral GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Contabilidade Governamental e Contabilidade Geral GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Economia Politica GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Engenharia de Alimentos GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Fruticultura, Olericultura, Silvicultura, Paisagismo e Floricultura, Propagação de Plantas e Manejo de Plantas Daninhas GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Produção e Operações GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo EA - ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS Teoria Economica GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo EV - ESCOLA DE VETERINÁRIA Anestesiologia Animal GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo EV - ESCOLA DE VETERINÁRIA Clínica de Eqüinos GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo EV - ESCOLA DE VETERINÁRIA Inspeção e Tecnologia de Alimentos de Origem Animal GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo EV - ESCOLA DE VETERINÁRIA Medicina e Criação de Animais Silvestres GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo EV - ESCOLA DE VETERINÁRIA Nutrição e Controle de Qualidade de Alimentos para Animais Monogástricos GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Direito Agrário e Direito Ambiental GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo FD - FACULDADE DE DIREITO Direito Empresarial e Direito Agrário GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Educação Fisica e Escola GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo FEF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA Metodologia do Ensino e Pesquisa em Esporte GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo FEN - FACULDADE DE ENFERMAGEM Enfermagem em Ginecologia e Obstetrícia GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo FEN - FACULDADE DE ENFERMAGEM Enfermagem em Saúde Coletiva GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo FEN - FACULDADE DE ENFERMAGEM Enfermagem Fundamental com Ênfase em Saúde Coletiva GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo FEN - FACULDADE DE ENFERMAGEM Saúde do Adulto e do Idoso com Ênfase em Enfermagem Cirúrgica GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo FEN - FACULDADE DE ENFERMAGEM Saúde do Adulto e do Idoso com Ênfase em Enfermagem Clínica Médica GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Dermatologia GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Patologia Geral GOIÂNIA 48/2008 Professor efetivo IPTSP - INSTITUTO DE PATOLOGIA TROPICAL E SAÚDE PÚBLICA Virologia GOIÂNIA 44/2008 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Algoritmos e Otimização GOIÂNIA 44/2008 Professor efetivo INF - INSTITUTO DE INFORMÁTICA Linguagens de Programação GOIÂNIA © 2007 Cercomp UFG - www.cercomp.ufg



https://pt.wikipedia.org/wiki/Comunica%C3%A7%C3%A3o
  Comunicação – Wikipédia, a enciclopédia livre Comunicação Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Ir para: navegação , pesquisa Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes , o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2009) . Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé . Conteúdo sem fontes poderá ser removido . — Encontre fontes: Google ... Comunicação – Wikipédia, a enciclopédia livre Comunicação Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre ... de qualidade superior . Comunicação Tipos Social Massa Interpessoal Intrapessoal Verbal Não verbal ... Linguística Marketing Memética Retórica Semiótica Teoria da comunicação Teoria das mediações Teoria da ... comunicação social Propaganda Signo Símbolo Texto Veículos Elementos Canal Código Contexto Emissor ... Banda Larga Convergência tecnológica Democratização da comunicação Fluxo de informação Grande mídia CACHE

Comunicação – Wikipédia, a enciclopédia livre Comunicação Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Ir para: navegação , pesquisa Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes , o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2009) . Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé . Conteúdo sem fontes poderá ser removido . — Encontre fontes: Google ( notícias , livros e acadêmico ) Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde setembro de 2014). Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior . Comunicação Tipos Social Massa Interpessoal Intrapessoal Verbal Não verbal Visual Audiovisual Segmentada Redes Ciberespacial Não violenta Meios Cartaz Cinema Correio Fanzine Internet Jornal Livro Outdoor Outbus Panfleto Podcast Banda desenhada Rádio Revista Televisão Vídeo Profissões Assessoria Design gráfico Editoração Jornalismo Produção audiovisual Produção cultural Produção editorial Publicidade Radialismo Relações públicas Roteiro Disciplinas Análise do discurso Análise de conteúdo Cibercultura Dialética Economia da informação Estudos culturais Hermenêutica Linguística Marketing Memética Retórica Semiótica Teoria da comunicação Teoria das mediações Teoria da propaganda Conceitos Agendamento Audiência Censura Ciberespaço Cultura Cultura de massa Espiral do silêncio Evento midiático Imagem Imprensa Indústria cultural Informação Interatividade Linguagem Meios de comunicação social Propaganda Signo Símbolo Texto Veículos Elementos Canal Código Contexto Emissor Feedback Meio Mensagem Processo Receptor Repertório Ruído Temas e Questões Limitação de Internet Banda Larga Convergência tecnológica Democratização da comunicação Fluxo de informação Grande mídia Imperialismo cultural Inclusão digital Mídia alternativa Mídia independente Sociedade da informação Pós-modernidade Tecnologia Animação Ethernet Hipermídia Máquina de escrever Microfone Novas tecnologias de informação Podcasting Radiodifusão Radiotelefonia Satélite Telecomunicações Teledifusão Telefonia Telegrafia Videocassete Escolas Estruturalismo Escola de Frankfurt Instituto de Pesquisa Mental de Palo Alto Teoria funcionalista UNESCO Categoria v • e Comunicar é um campo de campos conhecimento acadêmico que estuda os processos de comunicação humana. Entre as subdisciplinas da comunicação, incluem-se a teoria da informação , comunicação intrapessoal , comunicação interpessoal , marketing , publicidade, propaganda , relações públicas , análise do discurso , telecomunicações e Jornalismo . Também se entende a comunicação como o intercâmbio de informação entre sujeitos ou objetos. Deste ponto de vista, a comunicação inclui temas técnicos (por exemplo, as telecomunicações), biológicos (por exemplo, fisiologia , função e evolução ) e sociais (por exemplo, jornalismo, relações públicas, publicidade , audiovisual e mídia ). A comunicação humana é um processo que envolve a troca de informações, e utiliza os sistemas simbólicos como suporte para este fim. Estão envolvidos neste processo uma infinidade de maneiras de se comunicar: duas pessoas tendo uma conversa face a face ou por meio de gestos com as mãos, mensagens enviadas utilizando a internet , a fala, a escrita que permitem interagir com as outras pessoas e efetuar algum tipo de troca informacional. No processo de comunicação em que está envolvido algum tipo de aparato técnico que intermedia os locutores, diz-se que há uma comunicação mediada. O estudo da Comunicação é amplo e sua aplicação é ainda maior. Para a Semiótica , o ato de comunicar é a materialização do pensamento/sentimento em signos conhecidos pelas partes envolvidas. Estes símbolos são então transmitidos e reinterpretadas pelo receptor. Hoje, é interessante pensar também em novos processos de comunicação, que englobam as redes colaborativas e os sistemas híbridos, que combinam comunicação de massa e comunicação pessoal e comunicação horizontal. O termo comunicação também é usado no sentido de transportes (por exemplo, a comunicação entre duas cidades por meio de trens ). Índice 1 História 2 Teoria da Comunicação 3 Formas e Componentes da Comunicação 4 Comunicação e Tecnologia 5 Dinamismo da Comunicação 6 Telecomunicações 7 Comunicação segmentada 8 Comunicação crível 8.1 Estratégia de comunicação crível 9 Ensino de comunicação 10 Importância da comunicação na gestão 11 Ver também 12 Notas 13 Referências 14 Ligações externas História [ editar | editar código-fonte ] É preciso considerar, para os estudos da comunicação, a evolução de seus períodos, como a comunicação corporal, a oral, a escrita e a digital. Vários aspectos da comunicação têm sido objetos de estudos. Na Grécia Antiga , o estudo da Retórica, a arte de discursar e persuadir, era um assunto vital para estudantes. No início do século XX , vários especialistas começaram a estudar a comunicação como uma parte específica de suas disciplinas acadêmicas. A Comunicação começou a emergir como um campo acadêmico distinto em meados do século XX. Marshall McLuhan , Theodor Adorno e Paul Lazarsfeld foram alguns dos pioneiros na área. Tem vindo a evoluir constantemente, devido às novas tecnologias e ao uso de redes sociais. Hoje em dia, não é necessário comprar um jornal para se estar informado. Obviamente, que temos a televisão e a rádio. Porém, podemos aceder a um jornal via internet, por intermédio do site do mesmo ou de redes sociais, caso do Twitter e do Facebook . Muitos jornais possuem contas nestas redes e postam informação, que se encontra sempre atualizada. É interessante, porque se pode comentar e debater com os outros. Teoria da Comunicação [ editar | editar código-fonte ] Pensadores e pesquisadores das disciplinas de ciências humanas, como Filosofia , Sociologia , Psicologia e Linguística , têm dado contribuições em hipóteses e análises para o que se denomina ' Teoria da Comunicação ', um apanhado geral de ideias que pensam a comunicação entre indivíduos - especialmente a comunicação mediada - como fenômeno social. Entre as teorias, destacam-se o funcionalismo , primeira corrente teórica, a Escola de Frankfurt (crítica à primeira e profundamente marxista) e a escola de Palo Alto (principal corrente teórica atualmente). O trabalho teórico na América Latina ganhou impulso na década de 1970 quando se passou a retrabalhar e transformar as teorias estrangeiras. Assim surgiu a Teoria das Mediações , de Jesús Martín-Barbero . As teorias dão diferentes pesos para cada um dos componentes da comunicação. As primeiras afirmavam que tudo o que o emissor dissesse seria aceito pelo receptor (público). Daí surge a Teoria Crítica que analisa profundamente a transmissão/dominação ideológica na comunicação de massa ( Adorno , Horkheimer ). Depois disso se passa a criticar o modelo. O receptor, dizem os estudiosos de Palo Alto, tem consciência e só aceita o que deseja. Do ponto de vista de Barbero, o que o receptor aceita (ou melhor, compreende) varia grandemente conforme sua cultura , no sentido mais amplo da palavra. Formas e Componentes da Comunicação [ editar | editar código-fonte ] A escrita é uma forma de comunicação utilizada há milhares de anos. Os componentes da comunicação são: o emissor, o receptor, a mensagem, o canal de propagação, o meio de comunicação, a resposta ( feedback ) e o ambiente onde o processo comunicativo se realiza. Com relação ao ambiente, o processo comunicacional sofre interferência do ruído e a interpretação e compreensão da mensagem está subordinada ao repertório. Quanto à forma, a Comunicação pode ser comunicação verbal, não-verbal e mediada. Comunicação e Tecnologia [ editar | editar código-fonte ] A comunicação humana desenvolve-se em diversos campos de diferentes naturezas, dos quais podemos destacar dois pontos distintos: a comunicação em pequena escala, e a comunicação em larga escala ou comunicação de 'massa'. Em ambos os casos, o ser humano passou a utilizar utensílios que passaram a auxiliar e a potencializar o processo de produção, envio e recepção das mensagens. A tecnologia passou a fazer parte da comunicação humana, assim como, passou a participar da maioria das actividades desenvolvidas pela humanidade ao longo do seu desenvolvimento. A comunicação começou desde a pré-história em que os primeiros seres humanos começaram por se comunicar através de pinturas rupestres e de gestos. A comunicação é uma evolução que não pára e está em constante movimento. Dinamismo da Comunicação [ editar | editar código-fonte ] Comunicação é uma palavra de sentido amplo e como tal abre um leque de possibilidades em vários segmentos. Com o surgimento de novas tecnologias, além da sofisticação e aprimoramento de métodos de comunicação já existentes, afloram a cada dia novas alternativas tornando mais dinâmicas as possibilidades de comunicação. Essa evolução na área de comunicação é parte integrante da própria evolução do homem e da sociedade, mesmo porque é sabido que a comunicação está diretamente ligado aos sentidos humanos. Então basta dizer que hoje é impossível o homem deixar seus sentidos de lado simplesmente ignorando-os e deixando de comunicar-se. Na verdade as pessoas e a sociedade em si estão procurando aprimorar esses sentidos. Para despertarmos o interesse das pessoas em algum serviço ou produto há a necessidade de algum estímulo nestes sentidos e para tanto, necessitamos de alguma forma/meio de comunicação. Se estes sentidos estão evoluindo e se aprimorando, vale dizer que para despertarmos interesse das pessoas e da sociedade como um todo está cada dia mais difícil e técnico. O óbvio é que tudo conspira contra as organizações, independentemente do tamanho dessas. É sabido que para despertar interesses há a necessidade de se comunicar de alguma forma. Os segmentos de mercado correspondem a minúsculas parcelas dessa sociedade e essas pequenas parcelas estão cada dia mais sensíveis e por consequência exigentes. Daí vem a necessidade de usarmos não só todas as possibilidades de comunicação existentes mas fazer isso de forma correta no sentido de busca pertinente e individual de acordo com cada ramo de atividade, ou seja, atingir o segmento de mercado correto. Buscar não só os meios de comunicação corretos mas também utilizarmos a linguagem correta para cada tipo de mídia. Buscar não só o universo correto desses meios de comunicação mas também saber dosar as inserções em cada um deles. Com a evolução das novas tecnologias o termo comunicação amplifica ainda mais o seu significado, chegando deste modo a níveis de dinamismo que transcende a atualidade. Apesar disso, as decisões ainda são individuais dentro dessa sociedade. [ 1 ] Telecomunicações [ editar | editar código-fonte ] Ver artigo principal: Telecomunicações Telefone sem fio As telecomunicações [ nota 1 ] dizem respeito às distintas tecnologias de comunicações à distância , como a telegrafia , a telefonia , as radiocomunicações , a teledifusão e a internet , entre outras que envolvem a transmissão e recepção de sinais de áudio (sons), vídeo (imagens) e dados. Comunicação segmentada [ editar | editar código-fonte ] A Comunicação Segmentada é um desdobramento do modelo de Comunicação de Massa . Ela ocorre pelos meios de comunicação tradicionais como jornais , rádios , TVs , Cinema , cartazes ou internet , porém, diferentemente do modelo de massa, atinge grupos específicos, classificados de acordo com características próprias e preferências similares. A Comunicação Segmentada tem a particularidade de atingir um número menor, porém mais específico, de receptores ao mesmo tempo, partindo de um único emissor. Comunicação crível [ editar | editar código-fonte ] O ser humano é motivado por aquilo que vê, toca, sente e também pelo que analisa. Logo, construir estratégias de comunicação capazes de influenciar a escolha de leitores/consumidores deve passar também por oferecer a ele dados tangíveis que possam colaborar racionalmente sua tomada de decisão. Desta maneira, a comunicação crível ou baseada em fatos críveis é aquela cujo objetivo é abastecer públicos-alvo com informações fundamentadas e de valor diferenciado por terem como origem fontes imparciais e isentas. Estratégia de comunicação crível [ editar | editar código-fonte ] Para a formulação de estratégias de comunicação crível são consideradas múltiplas ações que visam levar ao público de interesse mensagens baseadas em argumentos racionais, cases, pesquisas e estudos produzidos com isenção, seja sobre empresas, produtos ou serviços. No processo de disseminação da mensagem podem ser usados também fontes imparciais, livres e isentas, como canais de imprensa e redes sociais. Por seu caráter relevante, a comunicação crível tem alta receptividade e, em comparação a outras abordagens, conta com relação custo-benefício mais vantajosa. Ensino de comunicação [ editar | editar código-fonte ] O ensino de Comunicação como um campo de atividade profissional (ou seja, um conjunto de profissões) se dá formalmente em três níveis: técnico , graduação e pós-graduação . No primeiro, em escolas de formação técnica, ensinam-se técnicas operacionais para execução de produtos de comunicação e o uso de equipamentos necessários à produção destes. No segundo, formam-se profissionais habilitados ao exercício de profissões de Comunicação, tanto com treinamento prático quanto com embasamento teórico. Já no terceiro, em latu ou strictu senso , elaboram-se teses analíticas ou teóricas sobre a prática da Comunicação, temas correlatos ao campo e as relações comunicacionais no mundo. No Brasil , a graduação em Comunicação é oferecida por instituições de ensino superior ( faculdades e universidades ) e está regulamentada nos cursos de bacharelado em Comunicação Social (neologismo criado para evitar o termo 'de Massa'), divididos nas seguintes habilitações: Jornalismo Relações Públicas Radialismo ou Rádio & TV ou ainda Audiovisual Produção Editorial Publicidade e Propaganda Cinema & Vídeo Produção cultural Multimeios Em algumas universidades são oferecidos cursos de Comunicação Social Integrada, cuja grade curricular integra três habilitações: Jornalismo, Relações Públicas e Publicidade e Propaganda. Em Portugal , o curso de Comunicação (ou Comunicação Social) é oferecido por instituições de ensino superior ( faculdades , institutos e universidades ) e está regulamentada nos cursos de licenciatura . Importância da comunicação na gestão [ editar | editar código-fonte ] Na percepção da realidade, o ser humano vê o real através de seu filtro interno. O seu referencial é sempre ele próprio. Ao olhar, julga e percepciona. Em plena era da comunicação, muitas empresas ainda não sabem como chegar ao público-alvo. A falha pode ter origem na ausência de um profissional capacitado para a função, o processo de comunicação vai além da troca de informações e deve caminhar lado a lado com o processo de gestão. O Gestor deve ter o olhar da pesquisa, o olhar técnico. É necessário recolher a individualidade e optar por uma postura metodológica. Nunca se deve reduzir o mundo à diminuta consciência humana comum. Para o Gestor a leitura do mundo é instrumento de trabalho. O processo de leitura ocorre em três níveis: o sensorial onde se utilizam os 5 sentidos, o nível emocional, onde o conteúdo atrai de alguma forma e o nível racional onde se usa o intelecto. Os gestores trabalham com objectos que nas suas interpretações desencadeiam essas dimensões e dão prioridade ou negam alguns aspectos durante essa interpretação do mundo. Por isso o Gestor precisa atentar-se para as diferenças entre o ver e o olhar. O 'ver', uma atitude involuntária, imposição das coisas sobre o sujeito, um registo espontâneo da superfície visível, onde o sujeito se acomoda. O 'olhar', uma atitude intencional, resultado do que se investiga, onde o sujeito pensa. O 'olhar' não é a substituição da espontaneidade e da criatividade pelo domínio da razão, é estabelecer uma relação deliberada com o mundo. O Gestor deve, portanto, desenvolver uma postura ética, científica e política, superando a contemplação anestesiada do 'ver', mas também a concentração exclusiva e excludente nas verdades. Para estruturar de forma eficiente a comunicação, o gestor faz um trabalho com a concepção de que a comunicação empresarial vai além da transmissão de informação. Trata-se de um processo de estabelecimento de relação entre interlocutores, entre os sectores da empresa. Portanto, a discussão não deve ser limitada ao fluxo de informação, que também é importante, é preciso trabalhar a ideia de comunicação em conjunto com gestão. Não dá para isolar o fluxo de informação do processo de gestão. As empresas mostram-se cada vez mais preocupadas com a comunicação pois as possibilidades de interacção dentro das organizações aumentaram muito por conta do trabalho em grupo. Hoje, dentro das empresas, as pessoas articulam-se muito mais, relacionam-se muito mais, até pela necessidade do negócio. Consequentemente, as empresas articulam-se e interagem muito mais. Podemos dizer que o mundo hoje se comunica muito mais do que no passado, por conta da tecnologia da informação. O maior problema hoje com a comunicação empresarial é que os executivos, os donos de empresa, pensam que entendem de comunicação. E comunicação é uma área muito especializada, por conta do momento histórico de crescimento das forças de produção. Na era que se convencionou chamar de pós-modernidade, as pessoas estão muito atentas aos discursos produzidos pelas empresas. É preciso ter profissionais que entendam de comunicação, que estudem o assunto. Comunicação não é para quem quer, é para quem pode trabalhar com ela. Ver também [ editar | editar código-fonte ] Oratória Retórica Mídia: Mídia Alternativa Veículos de Comunicação Cultura de Massa : Indústria Cultural Linguagem : Comunicação verbal Comunicação não-verbal Linguagem corporal Comunicação Visual : Design gráfico Design de cartazes Quadrinhos Web Design Jornalismo: Imprensa Assessoria de Imprensa Comunicação Organizacional Democratização da Comunicação Folkcomunicação Notas ↑ O prefixo grego tele- significa 'distante'. Referências ↑ R.L.Latorre Ligações externas [ editar | editar código-fonte ] O Wikcionário tem o verbete comunicação . Como funcionam os jornais Artigo de Bob Wilson para HowStuffWorks. Traduzido por HowStuffWorks Brasil. Página visitada em 30 de março de 2014. Controle de autoridade : Q11024 BNCF : 2303 GND : 4031883-7 JSTOR : social-communication NDL : 00566543 PSH : 1705 v • e Campos de estudo das ciências Ciências naturais Física Biologia Astronomia Zoologia Química Geografia física Geologia Paleontologia Outras disciplinas Ciências sociais ou Ciências humanas Administração Antropologia Arquitetura Ciência da informação Ciência política Comunicação social Direito Economia Educação Gerontologia Geografia humana História Linguística Psicologia Serviço social Sociologia Outras disciplinas Ciências da saúde Biologia Ciências do esporte Educação física Enfermagem Farmácia Fisioterapia Fonoaudiologia Medicina Medicina veterinária Nutrição Odontologia Terapia ocupacional Outras disciplinas Ciências formais Lógica Matemática Teoria dos sistemas Outras disciplinas Ciências exatas Computação Engenharia Física Lógica Química Outras disciplinas Obtida de ' https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Comunicação&oldid=51220915 ' Categoria : Comunicação Categorias ocultas: !Artigos que carecem de fontes desde Janeiro de 2009 !Páginas a reciclar desde setembro de 2014 Menu de navegação Ferramentas pessoais Não autenticado Discussão Contribuições Criar uma conta Entrar Domínios Artigo Discussão Variantes Vistas Ler Editar Editar código-fonte Ver histórico Mais Busca Navegação Página principal Conteúdo destacado Eventos atuais Esplanada Página aleatória Portais Informar um erro Loja da Wikipédia Colaboração Boas-vindas Ajuda Página de testes Portal comunitário Mudanças recentes Manutenção Criar página Páginas novas Contato Donativos Imprimir/exportar Criar um livro Descarregar como PDF Versão para impressão Noutros projetos Wikimedia Commons Wikinotícias Ferramentas Páginas afluentes Alterações relacionadas Carregar ficheiro Páginas especiais Hiperligação permanente Informações da página Elemento Wikidata Citar esta página Noutros idiomas Afrikaans Alemannisch አማርኛ Aragonés العربية Asturianu Azərbaycanca Башҡортса Boarisch Žemaitėška Беларуская Беларуская (тарашкевіца)‎ Български भोजपुरी Bamanankan বাংলা Brezhoneg Bosanski Català Нохчийн کوردی Čeština Чӑвашла Cymraeg Dansk Deutsch Ελληνικά English Esperanto Español Eesti Euskara فارسی Suomi Français Furlan Frysk Gaeilge Gàidhlig Galego ગુજરાતી Gaelg עברית हिन्दी Hrvatski Kreyòl ayisyen Magyar Հայերեն Interlingua Bahasa Indonesia Ilokano Ido Íslenska Italiano ᐃᓄᒃᑎᑐᑦ/inuktitut 日本語 Basa Jawa ქართული Qaraqalpaqsha Қазақша Kalaallisut ភាសាខ្មែរ ಕನ್ನಡ 한국어 Кыргызча Latina Lëtzebuergesch Limburgs Lietuvių Latgaļu Latviešu Македонски മലയാളം Монгол Bahasa Melayu Mirandés नेपाली Nederlands Norsk nynorsk Norsk Occitan ਪੰਜਾਬੀ Polski پنجابی Runa Simi Rumantsch Română Русский Русиньскый संस्कृतम् Саха тыла Sardu Sicilianu Scots Srpskohrvatski / српскохрватски සිංහල Simple English Slovenščina Shqip Српски / srpski Sranantongo Basa Sunda Svenska Kiswahili தமிழ் తెలుగు Тоҷикӣ ไทย Tagalog Türkçe Українська اردو Oʻzbekcha/ўзбекча Vèneto Tiếng Việt Winaray IsiXhosa ייִדיש 中文 粵語 Editar hiperligações Esta página foi editada pela última vez à(s) 18h14min de 7 de fevereiro de 2018. Este texto é disponibilizado nos termos da licença Creative Commons - Atribuição - Compartilha Igual 3.0 Não Adaptada (CC BY-SA 3.0) . pode estar sujeito a condições adicionais. Para mais detalhes, consulte as condições de uso . Política de privacidade Sobre a Wikipédia Avisos gerais Programadores Declaração sobre cookies Versão móvel



https://pt.wikipedia.org/wiki/Origem_da_linguagem
  Origem da linguagem – Wikipédia, a enciclopédia livre Origem da linguagem Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Ir para: navegação , pesquisa A origem da linguagem entre os humanos tem sido o tema de discussões acadêmicas desde alguns séculos. Apesar disso, não há consenso sobre a definitiva origem ou a idade da linguagem humana. Um problema faz com que o tema seja difícil de ser estudado: a óbvia ... aquisição de linguagens, e das comparações entre a linguagem humana com sistemas de comunicação ... 2.5 Teoria do bebê 2.6 Gramática 2.7 Símio auto-domesticado 3 Fala e comunicação 4 Desenvolvimento ... ] — dizem que linguagem evoluiu não da comunicação entre primatas mas da capacidade cognitiva primata, a qual é significante. Aqueles que veem a linguagem como uma ferramenta de comunicação aprendida ... cognitiva da comunicação dos primatas, os quais são basicamente gestuais, opostas às vocais. [ 12 CACHE

Origem da linguagem – Wikipédia, a enciclopédia livre Origem da linguagem Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Ir para: navegação , pesquisa A origem da linguagem entre os humanos tem sido o tema de discussões acadêmicas desde alguns séculos. Apesar disso, não há consenso sobre a definitiva origem ou a idade da linguagem humana. Um problema faz com que o tema seja difícil de ser estudado: a óbvia falta de evidências diretas. Consequentemente, os especialistas que desejam estudar as origens da linguagem precisam inferir a partir de outros tipos de provas, tais como os registros fósseis , evidências arqueológicas , a partir da atual diversidade linguística, a partir de estudos sobre aquisição de linguagens, e das comparações entre a linguagem humana com sistemas de comunicação existentes entre outros animais , particularmente o que foi pesquisado em relação a outros primatas. Há quem argumente que as origens da linguagem provavelmente se relacionem estreitamente com as origens da modernidade comportamental , havendo, porém, pouco consenso sobre as implicações e o direcionamento dessa conexão. A carência de evidências empíricas levou muitos estudiosos a encarar todo esse assunto como inadequado para um estudo sério. Em 1886, a “Société de Linguistique de Paris” baniu todos estudos antigos e mesmo os futuros sobre o assunto, uma proibição que se manteve influente na maior parte do mundo ocidental até o final do século XX. [ 1 ] Hoje, porém, há muitas hipóteses sobre como, por que, quando e onde a linguagem deve ter começado a emergir. [ 2 ] Parece que há muito mais concordância hoje do que o que havia cem anos atrás, quando a teoria da evolução de Charles Darwin com seu conceito de seleção natural , provocou uma onda de especulações acadêmicas sobre o tema. [ 3 ] Desde o início dos anos 90, porém, houve um crescimento do número de profissionais de linguística , arqueologias , psicologia , antropologia , etc. que procuraram se alinhar a novos métodos para solucionar o que alguns consideram o 'mais difícil problema da ciência'. [ 4 ] Índice 1 Abordagens 2 Hipóteses 2.1 Primeiras ideias 2.2 Confiabilidade e decepção 2.2.1 Língua das mães 2.2.2 Altruísmo recíproco 2.2.3 Boatos e carinhos 2.2.4 Rituais e fala 2.2.5 Torre de Babel 2.3 Gestos 2.4 Neurônio espelho 2.5 Teoria do bebê 2.6 Gramática 2.7 Símio auto-domesticado 3 Fala e comunicação 4 Desenvolvimento cognitivo 4.1 Teoria da mente 4.2 Números 5 Estruturas linguísticas 5.1 Léxico e fonologia 5.2 Pidgins e crioulos 6 Cronologia da evolução 6.1 Linguagem primata 6.2 Primeiros Homo 6.3 Homo sapiens arcaico 6.3.1 Homo heidelbergensis 6.3.2 Homo neanderthalensis 6.4 Homo sapiens 7 Cenários biológicos 8 Fundamentos biológicos 9 História 9.1 Religião e mitologia 9.2 Experimentos históricos 9.3 Pesquisas históricas 10 Notas 11 Ligações externas Abordagens [ editar | editar código-fonte ] As abordagens para a origem da linguagem podem ser divididas de acordo com suas suposições subjacentes. As 'Teorias continuidade' são baseadas na ideia de que uma linguagem é algo tão complexo que não se pode imaginar que simplesmente tenha surgido do nada na sua forma final: o idioma deve ter evoluído a partir de sistemas pré-linguísticos anteriores presentes entre nossos ancestrais primatas. Já as 'Teorias descontinuidade' são baseadas na ideia oposta. As de que a linguagem é uma característica única de modo que não pode ser comparada a qualquer coisa encontrada entre os não-humanos e deve, portanto, ter aparecido bem subitamente durante o curso da evolução humana. Outro contraste entre teorias é que uns vêem a língua principalmente como uma faculdade inata que é em grande parte geneticamente codificado, enquanto outros que o vêem como um sistema que é principalmente cultural - ou seja, algo aprendido através da interação social. [ 5 ] Noam Chomsky é proeminente defensor da teoria da descontinuidade. Chomsky argumenta que uma oportunidade única de mutação ocorreu em um indivíduo por volta de 100 mil anos atrás, instantaneamente tendo sido instalada a faculdade de linguagem (um componente da mente-cérebro) numa forma 'perfeita' 'quase perfeita'. [ 6 ] De acordo com este ponto de vista, a emergência da linguagem foi muito parecida com a formação de um cristal. “Infinidade Digital” foi o cristal semente em um cérebro de primata super-saturado, a ponto de desabrochar para a mente humana, pelas leis da física, uma vez que uma única peça pequena, mas crucial e, fundamental foi adicionada pela evolução. [ 7 ] [ 8 ] Entende-se, portanto, a partir dessa teoria que a linguagem se fez aparecer repentinamente na história da evolução humana. Teorias com base na continuidade dominam os estudos atuais, mas a forma como isso é encarado varia. Dentre aqueles que vêem a linguagem como sendo principalmente inata, alguns - notadamente Steven Pinker [ 9 ] — evitam a especulação sobre precursores dentre primatas não humanos, com forte insistência na teoria de que a faculdade da linguagem teria evoluído de forma gradual. [ 10 ] Outros nesse mesmo campo de pensamento – em especial Ulbæk [ 11 ] — dizem que linguagem evoluiu não da comunicação entre primatas mas da capacidade cognitiva primata, a qual é significante. Aqueles que veem a linguagem como uma ferramenta de comunicação aprendida socialmente (como Michael Tomasello], a veem desenvolvendo-se desde os aspectos controlados pela forma cognitiva da comunicação dos primatas, os quais são basicamente gestuais, opostas às vocais. [ 12 ] [ 13 ] Onde precursores vocais são considerados, muitos teóricos da continuidade defendem que essa evolução teria origem na precoce capacidade humana para a canção. [ 14 ] [ 15 ] [ 16 ] [ 17 ] Transcendendo essa divisão entre continuidade e descontinuidade, há aqueles que veem o surgimento da linguagem como a conseqüência de algum tipo de transformação social, [ 18 ] a qual, ao gerar níveis sem precedentes de necessidade de confiança pública, libertou um potencial até então adormecido para a criatividade linguística. [ 19 ] [ 20 ] [ 21 ] 'Ritual/speech coevolution theory' is an example of this approach. [ 22 ] [ 23 ] Estudiosos desse campo intelectual apontam o fato de que mesmo chimpanzés e bonobos têm capacidades simbólicas latentes que, na vida selvagem, eles raramente usam, se as usam. [ 24 ] O argumento é que, se uma mutação surgisse abruptamente habilitando a capacidades de linguagem em um primata individual, essa mutação não proveria nenhum benefício adaptável, a menos que o sistema social já houvesse mudado de forma muito radical. Uma estrutura social muito específica - capaz de preservar níveis anormalmente elevados de confiança e responsabilidade pública - deveria ter evoluído antes ou concomitantemente com a linguagem para fazer duma dependência de 'sinais simples '(palavras) uma estratégia evolutivamente estável. Como o surgimento da linguagem ocorreu há tempo na pré-história humana, os estágios relevantes de desenvolvimento não deixaram vestígios históricos diretos e nem pode haver comparação com processos evolutivos das linguagens observados hoje. Mesmo assim, o surgimento de novas línguas de sinais nos tempos modernos – a língua de sinais nicaraguense , por exemplo - pode potencialmente oferecer pistas sobre os estágios de desenvolvimento e processos criativos necessários para tal evolução. [ 25 ] Outra abordagem tem sido a de inspecionar primeiros fósseis humanos, procurando por traços de adaptação física ao uso da língua. [ 26 ] [ 27 ] Em alguns casos, quando o DNA de seres humanos extintos pode ser recuperado, a presença ou ausência de genes supostamente de linguagem é relevante - Foxp2 é um exemplo - pode resultar muito informativa. [ 28 ] Uma outra abordagem, essa arqueológica, é procurar nos comportamentos simbólicos (como atividades rituais repetidas) que tivessem deixado traços arqueológicos, tais como coleta de minerais e a modificação de pigmentos ocre para pintura corpora, argumentos teóricos para justificar inferências a partir de simbolismo em geral e da língua em especial. [ 29 ] [ 30 ] [ 31 ] O intervalo de tempo para a evolução da linguagem e/ou de seus pré-requisitos anatômicos se estende, pelo menos em princípio, a partir da divergência filogenética do Homo (2,3 a 2,4 milhões anos atrás) desde o gênero Pan troglodita ” (5 a 6 milhões anos atrás) até o surgimento de grande modernidade comportamental há cerca de 150.000 - 50.000 anos atrás. Poucos negam que ao Australopithecus provavelmente faltou uma comunicação vocal significativamente mais sofisticada do que a dos hominidae em geral, [ 32 ] mas opiniões acadêmicas variam quanto aos desenvolvimentos ocorridos desde o aparecimento do ' Homo cerca de 2,5 milhões de anos atrás. Alguns estudiosos assumem o desenvolvimento de sistemas de linguagem como primitivas (proto-língua) desde o ' Homo habilis , enquanto outros colocam o desenvolvimento da comunicação simbólica apenas com o Homo erectus (1,8 milhões de anos atrás) ou com o Homo heidelbergensis (600 mil anos atrás) e o desenvolvimento de uma linguagem adequada com o Homo sapiens menos de 200 mil anos atrás. Usando métodos estatísticos para estimar o tempo necessário para atingir a atual difusão e diversidade de línguas modernas de hoje, Johanna Nichols - linguista da Universidade da Califórnia, Berkeley - argumentou em 1998 que as línguas vocais deve ter começado a diversificar em nossa espécie pelo menos 100 mil anos atrás. [ 33 ] Usando diversidade fonêmica, uma análise mais recente que provem de base diretamente linguística, chega-se a datas entre 150 e 300 mil anos. [ 34 ] As estimativas desse tipo são embasadas de forma independente pela genética, arqueologia, paleontologia e muitas outras evidências sugerindo que a linguagem surgiu provavelmente em algum lugar na África sub-saariana durante a Idade da Pedra Média, mais ou menos contemporaneamente o advento do Homo sapiens. [ 35 ] Os linguistas concordam que, exceto algo como pidgin s, não há línguas 'primitivas': todas as populações humanas modernas falam línguas de poder expressivo comparável, [ 36 ] apesar de muito estudos recentes terem explorado como a complexidade linguística varia entre as línguas ao longo do tempo histórico.. [ 37 ] Este foi um debate sério e desafiante na linguística contemporânea até este início do século XXI. [ 38 ] O consenso atual de que nenhuma das línguas modernas é realmente primitiva é a última grande mudança nas abordagens linguísticas sobre o assunto. Hipóteses [ editar | editar código-fonte ] Primeiras ideias [ editar | editar código-fonte ] Em 1861, Charles Darwin escreveu “Não posso duvidar que a linguagem deva sua origem à imitação e modificação, com apoio de sinais e gestos, de vários sons naturais, e gritos instintivos do próprio homem'. [ 39 ] [ 40 ] No mesmo ano, o linguísta Max Müller publicou uma lista especulativa de teorias referentes às origem da linguagem falada. [ 41 ] Bow-wow . A teoria bow-wow ou cuckoo , que Müller atribuiu ao filósofo alemão Johann Gottfried Herder diz que as primeiras palavras seriam como imitações dos gritos de animais e pássaros. Pooh-pooh . A teoria Pooh-Pooh via a Teoria Interjeicional de Demócrito - primeiras palavras com interjeições e exclamações emocionais motivadas por prazer, dor, surpresa, etc. Ding-dong . Müller sugeriu que ele chamou de teoria Ding-Dong , que afirma que todas as coisas têm uma ressonância de vibração natural, as quais ecoaram de alguma forma via homem em suas primeiras palavras. Yo-he-ho . A teoria yo-he-ho via a linguagem que emergia do trabalho rítmico coletivo, a tentativa de sincronizar o esforço muscular, resultando em sons como vamos alternado com sons como ho . Ta-ta . Isso não figurava na lista de Max Müller, tendo sido proposto em 1930 por Sir Richard Paget. [ 42 ] De acordo com a teoria ta-ta , os humanos fizeram as primeiras palavras por movimentos da língua que imitavam gestos manuais, tornando-os audíveis. A maioria dos estudiosos hoje considera que essas 5 teorias não são de todo equivocadas e que as mesmas ocasionalmente oferecem sugestões que, ainda que possam ser curiosas, cômicas, irrelevantes ou ingênua, devem ser levadas em consideração para o esclarecimento do mistério. O problema com estas teorias é que elas são estritamente mecanicistas, não levando em conta outros fatores. Elas assumem que uma vez que os nossos antepassados perceberam dificuldades no engenhoso “mecanismo” necessário para ligar sons e significados, a linguagem evoluiu e veio se modificando. . [ 43 ] [ 44 ] Confiabilidade e decepção [ editar | editar código-fonte ] Do ponto de vista da ciência moderna, o principal obstáculo para a evolução da comunicação na forma de linguagem como na natureza não é de natureza mecanicista. Pelo contrário, é o fato de que os símbolos - associações arbitrárias de sons ou outras formas perceptíveis com seus significados correspondentes - não são confiáveis e podem muito bem ser falsos. [ 45 ] As the saying goes, 'words are cheap.' [ 46 ] Esse problema da confiabilidade não foi em nada considerado por Darwin, Müller ou por outros pioneiros teóricos evolucionistas. Sinais vocais de animais são na maior parte das vezes intrinsecamente confiáveis. Quando um gato ronrona, o sinal constitui evidência direta do estado de contentamento do animal. Nós podemos 'confiar' nesse sinal não porque o gato está inclinado a ser honesto, mas porque ele simplesmente não pode fingir com um som. As manifestações vocais dos primatas podem ser ligeiramente mais manipuláveis, mas elas permanecem confiáveis, pela mesma razão – eles não têm muita facilidade para falsear. [ 47 ] A inteligência social dos primatas é maquiavélica , visa interesses próprios sem restrições por escrúpulos morais. Macacos e símios muitas vezes tentam enganar um ao outro, e, ao mesmo tempo estão constantemente em guarda contra serem vítimas de engodos. [ 48 ] Paradoxalmente, é precisamente a resistência dos primatas a serem enganados que bloqueia a evolução de seus sistemas de sinalização vias semelhantes à linguagem. A linguagem é assim descartada porque a melhor maneira de se proteger contra ser enganado é ignorar todos os sinais, exceto aqueles que são imediatamente verificáveis. Palavras não conseguem automaticamente fazer esse teste. [ 22 ] As palavras são fáceis de falsificar. Se forem mentiras, quem as ouve deve se adaptar para ignorá-las em favor de outros sinais ou pistas difíceis de falsificar. Para a linguagem funcionar, os ouvintes devem ter certeza de que as pessoas com quem eles estão falando têm condições de ser preferencialmente honestas. [ 49 ] Uma característica peculiar da linguagem é o deslocamento de referência, o que significa referência a temas fora da situação realmente perceptível “mudar de assunto”). Esta propriedade impede declarações de serem corroboradas no imediato 'aqui' e 'agora'. Por este motivo, a linguagem pressupõe níveis relativamente altos de confiança mútua, a fim de se estabelecer ao longo do tempo como uma “estratégia evolutivamente estável”. Essa estabilidade nasce da confiança mútua de longa data e é o que concede a linguagem a sua autoridade. A teoria das origens da linguagem deve, portanto, explicar porque os seres humanos poderiam começar a confiar em sinais simples de uma forma que outros animais, aparentemente, não podem fazê-lo Língua das mães [ editar | editar código-fonte ] A hipótese da “língua das mães” foi proposta em 2004 como uma possível solução para o mistério da origem das línguas. [ 50 ] W. Tecumseh Fitch suggested that the Darwinian principle of 'kin selection' [ 51 ] A convergência de interesses genéticos entre parentes pode ser parte da resposta. Fitch sugere que as línguas eram originalmente 'línguas maternas'. Se a linguagem evoluiu inicialmente para a comunicação entre as mães e seus próprios filhos biológicos, estendendo-se mais tarde para incluir parentes adultos, bem como, os interesses de quem fala e de quem ouve tendem a coincidir. Fitch argumenta que os interesses genéticos compartilhados teriam levado a suficientes níveis de confiança e cooperação para que sinais intrinsecamente não confiáveis - palavras – se tornassem aceitos como confiáveis e assim começar essa evolução. Os críticos desta teoria apontam que a seleção de parentesco não é exclusiva para os seres humanos. [ 52 ] Mãe símias também compartilham genes com seus descendentes, assim como todos os animais, então por que é só os humanos falariam? Além disso, é difícil acreditar que os primeiros humanos tivessem comunicação linguística restrita para parentes genéticos: o tabu do incesto deve ter forçado os homens e mulheres a interagir e se comunicar com não-parentes. Assim, mesmo se aceitassem as premissas iniciais da Fitch, a extensão das redes de comunicação postuladas como 'língua materna' de parentes para não-parentes permaneceria não explicada. [ 52 ] Fitch argumenta, porém, que o longo período de imaturidade física dos bebês humanos, e o desenvolvimento extra-uterino do encéfalo humano dá à relação homem-criança um período diferente e mais prolongado de dependência entre as gerações do que a encontrada em qualquer outra espécie. [ 50 ] Altruísmo recíproco [ editar | editar código-fonte ] Ib Ulbæk [ 11 ] invoca um outro princípio darwinista padrão - 'altruísmo recíproco' [ 53 ] para explicar os níveis anormalmente elevados de honestidade intencional necessária para a língua evoluir. 'Altruísmo recíproco' pode ser expresso como o princípio de que se você coça minhas costas, eu coço as suas . Em termos linguísticos, isso significaria que ' se você falar a verdade para mim, eu vou falar a verdade para você. O altruísmo recíproco ordinário darwiniano, diz Ulbæk, é a relação estabelecida entre os indivíduos que interagem com frequência. Para a linguagem prevalecer em toda uma comunidade, no entanto, a reciprocidade necessária teria de ser aplicada universalmente, em vez de se deixar isso à escolha individual. Ulbæk conclui que para a linguagem evoluir, a sociedade deve ter estado sujeita desde o início e como um todo a uma regulação moral. A evolução de tal altruísmo recíproco e o problema do dilema do prisioneiro associado a clandestinidade e deserção, tem sido usada para explicar o rápido aumento da encefalização socialmente orientada e associada com a transição do Australopithecus para Homo sapiens primitivo. Os críticos apontam que esta teoria não explica quando, como, por que e por quem o 'altruísmo recíproco obrigatório' poderia ter sido aplicado. [ 23 ] Várias propostas têm sido oferecidos para esclarecer essa dúvida. [ 23 ] Uma outra crítica é que a linguagem não funciona de modo alguma base do altruísmo recíproco. Os seres humanos em grupos de conversação não compartilham informações com todos, mas somente com aqueles que possam oferecer informações valiosas em troca. Pelo contrário, eles parecem querer anunciar ao mundo o seu acesso a uma informação socialmente relevante, transmitindo, porém, para quem quiser ouvir sem pensar em retorno. [ 54 ] Boatos e carinhos [ editar | editar código-fonte ] Boatos, fofocas, rumores, conforme Robin Dunbar , fazem num grupo de humanos o mesmo que troca de carinhos (aliciamento) manuais fazem entre outros primatas— permite que indivíduos sirvam seus relacionados e mantenham com eles alianças na base do princípio se você coçar minhas costas, eu coçarei as suas. Tudo iniciou quando os seres humanos que viviam em grupos sociais cada vez maiores, argumenta Dunbar, a tarefa de acariciar, aliciar, todos os amigos e conhecidos de alguém se tornou tão trabalhosa a ponto de ser inviável. Em resposta a este problema, os humanos inventaram 'uma forma barata e ultra-eficiente de aliciamento” — o aliciamento vocal. Para manter seus aliados felizes, precisava então acariciá-los com sons de voz simples, de baixo custo, atendendo vários aliados mesmo mantendo simultaneamente as duas mãos livres para outras tarefas. Esse aliciamento vocal gradualmente evoluiu para a linguagem vocal - inicialmente na forma de 'fofocas'. [ 55 ] Os críticos desta teoria apontam que a própria eficiência de 'preparação vocal' - o fato de que as palavras serem tão simples - teria prejudicado sua capacidade de sinalizar o compromisso do tipo do que era até então transmitida por demorada e custosa. [ 49 ] Uma outra crítica é que a teoria não faz nada para explicar a transição crucial do dito carinho vocal - produção de sons agradáveis, mas sem sentido -. às complexidades cognitivas de discurso sintático. Essa crítica, no entanto, assume que partir desse aliciamento vocal e chegar a uma linguagem vocal exige que se passe por alguns passos complexos até poder falar. A crítica anterior também parece assumir uma superioridade não tão aparente do aliciamento físico sobre o vocal ao dizer que a segunda não tem a mesma capacidade de sinalizar compromisso. Por exemplo, estudos têm demonstrado que, na afinidade de uma criança com a mãe, não se pode afirmar que haja vantagens das ações manuais sobre as vocais. [ 56 ] Rituais e fala [ editar | editar código-fonte ] A teoria da coevolução conjunta do Ritual e da Fala foi originalmente proposta pelo antropólogo social, Roy Rappaport [ 19 ] antes de ser elaborada por antropólogos como Chris Knight., [ 22 ] Jerome Lewis, [ 57 ] Nick Enfield, [ 58 ] Camilla Power [ 49 ] and Ian Watts. [ 31 ] O cientista e engenheiro cognitivo e de robótica Luc Steels [ 59 ] é outro proeminente defensor desta abordagem geral, como também é o antropólogo biológico / neurocientista Terrence Deacon . [ 60 ] Esses estudiosos argumentam que não pode haver tal como uma 'teoria das origens da linguagem '. Isso porque a língua não é uma adaptação separada, mas um aspecto interno de algo muito mais amplo - ou seja, da cultura simbólica humana como um todo. [ 21 ] As tentativas de explicar a linguagem, independentemente do presente contexto mais amplo têm espetacularmente falhado, dizem esses cientistas, porque se está lidando com um problema sem solução. Podemos imaginar um historiador do futuro tentar explicar o surgimento dos cartões de crédito, de forma independente do sistema mais amplo do qual eles fazem parte? Usando um cartão de crédito só faz sentido se você tem uma conta bancária institucionalmente reconhecida dentro de um determinado tipo de sociedade capitalista avançada e num ambiente de uma tecnologia das comunicações eletrônicas e computadores digitais já criadas, na qual fraudes podem ser detectadas e evitadas. Da mesma forma, a linguagem não iria trabalhar fora de um conjunto específico de mecanismos e instituições sociais de uma época, de um grupo social. Por exemplo, a linguagem no nosso conceito presente não iria ser adequada para um macaco se comunicar com outros macacos em estado selvagem. Nem mesmo o macaco mais inteligente poderia ter algo como uma língua em tais condições. Os defensores desta escola de pensamento apontam que as palavras são fáceis, têm pouco valor. Como imagens holográficas, elas são intrinsecamente não-confiáveis. Se um macaco especialmente inteligente, ou até mesmo um grupo de macacos bem articulados, tentarem usar palavras em estado selvagem, eles não carregariam nenhuma convicção. As vocalizações de primatas que realmente apresentam convicções, as que eles realmente usam, são bem diversas do que sejam para nós palavras, por serem emocionalmente expressivas, intrinsecamente significativas e confiáveis. Tais vocalizações são relativamente valiosas e difíceis de falsificar. A linguagem é composta de contrastes discretos cujo custo é essencialmente nenhum. Como convenções sociais assim tão puras, sinais deste tipo não poderiam ter evoluído num mundo social “darwiniano” - eles são uma impossibilidade teórica. [ 45 ] Sendo intrinsecamente não confiável, a linguagem só funciona se quem fala puder construir uma reputação de confiabilidade dentro de um determinado tipo de sociedade -., Ou seja, aquela reputação via fatos culturais simbólicos (às vezes chamados 'fatos institucionais') que pode ser estabelecida e mantida através de um endosso social coletivo. [ 61 ] Em qualquer sociedade de caçadores-coletores, o mecanismo básico para estabelecer confiança em fatos culturais simbólico é o um ritual coletivo. [ 62 ] Portanto, a tarefa dos que pesquisam sobre as origens da linguagem é mais multidisciplinar do que normalmente se suporia. Trata-se de abordar a emergência evolutiva da cultura simbólica humana como um todo, com a linguagem como um componente importante, mas secundário. Os críticos da teoria incluem Noam Chomsky, que conclui com a hipótese de 'não-existência' - uma negação da própria existência da língua como objeto de estudo para a ciência natural. [ 63 ] A teoria de Chomsky é que a linguagem surgiu em um instante e já na perfeita forma, [ 64 ] levando seus críticos, por sua vez à réplica de que somente algo que não existisse, uma construção teórica ou conveniente ficção científica, poderia surgir de uma forma tão milagrosa. [ 20 ] A controvérsia não tem solução. Torre de Babel [ editar | editar código-fonte ] Também foi sugerido que a linguagem poderia ter evoluído em parte para bloquear a comunicação, para segregar cada própria tribo, isolando das contaminações de outras tribos. [ 65 ] Isso está relacionado com o paradoxo da língua codificada , a história da Torre de Babel , os aliciamentos dentro da tribo.. Gestos [ editar | editar código-fonte ] A teoria gestual enuncia que a linguagem humana se originou dos gestos que eram usados para comunicação .. Dois tipos de evidências suportam esta teoria. A língua gestual e a linguagem vocal dependem de sistemas neurais semelhantes. As regiões do córtex cerebral responsáveis pelos movimentos da boca e da mão ficam próximos. Primatas não-humanos podem usar gestos ou símbolos, ainda que sejam primitivos, para a comunicação e alguns de tais gestos se assemelham às dos seres humanos, tais como a 'postura implorando', com as mãos estendidas, as quais compartilhamos com os chimpanzés. [ 66 ] A pesquisa encontrou um forte apoio para a ideia de que a comunicação oral e aquela via gestos dependem de estruturas neurais semelhantes. Pacientes que utilizavam a linguagem e que haviam sofrido lesão no hemisfério cerebral esquerdo, mostravam os mesmos transtornos na língua de sinais que pacientes vocais com sua linguagem oral. [ 67 ] Outros pesquisadores descobriram que as mesmas regiões cerebrais do hemisfério esquerdo que eram ativos durante a língua de sinais também o eram durante o uso da linguagem vocal ou escrita. [ 68 ] Os gestos dos primatas é no mínimo algo parcialmente genético: diferentes macacos fazem os gestos característicos de sua espécie, mesmo que nunca tenha visto um outro animal executar tal gesto. Por exemplo, os gorilas batem no peito. Isso mostra que os gestos são uma parte intrínseca e importante da comunicação entre primatas, o que apoia a ideia de que a linguagem evoluiu do gesto. [ 69 ] Outra evidência sugere que gesto e linguagem estão ligados. Nos seres humanos, apontar manualmente tem um efeito sobre as vocalizações simultâneas, criando, assim, certas associações vocais naturais de esforços manuais. Chimpanzés movem suas bocas ao executar tarefas motoras finas. Estes mecanismos podem ter desempenhado um papel evolutivo que possibilitou o desenvolvimento da comunicação vocal intencional como um suplemento para a comunicação gestual. Modulação de voz pode ter sido motivada por existentes ações manuais. [ 69 ] Há também o fato de que, desde a infância, gestos tanto complementam como preveem o discurso. [ 70 ] [ 71 ] Isso demonstra a ideia de que os gestos mudam rapidamente nos seres humanos a partir de quando eram o único meio de comunicação (numa idade muito jovem) para um comportamento complementar e preditivo que usamos como adultos, apesar de sermos capaz de nos comunicar verbalmente. Isso também serve como um paralelo à ideia de que os gestos se desenvolveram antes e que linguagem foi posteriormente construída sobre os gestos. Duas situações possíveis têm sido propostas para o desenvolvimento de linguagem, [ 72 ] one of which supports the gestural theory: Língua desenvolvida a partir das chamadas vocais dos nossos antepassados na evolução. Língua derivada de gesto. A primeira perspectiva diz que a linguagem evoluiu a partir dos brados de nossos antepassados. Parece lógico, porque os seres humanos e os animais emitem sons ou gritos. Uma razão evolutiva para refutar isto é que, anatomicamente, que controla o centro de chamadas em macacos e outros animais situa-se numa parte completamente diferente do cérebro do que nos seres humanos. Em macacos, este centro está localizado nas profundezas do cérebro relacionadas às emoções. No sistema humano, ele está localizado em uma área não relacionada à emoção. Os seres humanos podem se comunicar simplesmente para se comunicar - sem emoções. Portanto, anatomicamente, esse cenário não funcionaria. [ 72 ] Mesmo assim, recorremos à idéia de que a linguagem foi derivada do gesto (nós nos comunicamos por gestos primeiro e o sons para comunicação veem mais tarde). A questão importante para a teoria gestual é como houve uma mudança de vocalização. Várias explicações têm sido propostas: Nossos ancestrais começaram a usar mais e mais ferramentas, o que significa que suas mãos estavam mais ocupadas e não podiam mais ser tão mais usadas para gesticular. [ 73 ] A gesticulação manual requer que os interlocutores estejam visíveis um para o outro. Em muitas situações, eles podem precisar de se comunicar, mesmo sem contato visual: após o anoitecer ou quando a vegetação obstrui a visibilidade. Uma hipótese composta sustenta que a linguagem cedo tomou a forma de gestual e parte vocal mimésis (imitativa 'de música e dança'), combinando as duas modalidades, porque todos os sinais (como os de macacos) ainda precisavam ser mais elaborados e difíceis , a fim de serem intrinsecamente convincentes. Nesse caso, cada um desses 2 “displays multi-mídia” teria necessidade não somente que remover ambiguidades no significado pretendido, mas também inspirar confiança na infomação. Sugere-se que logo que as regras de compreensão houvessem sido aceitas pelas comunidades e a linguagem e gestos tenham entrado em vigor. [ 74 ] se poderia automaticamente acreditar nas intenções de comunicação, permitindo assim que o Homo sapiens se deslocasse para um formato mais eficiente de conversação. Como características distintivas vocais (contrastes de som) são ideais para esse fim, foi apenas neste momento – quando a intrinsecamente persuasiva linguagem corporal não era mais necessária para transmitir cada mensagem - que a mudança decisiva do gesto manual para a nossa atual dependência primária em “língua 'falada ocorreu. [ 20 ] [ 22 ] [ 75 ] Os seres humanos ainda usam mão e gestos faciais quando falam, especialmente quando as pessoas que se encontram que não têm nenhuma língua em comum. [ 76 ] Há também, é claro, um grande número de línguas de sinais , associados à comunidade de surdez . é importante notar que essas línguas de sinais são iguais em termos de complexidade, sofisticação e poder expressivo. Para qualquer das funções cognitivas da linguagem oral são semelhantes e as partes do cérebro usadas são semelhantes às da língua falada. A principal diferença é que ali os 'fonemas' são produzidos no exterior do corpo, articulado com as mãos, o corpo, e a expressão facial, em vez de dentro do corpo articulado com a língua, os dentes, os lábios, e respiração. Os críticos da teoria gestual observam que é difícil definir sérias razões por que a comunicação inicial à base do tom vocal (que está presente em primatas) seria abandonada em favor da comunicação muito menos eficaz não-vocal, gestual. No entanto, Michael Corballis indicou que a comunicação vocal de primatas (Ex.: chamadas de alarme) não pode ser controlada conscientemente, ao contrário do movimento da mão e, portanto, não é aceitável como precursora da linguagem humana. a vocalização dos primatas é bastante homóloga e ao mesmo tempo a continuação dos reflexos involuntários (relacionados às emoções humanas básicas), tais como gritos ou gargalhadas (o fato de que estes podem ser falsificados não desmente o fato de que sejam respostas involuntárias genuínas ao medo ou surpresa). Além disso, o gesto não é geralmente menos eficaz, e dependendo da situação pode mesmo ser até vantajoso, por exemplo, num ambiente de muito ruído ou onde seja importante que seja silenciosa, tal como na caça. Outros desafios para a teoria do 'primeiro os gestos' foram apresentados por pesquisadores em psicolinguística , incluindo David McNeill Neurônio espelho [ editar | editar código-fonte ] Em humanos, estudos de ressonância magnética funcional têm relatado encontrar áreas homólogas ao sistema de neurônios espelho no córtex frontal inferior, próximo à área de Broca, uma das regiões de língua hipotética do cérebro. Isto levou a sugestões de que a linguagem humana evoluiu a partir de um gesto de desempenho / compreensão do sistema presente em neurônios-espelho. Os neurônios-espelho foram diz-se ter o potencial de fornecer um mecanismo de ação-compreensão, a imitação-aprendizado e a simulação do comportamento das outras pessoas. [ 77 ] Esta hipótese é apoiada por alguns cytoarchitectonic homologias entre macaco área premotor F5 e área de Broca humano.. [ 78 ] A marcha da expansão do vocabulário tem ligação com a capacidade das crianças de espelhar vocalmente via não-palavras e, assim, adquirir as novas pronúncias das palavras. Tal expressão por repetição ocorre automaticamente e de forma rápida <.ref name='Porter 1980'> Porter, RJ.. Lubker, JF. (setembro de 1980). «Rapid reproduction of vowel-vowel sequences: evidence for a fast and direct acoustic-motoric linkage in speech». J Speech Hear Res . 23 (3): 593–602. PMID 7421161 </ref> e separadamente no cérebro para percepção da fala. [ 79 ] [ 80 ] Além disso, tais imitações vocais podem ocorrer sem que haja compreensão, tais como em uma “sombra” de expressão oral discurso sombreamento. [ 81 ] and echolalia . [ 78 ] [ 82 ] Outra evidência para esta ligação vem de um estudo recente em que a atividade cerebral de dois participantes foi medida usando “fMRI” enquanto eles estavam gesticulando palavras entre si usando gestos com as mãos, com num jogo de charada s - uma modalidade que alguns sugeriram poder. representar o precursor evolutivo da linguagem humana. A análise dos dados usando a Casualidade de Granger revelou que o sistema de neurônios espelho do observador reflete de fato o padrão de atividade da atividade no sistema motor do remetente, apoiando a idéia de que o conceito motor associado às palavras é.de fato transmitido de um cérebro para outro usando o sistema de espelho.. [ 83 ] Deve ser notado que o sistema de neurônios-espelho parece ser inerentemente inadequado para desempenhar qualquer papel em na sintaxe, uma vez que esta propriedade definitória das línguas humanas, que é implementada na estrutura recursiva hierárquica, é como que aplainada em sequências lineares de fonemas tornando a estrutura recursiva não acessível a detecção sensorial. [ 84 ] Teoria do bebê [ editar | editar código-fonte ] Conforme a teoria do 'acalentar do bebê' de Dean Falk , interações vocais entre mães e recém-nascidos de hominídeos mais desenvolvidos desencadearam uma seqüência de eventos que levaram, finalmente, às primeiras palavras dos nossos antepassados. [ 85 ] A idéia básica é que na evolução das mães humanas é que, ao contrário do que ocorria com os outros símios, aquelas não podiam se movimentar e buscar forragem os seus filhos se agarrando às suas costas. A falta de pelagem no caso humano deixava os bebês com dificuldade de se agarrar à mães. Freqüentemente, portanto, as mães tinham que colocar seus bebês no chão. Assim, esses bebês precisavam se sentir seguros e ter certeza de que eles não estavam sendo abandonados. As mães teriam, então, respondido desenvolvendo aquela 'linguagem para bebês”- um sistema de comunicação dirigida para crianças pequenas a qual incluía expressões faciais, linguagem corporal, toques, carícias, risos, cócegas e outras chamadas de contato emocionalmente expressivas. O argumento é que a linguagem de alguma forma se desenvolveu a partir de tudo isso. Os críticos alegam que, embora essa teoria possa explicar um certo tipo de 'proto-linguagem' dirigida para bebês, pouco explica o problema realmente difícil, que é saber como surgiu uma linguagem sintática entre adultos adultos de linguagem sintática. No entanto, nos seu livro “The Mental e Social Life of Babies”, o psicólogo Kenneth Kaye observou que nenhuma linguagem adulta utilizável poderia ter evoluído sem a comunicação interativa entre crianças muito pequenas e adultos. 'Nenhuma sistema simbólico poderia ter sobrevivido de uma geração para a seguinte, se não pudesse ter sido facilmente adquirido por crianças pequenas nas condições normais da vida social'. [ 86 ] Gramática [ editar | editar código-fonte ] A 'gramaticalização' é um processo histórico pelo qual palavras isoladas (verbos, substantivos) desenvolveram apêndices gramaticais (ex. preposições, sufixos, prefixos) que têm funções gramaticais mais especializadas. Um uso inicialmente 'incorreto', ao tornar-se aceito, leva a consequências imprevisíveis, provocando efeitos em cadeia e sequências de períodos de mudanças. Paradoxalmente, gramática evolui porque, em última análise, os seres humanos se importam menos com sutilezas gramaticais do que em fazer-se entender. [ 87 ] Sendo essa a forma como a gramática evolui hoje, conforme tal linha de pensamento, podemos legitimamente inferir princípios semelhantes no que tera ocorrido entre nossos ancestrais distantes, quando a gramática foi inicialmente estabelecida. [ 88 ] [ 89 ] [ 90 ] A fim de reconstruir a transição evolutiva desde a forma de linguagem mais antiga para línguas com gramáticas complexas, é preciso saber quais seqüências hipotéticas são plausíveis e que não são. A fim de transmitir idéias abstratas, o primeiro recurso de quem fala é usar imagens de algo concreto imediatamente reconhecível, muitas vezes com a implantação metáfora s enraizadas na experiência corporal compartilhada por muitos. [ 91 ] Um exemplo conhecido seria o uso de termos concretos, como 'barriga' ou 'dorso' para transmitir significados abstratos como 'dentro' ou 'atrás'. Igualmente metafórica é a estratégia de representar padrões temporais conforme modelos espaciais. A gramaticalização é consistentemente unidirecional - do concreto para o significado abstrato, e não o contrário. Os teóricos da gramaticalização imaginam que as línguas eram no começo muito simples, consistindo talvez apenas substantivos. [ 90 ] p. 111 Mesmo sob tal pressuposto teórico extremo, no entanto, é difícil imaginar o que uma inibição cognitiva teria realisticamente impedido as pessoas de usarem, p.ex:. - 'ferro' como se fosse um verbo, como fazemos em Português ('Vamos ferrar os cavalos '). Independentemente das sutilezas da gramática como entendem os profissionais em linguística as pessoas na vida real certamente teriam sempre podido usar seus substantivos como verbos ou seus verbos como substantivos conforme a ocasião. Em suma, enquanto uma língua formada só por substantivos possa parecer teoricamente possível, a teoria da gramaticalização indica que a mesma não pode ter permanecido assim estável por qualquer período de tempo. A Criatividade impulsiona a mudança gramatical. [ 92 ] Isso pressupõe uma certa atitude por parte de quem ouve. Em vez de punir desvios de uso aceito, os ouvintes devem priorizar uma leitura imaginativa da mente. Não se deve tomar como certo essa postura cognitiva. Criatividade imaginativa - emitir um alarme quando nenhum leopardo leopardo estava presente, por exemplo - não é o tipo de comportamento que os macacos gostaria de receber ou agradecer. [ 93 ] Criatividade e confiança são exigências incompatíveis. para primatas 'maquiavélicos', como para os animais em geral, a necessidade primordial é demonstrar a confiabilidade. [ 94 ] Se os seres humanos escapar dessas limitações, é porque entre humanos, os ouvintes estão interessados principalmente nos estados mentais. Concentrar-se em estados mentais é aceitar ficções - habitantes da imaginação - como potencialmente informativos e interessantes. Pegue o uso da metáfora. A metáfora é, literalmente, uma declaração falsa. [ 95 ] Pense da declaração de Romeo ', Julieta é o Sol! '. Julieta é uma mulher, não uma esfera de plasma no céu, mas os ouvintes humanos não são (não normalmente) pedantes insistentes numa detalhada precisão factual. Eles querem saber o que o falante tem em mente. Gramaticalização é algo essencialmente baseado na metáfora. Proibir o seu uso seria interromper a evolução da gramática e, por isso mesmo, excluir qualquer possibilidade de expressar o pensamento abstrato. [ 91 ] [ 96 ] Uma crítica a tudo isso é que enquanto a teoria da gramaticalização pode explicar a mudança linguística de hoje, não contempla satisfatoriamente o desafio realmente difícil - explicar a transição inicial da comunicação do estilo primata à linguagem como conhecemos. Ao contrário, a teoria pressupõe que a linguagem já existia. Como Bernd Heine e Tania Kuteva declaram: 'Gramaticalização requer um sistema linguístico que já é usado regularmente e com freqüência dentro de uma comunidade de falantes e é passado de um grupo de falantes para outro' <.ref name='Heine 2007'/> p. 164 Fora dos seres humanos modernos, tais condições não prevalecem Símio auto-domesticado [ editar | editar código-fonte ] Conforme um estudo que investiga as diferenças entre o canto do manon-de-peito-branco e o do sua contrapartida domesticada, o manon , os manons selvagens têm um canto com uma sequência muito estereotipada, enquanto que o domesticado tem um canto extremamente variado, sem se prender a “regras”. Nos pássaros que vivem livres na natureza, a sintaxe das canções está sujeita à preferência da fêmea – seleção sexual – e se mantém relativamente imutável. Porém, na espécie doméstica (dita Bengalesa), a seleção natural é substituída pela forçada, a que visa reprodução controlada (p/ex. para cor da plumagem), sendo formatada por razões seletivas, ficando à deriva a sintaxe mais estereotipada. Essa foi substituída, depois de mil gerações, por uma sequência varável aprendida. Os manos selvagens, por sua vez, são incapazes de aprender as sequências dos domesticados. [ 97 ] No campo da vocalização , cérebros capazes de produzir apenas uma canção inata têm vias neurais muito simples: o centro principal motor do cérebro anterior, o chamado núcleo robusto do arcopallium, conecta-se às saídas vocais do mesencéfalo, o qual por sua vez se projeta nos de núcleos motores do tronco cerebral. Em contrapartida, nos cérebros capazes de aprender diversas canções, o arcopallium recebe entrada de numerosas regiões frontais adicionais do cérebro, incluindo aqueles envolvidos na aprendizagem e experiência social. O controle sobre a geração de canções se tornou menos restrito, mais distribuído e mais flexível. Quando comparado a outros primatas, cujo sistema de comunicação é restrito a um repertório altamente estereotipado de brados e gritos, o ser humano tem muito poucas vocalizações pré-especificadas, sendo exemplos existentes o riso, o choro Além disso, essas vocalizações inatas s são gerados por vias neuronais restritas, enquanto que a linguagem é gerada por um sistema altamente distribuído envolvendo várias regiões do cérebro humano. Uma característica marcante da linguagem é que, enquanto a competência linguística é herdada, as próprias línguas são transmitidos através da cultura. Também transmitidos via cultura são entendimentos, como as formas tecnológicas de fazer as coisas, que estão enquadradas como explicações baseadas na linguagem. Daí que seria de se esperar de uma trajetória co-evolutiva robusta entre competência linguística e cultura: proto-humanos com capacidade de linguagem presumivelmente rudimentar, versões de uma proto-linguagem, teriam melhor acesso aos entendimentos culturais e tais entendimentos, transmitidos via proto-linguagens ao cérebro das crianças poderia prontamente aprender, eram mais propensos a serem transmitidos, chegando-se, assim, a benefícios acumulados. Proto-humanos indubitavelmente se envolveram no que se chama “construção de nichos”, criaram grupos (nichos) culturais que proporcionaram entendimentos fundamentais para a sobrevivência e passaram por mudanças evolutivas que otimizaram sua capacidade de prosperar dentro de tais nichos. Pressões de seleção operavam para manter instintos importantes para a sobrevivência nos nichos iniciais. Era esperado que essas pressões relaxassem à medida que os seres humanos se tornaram cada vez mais dependentes dos nichos culturais por eles criados, enquanto que quaisquer inovações que facilitaram a adaptação, nesse caso cultural - as inovações na competência para a linguagem competência – deveriam se dispersar, se espalhar. Uma maneira interessante de pensar sobre a evolução humana é que nós somos macacos auto-domesticados. Assim como a domesticação descontraiu as canções não mais estereotipados usadas da escolha dos companheiros dos tentilhões (manons) , as novas canções foram suplantadas por escolhas feitas pelas sensibilidades estéticas dos criadores de aves e de seus clientes – do mesmo modo nossa domesticação cultural pode ter sido relaxados em muitos de nossos traços comportamentais primatas, permitindo que antigos comportamentos degenerassem e se reconfigurassem. Dada a forma altamente indeterminada como os cérebros de mamíferos se desenvolvem, esses basicamente construíram de baixo para cima um conjunto de interações neuronais preparando o palco para a próxima rodada de interações – caminhos degradados tenderiam a procurar e encontrar novas oportunidades de conexões sinápticas. Essas de-diferenciações das vias cerebrais herdadas podem ter contribuído para a complexidade funcional que caracteriza a linguagem humana. E, tal como exemplificado pelos manons, tais de-diferenciações podem ocorrer em intervalos de tempo muito curtos. [ 98 ] Fala e comunicação [ editar | editar código-fonte ] Pode ser estabelecida uma distinção entre fala e linguagem . A linguagem não é necessariamente falada: ela pode, alternativamente, ser escrita ou sinalizada. A fala é um dentre uma série de diferentes métodos de codificação e transmissão de informação linguística, embora seja, sem dúvida, o mais natural. Alguns estudiosos veem a linguagem inicialmente como um desenvolvimento cognitivo e a sua 'externalização' para servir a propósitos comunicativos teria ocorrido mais tarde na evolução humana. De acordo com tal escola de pensamento, a característica fundamental que distingue a linguagem humana é a recursividade . [ 99 ] - Nesse contexto, a incorporação iterativa de frases dentro de frases. Outros estudiosos - nomeadamente Daniel Everett - negam que a recursividade é universal, citando algumas línguas ([língua [Pirarrã | Pirarrã]], por exemplo) que, supostamente, não possuem este recurso. A habilidade de fazer perguntas é considerada por alguns como algo que distingue linguagem de qualquer sistema não-humano de comunicação. [ 100 ] Alguns primatas cativos ( bonobos e chimpanzés ), depois de ter aprendido a usar os sinais rudimentares para se comunicar com seus treinadores humanos, mostraram-se capazes de responder corretamente a questões complexas e solicitações. No entanto, eles não conseguiram perguntar até mesmo perguntas mais simples. Por outro lado, crianças humanas são capazes de pedir e fazer suas primeiras perguntas (usando apenas entonação no período em que apenas balbuciam, muito antes de começar a usar estruturas sintáticas. Embora os bebês de diferentes culturas adquiram suas línguas nativas a partir do ambiente social, todas as línguas do mundo, sem exceção - tonal, não-tonal, entonações, sotaques - use desde muito cedo a 'entonação' para “perguntas sim-não”. [ 101 ] [ 102 ] Esse fato é uma forte evidência da universalidade das entonações de perguntas. Desenvolvimento cognitivo [ editar | editar código-fonte ] Uma das habilidades intrigantes que os usuários da linguagem têm é a de alto nível de referência (ou dêixis ), a capacidade de referir-se a coisas ou estados de ser que não são do domínio imediato de quem fala. Esta capacidade é muitas vezes relacionada com a teoria da mente, ou a consciência do outro como um ser como o autônomo com desejos e intenções individuais e intenções. Segundo Chomsky, Hauser e Fitch (2002), há seis aspectos principais nesse tal sistema de referência de alto nível: Teoria da mente Capacidade para adquirir representações conceituais não linguísticas, como a distinção objeto / tipo Sinais vocais referenciais A imitação como um sistema racional, intencional O controle voluntário sobre a produção de sinal como prova de comunicação intencional representação Number [ 99 ] Teoria da mente [ editar | editar código-fonte ] Simon Baron-Cohen (1999) argumenta que a chamada teoria da mente deve ter precedido o uso da linguagem, com base em evidências de uso das seguintes características, por volta de 40 mil anos atrás: uma comunicação intencional, reparo na comunicação falha, ensino, persuasão intencional, engano intencional engano, construção de planos e metas, compartilhamento intencional de foco ou tema, fingimento. Além disso, Baron-Cohen argumenta que muitos primatas mostram algumas, mas não todas, dessas habilidades. Uma pesquisa de Call e Tomasello em chimpanzés apoia isso, percebendo-se indivíduos entre os chimpanzés que parecem compreender que outros chimpanzés têm consciência, conhecimento e intenção, mas não parecem entender atitudes falsas. Muitos primatas mostram algumas tendências para uma teoria da mente, mas não completa como têm os seres humanos. Em última análise, há algum consenso nesse campo de que uma teoria da mente é necessária para o uso da linguagem de uma teoria da mente. Assim, o desenvolvimento de uma teoria completa da mente entre os humanos foi um precursor necessário para o completo uso da linguagem. Números [ editar | editar código-fonte ] Em um estudo particular, ratos e pombos eram incentivados a apertar um botão por certo número de vezes para conseguir comida: Os animais apresentaram distinção muito precisa para números menores que quatro, mas com o aumento dos números, a taxa de erro aumentou. [ 99 ] Matsuzawa (1985) tentou ensinar chimpanzés algarismos arábicos. A diferença entre primatas e humanos a esse respeito era muito grande, já que foram necessários milhares de testes para que os chimpanzés aprendessem os números 1-9 com cada número exigindo uma quantidade similar de tempo de treinamento. Ainda, depois de saber o significado de 1, 2 e 3 (e, por vezes, 4), as crianças compreendem facilmente o valor de maiores números inteiros usando uma função de sucessão (isto é, 2 é 1 maior do que 1. 3 é 1 maior do que 2. 4 é 1 superior a 3. uma vez que o 4 é alcançado, parece a maioria das crianças tem um momento 'a-ha!' e passam a entender qualquer número inteiro n é um número inteiro 1 maior do que a anterior. Simplificando, outros primatas aprendem o significado dos números, um a um de forma semelhante a sua abordagem para outros símbolos referenciais, enquanto que as crianças aprendem o primeiro uma lista arbitrária de símbolos (1,2,3,4 ...) e, posteriormente, aprendem seus significados precisos. [ 103 ] Esses resultados podem ser vistos como uma prova para a aplicação da 'propriedade geradora de final em aberto' da linguagem na cognição numeral humana. [ 99 ] Estruturas linguísticas [ editar | editar código-fonte ] Léxico e fonologia [ editar | editar código-fonte ] Hockett (1966) detalha uma lista de características consideradas essenciais para descrever a linguagem humana, [ 104 ] No domínio do princípio léxico-fonológico, duas características dessa lista são os mais importantes: Produtividade: os usuários podem criar e entender completamente novas mensagens. Novas mensagens são livremente produzidas por mistura, a partir de analogias, ou transformando antigas. A elementos novos ou velhos são atribuídas livremente novas cargas semânticas pelas circunstâncias e contexto. Isso significa que em todas as línguas, novas expressões surgem constantemente. Dualidade (de Padronização): um grande número de elementos significativos se origina de uma convenientemente pequeno número de elementos diferenciados independentes e sem sentido quando independentes. O sistema de som de uma língua é composto por um conjunto finito de itens fonológicos simples. De acordo com as regras fonostáticas específicas de uma determinada língua, esses itens podem ser recombinados e concatenadas, dando origem a uma morfologia e um léxico aberto. Uma característica fundamental da linguagem é que um simples conjunto finito de itens fonológicos dá origem a um sistema léxico infinito onde regras determinam a forma de cada item, e cujo significado está intimamente ligado com a forma. Sintaxe fonológica, então, é uma simples combinação de unidades fonológicas pré-existentes. Relacionado a isso é outra característica essencial Certos elementos do princípio léxico-fonológico são conhecidos fora dos seres humanos. Enquanto todas (ou quase todas) têm sido documentadas de alguma forma no mundo natural, muito poucas coexistem na mesma espécie. O canto das aves, macacos cantantes e as canções de baleias, todos exibem sintaxe fonológica, combinando unidades de som em estruturas maiores, porém, desprovidas de maior ou novo significado. Certas espécies de primatas têm sistemas fonológicos simples com unidades referindo-se a entidades no mundo. No entanto, em contraste com os sistemas humanos, as unidades em sistemas destes primatas normalmente ocorrem isoladamente, revelando uma falta de sintaxe léxica. Não há novas evidências que sugiram que os macacos de Campbell também exibem sintaxe léxical, combinando duas chamadas (uma chamada de alarme predador como um 'boom', a combinação de que denota uma ameaça menor perigo), no entanto, ainda não está claro se este é algo léxicol ou um fenômeno morfológico. Pidgins e crioulos [ editar | editar código-fonte ] Pidgins são línguas significativamente simplificadas com apenas gramática rudimentar e um vocabulário restrito. Em suas fases iniciais os pidgins consistem principalmente de substantivos, verbos e adjetivos, com poucos ou nenhuus artigos, preposições, conjunções ou verbos auxiliares. Muitas vezes, a gramática não tem uma ordem fixa das palavras e as palavras não têm nenhuma inflexão. [ 105 ] Se o contato é mantido entre os grupos que falam o pidgin por um longo período de tempo, os pidgins podem se tornar mais complexo ao longo de muitas gerações. Se os filhos de uma geração adotam o pidgin como sua língua nativa que se desenvolve em uma língua crioula , que se torna fixa e adquire uma gramática mais complexa, com fonologia fixa, sintaxe, morfologia, incorporação sintática, todas fixas. A sintaxe e a morfologia desses idiomas podem muitas vezes têm inovações locais, obviamente, não derivados de qualquer um dos idiomas que as gerou. Os estudos de línguas crioulas em todo o mundo têm sugerido que eles exibem semelhanças notáveis na gramática e são desenvolvidas de maneira uniforme a partir de pidgins.Essas semelhanças existem mesmo quando suas línguas de origem. Além disso, desenvolvem tais similaridades, mesmo não havendo nenhum contato entre seus falantes. Similaridades incluem, por exemplo, a ordem das palavras SVO (sujeito-verbo-objeto]]. Mesmo quando as crioulos são derivados de línguas com uma ordem de palavras diferente, muitas vezes elas desenvolvem uma nova ordem das palavras, a SVO. As crioulas tendem a ter padrões de uso semelhantes para artigos definidos e indefinidos e as regras de movimento semelhantes para estruturas de frases, mesmo quando suas línguas-mãe não as tenha fazer. [ 105 ] Cronologia da evolução [ editar | editar código-fonte ] Linguagem primata [ editar | editar código-fonte ] Aqueles que estudam em campo os primatas dão informações úteis sobre a comunicação dos Hominidae na sua vida selvagem. A principal constatação é que os primatas não-humanos, incluindo os grandes macacos, produzem chamadas que são classificáveis, em oposição a chamadas que podem ser diferenciadas categoricamente, com ouvintes que se esforcem para avaliar gradações sutis a partir de estados emocionais e corporais, de sinalizadores. Macacos acham extremamente difícil produzir vocalizações na ausência dos correspondentes estados emocionais. Em cativeiro, a alguns macacos foram ensinados formas rudimentares de uma linguagem de sinais. Também foram persuadidos a usar lexigramas - símbolos nos teclados de computador que não se assemelham graficamente às palavras correspondentes. Alguns macacos, como o conhecido bonobo Kanzi, têm sido capazes de aprender e usar centenas de lexigramas. [ 106 ] [ 107 ] As áreas cerebrais de Broca e de Wernicke dos primatas são responsáveis por controlar os músculos da face, língua, boca e laringe, bem como pelo reconhecimento de sons. Primatas são conhecidos por fazer 'chamadas vocais', e essas chamadas são geradas nos circuitos do tronco cerebral e do sistema límbico. [ 108 ] No entanto, “scanneamentos” no cérebro de chimpanzés modernos provaram que eles usam a área de Broca para suas conversas e há evidências de que os macacos quando ouvem conversas de outros macaco usam as mesmas regiões do cérebro que usam os seres humanos para essas funções. Na natureza, a comunicação do macaco vervet tem sido a mais estudada. Eles são conhecidos por fazer até dez vocalizações diferentes. Muitos dessas são usadas para avisar outros membros do grupo sobre a aproximação de predadores, incluem uma 'chamada de leopardo', uma 'chamada de cobra' e uma 'chamada de águia'. [ 109 ] Cada chamada desencadeia uma estratégia defensiva diferente nos macacos que ouvem o chamado e os cientistas foram capazes de obter respostas previsíveis dos macacos usando alto-falantes e sons pré-gravados. Outras vocalizações podem ser utilizadas para a identificação. Se um macaco bem jovem chama, sua mãe se volta para ele, mas outras mães vervet se volta, então, para a mãe desse bebê para ver o que ela vai fazer. [ 110 ] [ 111 ] Da mesma forma, os pesquisadores demonstraram que os chimpanzés (em cativeiro) usam diferentes 'palavras' para referenciar diferentes alimentos. Foram gravadas vocalizações que os chimpanzés fizeram com referência, por exemplo, a uva, e, em seguida outros chimpanzés que apontaram para fotos de uvas quando ouviram o som gravado. [ 112 ] [ 113 ] Primeiros Homo [ editar | editar código-fonte ] Quanto a articulação, há consideráveis especulações sobre as capacidades linguísticas dos primeiros Homo (2,5 a 0,8 milhões anos atrás). Anatomicamente, alguns estudiosos acreditam que os recursos do bipedismo , que se desenvolveram no Australopithecus cerca de 3,5 milhões de anos atrás, teria trazido mudanças ao crânio, permitindo uma maior trato vocal em forma de L. A forma do trato e uma laringe posicionada relativamente abaixo no pescoço são pré-requisitos necessários para muitos dos sons orais que os humanos fazem, principalmente vogais. Outros estudiosos acreditam que, com base na posição da laringe, nem mesmo os Neandertais tinham a anatomia necessária para produzir a gama completa de sons produzidos por humanos modernos. [ 114 ] [ 115 ] Foi anteriormente proposto que as diferenças entre Homo sapiens e o neandertalenses no trato vocal poderiam ser vistas em fósseis, mas a constatação de que o osso hioide de neandertalense era idêntica à encontrada no Homo sapiens , enfraqueceu essas teorias. Uma outra perspectiva considera que o abaixamento da laringe é irrelevante para o desenvolvimento da fala. [ 116 ] O termo proto-língua , conforme definido pelo linguista Derek Bickerton , é uma forma primitiva de comunicação na qual faltam: Uma sintaxe plenamente desenvolvida Tempo, aspecto, verbos auxiliares, etc Um vocabulário de classe fechada (ou seja, não-léxicol) Ou seja, uma etapa na evolução da linguagem em algum tempo entre a língua grande macaco e a linguagem humana moderna totalmente desenvolvida moderna. Bickerton (2009) coloca a primeira emergência de tal proto-língua com a primeira aparição do Homo , e associa seu surgimento à pressão de adaptação comportamental para a construção ou desativação de “nichos” enfrentadas pelo Homo habilis . [ 117 ] Características anatômicas, como o trato vocal em forma de L foram evoluindo continuamente e não surgiram subitamente. [ 118 ] Por isso, é mais provável que o Homo habilis e o Homo erectus durante o baixo Pleistoceno tiveram alguma forma de comunicação intermediária entre a dos humanos modernos e a dos outros primatas. [ 119 ] p. 3 Homo sapiens arcaico [ editar | editar código-fonte ] Steven Mithen propôs o termo Hmmmmm para o sistema pré-linguístico de comunicação usado pelo Homo arcaico, começando com o Homo ergaster e atingindo o maior sofisticação no médio Plestoceno com o Homo heidelbergensis e Homo neanderthalensis . Hmmmmm é um acrônimo para h olístico (não-composicional), m anipulativo (declarações são comandos ou sugestões, não afirmações descritivas), m ulti - m odal (acústico, bem como gestual e mimético), m usical]], e m imético'. [ 120 ] Homo heidelbergensis [ editar | editar código-fonte ] O H. heidelbergensis foi um aparentado bem próximo (mais provável um descendente migratório) do Homo ergaster . O H. ergaster , conforme alguns especialistas acreditam, teria sido o primeiro hominídeo a fazer vocalizações controladas, possivelmente imitando vocalizações animais, [ 120 ] e o H. heidelbergensis teria desenvolvido uma cultura mais sofisticada e prosseguido a partir daí e desenvolvido uma primeira forma de linguagem simbólica. Homo neanderthalensis [ editar | editar código-fonte ] A descoberta em 1989 em Kebara ( Israel ) de um osso hióide de um Neanderthal sugere que esses hominídeos podem ter sido anatomicamente capazes de produzir sons semelhantes aos humanos modernos. O nervo hipoglosso , que passa através do canal do osso, controla os movimentos da língua e tem um tamanho que em hipótese poderia prover habilidades de fala. [ 121 ] [ 122 ] [ 123 ] No entanto, embora os neandertais pudessem ter sido anatomicamente capazes de falar, Richard G. Klein em 2004 expressou dúvidas sobre sua capacidade de falar uma linguagem totalmente moderna. Suas dúvidas se baseiam em grande parte no registro fóssil de humanos arcaicos e seus conjuntos de ferramentas de pedra. Mesmo 2000 mil anos após o surgimento do Homo habilis , a tecnologia das ferramentas de pedra de hominídeos mudou muito pouco. Klein, que trabalhou extensivamente em ferramentas de pedra antigas, descreve essas ferramentas de pedra bruta dos humanos arcaicos como impossíveis de serem classificáveis em categorias com base nas suas funções e os relata que os neandertais parecem ter tido pouca preocupação com a forma final das ferramentas. Klein argumenta que o cérebro Neanderthal pode não ter atingido o nível de complexidade exigido paraa fala moderna, mesmo que o aparato físico para a produção de conversas fossei bem desenvolvido. [ 124 ] [ 125 ] A questão do nível de sofisticação cultural e tecnológica do Neanderthal permanece controversa. Homo sapiens [ editar | editar código-fonte ] Amostras de fósseis de hominídeos com a atual anatomia humana datam de 195 mil anos atrás e foram encontradas na Etiópia . Mesmo que tenham os mesmos traços anatômicos do homem de hoje, as evidências arqueológicas apresentam pouca indicação sobre seu comportamento ser muito diferente daquele de seu antecessor, o Homo heidelbergensis . Eles mantiveram as mesmas ferramentas de pedra da cultura Acheulana e caçavam com menos eficiência do que os homens do pleistoceno tardio.. O desenvolvimento do comportamento totalmente moderno no Homo sapiens não compartilhado com o Homo neanderthalensis ou qualquer outra variedade de Homo , é datado de cerca de 70.000 a 50.000 anos atrás. O desenvolvimento de ferramentas mais sofisticadas construídas pela primeira vez a partir de mais de um tipo de material (Ex.: osso ou chifre) e classificáveis em diferentes categorias de função (pontas de flecha e lanças, ferramentas para gravar, lâminas de faca, ferramentas de perfuração) é algo muitas vezes é tomado como prova da presença de linguagem totalmente desenvolvida, supostamente necessária para o ensino dos processos de fabricação para a prole. [ 124 ] [ 126 ] Jared Diamond identifica o maior passo na evolução da linguagem no progresso a partir de algo com jeito de um primitivo pidgin de comunicação para algo como uma língua crioula , até uma linguagem com toda a gramática e sintaxe das línguas modernas. Alguns estudiosos acreditam que esse passo só poderia ter sido feito com alguma mudança biológica no cérebro, tal como uma mutação. Tem sido sugerido que um gene, tal como Foxp2 , pode ter sofrido uma mutação permitindo que os humanos se comunicassem. No entanto, estudos genéticos recentes têm mostrado que neandertalenses partilhavam o mesmo alelo Foxp2 com o H. sapiens . [ 127 ] É, portanto uma mutação não exclusiva do ' H. sapiens . Em vez disso, isso indica que esta mudança genética antecede o Neanderthal - H. sapiens dividida. E ainda há debates consideráveis sobre se a linguagem se desenvolveu gradualmente ao longo de milhares de anos ou se apareceu de repente. As áreas de Broca e Wernicke do cérebro dos primatas são muito parecidas com as correspondentes do cérebro humano, a primeira área sendo envolvida em muitas tarefas cognitivas e perceptivas, a capacidade para competências linguísticas vindo da segunda. Os mesmos circuitos discutidos no tronco cerebral dos primatas estão no sistema de controle de sons não-verbais em humanos (rir, chorar, etc), o que sugere que o centro da linguagem humana é uma modificação de circuitos neurais comum a todos os primatas. Essa modificação e sua habilidade para a comunicação linguística parece ser exclusiva dos humanos, o que implica que o órgão para linguagem teria se derivado depois da linhagem humana ter se separado daquela dos primatas (chimpanzés e bonobos). De acordo com a hipótese da origem do homem moderno fora da África há cerca de 50 mil anos atrás, [ 128 ] um grupo de seres humanos deixou a África e passou a habitar o resto do mundo, incluindo Austrália e as Américas, que nunca tinha sido habitada por hominídeos arcaicos. Alguns cientistas acreditam que o Homo sapiens não deixou a África antes disso, porque ainda não tinha atingido a cognição e linguagem modernas e, conseqüentemente, não tinham as habilidades ou quantidade necessários para migrar. Porém, dado o fato de que o Homo erectus conseguira deixar o continente africano muito mais cedo (sem uso extensivo da linguagem, ferramentas sofisticadas, nem modernidade anatômica), as razões pelas quais os humanos anatomicamente modernos permaneceram na África por um longo período permanecem obscuros. Cenários biológicos [ editar | editar código-fonte ] Todas as populações humanas possuem linguagem. Isso inclui as populações, como, por exemplo, o aborígine tasmaniano e o habitante das Ilhas Andamão , povos que podem ter ficado isolados dos continentes do Velho Mundo por até 40.000 anos. A monôgenese linguística é a hipótese de que havia uma única proto-língua, às vezes chamada de língua proto-humana , a partir do qual todas as outras línguas faladas pelos humanos descendem. (Isso não se aplicaria a quaisquer das línguas de sinais , que são conhecidos por surgir de forma independente com bastante frequência) Se a suposição de uma língua 'proto-humana' fosse aceita, a data poderia ser colocado em qualquer desde 200 mil anos atrás (idade do Homo sapiens ) e 50.000 anos atrás (idade da modernidade comportamental ) A primeira tentativa científica séria para estabelecer a realidade de monogênese foi de Alfredo Trombetti , em seu livro L'Unità d'origine del linguaggio , publicado em 1905. [ 119 ] p. 263 Trombetti estimou que o ancestral comum dos idiomas existentes tinha sido falado entre 200 mil e 100.000 anos atrás.. [ carece de fontes ? ] A ideia da monogênese foi abandonada por muitos linguistas no final do século XIX e início do século XX, quando a doutrina da poligenismo das raças humanas e de suas línguas. [ 129 ] O mais conhecido defensor da monogênese nos Estados Unidos em meados do século XX foi Morris Swadesh . [ 119 ] p215 Ele foi pioneiro em dois métodos importantes para a investigação de relações profundas entre as línguas, a lexicoestatística e glotocronologia . A hipótese multirregional implicaria que a linguagem moderna evoluiu de forma independente em todos os continentes, uma proposição considerada implausível pelos proponentes da monogênese. [ 130 ] [ 131 ] Fundamentos biológicos [ editar | editar código-fonte ] A laringe descendente era vista antigamente como uma estrutura única do trato vocal humano, sendo essencial para o desenvolvimento da fala e da linguagem. No entanto, essa característica foi encontrada em outras espécies, incluindo alguns mamíferos aquáticos e grandes cervídeos. A laringe tem sido observada descendo durante as vocalizações em cães, cabra s e jacarés. Nos seres humanos, a laringe descendo estende o comprimento do trato vocal e expande a variedade de sons que podem ser produzidos. A laringe mais abaixo tem funções não linguísticas, bem como, possivelmente, sirva para aparentar o tamanho aparente de um animal (por meio de vocalizações com mais tons baixos do o que sera esperado). Assim, embora a laringe tenha um papel importante na produção de fala, expandindo a variedade de sons que humanos podem produzir, pode não ter evoluído especificamente para esta finalidade, tal como foi sugerido por Jeffrey laitman , e como disseram Hauser, Chomsky e Fitch (2002), poderia ser um exemplo de uma pré-adaptação. [ 99 ] História [ editar | editar código-fonte ] Religião e mitologia [ editar | editar código-fonte ] A busca pela origem da linguagem tem uma longa história enraizada na mitologia . A maioria das mitologias não credita aos seres humanos a invenção da linguagem, mas falaram de uma língua divina antecedendo a linguagem humana. Línguas místcas usadas para se comunicar com os animais ou espíritos, como uma linguagem dos pássaros, também são comuns, e foram de particular interesse durante a Renascença . Vāc a deusa hindu da fala, ou o 'discurso personificado'. Como brahman , a 'expressão vocal sagrada', ela tem um papel cosmológico como a 'Mãe dos Vedas '. A história dos Astecas sustenta que apenas um homem, Coxcox , e uma mulher, Xochiquetzal , sobreviveram, tendo flutuado em um pedaço de casca de árvore. Eles se encontraram em terra e geraram muitas crianças que eram depois de nascidas incapazes de falar, mas, posteriormente, com a chegada de uma pomba foram dotadas de linguagem, embora cada uma tivesse sido dada uma língua diferente, de modo que elas não podiam entender uma a outra. [ 132 ] Tais fontes de misticismo podem ser entendidas como tendo sido desenvolvidas em analogia com a noção de que os destinos foram consequência ds caprichos dos deuses, da natureza, etc. A linguagem historicamente foi considerada algo legado de divindade, da mesma forma que as culturas em geral. Como o mistério por trás de como culturas desapareceu com o avanço tecnológico também isso ocorreu com a noção de linguagem como algo dado pela divindade.lentamente dissipar. Nas escrituras hebraico-aramaicas, está escrito no Gênesis, capítulo 11, que mais de 4000 anos atrás, de acordo com a cronologia, Jeová / Yahweh confundiu as línguas da humanidade, espalhando-os por todo o mundo, fazendo com que todos falassem línguas diferentes. Isso explicaria por que há tanta dificuldade em encontrar a origem da linguagem para aqueles que rejeitam a Bíblia como a palavra inspirada de Deus. Experimentos históricos [ editar | editar código-fonte ] História contém uma série de narrativas sobre pessoas que tentaram descobrir a origem da linguagem por experimentos. O primeiro conto foi dito por Heródoto nas suas Histórias . Ele relata que o Faraó Psamético I ( século VII aC) tinha duas crianças criadas por um pastor, com as instruções que ninguém deveria falar com eles, mas que o pastor deveria alimentá-los e cuidar deles enquanto ouviria para verificar o que diziam, suas primeiras palavras. Quando uma das crianças gritou 'bekos' com os braços estendidos, o pastor concluiu que a palavra era [[língua frígia|frígia] porque esse era o som do termo frígio palavra para pão'. Disso Psamético concluiu que a primeira língua do mundo era o frígio. Diz-se que o rei Jaime V da Escócia tentou uma experiência semelhante e que achava que seus filhos deveriam ter falado a [língua hebraica. [ 133 ] Tanto o monarca medieval Frederico II da Germânia como Akbar também teriam tentado experimentos semelhantes e as crianças envolvidas nestes experimentos não falaram. Pesquisas históricas [ editar | editar código-fonte ] Lingüística moderna não se iniciara até o final do século XVIII, e as teses românticas ou animistas de Johann Gottfried Herder e Johann Christoph Adelung permaneceu influente bem até o século. A questão das origens da linguagem parecia inacessível a abordagens metodológicas e em 1866 a Sociedade Linguística de Paris proibiu toda a discussão sobre a origem da linguagem, considerando-a como um problema sem resposta. Uma abordagem cada vez mais sistemática para a linguística histórica se desenvolveu ao longo do século 19, atingindo o seu ponto culminante na escola da neogramática de Karl Brugmann e outros. No entanto, o interesse acadêmico na questão da origem da linguagem foi apenas gradualmente reavivado a partir da década de 1950 em (e, em seguida, de forma controversa) com idéias como a da gramática universal, a comparação em massa r a glotocronologia. A 'origem da linguagem' como um assunto de direito próprio surgiu a partir de estudos em neurolinguística , psicolinguística e da evolução humana. Uma bibliografia linguística apresentou a obra 'origem da língua' como um título separado em 1988, como um sub-tema da psicolinguística. Institutos de pesquisa dedicados à evolução da linguística são fenômenos recentes, surgindo apenas na década de 1990. Notas [ editar | editar código-fonte ] ↑ Stam, J. H. 1976. Inquiries into the origins of language. New York: Harper and Row , p. 255. ↑ Tallerman, Maggie. Gibson, Kathleen Rita. (2012). The Oxford handbook of language evolution . Oxford . New York: Oxford University Press. ISBN 978-0-19-954111-9 . OCLC 724665645 ↑ Müller, F. M. 1996 [1861]. The theoretical stage, and the origin of language. Lecture 9 from Lectures on the Science of Language. Reprinted in R. Harris (ed.), The Origin of Language. Bristol: Thoemmes Press , pp. 7-41. ↑ Christiansen, Morten H. Kirby, Simon (2003). Morten H. Christiansen and Simon Kirby, eds. Language evolution : the hardest problem in science? . Language evolution . Oxford . New York: Oxford University Press. pp. 77–93. ISBN 978-0-19-924484-3 . OCLC 51235137 !CS1 manut: Usa parâmetro editores ( link ) ↑ name='Ulbæk 1998'> Ulbæk, Ib (1998). James R Hurford. Michael Studdert-Kennedy. Chris Knight, eds. The origin of language and cognition . Approaches to the evolution of language : social and cognitive base . Cambridge, UK . New York: Cambridge University Press. pp. 30–43. ISBN 978-0-521-63964-4 . OCLC 37742390 !CS1 manut: Usa parâmetro editores ( link ) ↑ Chomsky, N, 1996. Powers and Prospects. Reflections on human nature and the social order. London: Pluto Press, p 30. ↑ Chomsky, N. (2004). Language and Mind: Current thoughts on ancient problems. Part I & Part II. In Lyle Jenkins (ed.), Variation and Universals in Biolinguistics. Amsterdam: Elsevier, pp. 379-405. ↑ name='Three factors in language design'> Chomsky, N. (2005). «Three» ↑ name='Pinker 1990' Pinker, S.. Bloom, P. (1990). «Natural language and natural selection» . Behavioral and Brain Sciences . 13 (4): 707–784. doi : 10.1017/S0140525X00081061 ↑ ref name='Pinker 1994'> Pinker, Steven (1994). The language instinct . New York: W. Morrow and Co. ISBN 978-0-688-12141-9 . OCLC 28723210 ↑ a b Erro de citação: Código <ref> inválido. não foi fornecido texto para as refs de nome Ulbæk 1998 ↑ Tomasello, Michael (1996). B M Velichkovskiĭ. Duane M Rumbaugh. Universität Bielefeld. Zentrum für Interdisziplinäre Forschung., eds. The cultural roots of language . Communicating meaning : the evolution and development of language . Mahwah, N.J.: L. Erlbaum. ISBN 978-0-8058-2118-5 . OCLC 34078362 !CS1 manut: Usa parâmetro editores ( link ) ↑ Pika, Simone. Mitani, John (2006). «Referential gestural communication in wild chimpanzees (Pan troglodytes)». Current Biology . 16 (6): R191–R192. ISSN 0960-9822 . PMID 16546066 . doi : 10.1016/j.cub.2006.02.037 ↑ Dunn, M.. Greenhill, SJ.. Levinson, SC.. Gray, RD. (maio de 2011). «Evolved structure of language shows lineage-specific trends in word-order universals.». Nature . 473 (7345): 79–82. PMID 21490599 . doi : 10.1038/nature09923 ↑ Atkinson, QD. (abril de 2011). «Phonemic diversity supports a serial founder effect model of language expansion from Africa.». Science . 332 (6027): 346–9. PMID 21493858 . doi : 10.1126/science.1199295 ↑ The Economist , ' The evolution of language: Babel or babble? ', 16 April 2011, pp. 85-86. ↑ Cross, Ian. Woodruff, Ghofur Eliot (2009). «The Prehistory of Language» (PDF) : 77–98. ISBN 9780199545872 . doi : 10.1093/acprof:oso/9780199545872.003.0005 |capítulo= ignorado ( ajuda ) ↑ Knight, Chris. Power, Camilla (2012). Maggie Tallerman, Kathleen R. Gibson, eds. Social conditions for the evolutionary emergence of language (PDF) . The Oxford handbook of language evolution . Oxford . New York: Oxford University Press. pp. 346–49. ISBN 978-0-19-954111-9 . OCLC 724665645 !CS1 manut: Usa parâmetro editores ( link ) ↑ a b Rappaport, Roy (1999). Ritual and religion in the making of humanity . Cambridge, U.K. New York: Cambridge University Press. ISBN 9780521296908 . OCLC 848728046 ↑ a b c Knight, C. (2008). « ' Honest fakes' and language origins» (PDF) . Journal of Consciousness Studies . 15 (10–11): 236–48 ↑ a b Knight, Chris (2010). Ulrich J Frey. Charlotte Störmer. Kai P Willführ, eds. The origins of symbolic culture (PDF) . Homo novus : a human without illusion . Berlin . New York: Springer. pp. 193–211. ISBN 978-3-642-12141-8 . OCLC 639461749 !CS1 manut: Usa parâmetro editores ( link ) ↑ a b c d Knight, Chris (1998). James R Hurford. Michael Studdert-Kennedy. Chris Knight, eds. Ritual/speech coevolution: a solution to the problem of deception (PDF) . Approaches to the evolution of language : social and cognitive base . Cambridge, UK . New York: Cambridge University Press. pp. 68–91. ISBN 978-0-521-63964-4 . OCLC 37742390 !CS1 manut: Usa parâmetro editores ( link ) ↑ a b c Knight, Chris (2006). Angelo Cangelosi. Andrew D M Smith. Kenny Smith, eds. Language co-evolved with the rule of law (PDF) . The evolution of language : proceedings of the 6th international conference (EVOLANG6) , Rome, Italy, 12–15 April 200 . New Jersey: World Scientific Publishing. pp. 168–175. ISBN 978-981-256-656-0 . OCLC 70797781 !CS1 manut: Usa parâmetro editores ( link ) ↑ Savage-Rumbaugh, Sue. McDonald, Kelly (1988). Richard W Byrne. Andrew Whiten, eds. Deception and social manipulation in symbol-using apes . Machiavellian intelligence : social expertise and the evolution of intellect in monkeys, apes, and human . Oxford: Clarendon Press. pp. 224–237. ISBN 978-0-19-852175-4 . OCLC 17260831 !CS1 manut: Usa parâmetro editores ( link ) ↑ Kegl, J., A. Senghas and M. Coppola (1998). Creation through Contact: Sign language emergence and sign language change in Nicaragua. In M. DeGraff (ed.), Language Creation and Change: Creolization, Diachrony and Development. Cambridge, MA: MIT Press. ↑ Lieberman, P. and E. S. Crelin (1971). On the speech of Neandertal Man. Linguistic Inquiry 2: 203-22. ↑ Arensburg, B.. Tillier, A. M.. Vandermeersch, B.. Duday, H.. Schepartz, L. A.. Rak, Y. (1989). «A Middle Palaeolithic human hyoid bone». Nature . 338 (6218): 758–760. PMID 2716823 . doi : 10.1038/338758a0 ↑ Diller, Karl C.. Cann, Rebecca L. (2009). Rudolf P Botha. Chris Knight, eds. Evidence Against a Genetic-Based Revolution in Language 50,000 Years Ago . The cradle of language . Oxford . New York: Oxford University Press. pp. 135–149. ISBN 978-0-19-954586-5 . OCLC 804498749 !CS1 manut: Usa parâmetro editores ( link ) ↑ Henshilwood, Christopher Stuart. Dubreuil, Benoît (2009). Rudolf P Botha. Chris Knight, eds. Reading the Artefacts: Gleaning Language Skils From the Middle Stone Age in Southern Africa . The cradle of language . Oxford . New York: Oxford University Press. pp. 41–61. ISBN 978-0-19-954586-5 . OCLC 804498749 !CS1 manut: Usa parâmetro editores ( link ) ↑ Knight, Chris (2009). Rudolf P Botha. Chris Knight, eds. Language, Ochre, and the Rule of Law . The cradle of language . Oxford . New York: Oxford University Press. pp. 281–303. ISBN 978-0-19-954586-5 . OCLC 804498749 !CS1 manut: Usa parâmetro editores ( link ) ↑ a b Watts, Ian (2009). Rudolf P Botha. Chris Knight, eds. Red Ochre, Body Painting, and Language: Interpreting the Blombos Ochre . The cradle of language . Oxford . New York: Oxford University Press. pp. 62–92. ISBN 978-0-19-954586-5 . OCLC 804498749 !CS1 manut: Usa parâmetro editores ( link ) ↑ Arcadi, AC. (agosto de 2000). «Vocal responsiveness in male wild chimpanzees: implications for the evolution of language.». J Hum Evol . 39 (2): 205–23. PMID 10968929 . doi : 10.1006/jhev.2000.0415 ↑ Johanna Nichols, 1998. The origin and dispersal of languages: Linguistic evidence. In Nina Jablonski and Leslie C. Aiello, eds., The Origin and Diversification of Language, pp. 127-70. (Memoirs of the California Academy of Sciences, 24.) San Francisco: California Academy of Sciences. ↑ Perreault, C.. Mathew, S. (2012). «Dating the origin of language using phonemic diversity.» . PLoS ONE . 7 (4): e35289. PMC 3338724 . PMID 22558135 . doi : 10.1371/journal.pone.0035289 ↑ Botha, Rudolf P.. Knight, Chris (2009). The cradle of language . Oxford . New York: Oxford University Press. ISBN 978-0-19-954586-5 . OCLC 804498749 ↑ Pinker, S (2003). Morten H. Christiansen and Simon Kirby, eds. Language as an adaptation to the cognitive niche . Language evolution . Oxford . New York: Oxford University Press. pp. 16–37. 77–93. ISBN 978-0-19-924484-3 . OCLC 51235137 !CS1 manut: Usa parâmetro editores ( link ) ↑ Sampson, Geoffrey.. Gil, David.. Trudgill, Peter. (2009). Language complexity as an evolving variable . Oxford . New York: Oxford University Press. ISBN 978-0-19-954522-3 . OCLC 819186734 ↑ Everett, Daniel L. (2005). «Cultural Constraints on Grammar and Cognition in Piraha Another Look at the Design Features of Human Language» (PDF) . Current Anthropology . 46 (4): 621–646. doi : 10.1086/431525 ↑ « Charles Darwin, 1871. The Descent of Man, and Selection in Relation to Sex.Darwin, C. (1871)» ↑ . 'The Descent of Man, and Selection in Relation to Sex, 2 vols. London: Murray, p. 56. ↑ Müller, F. M. 1996 [1861]. The theoretical stage, and the origin of language. Lecture 9 from Lectures on the Science of Language. Reprinted in R. Harris (ed.), The Origin of Language. Bristol: Thoemmes Press, pp. 7-41. ↑ Paget, R. 1930. Human speech: some observations, experiments, and conclusions as to the nature, origin, purpose and possible improvement of human speech. London: Routledge & Kegan Paul. ↑ Firth, J. R. 1964. The Tongues of Men and Speech. London: Oxford University Press, pp. 25-6. ↑ Stam, J. H. 1976. Inquiries into the origins of language. New York: Harper and Row, p. 243-44. ↑ a b Zahavi, A. (maio de 1993). «The fallacy of conventional signalling.». Philos Trans R Soc Lond B Biol Sci . 340 (1292): 227–230. PMID 8101657 . doi : 10.1098/rstb.1993.0061 ↑ Smith, J.Maynard (1994). «Must reliable signals always be costly?». Animal Behaviour . 47 (5): 1115–1120. ISSN 0003-3472 . doi : 10.1006/anbe.1994.1149 ↑ Goodall, Jane (1986). The chimpanzees of Gombe : patterns of behavior . Cambridge, Mass.: Belknap Press of Harvard University Press. ISBN 978-0-674-11649-8 . OCLC 12550961 ↑ Byrne, Richard W.. Whiten, Andrew. (1988). Machiavellian intelligence : social expertise and the evolution of intellect in monkeys, apes, and humans . Oxford: Clarendon Press. ISBN 978-0-19-852175-4 . OCLC 17260831 ↑ a b c Power, Camilla (1998). James R Hurford. Michael Studdert-Kennedy. Chris Knight, eds. Old wives' tales: the gossip hypothesis and the reliability of cheap signals . Approaches to the evolution of language : social and cognitive base . Cambridge, UK . New York: Cambridge University Press. pp. 111–129. ISBN 978-0-521-63964-4 . OCLC 37742390 !CS1 manut: Usa parâmetro editores ( link ) ↑ a b Fitch, W. T. (2004). Ulrike Griebel. D Kimbrough Oller, eds. Kin selection and 'mother tongues' : a neglected component in language evolution . Evolution of communication systems : a comparative approach . Cambridge, Mass.: MIT Press. pp. 275–296. ISBN 978-0-262-15111-5 . OCLC 845673575 !CS1 manut: Usa parâmetro editores ( link ) ↑ Hamilton, W. D. (1964). «The genetical evolution of social behaviour. I, II». Journal of Theoretical Biology . 7 : 1–52. doi : 10.1016/0022-5193(64)90038-4 ↑ a b Tallerman, Maggie (2013). Rudolf P Botha, Martin Everaert, eds. Kin selection, pedagogy and linguistic complexity: whence protolanguage? . The evolutionary emergence of language : evidence and inference . Oxford, UK: Oxford University Press. pp. 77–96. ISBN 978-0-19-965485-7 . OCLC 856795812 !CS1 manut: Usa parâmetro editores ( link ) ↑ Trivers, R. L. (1971). «The evolution of reciprocal altruism». Quarterly Review of Biology . 46 : 35–57. doi : 10.1086/406755 ↑ Dessalles, Jean L. (1998). James R Hurford. Michael Studdert-Kennedy. Chris Knight, eds. Altruism, status and the origin of relevance . Approaches to the evolution of language : social and cognitive base . Cambridge, UK . New York: Cambridge University Press. pp. 130–147. ISBN 978-0-521-63964-4 . OCLC 37742390 !CS1 manut: Usa parâmetro editores ( link ) ↑ Dunbar, R. I. M. (1996). Grooming, gossip and the evolution of language . London: Faber and Faber. ISBN 9780571173969 . OCLC 34546743 ↑ M.H. Klaus and J.H. Kennel, Maternal Infant Bonding (Mosby, St Louis, 1976).P. De Chateau, Birth Family J. 41, 10 (1977). ↑ Lewis, Jerome (2009). Rudolf P Botha. Chris Knight, eds. As Well as Words: Congo Pygmy Hunting, Mimicry, and Play, . The cradle of language . Oxford . New York: Oxford University Press. pp. 236–256. ISBN 978-0-19-954586-5 . OCLC 804498749 !CS1 manut: Usa parâmetro editores ( link ) ↑ Enfield, N. J. (2010). «Without social context?» (PDF) . Science . 329 : 1600–1601. doi : 10.1126/science.1194229 ↑ Steels, L. (2009). Rudolf P. Botha, Chris Knight, eds. Is sociality a crucial prerequisite for the emergence of language? . The prehistory of language . Oxford . New York: Oxford University Press. ISBN 978-0-19-954587-2 . OCLC 819189595 !CS1 manut: Usa parâmetro editores ( link ) ↑ Deacon, Terrence William. (1997). The symbolic species : the co-evolution of language and the brain . New York: W.W. Norton. ISBN 978-0-393-03838-5 . OCLC 807018262 ↑ Searle, JR 1996. construção da realidade social. Londres:. Pinguim ↑ Durkheim, E. 1947 [1915]. Origins of these beliefs. Chapter VII. In É. Durkheim, The Elementary Forms of the Religious Life. A study in religious sociology. Trans. J. W. Swain. Glencoe, Illinois: The Free Press, pp. 205-39. ↑ Noam Chomsky (2011) Language and Other Cognitive Systems. What Is Special About Language? , Language Learning and Development, 7:4, 263-278 ↑ Erro de citação: Código <ref> inválido. não foi fornecido texto para as refs de nome Three factors in language design ↑ Pagel, Mark (2012). «War of words: the language paradox explained». New Scientist . 216 (2894): 38–41. ISSN 0262-4079 . doi : 10.1016/S0262-4079(12)63141-8 ↑ Premack, David & Premack, Ann James. A mente de um macaco , ISBN 0-393-01581-5 . ↑ Kimura, Doreen. (1993). Neuromotor mechanisms in human communication . New York: Oxford University Press. ISBN 978-0-19-505492-7 . OCLC 26396505 ↑ Newman, A. J.. et al. (2002). «A Critical Period for Right Hemisphere Recruitment in American Sign Language Processing». Nature Neuroscience . 5 (1): 76–80. PMID 11753419 . doi : 10.1038/nn775 !CS1 manut: Uso explícito de et al. ( link ) ↑ a b Arbib, Michael A, Liebal, Katja, Pika, Simone (2008). 'Primate Vocalization, Gesture, and the Evolution of Human Language.'Curr Anthropol 49(6): 1053-63. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19391445 ↑ Capone, N. C., & McGregor, K. K. (2004). Gesture development: A review for clinical and research practices. Journal of Speech, Language, and Hearing Research , 47, 173-186. ↑ Ozçalişkan S, Goldin-Meadow S. 'Gesture is at the cutting edge of early language development.' Cognition 96.3 (2005): 101-113. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/15996556 ↑ a b Rizzolatti, G. (2008). Giacomo Rizzolatti on the Evolution of Language. Retrieved from http://gocognitive.net/interviews/evolution-language-gestures ↑ Corballis, Michael C. (2002). Alison Wray, eds. The transition to language . Oxford: Oxford University Press. ISBN 978-0-19-925066-0 . OCLC 48532303 \ pages = 161-179 Verifique |oclc= value ( ajuda ) !CS1 manut: Falta pipe ( link ) !CS1 manut: Usa parâmetro editores ( link ) ↑ Knight, Chris (2006). Angelo Cangelosi. Andrew D M Smith. Kenny Smith, eds. Language co-evolved with the rule of law (PDF) . The evolution of language : proceedings of the 6th international conference (EVOLANG6) , Rome, Italy, 12–15 April 200 . New Jersey: World Scientific. ISBN 9789812566560 . OCLC 70797781 . doi : 10.1007/s11299-007-0039-1 !CS1 manut: Usa parâmetro editores ( link ) ↑ Knight, Chris (2000). Chris Knight. Michael Studdert-Kennedy. James R Hurford, eds. Play as precursor of phonology and syntax . The Evolutionary emergence of language : social function and the origins of linguistic for . Cambridge . New York: Cambridge University Press. pp. 99–1119. ISBN 978-0-521-78157-2 . OCLC 807262339 !CS1 manut: Usa parâmetro editores ( link ) ↑ Kolb, Bryan, and Ian Q. Whishaw (2003). Fundamentals of Human Neuropsychology 5th ed. [S.l.]: Worth Publishers. ISBN 978-0-7167-5300-1 !CS1 manut: Nomes múltiplos: lista de autores ( link ) ↑ Skoyles, John R. , Gesture, Language Origins, and Right Handedness , Psycholoqy: 11,#24, 2000 ↑ a b Petrides, M.. Cadoret, G.. Mackey, S. (junho de 2005). «Orofacial somatomotor responses in the macaque monkey homologue of Broca's area.». Nature . 435 (7046): 1235–8. PMID 15988526 . doi : 10.1038/nature03628 ↑ McCarthy, R.. Warrington, EK. (junho de 1984). «A two-route model of speech production. Evidence from aphasia.». Brain . 107 (2): 463–85. PMID 6722512 . doi : 10.1093/brain/107.2.463 ↑ McCarthy, RA.. Warrington, EK. (2001). «Repeating without semantics: surface dysphasia?». Neurocase . 7 (1): 77–87. PMID 11239078 . doi : 10.1093/neucas/7.1.77 ↑ Predefinição:Cite PMID ↑ Fay, WH.. Coleman, RO. (julho de 1977). «A human sound transducer/reproducer: temporal capabilities of a profoundly echolalic child.». Brain Lang . 4 (3): 396–402. PMID 907878 . doi : 10.1016/0093-934x(77)90034-7 ↑ Schippers, MB. Roebroeck, A. Renken, R. Nanetti, L. Keysers, C (2010). «Mapping the Information flow from one brain to another during gestural communication» (PDF) . Proc Natl Acad Sci U S A . 107 (20): 9388–93. PMC 2889063 . PMID 20439736 . doi : 10.1073/pnas.1001791107 ↑ Moro, Andrea. (2008). The boundaries of Babel : the brain and the enigma of impossible language . Cambridge, Mass.: MIT Press. ISBN 978-0-262-13498-9 . OCLC 804408004 ↑ Falk, D. (agosto de 2004). «Prelinguistic evolution in early hominins: whence motherese?» (PDF) . Behav Brain Sci . 27 (4): 491–503. discussion 503–83. PMID 15773427 . doi : 10.1017/s0140525x04000111 ↑ Kaye, K. (1982). The Mental and Social Life of Babies . [S.l.]: Univ. Chicago Press. 186 páginas. ISBN 0226428486 ↑ Sperber, D. and D. Wilson 1986. Relevance. Communication and cognition. Oxford: Blackwell. ↑ Deutscher, Guy (2005). The unfolding of language : an evolutionary tour of mankind's greatest invention . New York: Metropolitan Books. ISBN 978-0-8050-7907-4 . OCLC 57311730 ↑ Hopper, P. J. 1998. Emergent grammar. In M. Tomasello (ed.), The New Psychology of Language. Mahwah, NJ: Lawrence Erlbaum, 155-175. ↑ a b Heine, Bernd. Kuteva, Tania (2007). The genesis of grammar : a reconstructio . Oxford . New York: Oxford University Press. ISBN 978-0-19-922777-8 . OCLC 849464326 ↑ a b Lakoff, G. and M. Johnson 1980. Metaphors We Live By. Chicago: University of Chicago Press. ↑ Heine, Bernd. Kuteva, Tania (2012). Maggie Tallerman, Kathleen R. Gibson, eds. Grammaticalization theory as a tool for reconstructing language evolution . The Oxford handbook of language evolution . Oxford . New York: Oxford University Press. pp. 512–527. ISBN 978-0-19-954111-9 . OCLC 724665645 !CS1 manut: Usa parâmetro editores ( link ) ↑ Cheney, Dorothy L.. Seyfarth, Robert M. (2005). «Constraints and preadaptations in the earliest stages of language evolution» (PDF) . The Linguistic Review . 22 (2–4): 135–59. doi : 10.1515/tlir.2005.22.2-4.135 ↑ Maynard Smith, John. Harper, David (2003). Animal signals . New York: Oxford University Press. ISBN 978-0-19-852684-1 . OCLC 54460090 ↑ Davidson, R. D. 1979. What metaphors mean. In S. Sacks (ed.), On Metaphor. Chicago: University of Chicago Press, pp. 29-45. ↑ Lakoff, G. and R. Núñez 2000. Where mathematics comes from. New York: Basic Books. ↑ Soma, M., Hiraiwa-Hasegawa, M., & Okanoya, K. (2009). «Early ontogenetic effects on song quality in the Bengalese finch ( Lonchura striata var. domestica ): laying order, sibling competition and song sintax.» (PDF) . Behavioral Ecology and Sociobiology . 63 (3): 363–370. doi : 10.1007/s00265-008-0670-9 !CS1 manut: Nomes múltiplos: lista de autores ( link ) ↑ Graham Ritchie and Simon Kirby (2005). «Selection, domestication, and the emergence of learned communication systems» (PDF) . Second International Symposium on the Emergence and Evolution of Linguistic Communication ↑ a b c d e Hauser, MD.. Chomsky, N.. Fitch, WT. (novembro de 2002). «The faculty of language: what is it, who has it, and how did it evolve?» (PDF) . Science . 298 (5598): 1569–79. PMID 12446899 . doi : 10.1126/science.298.5598.1569 ↑ Zhordania, I. M. (2006). Who asked the first question : the origins of human choral singing, intelligence, language and speech . Tbilisi, Georgia: Logos Tbilisi Ivane Javakhishvili State University. ISBN 9789994031818 . OCLC 224993377 ↑ Bolinger, Dwight L. (Editor) 1972. Intonation . Selected Readings. Harmondsworth: Penguin, pg.314 ↑ Cruttenden, Alan (1986). Intonation . Cambridge [Cambridgeshire] . New York: Cambridge University Press. pp. 169–174. ISBN 978-0-521-26028-2 . OCLC 12103838 ↑ Carey, Susan (2001). «Cognitive Foundations of Arithmetic: Evolution and Ontogenisis» (PDF) . Mind and Language . 16 (1): 37–55. doi : 10.1111/1468-0017.00155 ↑ Hockett, Charles F. (1960). «The Origin of Speech» (PDF) . Scientific American . 203 (3): 88–96. doi : 10.1038/scientificamerican0960-88 ↑ a b Diamond, Jared M. (1992). «Bridges to human language». The third chimpanzee : the evolution and future of the human animal . New York, NY: HarperCollins. pp. 141–167. ISBN 978-0-06-018307-3 . OCLC 24246928 ↑ Savage-Rumbaugh, E. Sue. Lewin, Roger. (1994). Kanzi : the ape at the brink of the human min . New York: Wiley. ISBN 978-0-471-58591-6 . OCLC 30112573 ↑ Savage-Rumbaugh, E. Sue. Shanker, Stuart.. Taylor, Talbot J. (1998). Apes, language, and the human min . New York: Oxford University Press. ISBN 978-0-19-510986-3 . OCLC 38566026 ↑ Freeman, Scott. Jon C. Herron., Evolutionary Analysis (4th ed.), Pearson Education, Inc. (2007), ISBN 0-13-227584-8 pages 789-90 ↑ Seyfarth, Robert M.. Cheney, Dorothy L.. Marler, Peter (1980). «Vervet monkey alarm calls: Semantic communication in a free-ranging primate». Animal Behaviour . 28 (4): 1070–1094. doi : 10.1016/S0003-3472(80)80097-2 ↑ Arnold, Kate. Zuberbühler, Klaus (2006). «Language evolution: Semantic combinations in primate calls». Nature . 441 (7091): 303–303. PMID 16710411 . doi : 10.1038/441303a ↑ Wade, Nicholas (23 de maio de 2006). «Nigerian Monkeys Drop Hints on Language Origin» . The New York Times . Consultado em 9 de setembro de 2007 ↑ Gibbons, Christopher M. (2007). «The referentiality of chimpanzee vocal signaling: behavioral and acoustic analysis of food barks» . Ohio State University {{inconsistent citations}} ↑ Slocombe, Katie E.. Zuberbühler, Klaus (2005). «Functionally Referential Communication in a Chimpanzee». Current Biology . 15 (19): 1779–1784. PMID 16213827 . doi : 10.1016/j.cub.2005.08.068 ↑ Aronoff, Mark.. Rees-Miller, Janie. (2001). The handbook of linguistics . Malden, Mass.: Blackwell Publishers. ISBN 978-0-631-20497-8 . OCLC 43115110 ↑ Fitch, WT. (julho de 2000). «The evolution of speech: a comparative review.» (PDF) . Trends Cogn Sci . 4 (7): 258–267. PMID 10859570 . doi : 10.1016/S1364-6613(00)01494-7 ↑ Ohala, John J. (2000). «The irrelevance of the lowered larynx in modern Man for the development of speech» . Ecole Nationale Superieure des Telecommunications Paris - France . Consultado em 4 de janeiro de 2014 ↑ Bickerton, Derek. (2009). Adam's tongue : how humans made language, how language made humans . New York: Hill and Wang. ISBN 978-0-8090-2281-6 . OCLC 758691364 ↑ Olson, Steve (2002). Mapping Human History . [S.l.]: Houghton Mifflin Books. ISBN 0-618-35210-4 . Any adaptations produced by evolution are useful only in the present, not in some vaguely defined future. So the vocal anatomy and neural circuits needed for language could not have arisen for something that did not yet exist ↑ a b c Ruhlen, Merritt (1994). The origin of language : tracing the evolution of the mother tongue . New York: Wiley. ISBN 978-0-471-58426-1 . OCLC 29023858 ↑ a b Mithen, Steven J. (2006). The singing neanderthals : the origins of music, language, mind, and body . Cambridge, Mass.: Harvard University Press. ISBN 978-0-674-02192-1 . OCLC 62090869 ↑ Johansson, Sverker (abril de 2006). «Constraining the Time When Language Evolved» (PDF) . Evolution of Language: Sixth International Conference, Rome . 152 páginas. ISBN 9789812566560 . doi : 10.1142/9789812774262_0020 . Consultado em 10 de setembro de 2007 ↑ Houghton, P. (fevereiro de 1993). «Neandertal supralaryngeal vocal tract». Am J Phys Anthropol . 90 (2): 139–46. PMID 8430750 . doi : 10.1002/ajpa.1330900202 ↑ Boë, Louis-Jean. Maeda, Shinji. Heim, Jean-Louis (1999). «Neandertal man was not morphologically handicapped for speech». Evolution of Communication . 3 (1): 49–77. doi : 10.1075/eoc.3.1.05boe ↑ a b Klarreich, Erica (20 de abril de 2004). «Biography of Richard G. Klein» . Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America . 101 (16): 5705–5707. PMC 395972 . PMID 15079069 . doi : 10.1073/pnas.0402190101 . Consultado em 10 de setembro de 2007 ↑ Klein, Richard G. «Three Distinct Human Populations» . Biological and Behavioral Origins of Modern Humans . Access Excellence @ The National Health Museum . Consultado em 10 de setembro de 2007 ↑ Wolpert, L. (Lewis) (2006). Six impossible things before breakfast : the evolutionary origins of belief . New York: W. W. Norton Co. 81 páginas. ISBN 978-0-393-06449-0 . OCLC 69671907 ↑ Krause, J.. Lalueza-Fox, C.. Orlando, L.. Enard, W.. Green, RE.. Burbano, HA.. Hublin, JJ.. Hänni, C.. et al. (novembro de 2007). «The derived FOXP2 variant of modern humans was shared with Neandertals». Curr Biol . 17 (21): 1908–12. PMID 17949978 . doi : 10.1016/j.cub.2007.10.008 ↑ Minkel, J. R. (18 de julho de 2007). «Skulls Add to 'Out of Africa' Theory of Human Origins: Pattern of skull variation bolsters the case that humans took over from earlier species» . Scientific American.com . Consultado em 9 de setembro de 2007 ↑ Saussure, Ferdinand de. Bally, Charles. Sechehaye, Albert. Riedlinger, Albert. (1986). Course in general linguistic . LaSalle, Ill.: Open Court. ISBN 978-0-8126-9023-1 . OCLC 13332004 ↑ Wade, Nicholas (15 de julho de 2003). «Early Voices: The Leap to Language» . The New York Times . Consultado em 10 de setembro de 2007 ↑ Johansson, Sverker (2005). Origins of language : constraints on hypothese . Amsterdam . Philadelphia: John Benjamins Pub. ISBN 978-90-272-3891-7 . OCLC 57311810 ↑ Turner, P. and Russell-Coulter, C. (2001) Dictionary of Ancient Deities (Oxford: OUP) ↑ Lindsay, Robert (1728). The history of Scotland: from 21 February 1436. to March, 1565. In which are contained accounts of many remarkable passages altogether differing from our other historians. and many facts are related, either concealed by some, or omitted by others . [S.l.]: Baskett and company. p. 104 Ligações externas [ editar | editar código-fonte ] Behavioral and Biological Origins of Modern Humans - Dr. Richard G. Klein The origin of language - Vajda, Edward First Language Acquisition - Vajda, Edward Speaking in Tongues: The History of Language Obtida de ' https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Origem_da_linguagem&oldid=49233217 ' Categorias : Evolução humana Paleolítico Linguística Teorias da linguagem Categorias ocultas: !Páginas com erros em referências !CS1 manut: Usa parâmetro editores !Páginas com erros CS1: capítulo ignorado !CS1 manut: Uso explícito de et al. !Páginas com erros CS1: OCLC !CS1 manut: Falta pipe !CS1 manut: Nomes múltiplos: lista de autores !Páginas que usam links mágicos ISBN !Artigos que carecem de notas de rodapé desde janeiro de 2014 Menu de navegação Ferramentas pessoais Não autenticado Discussão Contribuições Criar uma conta Entrar Domínios Artigo Discussão Variantes Vistas Ler Editar Editar código-fonte Ver histórico Mais Busca Navegação Página principal Conteúdo destacado Eventos atuais Esplanada Página aleatória Portais Informar um erro Loja da Wikipédia Colaboração Boas-vindas Ajuda Página de testes Portal comunitário Mudanças recentes Manutenção Criar página Páginas novas Contato Donativos Imprimir/exportar Criar um livro Descarregar como PDF Versão para impressão Ferramentas Páginas afluentes Alterações relacionadas Carregar ficheiro Páginas especiais Hiperligação permanente Informações da página Elemento Wikidata Citar esta página Noutros idiomas Afrikaans العربية বাংলা Català Cymraeg Deutsch English Esperanto Español Eesti Euskara فارسی Suomi Français हिन्दी Magyar Հայերեն Bahasa Indonesia Italiano 日本語 ქართული 한국어 Latina Nederlands Русский සිංහල Svenska தமிழ் Українська Tiếng Việt 中文 Editar hiperligações Esta página foi editada pela última vez à(s) 04h02min de 7 de julho de 2017. Este texto é disponibilizado nos termos da licença Creative Commons - Atribuição - Compartilha Igual 3.0 Não Adaptada (CC BY-SA 3.0) . pode estar sujeito a condições adicionais. Para mais detalhes, consulte as condições de uso . Política de privacidade Sobre a Wikipédia Avisos gerais Programadores Declaração sobre cookies Versão móvel



https://pt.wikipedia.org/wiki/Categoria%3AComunica%C3%A7%C3%A3o
  Categoria:Comunicação – Wikipédia, a enciclopédia livre Ajuda Categoria:Comunicação Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Ir para: navegação , pesquisa Esta categoria reúne artigos sobre Comunicação . O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Comunicação Subcategorias Esta categoria contém as seguintes 32 subcategorias (de um total de 32). ► Comunicações por continente ... Comunicação . O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Comunicação ... continente ‎ (1 C) ► Profissionais da comunicação social ‎ (1 C, 10 P) * ► Comunicação escrita ‎ (7 C, 2 P) C ► Colaboração ‎ (7 C, 28 P) ► Comunicação animal ‎ (18 P) ► Comunicação humana ‎ (8 C, 5 P) ► Comunicação institucional ‎ (2 P) ► Comunicação técnica ‎ (1 C, 22 P) ► Comunicações da Igreja ... , 20 P) ► Engenharia da comunicação ‎ (1 C, 1 P) F ► Comunicação de falsidades ‎ (9 C, 10 P CACHE

Categoria:Comunicação – Wikipédia, a enciclopédia livre Ajuda Categoria:Comunicação Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Ir para: navegação , pesquisa Esta categoria reúne artigos sobre Comunicação . O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Comunicação Subcategorias Esta categoria contém as seguintes 32 subcategorias (de um total de 32). ► Comunicações por continente ‎ (1 C) ► Profissionais da comunicação social ‎ (1 C, 10 P) * ► Comunicação escrita ‎ (7 C, 2 P) C ► Colaboração ‎ (7 C, 28 P) ► Comunicação animal ‎ (18 P) ► Comunicação humana ‎ (8 C, 5 P) ► Comunicação institucional ‎ (2 P) ► Comunicação técnica ‎ (1 C, 22 P) ► Comunicações da Igreja Católica ‎ (2 C, 6 P) ► Comunicações por país ‎ (100 C) ► Comunicadores ‎ (4 C, 2 P) E ► Editores ‎ (3 C, 20 P) ► Engenharia da comunicação ‎ (1 C, 1 P) F ► Comunicação de falsidades ‎ (9 C, 10 P) ► Frases políticas ‎ (1 C, 31 P) I ► Identificadores ‎ (6 C, 23 P) L ► Línguas ‎ (21 C, 32 P) ► Linguística ‎ (36 C, 194 P) M ► Marketing ‎ (16 C, 225 P) ► Memética ‎ (10 P) ► Mídia ‎ (31 C, 48 P) N ► Notação ‎ (7 C, 4 P) O ► Comunicação ótica ‎ (2 C, 7 P) P ► Prémio Princesa de Astúrias de Comunicação e Humanidades ‎ (1 C, 30 P) ► Propaganda ‎ (3 C, 28 P) ► Publicidade ‎ (13 C, 96 P) R ► Rádio ‎ (19 C, 6 P) ► Radioamadorismo ‎ (4 C, 70 P) S ► Semiótica ‎ (4 C, 34 P) ► Símbolos ‎ (20 C, 116 P) T ► Telecomunicações ‎ (27 C, 371 P) V ► Viés na mídia ‎ (8 P) Páginas na categoria 'Comunicação' Esta categoria contém as seguintes 200 páginas (de um total de 205). (página anterior) ( página seguinte ) Comunicação Tecnologias da informação e comunicação A Acontecimento (comunicação) Aerograma Agenda política Airplay Aldeia Global Alienação Análise de conteúdo Análise de rede AP Stylebook Assessoria de comunicação Assovio Audiovisual Aviso prévio B Bastões de mensagem Boutiques de comunicação Buzz marketing C Canal (comunicação) Carlos Nepomuceno Carta Carta pessoal Cibercultura Ciberespaço Cibersofia Cinema Ciranda Internacional da Informação Independente Classificação da informação Codificação Código (comunicação) Cognato Complexidade de comunicação Comunicação audiovisual Comunicação ciberespacial Comunicação comunitária Comunicação de Interesse Público Comunicação digital Comunicação e multimeios Comunicação em rede Comunicação empresarial Comunicação institucional Comunicação interna Comunicação interpessoal Comunicação intrapessoal Comunicação lateral Comunicação mediada por computadores Comunicação não verbal Comunicação não violenta Comunicação por conteúdo Comunicação proxêmica Comunicação pública Comunicação segmentada Comunicação social Comunicação superlumínica Comunicação verbal Comunicação verde Comunicação visual Comunicado Confidencialidade Consultor de redes sociais Contrainformação Contrato de comunicação Controlo do cenário Convergência estratégica Criptograma Cultura participativa D Data-ink Decodificação Delito de opinião Democratização da comunicação Democratização do conhecimento Design de cartaz Dialética na comunicação Diálogo Direção da comunicação Discurso Discussão E E-Service Eco Economia da informação Educomunicação Eletrolaringe Endereço telegráfico Enquadramento (noticioso) Eprint Esfera pública Exclusão digital Extravaganza F Factoide Fala telegráfica Filas virtuais Fluxo de informação Fofoca Folkcomunicação Formador de opinião G Gatekeeping Grande mídia H Hipermídia Hipótese da lacuna do conhecimento I Imagem Imagem em movimento Imprensa escolar Indústria fonográfica Harold Innis Intercâmbio Internacional de Liberdade de Expressão Interdiscurso Interlocutor Intermidialidade J Usuário(a):Jessyca M/Página de testes Jornalismo ambiental Jornalismo empresarial L Laboratório de Políticas de Comunicação Lei das comunicações Lei de Metcalfe Leitor Linguagem Linguagem animal Linguagem visual LNB Locutor M Machine to Machine Mapa da Comunicação Brasileira Máquina de escrever Media Analytics Mediação cultural Mediascape Megafone Meios de comunicação Meios de comunicação social Meios quentes e meios frios Mensagem Mensagem na garrafa Método natural Microfone Midialogia Mídia digital Mímica Monólogo Multimédia Mundo da vida N Narrativa transmídia Nova Ordem Mundial da Informação e Comunicação Novas mídias O Observatório Latino-Americano das Indústrias de Conteúdos Digitais Operador de áudio P Pan-pan Papel de carta Paradigmas da comunicação Patch (emblema) Pergunta Petróglifo Pistola sinalizadora Plano de comunicação Politicamente correto Porta-voz Post scriptum Processo de comunicação Projeto Mundo de Shakespeare Protocolo de janelas deslizantes Q Quadrilhão (política) R Rádio escolar Rádio-peão Radiojornalismo Radiotelefonia Receptor (comunicação) Rede de área metropolitana Rede tática de dados Referência cruzada Relações públicas Remediação Remetente Repertório Ruído S Sematologia Semiótica psicanalítica Serviço de Informação Aeronáutica Sexting Simbologia Sinalização por canal comum Sincronização (ciência da computação) Comunicação sonora T Usuário(a):T iago bezerra/Testes Tela Telecentro Teleceu Telegrafia Teleimpressor Telejornalismo Telemensagem Telemetria Teletela Televisão comunitária Teoria empírica de campo Teoria da informação Teoria da persuasão The Communication (R)Evolution Transceptor Transmissor Tribuna dos lagos TV Tagarela da Rocinha (página anterior) ( página seguinte ) Obtida de ' https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Categoria:Comunicação&oldid=42993702 ' Categorias : Psicologia social Informação social Menu de navegação Ferramentas pessoais Não autenticado Discussão Contribuições Criar uma conta Entrar Domínios Categoria Discussão Variantes Vistas Ler Editar Editar código-fonte Ver histórico Mais Busca Navegação Página principal Conteúdo destacado Eventos atuais Esplanada Página aleatória Portais Informar um erro Loja da Wikipédia Colaboração Boas-vindas Ajuda Página de testes Portal comunitário Mudanças recentes Manutenção Criar página Páginas novas Contato Donativos Imprimir/exportar Criar um livro Descarregar como PDF Versão para impressão Noutros projetos Wikimedia Commons Meta-Wiki Wikilivros Wikcionário Ferramentas Páginas afluentes Alterações relacionadas Carregar ficheiro Páginas especiais Hiperligação permanente Informações da página Elemento Wikidata Noutros idiomas Afrikaans Alemannisch Aragonés العربية مصرى অসমীয়া Asturianu Azərbaycanca Башҡортса Boarisch Žemaitėška Беларуская Беларуская (тарашкевіца)‎ Български भोजपुरी Bamanankan বাংলা བོད་ཡིག Brezhoneg Bosanski Català Chavacano de Zamboanga Cebuano ᏣᎳᎩ کوردی Čeština Чӑвашла Cymraeg Dansk Deutsch Ελληνικά English Esperanto Español Eesti Euskara Estremeñu فارسی Suomi Føroyskt Français Furlan Frysk Gaeilge Galego ગુજરાતી 客家語/Hak-kâ-ngî עברית हिन्दी Hrvatski Magyar Հայերեն Interlingua Bahasa Indonesia Ilokano Ido Íslenska Italiano 日本語 Basa Jawa ქართული Qaraqalpaqsha Қазақша Kalaallisut 한국어 Ripoarisch Lëtzebuergesch Лезги Limburgs Lumbaart Lingála ລາວ Lietuvių Latviešu Олык марий Македонски മലയാളം Монгол Bahasa Melayu Malti Mirandés Plattdüütsch Nedersaksies Nederlands Norsk nynorsk Norsk Ирон ਪੰਜਾਬੀ Pälzisch Polski Piemontèis Rumantsch Română Русский Sardu Sicilianu Scots سنڌي Davvisámegiella Srpskohrvatski / српскохрватски සිංහල Simple English Slovenčina Slovenščina Soomaaliga Српски / srpski Seeltersk Basa Sunda Svenska Kiswahili தமிழ் తెలుగు Тоҷикӣ ไทย Türkmençe Tagalog Türkçe Татарча/tatarça Удмурт Українська اردو Vèneto Vepsän kel’ Tiếng Việt West-Vlams Walon Winaray 吴语 მარგალური ייִדיש 中文 Bân-lâm-gú 粵語 Editar hiperligações Esta página foi editada pela última vez à(s) 05h18min de 30 de julho de 2015. Este texto é disponibilizado nos termos da licença Creative Commons - Atribuição - Compartilha Igual 3.0 Não Adaptada (CC BY-SA 3.0) . pode estar sujeito a condições adicionais. Para mais detalhes, consulte as condições de uso . Política de privacidade Sobre a Wikipédia Avisos gerais Programadores Declaração sobre cookies Versão móvel



http://monografias.brasilescola.uol.com.br/matematica/a-escola-como-espaco-inclusao-digital.htm
  A Escola Como Espaço de Inclusão Digital - Brasil Escola Disciplinas Artes Biografias Biologia Espanhol Educação Física Filosofia Física Geografia Geografia do Brasil Gramática História História da América História do Brasil História Geral Inglês Italiano Literatura Matemática Português Quí­mica Redação Sociologia MAIS ACESSADAS Por que as dietas a base de shakes tendem ao fracasso? Afinal, por que ... onde a tecnologia da informação e comunicação (TIC) se direcione para fazer valer a inclusão dos ... utilizar diferentes mídias, que colaboram para a apropriação de um ambiente de comunicação, o computador ... de interação e comunicação de novas formas de colaboração, interatividade, conhecimento e cidadania ... . Palavras-chave : Inclusão Digital. Processos educativos. Tecnologia da informação e Comunicação. LISTA DE ... PROCEDIMENTO METODOLÓGICO 11 3 AS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO 13 3.1 Novas CACHE

A Escola Como Espaço de Inclusão Digital - Brasil Escola Disciplinas Artes Biografias Biologia Espanhol Educação Física Filosofia Física Geografia Geografia do Brasil Gramática História História da América História do Brasil História Geral Inglês Italiano Literatura Matemática Português Quí­mica Redação Sociologia MAIS ACESSADAS Por que as dietas a base de shakes tendem ao fracasso? Afinal, por que as zebras são listradas? Veja aqui! Crise dos Mísseis: rivalidade entre EUA e URSS a mil! Especial África do Sul Ano Novo Carnaval Dia da Independência Dia das Crianças Dia das Mães Dia dos Pais Halloween Férias Festa Junina Natal Páscoa Volta às Aulas MAIS ACESSADAS Entenda já o que foi o cerco de Constantinopla. A crônica no mundo jornalístico. Fique por dentro já! Como lidar com a depressão ou evitá-la? Leia aqui! + Pesquisas Acordo Ortográfico Animais Cultura Curiosidades Datas Comemorativas Dicas de Estudo Doenças Drogas Economia e Finanças Educação Folclore Fonoaudiologia Frutas Informática Mitologia Política Psicologia Religião Regras da ABNT Sexualidade Saúde e Bem-estar Saúde na Escola MAIS ACESSADAS Quais são as maiores metrópoles do nosso país? Tenha uma boa rotina de estudos em oito passos. Você sabe como usar as hashtags corretamente? Enem Adesão Atendimento Especial Certificação Correção Enem 2017 Correção da Redação Dicas para o Enem Enem e ProUni Enem por Escola Estudar em Portugal Fies Média do Enem Nota do Enem Notícias Plantão do Enem Por que fazer? Pratique sua redação Provas e Gabaritos Redação do Enem Simulado SiSU Sisutec Usando a nota do Enem Vídeos MAIS ACESSADAS Liberada a consulta por vagas do SiSU 2018/1 Governo aprova novas regras para o Fies Oito eventos ligados ao Enem 2017 que merecem atenção Vestibular Agenda Aprovados Atualidades Banco de Redações Bolsa de Estudo Correções de Vestibular Cotas Cursinhos Comunitários Dicas Ensino a Distância Estudar no Exterior Fies Fuvest Guia de Profissões Intercâmbio Notícias Vestibular Orientação Vocacional Pronatec ProUni Provas e Gabaritos Resumo de Livros Simulado Universidades Vida Profissional MAIS ACESSADAS Veja como foi a segunda fase do Vestibular 2018 da Unesp Unicamp 2018: notas da primeira fase estão disponíveis Fuvest 2018: provas da 2ª fase são aplicadas para mais de 21 mil estudantes Educador Comportamento Estratégia de Ensino Ética Gestão Educacional Orientação Escolar Orientações para Pais ou Responsáveis Orientações para Professores Política Educacional Sugestões para Pais e Professores Trabalho Docente MAIS ACESSADAS Conservando energia mecânica com um monjolo. Aborde a remodelação do isopor em sala de aula. Fale sobre a anatomia dos peixes aos seus alunos. O que é? O que é Biologia? O que é Física? O que é Geografia? O que é História? O que é Matemática? O que é Português? O que é Química? MAIS ACESSADAS Você sabe o que é o plasma encontrado no sangue? Compreenda o que foi o período da República Velha. O que define uma montanha? Chegou a hora de saber! Exercícios Exercícios de Biologia Exercícios de Física Exercícios de Geografia Geografia do Brasil Exercícios de Gramática Exercícios de História do Brasil Exercícios de História Geral Exercícios de Literatura Exercícios de Matemática Exercícios de Química Exercícios de Redação MAIS ACESSADAS Faça questões que falam a respeito do intemperismo. Averigue seus conhecimentos em relação à Fernando Pessoa. Exercite seus estudos sobre a teoria da evolução. Monografias Administração e Finanças Agricultura e Pecuária Arte e Cultura Biologia Computação Direito Educação Educação Física Enfermagem Engenharia Filosofia Física Geografia História Matemática Medicina Pedagogia Psicologia Química Religião Regras da ABNT Saúde Sociologia Turismo MAIS ACESSADAS Diagnóstico e perspectivas de tratamento da halitose. A escola como um espaço de inclusão digital. Os prós e contras na aprendizagem da língua inglesa. Escola Kids Ciências Geografia História Matemática Português Datas Comemorativas Histórias para crianças Jogos Para pintar MAIS ACESSADAS Saiba tudo sobre a alimentação dos animais. Qual é a relação entre o clima e a agricultura? Zika: Uma doença transmitida pelo Aedes aegypti. Vídeos Videoaulas de Biologia Videoaulas de Espanhol Videoaulas de Física Videoaulas de História Videoaulas de Inglês Videoaulas de Matemática Videoaulas de Português Videoaulas de Química + Canais Cidades do Brasil Educador Empregos Enem Exercícios Guerras Meu Artigo Monografias Notícias Vestibular Vídeos MAIS ACESSADAS Conheça o nosso canal para professores! Teste seus conhecimentos com nossos exercícios. Curiosidades sobre conflitos históricos. Confira! E-mail Cadastre-se Senha Esqueci a senha Entrar com Facebook Entrar com Google Menu Topo Login/Registro E-mail Senha Cadastre-se Esqueci a senha Entrar com Facebook Entrar com Google Ciências Agrárias e Biológicas Ecologia Agricultura e Pecuária Ciências Biológicas MAIS ACESSADAS A clonagem de seres humanos deve ser proibida? As vantagens do composto produzido pelas minhocas. Benefícios da prática do pilates para a temida fibromialgia. Ciências da Saúde Enfermagem Odontologia Saúde Medicina MAIS ACESSADAS Há qualidade de vida no trabalho das enfermeiras no Brasil? Por que profissionais da saúde devem fica atentos à alergias? O diagnóstico e tratamento do Mixoma Cardíaco. Ciências Exatas e da Terra Física Matemática Computação Hardware Redes e Internet Software e Programação MAIS ACESSADAS Saiba mais sobre a importância da privacidade na internet. Como as intermídias está inserida no ciberjornalismo? Um pouco mais sobre os instrumentos ópticos e suas funções. Ciências Humanas Educação Educação Física Filosofia Geografia História Pedagogia Psicologia Religião Sociologia MAIS ACESSADAS As verdades que poucos sabem sobre a famosa anorexia. Afinal, o que é maçonaria e quais os seus princípios? Veja algumas reflexões sobre a temida crise de energia no Brasil. Ciências Sociais Aplicadas Economia Turismo Administração e Finanças Contabilidade Direito Marketing MAIS ACESSADAS Por que hoje são necessários esforços para não assistir TV? Questões culturais e econômicas que levaram à desigualdade social. Conheça mais dos aspectos que regem o teatro contemporâneo no Brasil. Engenharias Engenharia Civil Engenharia dos Alimentos Engenharia Elétrica Engenharia Mecânica Engenharia Química Linguística, Letras e Artes Arte e Cultura MAIS ACESSADAS 100 dicas para uma vida melhor. A representação da mulher negra na teledramaturgia brasileira. Através da arte mostramos o que estamos sentindo e pensando. Entenda! Regras da ABNT Artigo Científico Citações Citações bibliográficas Currículo Lattes Dissertação e Tese Entrevista Métodos de pesquisa Pesquisa científica Projeto de Pesquisa Resenha Crítica Trabalho de Conclusão de Curso - TCC: Artigo Científico Trabalho de Conclusão de Curso - TCC: Monografia MAIS ACESSADAS Entenda a importância das citações. Você sabe redigir um currículo corretamente? Aprenda a organizar uma pesquisa científica. Home Matemática A Escola Como Espaço de Inclusão Digital Imprimir Texto -A +A A Escola Como Espaço de Inclusão Digital Matemática Facetas da inclusão digital caracterizando-se em sua maioria em uma pesquisa de campo. COMPARTILHE CURTIDAS 0 RESUMO Analisando o crescimento da informatização dos serviços oferecidos à sociedade atual, cada vez mais se busca a necessidade da inclusão digital dos cidadãos nesse modo de vida. Ao acontecer o uso destes recursos tecnológicos, eles devem ser apropriados de meios onde a tecnologia da informação e comunicação (TIC) se direcione para fazer valer a inclusão dos indivíduos neste ciberespaço. Deste modo, a escola se apresenta como ambiente capaz de fazer imergir tais tecnologias a serviço de uma metodologia de ensino a favor da interação dos alunos nesta sociedade da informação anulando, assim, as diferenças sociais não pertinentes a este processo. Ao se utilizar diferentes mídias, que colaboram para a apropriação de um ambiente de comunicação, o computador e seus inúmeros recursos destacam-se como ferramenta de acesso apoiado por diferentes programas sociais do governo federal. Baseado nestes preceitos, o presente trabalho tem como objetivo apresentar o tema de inclusão digital no ambiente escolar como uma ação educacional que envolve o professor, ao capacitar-se para apropriação e ideal uso de recursos tecnológicos, e o aluno como sujeito no espaço de interação e comunicação de novas formas de colaboração, interatividade, conhecimento e cidadania. Para idealizar a fundamentação teórica deste trabalho, utilizou-se como instrumento para coleta de dados um questionário a alunos do 3º ano do ensino médio de uma escola pública do município de Lagoa Vermelha, a professores de diferentes disciplinas da mesma escola e de professores da área de informática na educação, que atuam em universidades, com a finalidade de conhecer a real situação em que a escola está inserida ao se deparar com propostas de utilização de recursos tecnológicos, sua infraestrutura e acessibilidade, valorizando a pesquisa com a enriquecida contribuição da opinião de professores da área de interesse. Será realizada, também, a aplicação de um software matemático para complementar a pesquisa de campo, desenvolvendo, assim, uma visão amadurecida do tema escolhido. Palavras-chave : Inclusão Digital. Processos educativos. Tecnologia da informação e Comunicação. LISTA DE FIGURAS Figura 01 - Gráfico do total de PIDs por região 20 Figura 02 - Mapa da exclusão digital no Brasil 25 Figura 03 - Computadores em casa 28 Figura 04 - Acesso à internet 29 Figura 05 - Dispositivos de armazenamento mais utilizados 30 Figura 06 - Situação dos laboratórios de informática na escola 31 Figura 07 - Software matemático 31 Figura 08 - Quadro de avaliação dos professores quanto à utilização dos recursos computacionais nas aulas 33 Figura 09 - Alunos praticando as atividades com o software 46 Figura 10 - Alunos praticando as atividades com o software 47 SUMARIO 1 INTRODUÇÃO 09 2 PROCEDIMENTO METODOLÓGICO 11 3 AS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO 13 3.1 Novas possibilidades tecnológicas e a formação de professores preparados a usar as novas tecnologias 17 4 A IMPORTÂNCIA DA INCLUSAO DIGITAL NO AMBIENTE ESCOLAR 19 4.1 Programas de Inclusão digital apoiados pelo Governo Federal 20 4.2 Conceituando a exclusão digital 24 4.3 Qual é a diferença do uso das tecnologias nas escolas públicas e particulares? 25 5 DESCRIÇÃO E ANÁLISE DOS QUESTIONÁRIOS E DOS DADOS DA PESQUISA 27 5.1 A inclusão digital na visão dos alunos 28 5.2 A inclusão digital na visão dos professores 33 5.3 A inclusão digital na visão de professores da área de informática na educação 36 6 APLICAÇÃO DO SOFTWARE RÉGUA E COMPASSO COM OS ALUNOS DE ENSINO MÉDIO 44 6.1 Conhecendo o software Régua e Compasso 45 6.2 Período da realização da atividade com o Régua e Compasso 45 6.3 Avaliação com os alunos sobre o uso do software 47 6.4 Uma análise da avaliação realizada com o software educativo 48 7 CONSIDERAÇÕES FINAIS 50 REFERÊNCIAS 52 APÊNDICES 53 1 INTRODUÇÃO Ao iniciar o presente trabalho, apresentando o tema de inclusão digital na escola, diz-se que ele tem por finalidade abordar facetas da inclusão digital caracterizando-se, em sua maioria, em uma pesquisa de campo. Nesse sentido, recorreu-se a autores de diversas áreas para sustentação do estudo obtendo, assim, uma visão mais ampla da realidade em que a inclusão digital está presente na escola e, ainda, na realidade dos alunos. Desta forma, o objetivo específico foi definido como: analisar a escola como espaço de interação e comunicação proporcionado pela inclusão digital. Nesta linha, buscou-se entender que as tecnologias de rede precisam fazer parte do cotidiano escolar. A valorização do aprendizado através de mídias digitais, várias formas de pensar e interagir através de meios de comunicação e informação onde o aluno apropria-se das TIC (tecnologias de informação e comunicação) é o caminho a ser traçado. Como parte do processo de aprendizagem, tais tecnologias necessitam ser apropriadas e entendidas pelos professores, que fazem um papel fundamental neste processo. Através de uma interação por parte dos professores com os recursos tecnológicos, eles acabam por interagir com a realidade que o aluno está inserido. Não se deve desconsiderar que estes, nos cursos de formação, não possuem tanto contato com a tecnologia como forma de ensinar, acarretando, assim, um despreparo ao optarem ou necessitarem de recursos tecnológicos. Em um breve relato, neste trabalho houve um apontamento sobre os programas que o governo federal executa e apoia a favor da inclusão digital dos cidadãos. Diante disso, as escolas aos poucos tem se adaptado às iniciativas que lhe são apresentadas. Dentro de um patamar de informação e comunicação, o ambiente escolar começa a abrir caminhos para a tecnologia acontecer neste processo. Diante disso, pretende-se abordar mais profundamente o tema relacionado através de um relato de pesquisa de campo, onde se procurou explorar, conhecer e entender como se dá o processo de inclusão digital e a realidade escolar que os alunos estão inseridos. Muitas vezes, devido à falta de infraestrutura nas escolas ou pouco incentivo por parte dos professores, os alunos acabam demonstrando pouca interatividade com o ciberespaço. Com vista ao melhor entendimento e apropriação do conteúdo, objetivou-se conhecer a opinião de professores especialistas na área, que desta forma podem contribuir qualitativamente para uma pesquisa criteriosa e elaborada. Desse modo, ao entender que a inclusão digital tem um papel muito importante no processo de aprendizagem, pois ela procura formar cidadãos com capacidade de interagir com outros e compartilhar decisões/informações que propiciem a lógica da informação a serviço da interatividade. Através da inquietação que se procura entender: a escola, como integrante na formação de cidadãos, está proporcionando o espaço para a inclusão digital dos indivíduos que compartilham dela? Ao procurar responder a pergunta buscou-se, através de referenciais teóricos, de um trabalho de pesquisa de campo e aplicando um software educativo, compreender e procurar confrontar a teoria com a prática. Sendo a introdução o primeiro capítulo e segundo o procedimento metodológico, apresentam os anseios deste trabalho e a forma que ele será desenvolvido. Em seguida, o terceiro capítulo abordando as tecnologias de informação e comunicação, e a importância da inclusão digital no ambiente escolar no quarto capítulo, complementando o estudo teórico da pesquisa. Nos capítulos seguintes, inicia-se a pesquisa de campo, sendo o quinto capítulo caracterizado pela descrição e analise dos questionários avaliados por professores e alunos. No sexto capítulo, é realizada a aplicação do software Régua e Compasso e seu desenvolvimento. Ao finalizar este trabalho, o sétimo capítulo apresenta as considerações finais, seguindo das referências e apêndices. 2 PROCEDIMENTO METODOLÓGICO O presente trabalho de conclusão de curso tem por objetivo estudar, aplicar e relatar a importância da inclusão digital na escola, em especial de uma escola pública do município de Lagoa Vermelha. Por meio desta pesquisa, de carácter exploratório e se tratando de relatos de pesquisa de campo, buscou-se investigar qual a real situação que a escola apresenta neste momento. Procurando entender de que forma a inclusão digital acontece, ou seja, ferramentas para que ela seja concretizada, foi realizado um estudo baseado nos pensamentos de vários autores sobre as tecnologias de informação e comunicação e inclusão digital, o qual se caracteriza como ferramentas tecnológicas para que o aluno se torne incluído digitalmente. Ao sentir a necessidade de compreender claramente as faces que norteiam a inclusão digital, foi solicitado a dois professores da área de interesse, dentre eles o professor Dr. Adriano Canabarro Teixeira, responsável pelo projeto “Mutirão pela Inclusão Digital” e pesquisador da área, sua opinião sobre questões que instigavam o pensamento da autora do TCC em relação ao tema desta pesquisa e, através de um questionário, o mesmo contribuiu com suas ideias de uma forma produtiva, fazendo com que houvesse uma maior interação sobre o assunto. Houve também a importante contribuição do professor Max G. Haetinger, onde se teve a oportunidade de conhecê-lo, através de uma palestra que ministrou em uma feira de livros. Na oportunidade foi adquirido um livro de sua autoria com o título “Informática na Educação: um olhar criativo”, o qual também foi usado como referência neste trabalho. O professor participou desta pesquisa, de forma que respondeu ao questionário sobre inclusão digital, através da gravação de um vídeo, respondendo e comentando todas as questões. A pesquisa caracterizou-se, também, pela realização de questionamentos com sete alunos do terceiro ano do ensino médio e quatro professores de diversas disciplinas de uma escola pública estadual do município de Lagoa Vermelha/RS, os quais contribuíram com suas opiniões e conhecimentos a respeito, sendo que, ao final, foi realizado um levantamento e análise dos dados obtidos. Em outro momento, ao realizar uma experiência com desenvolvimento de uma atividade com uso de um software matemático com os alunos da escola pública. Deve-se observar que ele foi escolhido numa oficina da Jornada Nacional de Educação Matemática da UPF, no ano de 2010, onde foram desenvolvidas várias atividades com o uso do software matemático “Régua e Compasso” que tem por objetivo desenvolver construções geométricas. Por este motivo foi escolhida esta atividade para aplicar ao grupo de alunos, sendo que através desta proposta os alunos aprenderam mais uma ferramenta tecnológica a serviço da educação. Após concluir a parte da aplicação, procedeu-se a análise do desenvolvimento da atividade através de questionários entregues aos alunos, que manifestaram sua visão em relação a participarem de uma atividade deste gênero. Portanto, a pesquisa de campo e a confrontação dos princípios da inclusão digital com a realidade que o aluno está submetido, serão destacadas nas considerações finais deste trabalho de conclusão de curso, apontando os aspectos importantes da inclusão digital na escola, o processo educativo como meio de utilização dos recursos tecnológicos e, também, uma análise do que se pode constatar através o trabalho desenvolvido. 3 AS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO A generalização do uso de tecnologias em todos os ambientes da vida cotidiana, faz perceber que se está rodeado de tecnologias da informação e comunicação (TIC) a serviço da modernidade e agilidade dos processos, facilitando e criando um novo mundo, sendo que, aos poucos, a escola está sendo inserida neste contexto. Tem sido válido o fato de difundir a importância da inserção dos recursos tecnológicos na escola e apresentar propostas práticas de um trabalho fundamentado no uso de computadores, tendo em vista a busca de mudança à prática pedagógica, já que as tecnologias estão cada vez mais disponíveis no mercado e presentes na escola. Observando o caráter que as TIC têm de poder transformar e criar novos subsídios para o ensino e aprendizagem da educação, com o enfoque que ela possibilita criar e transmitir um conhecimento assimilado a formação do sujeito, Sancho (2006, p. 16) cita que estas tecnologias têm, invariavelmente, três tipos de efeitos: Em primeiro lugar, alteram a estrutura de interesses, o que tem consequências importantes na avaliação do que se considera prioritário, importante, fundamental ou obsoleto e também na configuração das relações de poder. Em segundo lugar, mudam o caráter dos símbolos, quando o primeiro ser humano começou a realizar operações comparativamente simples[...], passou a mudar a estrutura psicológica do processo de memória, ampliando-a para além das dimensões biológicas do sistema nervoso humano. [...] Em terceiro lugar, modificam a natureza da comunidade. Neste momento, para um grande número de indivíduos, esta área pode ser o ciberespaço, a totalidade do mundo conhecido e do virtual. (2006, p. 16). Isto demonstra que as pessoas que já convivem em meio a estas novas tecnologias não encontram grande dificuldade como aquelas que não costumam utilizá-las, sendo que, mais cedo ou mais tarde, as mesmas sentirão a necessidade de se apropriar involuntariamente. Buscando novos horizontes, no intuito de desenvolver uma prática inovadora, aproveitando o conhecimento remanescente e de forma homogênea, as tecnologias da informação e comunicação (TIC), vêm para poder atribuir transformações que se quer e necessita. Neste sentido, Bonilla (2005, p. 21) afirma que: As TIC, mais do que um simples avanço no desenvolvimento da técnica, representam uma virada conceitual, à medida que essas tecnologias não são mais apenas uma extensão dos sentidos humanos, onde o logos do fazer, um fazer mais e melhor, compõe a visão do mundo. As tecnologias da informação e comunicação são tecnologias intelectuais, pois ao operarem com proposições passam a operar sobre o próprio pensamento, um pensamento que é coletivo, que se encontra disperso, horizontalmente, na estrutura em rede da sociedade contemporânea. (2005, p. 21). Sendo assim, as tecnologias da informação e comunicação, têm sido instaladas no âmbito escolar através de projetos do governo1 e das próprias escolas. Desta forma, cria-se a oportunidade de professores introduzirem em suas aulas o uso das novas tecnologias disponíveis fato esse que, infelizmente, não tem acontecido na maioria das instituições escolares. Para que se entenda o motivo, pode-se destacar que os próprios professores ainda não interagiram com essas tecnologias havendo, em primeira instância, certo receio de aplicá-las. Segundo Scheffer (2006, p.13) novas possibilidades são oferecidas pelos sistemas multimídia e ambientes exploratórios que atuam como facilitadores da aprendizagem. Ela afirma que algumas dessas possibilidades são os softwares educativos, os quais se definem como um conjunto de recursos informáticos projetados com a intenção de serem utilizados em contextos de ensino e de aprendizagem. Como em qualquer metodologia que se propõe uma maneira diferente de ensinar, utilizar uma ferramenta tecnológica não seria diferente. Por esta razão, ela precisa estar implantada em um projeto, bem pensada para produzir esta mudança que se deseja realizar. Conforme Haetinger: Os softwares podem ser utilizados em sala de aula de modo diferente ao proposto pelos fabricantes dos mesmos, criando-se novos caminhos para exploração destes recursos, adequando-os a cada realidade para obtermos maior interatividade e resultados, aproximando-os de nossas comunidades. É como no ensino presencial: quando usamos um livro em sala de aula, ele pode ser apenas lido, ou integrado a outras atividades. O computador e seus aplicativos devem ser encarados de forma aberta, explorando-se todas as possibilidades laterais, olhando-se as “entrelinhas” para oferecermos aos alunos novas alternativas. (2003, p. 22). O fato da escola não ter absorvido totalmente as condições de usufruir de novas tecnologias, se justifica, em parte, o ensino tradicional que vem sendo aplicado, pois os professores ainda possuem a visão de que inserir uma tecnologia em sala de aula não complementaria a aprendizagem dos conteúdos propostos. Segundo Bonilla (2005, p.13) as concepções que se tem sobre educação não conseguem fugir da racionalidade que surgiu com a escrita e é realmente desta forma que a maioria dos educadores repassam o conhecimento, ou seja, não conseguem abranger a racionalidade de que o pensamento da escrita e fala podem ser incorporados às novas formas de organização e produção do conhecimento que estão emergindo com as tecnologias atuais. Segundo Betts (1998, p. 26) é importante ter como base de que estas tecnologias educacionais sem um objetivo concreto é inválida. Conforme suas palavras: Não podemos isolar a tecnologia do conjunto da prática educativa, porque, por si só, é burra. Existe a necessidade de intervenção de uma ação docente para que ocorra a construção do conhecimento. Nós, seres humanos, somos por natureza seres aprendentes e, conscientemente ou não, os facilitadores da construção do nosso próprio conhecimento. (1998, p. 26). Analisando de forma geral, além destas tecnologias auxiliarem no aprendizado em sala de aula, fora dela haveria uma complementação nas tarefas extras dos professores, como no preparo de provas e trabalhos, materiais atualizados disponíveis da internet, preenchimentos dos cadernos de chamada e auxílio em afazeres administrativos. Enfim, é importante e se faz necessário os professores buscarem essas facilidades por conta própria, pois o objetivo desta ferramenta é ser usada como meio e não como fim em si mesma, ou seja, ela deve ser vista como um recurso complementar e necessário. De acordo com Sancho (2006, p.19) a principal dificuldade para transformar os contextos de ensino com a incorporação de tecnologias diversificadas de informação e comunicação parece se encontrar no fato de que a tipologia do ensino dominante na escola é a centrada no professor. Pensando desta forma, a simplificação da rotina docente afetaria em levar os alfabetizadores a se inteirarem das tecnologias espontaneamente, o que é elementar, já que seus alunos no cotidiano já se apropriaram delas. Mesmo os que não possuem computadores com acesso à internet em casa, procuram acessá-la na escola ou em outros locais para navegar em sites de relacionamento, grupos de discussão e, ainda, realizam pesquisas para auxiliar nos deveres de casa, mesmo sem recomendação de seu professor. Com relação a esta interatividade, Menezes (2010, p. 122) afirma: Os sistemas de comunicação evoluem com extrema rapidez e essa dinâmica é parte da vertiginosa modernidade em que estamos imersos. Não podemos nos deslumbrar com essas novidades ou ficar apreensivos pelo perigo de que substituam nossa função de educar. Mas não devemos ignorar as possibilidades que eles abrem para aperfeiçoar nosso trabalho, como o acesso a sites de apoio e atualização pedagógica ou a programas interativos para alunos com dificuldades de aprendizagem. (2010, p.122). Portanto, não há motivos para ignorar o uso das tecnologias no ambiente escolar, a não ser que este recurso não possa ser usado de forma a gerar resultados no processo de ensino-aprendizagem melhores do que os que estão sendo apresentados. Para Menezes (2010, p. 122) não se pode cobrar um bom desempenho das escolas se elas estiverem décadas atrás do que já se tornou trivial nas práticas sociais, e isto é uma realidade, pois há escolas com salas de informática onde a estrutura física aparentemente sustenta a ideia de escola munida de tecnologias, porém não há apropriação das mesmas, o que acaba tornando o uso obsoleto, uma vez que os professores muitas vezes não estão preparados para utilizar estas tecnologias. A interatividade que os alunos têm com as tecnologias são mais avançadas do que possam ter seus professores ou pais, uma vez que eles, alunos, nasceram na era da informação e muitos possuem maior habilidade em entender a linguagem virtual do que a textual, pois aí está se tratando de diferentes tecnologias digitais. Portanto, de novas linguagens que fazem parte do cotidiano dos alunos e das escolas. Isso não significa que a educação atual seja pior ou ultrapassada, mas a realidade em que o aluno está imerso está mudando e a escola precisa acompanhar esta evolução. Pode-se considerar que algumas tecnologias digitais, não se tratando apenas dos computadores, já estão familiarizadas na escola, como o uso de calculadoras, calculadoras científicas, televisores e até mesmo os celulares. Eles podem, sim, ser considerados como tecnologias de informação e comunicação que possuem grande contribuição para um ensino estruturado e inovador. De acordo com Alba (2006, p.144) as novas tecnologias baseadas nas telecomunicações abrem possibilidades de utilização para gerar novas formas de comunicação, interação com a informação e socialização em contextos educativos. Não se pode ignorar as tecnologias digitais, se os próprios alunos não ignoram e elas estão amplamente acessíveis. Por exemplo, hoje em dia é difícil um estudante de ensino fundamental ou médio que não possua celular, então porque não tentar inclui-lo em uma atividade de aula, uma vez que ele oferece muitas possibilidades didáticas. As tecnologias abrem um imenso leque de recursos didáticos para educadores. Muitas escolas, por enquanto, as proíbem. 3.1 Novas possibilidades tecnológicas e a formação de professores preparados a usar as novas tecnologias A rápida evolução tecnológica em diversos setores da sociedade está exigindo dos profissionais da educação uma constante atualização. Nos cursos superiores, a formação de novos docentes enfrenta um novo desafio: o de ensinar as práticas educativas associadas às tecnologias para aprimorar o conhecimento nas aulas. O professor formando precisa estar ciente e compreender em quais situações a utilização da tecnologia irá ajudar no aprendizado dos alunos. Analisando o novo perfil do profissional e suas capacidades essenciais, Betts (1998, p. 28) ressalta que: Além de transformar-se num aprendiz vitalício e ser responsável pela própria carreira, o trabalhador, para ter sucesso na era do conhecimento, terá de desenvolver outras competências.[...]. Essas três competências – aprender a aprender, adaptabilidade e autodisciplina – são habilidades desenvolvidas nos primeiros anos de vida. portanto, o grande desafio para o Brasil é justamente investir maciçamente na qualidade da educação infantil, porque é lá que os futuros trabalhadores da era do conhecimento desenvolverão suas competências básicas para o futuro de suas vidas. (1998, p. 28). De fato, este novo profissional da educação pronto para encarar essas mudanças, precisa usar sua criatividade para melhor aproveitar situações de aprendizado, com a capacidade de compartilhar de suas experiências novas com equipes interdisciplinares (na escola e em grupos de estudo pedagógicos), engajado na facilidade de adaptar-se a diferentes situações, com uma capacidade crítica diante das disciplinas técnicas e humanistas. É um novo paradigma a ser alcançado. O professor, ao utilizar destes recursos tecnológicos a favor dos conteúdos, torna-se um mediador do conhecimento de uma forma democratizada, como relata uma professora de Florianópolis/SC à Revista Nova Escola. Em seu depoimento, ela coloca em foco a importância da tecnologia andar lado a lado com o ensino e como pode facilitar no aprendizado do aluno. Enfatiza, também, que alguns educadores ainda não se sentem capacitados, enquanto outros, empolgados, fazem mau uso dos recursos em atividades sem planejamento. [...] O fato é que nossos alunos são formados dentro da cultura digital e profundamente influenciados por ela. Com a democratização do uso da internet, o crescimento do número de lanhouses , o barateamento dos computadores, e mesmo a implantação de programas do governo destinados à informatização das escolas, não há por que trabalhar usando somente o quadro e o giz.” (MENEGUELLI, 2010, p. 49). Analisando pelo ponto de vista da professora, as TIC não devem ser consideradas como mero instrumento que possa acrescer conteúdos nas aulas, e sim ser um meio que pode completar a prática educativa, dando oportunidade aos estudantes de desenvolver habilidades tecnológicas básicas na sociedade da informação que a escola partilha hoje. 4 A IMPORTÂNCIA DA INCLUSAO DIGITAL NO AMBIENTE ESCOLAR A escola tem vivido um momento muito importante na era da sociedade da informação, onde a disseminação das tecnologias de informação e comunicação tem chegado inevitavelmente às salas de aulas. Nessa perspectiva, há um intuito de levar esta parte integrante da sociedade, alunos principalmente de escolas públicas, a se inteirarem de tecnologias que apropriem o sentido de informática educativa de uma maneira mais democrática. Quando um cidadão é incluído digitalmente, ele estará inserido a sociedade da informação de modo a evitar a exclusão social, pelo uso das tecnologias de informação e comunicação, tendo direito ao livre acesso à informação. Para apresentarmos a conceitualização de inclusão digital, a dimensão da proposta de inclusão, citamos as palavras de Teixeira onde ressalta que: [...] Assim, propõe-se o alargamento do conceito de inclusão digital para uma dimensão reticular, caracterizando-o como um processo horizontal que deve acontecer a partir do interior dos grupos com vista ao desenvolvimento de cultura de rede, numa perspectiva que considere processos de interação, de construção de identidade, de ampliação da cultura e de valorização da diversidade, para a partir de uma postura de criação de conteúdos próprios e de exercício da cidadania, possibilitar a quebra do ciclo de produção, consumo e dependência tecnocultural. (TEIXEIRA, 2010, p. 39). Através deste entendimento, percebe-se a dimensão acerca da apropriação dos recursos tecnológicos, seja no âmbito escolar ou mesmo no cotidiano do aluno. É necessário saber que incluir digitalmente é disponibilizar a tecnologia e fazer dela um instrumento de ensino e até mesmo de possibilidade de inclusão social. Com essas possibilidades tecnológicas que surgem juntamente com as tecnologias de rede, é preciso entender que incluir digitalmente não deixa de ser um processo de colaboração, onde a rede se torna um ambiente de troca de informações e conhecimentos, fazendo sentido em valer a cidadania, exercendo-a de uma forma democrática e consciente. 4.1 Programas de inclusão digital apoiados pelo Governo Federal As estatísticas a seguir apresentadas, são resultado do levantamento sobre iniciativas de inclusão digital no Brasil e seus respectivos pontos de inclusão digital (PIDs). Os quantitativos apresentados são organizados por: regiões administrativas (Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul), unidades da federação (UF) e categorias (Governo Federal, Governo Estadual, Governo Municipal, Terceiro Setor e Universidades). Através destes programas disponibilizados em apoio pelo governo, cada região do país se adapta ao programa capacitado e apropriado a desenvolver, como demonstra o gráfico mostrado na Figura 01. Figura 01 – Gráfico do total de PIDs por região. Fonte: http://inclusao.ibict.br/mid/mid_estatisticas.php No intuito de desenvolver ações que possibilitem a inclusão digital no Brasil, o governo executa e apoia diversos programas e órgãos, dentre os quais serão citados os principais em ação e, ainda, uma estatística sobre um levantamento que analisa seus resultados e a disponibilidade de cada um por região e por Estados. Dentre os programas do governo serão destacados: ProInfo, Casa Brasil, Inclusão digital, Computador para todos, Estação digital, Observatório Nacional de Inclusão Digital, Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (FUST) e Programa Nacional de Banda Larga (PNBL). a) ProInfo - Programa Nacional de Informática na Educação: em ação: Ministério da Educação – O ProInfo é desenvolvido pela Secretaria de Educação a Distância (SEED), por meio do Departamento de Infra-Estrutura Tecnológica (DITEC), em parceria com as Secretarias de Educação Estaduais e Municipais. O programa funciona de forma descentralizada, sendo que em cada Unidade da Federação existe uma Coordenação Estadual do ProInfo, cuja atribuição principal é a de introduzir o uso das tecnologias de informação e comunicação nas escolas da rede pública, além de articular as atividades desenvolvidas sob sua jurisdição, em especial as ações dos Núcleos de Tecnologia Educacional (NTEs). É um programa educacional com o objetivo de promover o uso pedagógico da informática na rede pública de educação básica. O programa leva às escolas computadores, recursos digitais e conteúdos educacionais. Em contrapartida, Estados, Distrito Federal e municípios devem garantir a estrutura adequada para receber os laboratórios e capacitar os educadores para uso das máquinas e tecnologias. b) Programa Casa Brasil : em ação: Ministério da Ciência e Tecnologia, Instituto Nacional de TI, Ministério do Planejamento, Ministério das Comunicações, Ministério da Cultura, Ministério da Educação, Secom, Petrobrás, Eletrobrás/Eletronorte, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. Implantação de espaços multifuncionais de conhecimento e cidadania em comunidades de baixo IDH, por meio de parcerias com instituições locais. Cada unidade de Casa Brasil abrigará um telecentro, com uso de software livre e pelo menos mais dois outros módulos, que podem ser uma biblioteca popular, um auditório, um estúdio multimídia, uma oficina de produção de rádio, um laboratório de popularização da ciência ou uma oficina de manutenção de equipamentos de informática, e um espaço para atividades comunitárias, além de um módulo de inclusão bancária nas localidades onde for possível. Atualmente são 74 unidades em funcionamento, atendendo em média 20 mil pessoas/mês. Já foram capacitadas mais de 1.000 pessoas nas 37 oficinas livres oferecidas a partir da plataforma de educação à distância construída pelo projeto. No total 86 unidades, selecionadas por meio de edital, serão implantas nas maiores cidades das cinco macro-regiões. c) Centros de Inclusão Digital : em ação: Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) - A implantação de Centros de Inclusão Digital é uma ação que compõe o Programa de Inclusão Digital do MCT. O Programa constitui-se em um instrumento de promoção da inclusão social, cuja responsabilidade é da Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social (SECIS) e tem como objetivo proporcionar à população menos favorecida o acesso às tecnologias de informação, capacitando-a na prática das técnicas computacionais, voltadas tanto para o aperfeiçoamento da qualidade profissional quanto para a melhoria do ensino. d) Computador para todos : em ação: Presidência da República, Ministério do Desenvolvimento, Ministério da Ciência e Tecnologia e Serpro - Voltado para a classe C, permite à indústria e ao varejo a oferta de computador e acesso à Internet a preços subsidiados, e com linha de financiamento específica, além da isenção de impostos PIS/COFINS. PCs de até R$ 1.200 que obedeçam à configuração mínima podem ser parcelados em prestações de R$ 50. O equipamento deve utilizar obrigatoriamente software livre e contar com um processador de 1,4 GHz, disco rígido de 40 GB, memória RAM de 256 MB, monitor de 15 polegadas, unidade de disco flexível, unidade de CD-ROM (RW)/DVD-ROM (combo), modem de 56 K, placas de vídeo, áudio e rede on-board, mouse, teclado e porta USB e 26 programas. Notebooks de até R$ 1.800, que atendam a configurações mínimas descritas no portal do programa, também possuem isenção de impostos e têm financiamento facilitado. e) Programa Estação Digital : em ação: Fundação Banco do Brasil. Sempre com o apoio de um parceiro local, sendo a maioria organizações não governamentais, a iniciativa busca aproximar o computador da vida de estudantes, donas-de-casa, trabalhadores, populações tradicionais e cooperativas, economizando tempo e dinheiro, criando novas perspectivas e melhorando a qualidade de vida da população. Desde 2004 estão em funcionamento 202 unidades pelo Brasil, 41 em processo de instalação e mais 20 unidades aprovadas para implantação até o final de 2008. Cerca de 56% das unidades estão localizadas na região Nordeste, 16% no Centro-Oeste, 15% no sudeste, 11% no norte e 2% no sul, com a capacidade para atender de 500 a 1.000 pessoas por mês, e integradas a arranjos produtivos locais. f) Observatório Nacional de Inclusão Digital : em ação: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e parceiros. Aglutina informações sobre todos os programas de inclusão digital do governo federal no portal http://www.inclusaodigital.gov.br, com notícias, links, eventos e materiais de referência. Telecentros de todo o país - espaços sem fins lucrativos com conexão à internet, acesso livre à comunidade e capacitação - estão sendo cadastrados. Estima-se um total de 5.000 unidades de telecentros em funcionamento no Brasil, articuladas no âmbito federal, estadual e municipal. O ONID também trabalha na seleção de materiais de referência, tais como diretrizes, documentos, manuais, estudos e experiências de sucesso, para compartilhar melhores práticas entre os interessados no tema. No site http://www.onid.org.br são feitos o pré-cadastro e o mapeamento dos telecentros. g) Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (FUST) : Foi instituído por meio da Lei 9.998, de 17 de agosto de 2000, para financiar a implantação de serviços do setor especialmente para a população mais carente. Pela lei, o Ministério das Comunicações é encarregado de formular as políticas para orientar as aplicações do Fust. À Agencia Nacional de Telecomunicações (Anatel) compete a implementação e a fiscalização dos projetos, tendo como objetivos prioritários: implantação de redes digitais de informação, inclusive da Internet, em escolas e bibliotecas, incluindo os computadores para operação pelos usuários e redução das contas desses serviços para beneficiar prioritariamente estabelecimentos frequentados por população carente. instalação de redes de alta velocidade para implantar serviços de teleconferência entre escolas e bibliotecas, entre outros. O Fundo é composto da cobrança mensal de 1% da receita operacional bruta das prestadoras de serviços de telecomunicações, depois de deduzidos os pagamentos de impostos. Recebe também recursos do Fundo de Fiscalização das Telecomunicações (Fistel), limitado a R$ 700 milhões por ano, e do preço cobrado pela Anatel pela concessão ou pelo uso de radiofrequência. Do total das verbas, 30% devem ir para programas implantados nas regiões de abrangência das Superintendências de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) e do Nordeste (Sudene) e, no mínimo, 18% serão aplicados em educação, nos estabelecimentos públicos. Deve ser priorizado também o atendimento aos deficientes. h) Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) : Tem como objetivos promover a inclusão digital, reduzir as desigualdades social e regional, promover a geração de emprego e renda, ampliar os serviços de governo eletrônico e facilitar aos cidadãos o uso dos serviços do Estado, promover a capacitação da população para o uso das tecnologias de informação e aumentar a autonomia tecnológica e a competitividade brasileira. A implantação do Programa Brasil Conectado teve início com a publicação do Decreto nº 7.175, de 12 de maio de 2010, que lançou as bases para as ações a serem construídas e implantadas coletivamente. O desafio do PNBL é traduzi-los em ações concretas capazes de promover, direta ou indiretamente, em um primeiro momento, o desenvolvimento da infraestrutura nacional e uma maior oferta do serviço, a preços mais baixos. Portanto, citar os programas que potencializam a inclusão digital no Brasil, se justifica pela necessidade de evidenciá-los aqui, a título de conhecimento e interação do assunto, a fim de demonstrar que os primeiros passos para um país se tornar mais globalizado, atualmente, já estão sendo dados. Cabe aos educadores incentivar e participar destas iniciativas para inteirar a escola no mundo informatizado. 4.2 Conceituando a exclusão digital Para fins de se apropriar do entendimento e reflexos que a inclusão digital tem gerado, deve-se ressaltar a realidade que a exclusão digital no Brasil demonstra, caracterizando os que não são incluídos digitalmente e que estão fora da linha de privilegiados no mundo virtual. A exclusão digital é um conceito dos campos teóricos da comunicação, sociologia, tecnologia da informação, história e outras humanidades, que diz respeito às extensas camadas das sociedades que ficaram à margem do fenômeno da sociedade da informação e da expansão das redes digitais. Ela tem sido assunto de debates entre várias organizações governamentais e multilaterais. Políticas de inclusão digital incluem a criação de pontos de acesso à internet em comunidades carentes (favelas, cortiços, ocupações, assentamentos) e capacitação (treinamento) de usuários de ferramentas digitais (computadores, DVDs, vídeo digital, som digital, telefonia móvel). (WIKIPEDIA, 2010). Porém, não se deve pensar que, apenas pelo fato destas pessoas sentirem a necessidade de acessarem as novas tecnologias disponíveis, elas estarão munidas dessas tecnologias ou mesmo serão delas conhecedoras. Conforme o filósofo Lévy, precisa haver condição para o uso das tecnologias: [...] não basta estar na frente de uma tela, munido de todas as interfaces amigáveis que se possa pensar, para superar uma situação de inferioridade. É preciso antes de mais nada estar em condições de participar ativamente dos processos de inteligência coletiva que representam o principal interesse do ciberespaço. (LÉVY, 1999, p. 238). Assim, entende-se que ao se propor a inclusão digital, de alguma forma ela precisa ser planejada dentro de uma ação pedagógica onde professores, coordenação e direção estejam dispostos a realizar a proposta de incluir seus alunos digitalmente dentro das mídias disponíveis. Na Figura 02 visualiza-se o mapa da exclusão digital no Brasil, considerando o acesso à internet, onde é possível observar que a realidade que permeia o país, está baseada no fato de que a maioria dos brasileiros não são incluídos digitalmente. Figura 02 – Mapa da exclusão digital no Brasil Fonte: Mapa da Exclusão Digital (INFOEXAME,2010) 4.3 Qual é a diferença do uso das tecnologias nas escolas públicas e particulares? Quando se pensa em uma escola com visão futurista logo vem a ideia de que as ferramentas tecnológicas, de maneira homogênea, substituem o caderno e lápis. Na realidade, isso não acontece. Na maioria das escolas públicas, observa-se a situação dos laboratórios de informática que, infelizmente, é precária, além de que, quando são utilizados nas aulas pelos professores, elas se tornam muito superficiais. Isso acontece pelo despreparo de alguns docentes ao utilizar as tecnologias, pelo pequeno número de computadores disponíveis e funcionando, pela falta de profissionais da área preparados para auxiliar os professores e também pela falta de envolvimento de todos. Porém, em alguns lugares do Brasil, o uso deste recurso tecnológico nas escolas públicas tem gerado um bom resultado. Um exemplo disso é o Projeto UCA3 (Um Computador por Aluno), onde prevê mudanças nas ações pedagógicas, que desde 2005 investiga a possibilidade de adoção de laptops infantis educacionais como um meio de elevar a qualidade da educação pública brasileira. Como pode-se conhecer, este projeto propõe a inclusão digital pelo uso de computadores também pela família do aluno em casa. O governo brasileiro pretende instalar laboratórios de informática em todas as 130 mil instituições de ensino público do país, projeto avaliado em 650 milhões de reais. As primeiras escolas serão as do ensino médio e em seguida as municipais, sendo que todas deverão ter pelo menos um laboratório de informática. Nas escolas particulares nota-se que a situação é diferente. Existe mais compromisso das pessoas envolvidas, de professores preparados e menos burocracia para investimentos materiais. Porém, não é raro encontrar laboratórios de informática de escolas públicas melhores que os de escolas particulares. Isso acontece pelo fato de que na rede pública as verbas são maiores e a exigência de profissionais mais capacitados também. Portanto, pode-se usar como referência o fato em que nas escolas particulares a inclusão digital está basicamente efetivada, baseado no fácil acesso aos recursos disponíveis. Já na escola pública, apesar do incentivo do governo de disponibilizar a tecnologia, ela realmente não tem sido apropriada de maneira funcional por alunos e professores. 5 DESCRIÇÃO E ANÁLISE DOS QUESTIONÁRIOS E DOS DADOS DA PESQUISA Com o intuito de analisar o uso das tecnologias por parte dos alunos e professores e a inserção das TIC em âmbito escolar, tendo por base a inclusão digital, foi realizada uma pesquisa de campo através de questionários entregues a alunos e professores de uma escola estadual de ensino médio do município de Lagoa Vermelha e, ainda, a dois professores especialistas na área de informática na educação. Cada questionário foi definido a partir da proposta de trabalho. Inicialmente, foi elaborado um questionário para os alunos, onde o teor das perguntas era investigar se realmente eles estavam em contato com as TIC e se o acesso para as mesmas era facilitado, analisando fatos como: a disponibilidade de computadores em casa e na escola, quais tecnologias eles possuíam acesso e, principalmente, destacar a importância dos mesmos. Num segundo momento, a pesquisa teve seu foco direcionado para os professores da mesma escola, sendo questionados docentes de várias disciplinas, inclusive de matemática, com intuito de focar o uso de tecnologias em diversas áreas, visando conhecer a estrutura para utilização dos computadores na escola, qual era o interesse dos professores em utilizá-los em suas aulas e a metodologia empregada para o uso dos mesmos. Para aprimorar a pesquisa, buscou-se também a opinião de dois professores da área de informática educativa, para possibilitar uma visão geral de como a inclusão digital pode gerar na educação a mudança de ensino tão esperada e quais são as perspectivas e concepções sobre a mesma. Com o roteiro da pesquisa esquematizado, foram entregues os questionários aos interessados, que prontamente retornaram as respostas. Após o recebimento dos mesmos, por e-mail e folha escrita, os dados obtidos foram analisados e apresentados a seguir, buscando descrever o cenário educacional em que a inclusão digital se identifica. A forma escolhida para a apresentação e análise dos resultados foi através de gráficos das questões principais dos alunos, ilustrando as conclusões em formato de tabelas para a comparação das respostas dos professores estaduais e análise de cada questão dos professores da área. 5.1 A inclusão digital na visão dos alunos Apresentamos a seguir, gráficos de avaliação dos alunos quanto à utilização de tecnologias e computadores com acesso à internet. Com base nos dados obtidos, foram gerados os seguintes gráficos, que irão apresentar as primeiras conclusões. Todas as perguntas dos questionários foram objetos de análise, como se mostra a seguir: Figura 03 : Computadores em casa. Fonte: dados primários. No grupo pesquisado, pode-se observar através do gráfico da Figura 03, que grande parte dos alunos não possui acesso a computadores domiciliares, fato este que leva os alunos a acessarem por outros meios. Na segunda questão proposta, foi perguntado se os alunos, mesmo os que não possuem computador em casa, utilizavam computadores para auxiliar em suas tarefas escolares, sendo que 71% responderam que raramente utilizam e outros 29% frequentemente, mostrando que nenhum aluno respondeu que nunca ou sempre utiliza. Ao serem questionados em quais locais possuíam acesso ao computador, a maior parte dos alunos demonstrou que acessa em cursos de informática ou lan houses totalizando 35%, já outros 25% acessam de sua própria residência e na mesma proporção acessam na casa de amigos, sendo que apenas 15% acessam da escola. É fato que estes alunos podem obter acesso aos computadores e à internet com pouca dificuldade, mas é no ambiente escolar que eles menos possuem contato com as tecnologias por vários fatores, começando pela indisponibilidade que a escola, muitas vezes, apresenta. Ao passo que estes estudantes encontram disponibilidade de acesso na maior parte em lugares públicos, eles demonstram interesse em encontrar a mesma facilidade de acesso no ambiente em que estudam, ou seja, integrar o aprendizado escolar à facilidade de acesso as tecnologias de rede. Figura 04 : Acesso à internet. Fonte: dados primários. O gráfico da Figura 04 salienta que o grupo de alunos pesquisados não possui fácil acesso à rede, ou a utiliza poucas vezes, caracterizando pouca participação dos mesmos na apropriação dos recursos que a internet proporciona. Quando questionados o que costumavam acessar quando estavam navegando na rede, demonstraram maior interesse (cerca de 45%) em sites de busca e pesquisa como o Google, por exemplo, sendo este navegador de busca o mais acessado pelos internautas brasileiros. Com esta interatividade dos jovens se tratando de sites de relacionamento e bate papo, 25% dos alunos escolheram o Orkut, MySpace e Twitter como sites que costumam procurar quando estão navegando na internet, além do MSN para conversação, sendo que sites de jogos demonstraram ser os que os alunos menos optaram. Estes resultados revelam, também, que os educadores necessitam ficar alerta e pensar e repensar de que forma estes “espaços” que conquistam os jovens poderiam contribuir para o ensino na escola. Assim, o profissional atual da educação, necessita estar atento e saber usufruir da melhor forma essas tecnologias de fácil acesso e que despertam a atenção e interesse da maioria dos alunos. Quem sabe desta forma, as TIC consigam estar presentes na escola por iniciativa dos alunos também, é claro, objetivando a contribuição aos conteúdos ensinados. Figura 05 : Dispositivos de armazenamento mais utilizados. Fonte: dados primários. Através do esboço do gráfico da Figura 05, é possível perceber quais dispositivos de armazenamento os alunos utilizam ou se interessam mais, sendo que a maioria optou pelo CD, que é considerado um dispositivo de fácil acesso, mas alegaram que usufruem com menos frequência das outras citadas também. Em se tratando do uso do computador, como auxiliar no aprendizado na escola, foi questionado se o grupo achava importante, sendo que 100% dos mesmos responderam que consideram muito importante, pois contribui para aprimorar o aprendizado das matérias e, por estarem mais envolvidos com o mundo atual e as novas tecnologias disponíveis, nenhum aluno desconsiderou a importância do uso, demonstrando não achar importante ou mostrando indiferença. Eles apresentaram grande interesse em utilizar as tecnologias como ferramentas de aprendizagem, completando com uma metodologia diferente para cada conteúdo. Figura 06 : Situação dos laboratórios de informática na escola. Fonte: dados primários. Como demonstrado no gráfico da Figura 06, realmente a escola não dispõe de fácil acesso a rede de computadores, fazendo com que os alunos pouco frequentem e fiquem em contato com as tecnologias. Dentre os principais motivos, pode-se destacar que a escola, no momento, não possui a infraestrutura necessária para o trabalho com os mesmos. A escola não está, muitas vezes, munida com professores e profissionais capacitados para atender os alunos no laboratório e realizar atividades planejadas e que tenham objetivo associado aquilo que os alunos estão aprendendo. Figura 07 : Software matemático. Fonte: dados primários. Apesar de estarem disponíveis na rede inúmeros softwares matemáticos, os alunos demonstram que pouco conhecem ou não possuem acesso a eles, registrando o fato de que os professores na área da matemática não costumam apresentar estas ferramentas de aprendizado aos alunos. É fato que estes recursos didáticos só trazem benefícios ao ensinamento dos conteúdos, pois a partir do conhecimento dos mesmos o aluno passa a ter uma visão mais aberta para aprender que a matemática pode ser ensinada em outras dimensões. Apenas dois alunos do grupo questionado demonstraram conhecer um software matemático, o jogo chamado Matblaster5. Em relação a um software destinado a trabalhar com os conteúdos matemáticos, os alunos demonstraram não conhecer nenhum. Para dar encerramento ao questionário sobre inclusão digital para o grupo pesquisado, foi realizado o questionamento a seguir transcrito, com as respostas individuais apresentadas logo após: a) Considera importante aprender Matemática utilizando como ferramenta o computador e seus recursos? A 1 : Sim, eu considero porque é um método de ensino que desperta o interesse dos alunos. A 2 : Sim, pois se tornam mais interessantes as aulas. A 3 : Sim, pois serve para nos aproximarmos mais das tecnologias e saber sobre suas utilidades. A 4 : Considero por ser um jeito novo de aprender e mais interessante, é uma maneira de juntar duas coisas que eu gosto: Matemática e informática. A 5 : Sim, é uma maneira de aprender mais e prestar mais atenção. A 6 : Muito, porque a matemática tem que ser ensinada de várias maneiras, inclusive com algum software. A 7 : Porque assim se aprende melhor a fazer contas . Os alunos demonstraram, através de suas justificativas, que realmente são a favor da utilização de novas tecnologias nas aulas, ferramentas essas que, segundo os questionados, aprimorariam o conhecimento e fariam com que a disciplina de matemática se tornasse mais interessante e fácil de aprender. Análise das respostas dos alunos Por meio dos questionamentos realizados o grupo demonstrou que, apesar de estar um pouco distante das tecnologias que a sociedade da informação disponibiliza, tem curiosidade, vontade de conhecer e interagir com os recursos tecnológicos. Pode-se perceber através dos gráficos e comentários no geral, que os alunos estudam em uma escola que dispõe de laboratório de informática para os professores usarem com os alunos, mas o mesmo não é usado frequentemente. Eles reconhecem que a utilização do laboratório de informática auxilia muito na aprendizagem dos conteúdos e sentem a necessidade de dispor dos recursos computacionais para seus estudos em diversas matérias, pois entendem que, se utilizassem, só acrescentaria conhecimento. Outro ponto importante é que demonstram querer ter acesso ao laboratório, justamente para tornar as aulas diferentes e menos cansativas e monótonas, pois assim sairiam um pouco da rotina, contando que na idade em que se encontram estão muito ativos e não gostam de atividades rotineiras. Vale destacar, também, os questionamentos com relação à disciplina de matemática, considerada muitas vezes difícil e cansativa, mas, mesmo assim, o grupo pesquisado aponta as vantagens que existiriam se utilizassem recursos tecnológicos para aprimorar as aulas desta matéria. Portanto, os alunos expressam não só o interesse, mas a necessidade de estarem interagindo com as tecnologias, recursos que o computador pode oferecer, pois sabem que na sociedade contemporânea é cada vez mais exigido o domínio de ferramentas tecnológicas, sendo que a expectativa de mudança está centrada no meio escolar. 5.2 A inclusão digital na visão dos professores Perguntas Respostas Professores de Matemática Professores de Ciências Professores de CPA 6 1. Você possui computador em casa? Sim Sim Sim 2. Tem acesso à internet? Sim Tenho Sim 3. Se a resposta for não, você utiliza o computador e acessa a internet na escola? Acessa de outro local? *** *** *** 4. Você utiliza computador para auxiliar em suas aulas? Raramente Frequentemente Sempre Sempre 5. O computador da escola que o professor tem acesso é de fácil disponibilidade? Sim Sim, porque são poucos os professores que o usam. Sim Sim, mas somente para professores. 6. O que entende por Inclusão Digital? Por inclusão digital entende-se das pessoas que tem o computador com acesso, acesso a rede e o domínio. É um facilitador para os deficientes físicos também. Acessibilidade à informação tecnológica por todos. É um objeto de pesquisa pelo qual podemos desenvol- ver trabalhos, visualizar imagens e fotos, obter informações sobre o mundo todo através da internet, pesquisar sobre diversos assuntos e conteúdos que enriquecem as aulas e o aprendizado dos alunos. É o acesso às tecnologias da informação por todos os indivíduos da sociedade. 7. A escola na qual trabalha, dispõe de infraestrutura para o ensino das aulas no laboratório de informática? Aponte os prós e contras: Sim, dispõe de infraestrutura, porém os professores da disciplina precisam dominar o assunto e a máquina. Os contras: os computadores estão abertos para internet, Orkut, etc. Dispõe, mas por falta de manutenção realizada pelo governo nos computadores as aulas são prejudicadas. Sim, a escola recebeu computadores novos que estão sendo instalados para o uso dos alunos. As aulas de ciências ficam mais interessantes e de fácil compreensão quando conseguimos aplicar com imagens no computador e na internet. Contras: Não tem um computador para cada aluno. Não, pois dispomos de computadores, no entanto, não temos espaço físico nem ao menos recursos humanos para que o laboratório de informática possa funcionar. 8. Com que frequência trabalha com seus alunos no laboratório de informática e que recursos são utilizados? Sempre que possível em fim de capítulos ou véspera de provas (fazer exercícios). Só havia 03 computadores, impossível realizar o trabalho. Quando tínhamos o laboratório era de 15 em 15 dias devido ao número de alunos e professores que também utilizavam. Não trabalho, devido a não termos acesso. 8.1 Os alunos colaboram com as atividades desenvolvidas no laboratório de informática? Na minha disciplina sim. Colaborariam se fosse possível o trabalho. Sim, às vezes alguns tentam entrar em sites diferentes daquele que estamos trabalhando. Não temos acesso. 8.2 Cite pelo menos um software educativo que conhece, e se já trabalhou em sala de aula com algum. Tenho meus próprios programas (software). Ática: com gráficos, já trabalhei no 1º ano as funções quadrática, exponencial, logarítmica e trigonométrica. Já trabalhei com alguns de ciências, a maioria das vezes são conteúdos retirados da internet. Os caça - pistas. 9. Em sua opinião, o que está faltando para uma maior acessibilidade às ferramentas tecnológicas, como o computador na escola? Pessoas qualificadas no setor. Agora que chegaram novos computadores acho que há possibilidade de melhorar, pois são novos e os técnicos vieram arrumar os que estavam estragados. Acho que falta um incentivo do governo federal em equipar as salas de aula com um computador por aluno, isso seria muito proveitoso, favorecendo as aulas de biologia e ciências. Penso que o Estado deveria antes de investir em “máquinas” pensar em destinar recursos para a construção de um espaço adequado. 10. A participação dos professores em cursos e oficinas que auxiliam e orientam quanto à utilização dos recursos computacionais seria importante? E a disponibilidade para participar dos mesmos? Com certeza. A disponibilidade é assunto à parte. É extremamente importante, os professores tem carga horária cheia, às vezes falta tempo devido ao trabalho excessivo. Sim, seria muito importante e os professores estaduais tem pouca disponibilidade para participar de cursos. Sim, com toda certeza. 11. Tem algum comentário sobre as formas de inclusão digital nas escolas? Alguma sugestão? Primeiramente, oferecer um curso para professores de Word e Power point. Que a instrumentalização dos professores fosse feitas durante as aulas, alguns professores participam dos cursos depois outros, e professor e aluno saibam utilizar. As escolas deveriam ter um professor disponível na sala de informática em todos os horários para auxiliar o professor. Penso que de nada adianta, treinamento para professores se não se dispõe de laboratório adequado na escola. Figura 08 - Quadro de avaliação dos professores quanto à utilização dos recursos computacionais nas aulas. Fonte: Dados primários. Análise das respostas dos professores Pode-se notar na Figura 08, que todos os professores do grupo pesquisado possuem acesso ao computador e à rede de internet, mas revelam que somente alguns costumam usar para auxiliar em suas aulas, seja para pesquisa de conteúdos ou para aplicação de alguma atividade. Verifica-se que ao responderem o que entendem por inclusão digital, demonstram possuir algum conhecimento com relação ao objetivo da mesma e destacam a importância de estarem presentes na escola recursos tecnológicos, mas, mesmo assim, não tem uma visão clara de que inclusão digital não é somente acesso a tecnologias. Com relação à infraestrutura que a escola em que lecionam apresenta, respondem que o laboratório de informática não está totalmente equipado para receber os alunos, citando a falta de computadores para todos e não somente para alguns, sem contar que sentem necessidade de um profissional na área de informática para auxiliar com as aulas no laboratório. Ao serem questionados quanto a possuírem conhecimento de algum software educativo para aplicar nas aulas, revelam conhecerem poucos, mas que já trabalharam com os mesmos em algumas aulas. Relatam, também, da importância do professor estar constantemente atualizado quanto a utilização de recursos tecnológicos e, por serem professores de escolas públicas, sugerem que o governo incentive através de projetos os docentes a se especializarem. Na conclusão dos questionários, contribuíram apresentando alternativas e expectativas quanto às formas de inclusão digital na escola, ressaltando que, ao passo que os professores necessitam se inteirar dos recursos tecnológicos, a escola necessita estar capacitada para a aplicação dos mesmos nas aulas, com um profissional disponível na sala de informática e estrutura adequada tornando, assim, as aulas dinâmicas e proveitosas. 5.3 A inclusão digital na visão de professores da área de informática na educação Com o intuito de aprimorar o conhecimento e ressaltar a importância do uso de tecnologias nas escolas, complementando a pesquisa com os alunos e professores de uma escola pública do município de Lagoa Vermelha, tornou-se necessário saber a opinião de professores da área de informática na educação, os quais se destacam pelos seus trabalhos em prol da inclusão digital. Serão citados os nomes dos professores com permissão dos mesmos, sendo que o professor Adriano respondeu por e-mail ao questionário e o professor Max gravou a entrevista na qual foi transcrita a seguir. Apresemos as seguintes perguntas: Tratando-se de Inclusão Digital e o uso de computadores na escola: 1) A forma da qual tem sido utilizada a tecnologia nas escolas, em modo especial as escolas públicas, têm gerado um resultado satisfatório? Para o professor Adriano Canabarro Teixeira: É claro que não se pode dizer que toda a escola pública tem utilizado da mesma forma, nem tampouco que existem diferenças muito gritantes entre a forma como a tecnologia é utilizada na escola pública e na escola privada. Sempre existem exceções. O que se pode dizer é que, quando se tem à disposição uma tecnologia baseada nas redes, como é o caso da internet, uma proposta metodológica tradicional, baseada na transmissão e no acesso à informações acaba por subutilizar o potencial de comunicação e criação destas tecnologias, como é o caso dos computadores, principalmente os conectados à internet. Assim, de modo geral, é possível afirmar que as tecnologias tem sido subutilizadas nas escolas uma vez que suas características mais marcantes, como a comunicação e a colaboração, são as primeiras a serem proibidas a partir do “corte” do msn, do Orkut, e de outras tantas ferramentas que poderiam servir à educação como espaço de interlocução. Enquanto o professor Max G. Haetinger entende que: Quando a gente pensa sobre esta realidade, a gente tem que imaginar que existem muitos brasis dentro deste nosso Brasil, e em muitos lugares aonde a tecnologia tem chegado e aonde nós estamos conseguindo capacitar os professores, ela tem sido sim um sistema de referência e tem feito sim a diferença em muitas destas escolas. As escolas hoje que possuem internet, que possuem sala de informática que os professores utilizam esses equipamentos, tem mudado muito essa relação motivacional com os alunos. Então nós temos muitas realidades distintas, mas se a gente poder generalizar, as escolas municipais do nosso país, tem crescido muito no atendimento da educação com tecnologia, já as escolas estaduais, tem ainda um caminho maior a buscar e as escolas particulares a tecnologia hoje já é comodes, ou seja, em todas elas está acontecendo. 2) Que tipo de planejamento deve ser realizado para que o uso de computadores por parte dos professores seja proveitoso? Segundo o professor Adriano Canabarro Teixeira: Penso que não existem respostas definitivas para isto. De qualquer forma, percebo que algumas ações podem ser produtivas, como, por exemplo: 1- Trabalhar em uma dinâmica de parceria, entre professores, ou seja, mais de um professor no laboratório, e com os alunos, onde cada criança seja reconhecida como um parceiro de aprendizagem que pode, a partir do domínio da ferramenta que tem, contribuir na construção de recursos educacionais com vistas à exemplificação de um conceito. Assim, ao construir uma história em quadrinhos, por exemplo, para explicar o conceito X, alunos e professores precisam explorá-lo ao máximo para que possa ser representado... E isto é legal. 2- Criar espaços de formação de professores para a apropriação (e não utilização) pedagógica das ferramentas. Ou seja, mais vale saber o potencial da tecnologia do que dominá-la. O papel do professor é criar desafios pedagógicos para seus alunos resolverem com o auxílio da tecnologia. 3- A utilização da dinâmica de projetos de aprendizagem inter e multidisciplinares envolvendo diversas áreas do conhecimento e seus professores e, principalmente, que partam das demandas do grupo de alunos. Max G. Haetinger aduz: Notem, qual é o planejamento que é necessário para que esta utilização seja conveniente e mais do que isso, possa gerar qualidade na aprendizagem? É necessário primeiro, uma capacitação dos professores, e no entendimento de que a informática e todos os recursos digitais que nós temos na escola, lousa eletrônica, computadores, dvd, televisões são ferramentas a serviço do processo ensino aprendizagem, e não o contrário. Portanto, muito mais importante do que a ferramenta, o educador neste planejamento tem que melhorar a qualidade das suas relações interações na sala de aula. Claro, que para melhorar esta qualidade, vai ser necessário usar a televisão, vai ser necessário usar o dvd, vai ser necessários usar o computador, com certeza. Então, essas ferramentas elas ajudam o quê? A melhorar a qualidade da aprendizagem, então elas dentro do planejamento deve se comportar como ferramentas e não como norteadoras. 3) O uso de computadores complementa ou auxilia a compreensão do conteúdo trabalhado pelos professores? Na opinião do professor Adriano Canabarro Teixeira: Penso que a flexibilidade das tecnologias não só complementam e auxiliam como potencializam o trabalho dos professores, possibilitando o acesso a uma infinidade de desdobramentos e representações dos conceitos que nós professores não temos a mínima possibilidade de oferecer. Os computadores (especialmente os conectados à internet) são laboratórios de construção e representação do conhecimento, desde que reconhecidos como tal e de que cada um dos agentes educacionais assuma o papel de criadores de tecnologia e não de utilizadores. Nas palavras do professor Max G. Haetinger Não é o computador por si só ou o recurso digital que aumenta a relação do educando com os conteúdos, é claro que se eu tenho uma ferramenta que auxilia a motivação, que auxilia a interação, que auxilia esse aluno se sentir no ambiente aonde ele domina e coordena as ações é claro que esta ferramenta vai ser eficaz na aprendizagem. Então, é importante ter esta fronteira de que o computador, como a televisão, como o dvd, como os jogos com dinâmicas, podem sim melhorar a compreensão do aluno na sala de aula, todos são ferramentas didáticas pra esse fim, ou seja, elas nos auxiliam, mas dependem de um professor capacitado pra que ela possa ser uma ferramenta que seja usada para esse fim. 4) As escolas, em sua opinião, têm se adaptado às Tecnologias de Informação e Comunicação? Nas palavras do professor Adriano Canabarro Teixeira: Como respondido na primeira pergunta, penso que as escolas tem tentado formatar as tecnologias à dinâmica rígida, vertical e hierarquizada do ensino tradicional, o que é um erro gravíssimo no momento em que estas tecnologias são flexíveis, reticulares e libertadoras. Segundo o professor Max G. Haetinger A primeira coisa, é que essas siglas novas causam um pouco de estranheza no universo escolar, então as tecnologias da informação e da comunicação que a gente chama hoje de TIC, assim entendida nesta sigla TIC, nada mais são do que o uso de ferramentas eletrônicas digitais na sala de aula e uso das mídias dentro da sala de aula. Eu acho que em todos os lugares, já há uma consciência comum nos educadores, de que é necessário sim a utilização das tecnologias, das novas tecnologias na sala de aula, do computador, da TV, do MP3, agora ter essa consciência de ter essas ferramentas e saber usá-las, esse é um outro passo que nós temos que dar agora rumo a este segundo momento dentro da informática, porque pra mim a informática na educação ela se compõem de alguns momentos. Tem um primeiro momento em que a ferramenta chega, e que a gente quer entender a ferramenta por ela só, no momento que se criou até em muitas escolas disciplinas de informática, ou de aprender word, ou seja, disciplinas que ensinavam a técnica do computador. Esta fase está superada. Existe uma segunda fase, da inclusão digital dentro das escolas, que a gente chama de fase da ferramenta, aonde o computador deixa de ser esta ação por si só, e começa a ser uma ferramenta de aprendizagem, aonde os professores começam a usar na sala de aula. A terceira fase, é a fase da interação, aonde a gente começa não só a utilizar o computador, mas a promover conteúdos, ou seja, nos vamos fazer sites, vamos fazer blog, nós vamos postar vídeo, nós vamos postar áudio. E uma quarta fase, é aquela fase da construção, aonde o computador vai nos auxiliar em grande projetos de ensino e aí vem a robótica, e aí vem a composição de placas de circuito, a realização de programas, ou seja, já é um passo muito elevado. Nós estamos hoje no Brasil, entre dois passos, entre o primeiro passo de acreditar que o computador, o fascínio da máquina, e que ela só por si só, aprendendo ela já basta e indo pro segundo passo, aonde eu tenho que adaptar os conteúdos escolares, e as ações pedagógicas à utilização também do computador mas não somente ele, porque ele não é a única tecnologia da educação, pois o vídeo é fundamental, o áudio é fundamental também. 5) O que é pra você a Inclusão Digital? Para o professor Adriano Canabarro Teixeira: [...] Assim, propõe-se o alargamento do conceito de inclusão digital para uma dimensão reticular, caracterizando-o como um processo horizontal que deve acontecer a partir do interior dos grupos com vista ao desenvolvimento de cultura de rede, numa perspectiva que considere processos de interação, de construção de identidade, de ampliação da cultura e de valorização da diversidade, para, a partir de uma postura de criação de conteúdos próprios e de exercício da cidadania, possibilitar a quebra do ciclo de produção, consumo e dependência tecnocultural. (TEIXEIRA, 2010, p. 39). Segundo o professor Max G. Haetinger: Acredito que na pergunta anterior eu respondi já a tua pergunta nº 05, ou seja, estamos começando esta segunda fase, aonde os professores capacitados, começam a usar a informática, pra produzir conteúdo, pra relacionar o seu conteúdo, pra promover pesquisas mais interativas, pra trabalhar com projetos, e talvez em breve a gente esteja ingressando na outra fase, que se torna quase que um passo bem rápido, depois desta segunda fase, que é a fase de promover o computador para a interação, ou seja, pra informar comunidades, pra relacionar, pra usar redes sociais, pra fazer sites, e etc... como a gente já conversou. E deixo como recado importante, quando se fala de informática na educação, que muitas fronteiras ainda estão para serem descobertas, mas a maior fronteira que nós temos que entender, é que agora nós estamos buscando convergência, ou seja, uma máquina que possa nos promover toda uma relação como nós estamos tendo agora ao falar pelo computador, ou seja, por isso que é fundamental que o professor se capacite pra usar os recursos de informática educativa, porque sem ele os próximos 20 anos, nós não vamos promover uma sala de aula que vá além das paredes, e no mundo plano, no mundo aonde todos pertencemos a mesma humanidade no real sentido da palavra, se eu continuar ensinando pessoas entre quatro paredes, eu estou condenando elas ao desemprego, a exclusão, a falta de futuro. Um beijo no coração de todos. 6) Você poderia comentar sobre o projeto “Mutirão pela Inclusão Digital” ? Professor Adriano Canabarro Teixeira, responsável pelo projeto: objetivo geral do projeto é implementar ações de Inclusão Digital com vistas à apropriação das tecnologias de rede por parte dos grupos de usuários da política de assistência social em uma perspectiva de ambiente comunicacional e de exercício da cidadania. Específicos Objetivos específicos são os de realizar oficinas de Informática e Cidadania, que deverão, através da utilização de ferramentas livres, proporcionar a implementação de projetos interdisciplinares e de resgate da cidadania juntamente com os grupos de usuários da política de assistência social. Desenvolver atividades de divulgação de Software Livre, enquanto alternativa economicamente viável, no sentido de promover a utilização destes softwares em espaços públicos de acesso, organizações não-governamentais e para a sociedade em geral. Desenvolver ações de captação de recursos e convênios para auto-sustentabilidade do projeto. Realizar eventos de caráter regional com vistas à troca de experiências e desenvolvimento de reflexões referentes à Inclusão Digital e Software Livre. Tornar as atividades do Mutirão pela Inclusão Digital, um espaço de interseção entre ensino de graduação de pós-graduação, pesquisa e extensão. Metodologia do projeto: O projeto Mutirão Digital pretende dar sustentação à criação de um programa de inclusão digital da Universidade de Passo Fundo (ver nota 2) e está estruturado nas seguintes vertentes: A) Oficinas de Informática e Cidadania Esta iniciativa possui por objetivo proporcionar a apropriação das tecnologias de rede aos sujeitos e grupos atendidos através do desenvolvimento de atividades interdisciplinares que demandem na experiência de processos autorais com e através das tecnologias digital de rede. Para tanto, é necessário desenvolver atividades contextualizadas à realidade dos sujeitos e que, desta forma, despertem o potencial criativo dos indivíduos em uma dinâmica de reconhecimento das tecnologias digital como elementos colaborativos, comunicacionais e de exercício da cidadania. Tais oficinas serão ministradas preferencialmente nas dependências na Universidade de Passo Fundo, tendo como responsáveis monitores das instituições e organizações envolvidas, alunos dos cursos de Ciência da Computação e licenciaturas e os professores da instituição. Tendo sua periodicidade acertada com conforme projetos específicos definidos junto às instituições. Os alunos de mestrado em educação deverão auxiliar na realização de pesquisas que contribuam para o avanço do conhecimento na área de informática educativa e inclusão digital. B) Software Livre para Todos. Esta iniciativa visa divulgar a filosofia de software livre entre a sociedade em geral, através da realização de eventos internos e externos, palestras para escolas e empresas e demonstrações em locais públicos e de grande circulação de pessoas. Esta vertente está intimamente ligada ao projeto Kit Escola Livre, para o qual o Mutirão contribui na sustentação teórica. Neste ano vindouro, se manterá a equipe de apoio que faça a instalação do Kelix nos computadores doados pela FUPF. Tal atividade será desenvolvida na estrutura do laboratório de tecnologias de inclusão social. C) Fortalecimento da linha de pesquisa em Inclusão Digital Esta linha deverá intensificar suas ações e suas reflexões teóricas, ampliando aspectos interdisciplinares, especialmente pela participação de alunos do programa de mestrado em Educação da UPF. O grupo, além dos momentos de aprofundamento teórico, que possuem periodicidade semanal1, terá como laboratório todas as ações desenvolvidas pelo projeto a fim de entender como se dá este fenômeno na região de abrangência da instituição, qual a profundidade dos processos de exclusão, quais suas implicações e quais as possíveis formas de reversão. Todo este processo deverá culminar na permanente produção científica e no fomento de momentos de discussão com a comunidade em geral, calcadas em reflexões teóricas, análise de atividades práticas e principalmente discussões com a comunidade externa, além, é claro, das trocas efetuadas com outros grupos, reconhecidamente preocupados com esta realidade. D) Eventos comunitários Buscando agregar esforços às ações existentes na área de inclusão digital e software livre no Brasil e especialmente no estado do Rio Grande do Sul, acredita-se fundamental discutir amplamente as implicações e as potencialidades de iniciativas nestas áreas, bem como sobre a íntima relação existente entre estes dois processos sociais. Para tanto, é necessário que se questione e reflita sobre a urgente ampliação político-conceitual do termo 'inclusão digital' a fim de que possa, efetivamente, contribuir para que iniciativas nesta área possibilitem a inclusão dos indivíduos no novo espaço social contemporâneo, e nele, possam exercer sua cidadania. No mesmo sentido, a fim de construir um caminho que privilegie o desenvolvimento tecnológico e o rompimento com a dependência tecno-científica, é fundamental que se crie a cultura de utilização e desenvolvimento de software livre a fim de que, gradativamente, se possa reforçar o pioneirismo brasileiro também nesta área. Desta forma, prevê-se a realização do 5° Seminário Regional de Inclusão Digital e Software Livre com o objetivo de aprofundar as reflexões acerca de Inclusão Digital e Software Livre, onde, a partir de momentos de socialização de experiências, discussão do contexto social e reflexão sobre a realidade regional, se possa estabelecer parcerias, fomentar ações e contribuir para o desenvolvimento da região de abrangência da instituição. O Mutirão pela Inclusão Digital, também manterá a realização dos 'Dias de Inclusão Digital', onde grupos específicos participam de breves momentos onde criam seus e-mails, aprendem a utilizá-los e recebem um folheto com a indicação dos espaços de acesso público e gratuito na cidade. E) Adequação das ações do projeto à legislação pertinente Com vistas ao melhor enquadramento do projeto à legislação de Assistência Social, se dará continuidade ao trabalho de 2009, com vistas à adequação das ações do projeto à LOAS, sendo um dos principais objetivos, a criação de indicadores de avaliação e acompanhamento específicos para ações de inclusão digital. Analisando o ponto de vista dos professores questionados Como é possível perceber, os dois professores ao serem questionados concordam que a tecnologia tem gerado um bom resultado, desde que haja um comprometimento por parte dos professores também e a escola esteja engajada em uma ação pedagógica que possibilite o mesmo. Ao serem questionados a respeito dos professores com o uso das tecnologias e se realmente tem gerado um resultado satisfatório, o entendimento foi de que, havendo um planejamento conveniente e com professores capacitados, há sim um resultado satisfatório, sendo que o profissional precisa se apropriar de dinâmicas que possibilitem seu uso. No que diz respeito à função do computador auxiliar ou complementar a compreensão dos conteúdos, concordam que as duas funções são válidas se estiverem presentes de uma forma onde o professor se inteire das dinâmicas, assumindo seu papel neste processo. As TIC na opinião dos professores, tem acontecido nas escolas mas, infelizmente, a escola ainda possui um sistema de ensino vertical e hierarquizado. Mesmo assim, o caminho já está sendo traçado. Portanto, os professores na maioria das respostas concordaram que realmente o caminho da inclusão digital ainda é longo, mas é possível desde que haja interação entre professores capacitados e alunos inseridos neste ciberespaço. 6 APLICAÇÃO DO SOFTWARE RÉGUA E COMPASSO COM OS ALUNOS DE ENSINO MÉDIO Com o objetivo de investigar se os alunos possuem domínio dos recursos tecnológicos engajados na inserção das TIC na escola e apresentar um software matemático como ferramenta de ensino, foi realizada uma atividade com seis alunos da Escola Estadual de Ensino Médio Dr. Araby Augusto Nácul do município de Lagoa Vermelha, os quais estão concluindo o terceiro ano do ensino médio, atividade que fez parte também do Estágio Supervisionado II da autora deste trabalho. Devido a escola estadual ter recebido computadores novos através do programa do governo PROINFO, as novas máquinas ainda não haviam sido instaladas no laboratório de informática da escola e das antigas máquinas apenas 03 das 20 existentes estavam em condições de uso. Encontrando esta dificuldade para a aplicação do software, foi buscado auxílio junto à UPF - campus de Lagoa Vermelha -, com o objetivo de poder usar o laboratório de informática que o campus possui. Prontamente, a direção do campus aceitou o pedido de utilização o laboratório e, através da disponibilidade que a universidade apresentou, foi instalado nas máquinas o software para poder trabalhar com os alunos da E.E.E.M. Dr. Araby Augusto Nácul. Os alunos foram deslocados da escola até a universidade e, além de realizarem uma atividade diferente, tiveram a oportunidade de conhecer o campus da UPF na cidade de Lagoa Vermelha. Um dos alunos possui dificuldade de locomoção, uma vez que possui deficiênica física, mas a atividade foi realizada de forma que ele pudesse participar igualmente com os seus colegas. Com tudo articulado para a aplicação do software, buscou-se através desta atividade atender a proposta de incentivar a inserção de novas tecnologias no contexto da educação matemática. Resumidamente, a atividade principal foi a apresentação do software aos alunos e trabalhar com construção por partes de um triângulo isósceles e outra construção de um triângulo equilátero. Observou-se que os alunos se interessaram em construir figuras geométricas planas no computador e também que os mesmos nunca haviam trabalhado com este software, fato este que se confirmou após o questionário de avaliação aplicado em seguida à conclusão da atividade no computador. O trabalho dos alunos com o computador foi registrado através de fotos, a fim de visualizar a situação que se criou durante a atividade e, ainda, para demonstrar que realmente foi atingido o objetivo proposto. 6.1 Conhecendo o software Régua e Compasso O Régua e Compasso é um software freeware, composto por ferramentas relacionadas à geometria dinâmica7, no qual a utilização do mesmo possibilita maior compreensão no ensino e aprendizagem da matemática, despertando a criatividade, o raciocínio e o senso crítico do aluno. Este software visa a exploração das funções que possui, abordando conteúdos que enfatizam o estudo das figuras geométricas planas e geometria analítica, além de vários recursos extras. Caracteriza-se como um software de fácil manuseio, possibilitando a construção de figuras geométricas das mais simples às mais complexas, composto por uma interface bem apresentável e didática, instigando a criatividade e a descoberta. Destaca-se a importância do Régua e Compasso como ferramenta para aprimorar o conhecimento da geometria, sendo que o software está disponível no endereço eletrônico: http://www.professores.uff.br/hjbortol/car/ O motivo da escolha deste software foi pelo mesmo possuir o objetivo de analisar e buscar várias concepções sobre o uso de novas tecnologias e propiciar conhecimentos e definições na aprendizagem da matemática, principalmente no estudo de geometria plana. 6.2 Período da realização da atividade com o Régua e Compasso Para dar início às atividades, foi conversado com os alunos e apresentados os objetivos a serem atingidos com a atividade e, ainda, explicada a proposta a ser realizada na atividade. Seguindo o cronograma, foi apresentado o software aos alunos, explicado como ele funciona de maneira básica e demonstrado passo-a-passo suas ferramentas de trabalho. A atividade proposta foi a construção das figuras, como demonstrado nos apêndices. Ao final da atividade, realizou-se um check-list de avaliação com alunos para saber qual foi a percepção dos mesmos: Os alunos participantes serão identificados como A1, A2, A3, A4, A5 e A6, sendo que o A7 não estava presente no dia da atividade. Todos responderam ao questionário proposto, como forma de valorizar sua opinião a respeito desta atividade. Abaixo, a Figura 09 apresenta uma imagem dos alunos trabalhando com o programa: Figura 09 – Alunos praticando as atividades com o software. Fonte: Dados primários. Figura 10 – Alunos praticando as atividades com o software. Fonte: Dados primários. 6.3 Avaliação com os alunos sobre o uso do software Com o intuito de apresentar o resultado da atividade com o software Régua e Compasso, através da opinião dos alunos, foi realizado um questionário de avaliação referente a prática desenvolvida. Através deste questionário, com algumas perguntas, os alunos participantes puderam expor sua avaliação quanto à atividade e registrar opiniões e comentários pertinentes à aula. Questão 01 – Você já conhecia o software Régua e Compasso? Todos os alunos responderam que não conheciam e A6 ressaltou que achou muito interessante. Questão 02 – O que você aprendeu na atividade que realizou hoje? A 1 : Aprendi a desenhar triângulos e a saber o valor de seu segmento. A 2 : Como desenhar polígonos. A 3 : Aprendemos sobre polígonos e como desenhá-los no computador. A 4 : Aprendi a fazer triângulos com o software, e a utilizar novos recursos na internet. A 5 : A fazer um triângulo equilátero. A 6 : Aprendi a fazer figuras e achar o seu valor no programa do software Régua e Compasso. Questão 03 – Considera importante usar um recurso tecnológico no computador, como este software, nas aulas de matemática? Justifique. A1: Considero muito importante sim, pois nos ajuda a aprender sobre figuras, de uma maneira diferente. A2: Sim. Pois é um método inovador de ensino que desperta o interesse dos alunos. A3: Sim, pois as pessoas estão cada vez mais precisando dos computadores e com isso as aulas ficam mais divertidas. A4: Sim, porque é mais uma maneira diferente de aprender, é menos cansativo que nas aulas normais e é bom para mim ir aprendendo a usar os recursos tecnológicos. A5: Sim, porque fazendo a figura, vendo os valores em aulas práticas, além de entendermos melhor é bem mais aproveitável. A6: Sim, é um novo modo mais interessante e fácil para aprender matemática, e ainda mais legal para quem gosta de usar o computador. Questão 04 – Deixe um comentário sobre a aula de hoje. A 1 : Gostaria de dizer que gostei muito, é muito bom desenhar no computador. Mas gostaria de voltar outras vezes, pois o nosso tempo foi curto. A 2 : Gostei da aula e acho que esse tipo de atividade deveria se repetir mais seguidamente. A 3 : A aula de hoje foi muito divertida e deveria se tornar mais comum. A 4 : Foi uma aula diferente, muito boa, não foi cansativa, conheci coisas novas e, para mim, foi uma das ótimas aulas que já tive. A 5 : A aula de hoje foi boa, porque além de um pouco complicada, eu especialmente aprendi como fazer as figuras, e foi bom e proveitoso, além de menos cansativo. A 6 : Legal, interativa, aprendi muito e é um modo novo de aprender matemática. 6.4 Uma análise da avaliação realizada com o software educativo Ao iniciar uma análise da atividade realizada com o grupo de alunos mencionado acima, não se pode deixar de mencionar a satisfação sentida pela autora do trabalho ao cumprir com êxito a tarefa a que se propôs: fazer com que alguns alunos utilizassem e avaliassem o software matemático Régua e Compasso. A participação dos alunos foi unânime e integral, sendo que eles colaboraram e demonstraram grande interesse e satisfação ao estarem em contato com essa ferramenta tecnológica, um software de caráter educativo, dinâmico e ao mesmo tempo inovador, uma vez que trouxe para atividade realizada uma forma interessante de aprender a geometria plana de outro “ângulo”. Pode-se afirmar que foi de grande contribuição a participação dos alunos e que os professores da disciplina de matemática da escola onde eles estudam, ficaram contentes em saber que seus alunos tiveram a oportunidade de conhecer esta ferramenta educativa. No decorrer da atividade foi possível notar a dificuldade de alguns alunos ao trabalhar com o computador, mesmo com as ferramentas básicas, pois, além de não possuírem fácil acesso, também acabam demonstrando pouca coordenação motora. Portanto, após o término do procedimento proposto, pode-se concluir que a atividade foi realizada com êxito, onde a meta/objetivo almejado ao levar estes alunos a conhecerem mais uma ferramenta tecnológica foi superada e, de alguma forma, o processo de disponibilização de acesso às novas tecnologias foi iniciado com essa turma de alunos. 7 CONSIDERAÇÕES FINAIS Ao final deste trabalho monográfico, pode-se perceber que a inclusão digital, com o uso de recursos tecnológicos na escola ainda tem um longo caminho a ser percorrido. Através de um estudo em relação às tecnologias da informação e comunicação, que são os meios que possibilitam que os recursos tecnológicos façam parte das aulas, percebeu-se que há várias formas das mídias digitais que podem fazer parte do cotidiano do aluno, sendo que ele, aluno, já se utiliza destas mídias fora do espaço escolar. Desta forma, busquei subsídios de diferentes autores sobre o estudo da Inclusão Digital e da presença das TIC em sala de aula. Da soma entre as tecnologias e as ações pedagógicas, nascem oportunidades de ensino e toma-se consciência de que o professor, dentro deste contexto, tem um papel importante ao se deparar com estes novos recursos de aprendizado. Em face desta realidade que o professor enfrenta, ele deve se posicionar a favor da investigação e criação de meios para a melhor interação com a realidade dos seus alunos. Nesta perspectiva, Behrens comenta que: Em parceria, professores e alunos precisam buscar um processo de auto-organização para acessar informação, analisar, refletir e elaborar com autonomia o conhecimento. O volume de informações não permite abranger todos os conteúdos que caracterizam uma área do conhecimento. Portanto, professores e alunos precisam aprender a aprender como acessar a informação, onde busca-la e o que fazer com ela. (BEHRENS, 2000, p. 71). Ao tomar conhecimento de que existem projetos já instalados, para que a inclusão digital de fato aconteça, percebeu-se, através da análise dos questionários respondidos, que os alunos do grupo pesquisado, estudantes de uma escola pública de Lagoa Vermelha, em sua maioria não estão totalmente conectados as tecnologias disponíveis. Com referência à disseminação dos computadores, notou-se que eles não estão totalmente inseridos na vida dos alunos. Muitos possuem pouco acesso às informações na internet e a outras ferramentas. Da mesma forma, o grupo de professores de três disciplinas desta escola pública, que desenvolvi a minha pesquisa, também demonstraram não possuírem facilidade de acesso a este recurso. Eles acabaram justificando que deve haver um projeto pedagógico para que, da melhor forma, as mídias estejam a favor da educação. De fato, é certo que deve haver inteiração com os conteúdos, como foi possível destacar durante este trabalho. Ao aprimorar o conhecimento a respeito do tema desta pesquisa, foi de grandiosa contribuição os questionários avaliados pelos professores da área que, com sua opinião sólida sobre as facetas que a inclusão digital apresenta no ambiente escolar, fizeram amadurecer o entendimento no decorrer da pesquisa. Ao confrontar a teoria com a prática, no desenvolvimento de uma atividade com o software matemático “Régua e Compasso”, contribuíram para que os alunos pudessem expressar suas habilidades ao se deparar com ferramentas tecnológicas e apresentar seus anseios na ideia de que estas atividades deveriam fazer parte de seu cotidiano escolar. Portanto, ao término do trabalho se cria um momento de reflexão e pensamento de que a problematização inicial, caracterizada pelo questionamento: a escola, como integrante na formação de cidadãos, está proporcionando o espaço para a inclusão digital dos indivíduos que compartilham dela?. Realmente a pesquisa leva a entender que há um longo caminho a ser percorrido, mas que, de fato, um primeiro momento já está acontecendo no ambiente escolar onde, aos poucos, as TIC estão fazendo o desencadeamento de um espaço de interatividade, comunicação e conhecimento, levando os alunos, sujeitos do processo educativo, se tornarem cidadãos e assumirem o seu papel na sociedade da informação. Analisando a importância de a escola assumir o papel de espaço de inclusão digital, este estudo contribuiu para compreender a importância do uso de recursos tecnológicos a favor da educação, as formas e possibilidades de serem aplicados e um estudo da real situação com a pesquisa de campo. Sendo assim, conclui-se que o objetivo inicial almejado no início desta pesquisa, foi alcançado com êxito, devido ao empenho em buscar, descrever e analisar os dados obtidos, referências teóricas e de suma importância à participação dos professores de nível superior, que com seu conhecimento a respeito do assunto e disponibilidade para participar da pesquisa, contribuíram para que este trabalho alcançasse um bom resultado. Destaco que esta pesquisa foi importante para minha formação acadêmica, não só por possuir a missão de educadora, na busca incessante pelo conhecimento, mas também por ser um assunto que sempre me despertou muito interesse, no uso de recursos tecnológicos para educar, e desta forma progredir meu pensamento em levar adiante este estudo, em um curso de pós-graduação na área de uso de novas tecnologias. REFERÊNCIAS ALBA, Maria. HERNANDEZ, Fernando e colaboradores. [et al.]. Tecnologias para transformar a educação . Porto Alegre: Artmed, 2006. BEHRENS, Marilda Aparecida. MORAU, José Manuel. MASSETO, Marcos. Novas tecnologias e mediação pedagógica . Campinas, São Paulo: Papirus, 2000. BETTS, Davi Nelson. Novos paradigmas para a educação . Revista do Cogeime, v.13, 1998. BONILLA, Maria Helena Silveira. Escola aprendente: para além da sociedade da informação . Rio de Janeiro: Quartet, 2005. HAETINGER, Max. Informática na educação – um olhar criativo . São Paulo: Papirus, 2003. LÉVY, Pierre. Cibercultura . 1. ed. São Paulo: Editora 34, 1999. MENEGUELLI, Flaviana. O novo perfil do professor: usar as novas tecnologias . In.: Nova Escola, São Paulo, Ano XXV, Nº236, out. 2010, p.49. MENEZES, Luis Carlos de. Ensinar com a ajuda da tecnologia . In.: Nova Escola. São Paulo, Ano XXV, Nº 235, set. 2010, p. 122. MULTIRÃO PELA INCLUSÃO DIGITAL. Disponível em: . Acesso em: nov.2010. PROINFO - Programa Nacional de Informática na Educação. Brasília, Ministério da Educação, Secretaria de Educação a distância, 1997. Disponível em: . Acesso em: set.2010. SANCHO. Juana Maria. HERNANDEZ, Fernando e colaboradores. [et al.]. Tecnologias para transformar a educação . Porto Alegre: Artmed, 2006. SCHEFFER, N. F.. NAVA, A. L.. AIMI, S.. DALAZEN, A. B. ANDRETTA, F. C.. CORREA, R. M. Matemática e Tecnologias: modelagem matemática. Série didáticos . Erechim: EDIFAPES, 2006a. TEIXEIRA, Adriano Canabarro. Inclusão Digital: novas perspectivas para a informática educativa . Ijuí: Ed. Unijuí, 2010. WIKIPEDIA, Exclusão digital . Disponível em: . Acesso em: nov.2010. APÊNDICES APÊNDICE A - Roteiro de questões para entrevista alunos Prezado Estudante! Responda este breve questionário sobre computadores e informática nas escolas! Agradeço sua colaboração Cristiane Millan de Mattos – Acadêmica de Matemática – UPF 1. Você possui computador em casa? ( ) Sim ( ) Não 2. Você utiliza computador para auxiliar em suas atividades escolares? ( ) Raramente ( ) Frequentemente ( ) Nunca ( ) Sempre 2.1 - Caso utilize, aponte os recursos utilizados com mais frequência: ( ) Internet ( ) Digitar trabalho escolares ( ) Jogar ( ) Outros. Quais? _____________________________________ 3. Em que locais você possui acesso ao computador? ( ) Em casa ( ) Escola ( ) Curso de informática ou lan house ( ) Na casa de amigos ou parentes ( ) De outra forma? Qual? R.:_____________________________________________ ( ) Não possuo acesso ao computador 4. Com que frequência você acessa à internet? ( ) Todo dia ( ) Algumas vezes na semana ( ) Raramente ( ) Não possuo acesso 5. O que costuma acessar quando está navegando na rede? ( ) e-mails ( ) MSN ( ) Sites de busca e pesquisa , exemplo: Google ( ) Sites de relacionamento (Orkut , MySpace, Twitter ) ( ) Jogos ( ) Outros. 6. Qual dessas mídias você utiliza mais: ( ) pen drive ( ) CD ( ) DVD ( ) Disquete ( ) Outros. Quais? R.: ___________________________________ 7. Você considera importante o uso do computador para auxiliar no aprendizado na escola? ( ) Sim. Pois ele contribui para aprimorar o aprendizado das matérias. ( ) Não. Porquê? R.: ______________________________________________________________ ( ) Não faz diferença 8. A escola em que estuda, possui laboratório de informática e estrutura para utilização dos mesmos? ( ) Sim, acesso com frequência. Em quais disciplinas? R.: ______________________________________________________________ ( ) Possui, mas quase não utilizamos. ( ) Não possui. 9. Você conhece algum jogo ou software matemático? ( ) Sim. Cite quais são: R.: ________________________ ___________________________ ___________________________ ( ) Não conheço 10. Considera importante aprender Matemática utilizando como ferramenta o computador e seus recursos? ( ) Sim. ( ) Não. Porquê? R.:____________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ APÊNDICE B - Roteiro de questões para entrevista professores Caro professor , Estou realizando um trabalho de conclusão de curso cujo tema escolhido é a “Inclusão Digital”, sendo que por intermédio deste questionário você irá contribuir para um aprimoramento das informações a serem inseridas no contexto. Conto com sua colaboração no sentido de responder este breve questionário. Destaco também, que o tema “Inclusão Digital” é o objeto de pesquisa, e esta se define como o processo de absorção de tecnologias da informação, fazendo com que o aluno crie uma nova percepção facilitando o aprendizado e o aprimoramento dos métodos de ensino. Agradeço desde já a sua colaboração! Cristiane Millan de Mattos Acadêmica do curso de Matemática – UPF – Campus Lagoa Vermelha USO DE COMPUTADORES: INCLUSÃO DIGITAL Professor (a): ________________________________________ Matéria(s) que leciona:_________________________________ Quantos anos?________________________________________ 1. Você possui computador em casa? ( ) Sim ( ) Não 2. Tem acesso a Internet ( ) sim ou ( ) não 3. Se a resposta for não. Você utiliza o computador e acessa a internet na escola? Acessa de outro local? R.:__________________________________________________________ ____________________________________________________________ 4. Você utiliza computador para auxiliar em suas aulas? ( ) Raramente ( ) Frequentemente ( ) Nunca ( ) Sempre 5. O computador da escola que o professor tem acesso é de fácil disponibilidade? R.:__________________________________________________________ ____________________________________________________________ 6. O que entende por Inclusão Digital? R.:__________________________________________________________ ____________________________________________________________ 7. A escola na qual trabalha, dispõe de infraestrutura para o ensino das aulas no laboratório de informática? Aponte os prós e contras: R.:__________________________________________________________ 8. Com que frequência trabalha com seus alunos no laboratório de informática e que recursos são utilizados? R.:__________________________________________________________ ____________________________________________________________ 8.1. Os alunos colaboram com as atividades desenvolvidas no laboratório de informática? R.:__________________________________________________________ ____________________________________________________________ 8.2. Cite pelo menos um software educativo que conhece, e se já trabalhou em sala de aula com algum. R.:__________________________________________________________ ____________________________________________________________ 9. Em sua opinião, o que está faltando para uma maior acessibilidade às ferramentas tecnológicas, como o computador na escola? R.:__________________________________________________________ ____________________________________________________________ 10- A participação dos professores em cursos e oficinas que auxiliam e orientam quanto à utilização dos recursos computacionais seria importante? E a disponibilidade para participar dos mesmos? R.:__________________________________________________________ 11- Tem algum comentário sobre as formas de inclusão digital nas escolas? Alguma sugestão? R.:__________________________________________________________ ____________________________________________________________ Obrigada por sua colaboração! APÊNDICE C - Roteiro entrevista dos professores da área envolvidos De: Adriano Canabarro Teixeira (teixeira@upf.br) Enviada: quinta-feira, 4 de novembro de 2010 23:32:35 Para: Cristiane M. de Mattos Se tratando de Inclusão Digital e o uso de computadores na escola: 1 -A forma da qual tem sido utilizada a tecnologia nas escolas, em modo especial as escolas públicas, têm gerado um resultado satisfatório? É claro que não se pode dizer q toda a escola publica tem utilizado da mesma forma, nem tampouco que existem diferenças muito gritantes entre a forma como a tecnologia é utilizada na escola pública e na escola privada. Sempre existem exceções. O que se pode dizer é que, quando se tem à disposição uma tecnologia baseada nas redes, como é o caso da internet, uma proposta metodológica tradicional, baseada na transmissão e no acesso à informações acaba por subutilizar o potencial de comunicação e de criação destas tecnologias, como é o caso dos computadores, principalmente os conectados à internet. Assim, de modo geral, é possível afirmar que as tecnologias tem sido subutilziadas nas escolas uma vez que suas características mais marcantes, como a comunicação e a colaboração, são as primeiras a serem proibidas a partir 'do corte' do msn, do orkut, e de outras tantas ferramentas que poderiam servir à educação como espaço de interlocução. 2 - Que tipo de planejamento deve ser realizado para que o uso de computadores por parte dos professores seja proveitoso? Penso que não existam respostas definitivas para isto. De qq forma, percebo que algumas ações podem ser produtivas, como, por exemplo: 1) Trabalhar em uma dinâmica de parceria, entre professores, ou seja, mais de um professor no laboratório, e com os alunos, onde cada criança seja reconhecida como um parceiro de aprendizagem que pode, a partir do domínio da ferramenta que tem, contribuir na construção de recursos educacionais com vistas à exemplificação de um conceito. Assim, ao construir uma história em quadrinhos por exemplo, para explicar o conceito X, alunos e professores precisam explorá-lo ao máximo para que possa ser representado.. E isto é legal. 2) criar espaços de formação de professores para a apropriação (e não utilização) pedagógica das ferramentas. Ou seja, mais vale saber o potencial da tecnologia do que dominá-la. O papel do professor é criar desafios pedagógicos para seus alunos resolverem com o auxílio da tecnologia. 3) a utilização da dinâmica de projetos de aprendizagem inter e multidisciplinares envolvendo diversas áreas do conhecimento e seus professores e, principalmente, que partam das demandas do grupo de alunos. 3 -O uso de computadores complementa ou auxilia a compreensão do conteúdo trabalhado pelo professores? Penso que a flexibilidade das tecnologias não só complementam e auxiliam como potencializam o trabalho dos professores, possibilitando o acesso a uma infinidade de desdobramentos e representações dos conceitos que nós professores não temos a mínima possibilidade de oferecer. Os computadores (especialmente os conectados à internet) são laboratórios de construção e representação do conhecimento, desde que reconhecidos como tal e de que cada um dos agentes educacionais, assumam o papel de criadores de tecnologia e não de utilizadores. 4 -As escolas, em sua opinião, têm se adaptado as Tecnologias de Informação e Comunicação? Como respondido na primeira pergunta, penso que as escolas tem tentado formatar as tecnologias à dinâmica rígida, vertical e hierarquizada do ensino tradicional, o que é um erro gravíssimo no momento em que estas tecnologias são flexíveis, reticulares e libertadoras. 5 -O que é pra você a Inclusão Digital? (...) Assim, propõe-se o alargamento do conceito de inclusão digital para uma dimensão reticular, caracterizando-o como um processo horizontal que deve acontecer a partir do interior dos grupos com vistas ao desenvolvimento de cultura de rede, numa perspectiva que considere processos de interação, de construção de identidade, de ampliação da cultura e de valorização da diversidade, para, a partir de uma postura de criação de conteúdos próprios e de exercício da cidadania, possibilitar a quebra do ciclo de produção, consumo e dependência tecnocultural. (TEIXEIRA, 2010, p. 39). 6 -Você poderia comentar sobre o projeto 'Mutirão pela Inclusão Digital' ? Cris, vc pode encontrar todas as informações sobre o projeto em http://mutirao.upf.br ok? .-) APÊNDICE D – Atividades com o software Régua e Compasso Atividade 01 Parte 01 1) Apresentar o software , observando as barras de ferramentas. 2) Usando a ferramenta segmento, construir um triângulo equilátero. a) Comentar as características de um triângulo equilátero. b) Clicar na ferramenta “segmento” , e traçar segmentos para construir um triângulo equilátero. c) Identificar em cada segmento os pontos da extremidade observando os lados que possuem pontos comuns. d) Clicar na ferramenta polígono e em seguida, em cada vértice do triângulo desenhado. e) Sobre a superfície poligonal, clique com o botão direito do mouse, vai abrir uma janela. Nesta, clique em uma cor para a superfície poligonal e em seguida em OK. f) Sobre um vértice do triângulo, clicar com o botão direito do mouse, vai abrir uma janela. Nesta clique em “Exibir nome dos objetos” e na primeira linha digite o nome do seu ponto (Lembre que deve ser uma letra maiúscula) e em seguida clique em OK. Repita esse procedimento com os vértices do triângulo. g) Sobre o segmento que determina um lado do triângulo, clicar com o botão direito, vai abrir uma janela. Clique em “Mostrar valor dos objetos” e em seguida, clique em OK. Repita este procedimento com os demais segmentos que determinam os outros lados do triângulo. h) Observar as medidas dos segmentos. → O triângulo desenhado é um triângulo equilátero? i) Clicar na ferramenta “Mover ponto” e em seguida movimentar os pontos até obter um triângulo equilátero. j) Observar o triângulo equilátero desenhado e anotar suas características. k) Clicar na ferramenta “Mover ponto” , e movimentar o triângulo construído. → Observar atentamente o que acontece com a figura. Parte 02 m) Para evitar que o triângulo desenhado perca as características próprias de um triângulo equilátero, podemos, usando a ferramenta compasso, desenhar este polígono a partir de algumas de suas propriedades. 1) Clicar na ferramenta “segmento” e traçar um segmento qualquer. 2) Clicar na ferramenta “compasso” e em seguida clicar nos dois pontos da extremidade do segmento. → O que você observou? O que representa o segmento com relação ao círculo obtido? 3) Clicar na ferramenta “compasso” e em seguida nos dois pontos da extremidade do segmento, porém iniciando pelo ponto oposto ao iniciado anteriormente (2). → O que você observou? O que representa esses dois círculos? 4) Clicar na ferramenta “intersecção” , clicar numa circunferência e em seguida na outra, observar o(s) ponto(s) comuns. → O que este ponto representa considerando o triângulo equilátero que pretendemos desenhar? 5) Considerando os pontos da extremidade do segmento desenhado e o ponto de intersecção das circunferências, traçar, com a ferramenta “segmento” os dois segmentos que possibilitam o desenho dos lados do triângulo. 6) Sobre um segmento, clicar com o botão direito do mouse, abrirá uma janela. Nesta janela, clique em “Mostrar valor dos objetos” e em seguida OK. Repita este procedimento com os demais segmentos que formam os lados do triângulo. → O que você observou? 7) Clicar na ferramenta “polígono” e em seguida clicar nos vértices do triângulo desenhado. 8) Clicar sobre o polígono com o botão direito, vai abrir uma janela, nesta clique em uma cor desejada para o interior de seu triângulo e clique em OK. 9) Clicar na ferramenta “Mover ponto” e movimentar o polígono desenhado. → O que você observou? APÊNDICE E - Fotos dos alunos utilizando o software para as atividades Publicado por: Cristiane Millan de Mattos PUBLICIDADE Ciências Humanas Ciências Exatas Pedagogia Uma análise de aplicabilidade do estatuto do idoso no município de Esperança (PB). Compreensão oral da língua inglesa via moodle: possibilidades e perspectivas. O uso dos smartphones em sala: um caso de estudantes em Cuiabá (MT). O aprendizado do aluno com necessidades educacionais especiais e a informática. Os fatos inibidores dentro do cinema de animação brasileiro. Nos ladrilhos da memória: um breve estudo sobre ruas da cidade de Breves (PA). Afinal, o que é preciso para aprender a programar na Linguagem C? Fique ciente. Tudo o que você precisa aprender em relação à segurança virtual. Acesse agora um tutorial completo sobre JavaScript e funcionalidades. Você sabe o que é hardware? Leia um trabalho completo do assunto. De qual maneira, a probabilidade é vista nas aulas de Matemática? Leia. A história de criação de uma das ciências mais importantes que existem. A educação atual e as características das escolas consideradas eficazes. Quais são os principais desafios enfrentados pelo coordenador pedagógico no ambiente escolar? As relações de gênero e sexualidade dentro da prática docente. A música pode ter um papel muito importante na educação infantil. Não deixe de ler! Gêneros digitais e ensino: uma análise da linguagem escrita na sala de aula. Você já ouviu falar sobre a pedagogia holística? Acesse o nosso artigo e fique por dentro! MAIS AVALIADOS 1º Ligação Iônica 2º Arte Bizantina 3º Clonagem 4º Egípcios 5º Alergia Quem somos Anuncie no Brasil Escola Expediente Política de Privacidade Termos de Uso Fale Conosco SIGA O BRASIL ESCOLA Alunos Online Biologia Net Escola Kids Exercícios Mundo Educação História do Mundo Manual da Química Mundo Educação Português Vestibular Mundo Educação Resolução mínima de 1024x768. Copyright © 2018 Rede Omnia - Todos os direitos reservados Proibida a reprodução total ou parcial sem prévia autorização (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98) var nBr = $('.conteudo-materia br').length. var nP = $('.conteudo-materia p').length. // caso o conteúdo esteja dentro de um só paragráfo. if(nP > 6){ $($('.conteudo-materia').find('p')[3]).before('<div class='player_dynad_tv'></div>'). // caso o conteúdo esteja dentro de vários paragráfos. } else if(nBr > 2 && nP < 6) { $($('.conteudo-materia').find('br')[3]).before('<div class='player_dynad_tv'></div>'). }



http://intervozes.org.br/tag/comunicacao-popular/
  Comunicação Popular | Intervozes Intervozes rss Twitter Facebook Flickr Quem Somos Projetos Articulações Biblioteca Campanhas Contribua Mobilize Campanhas Ações Judiciais Últimas Notícias Twitter Agenda Comunicação Popular 0 Entidades denunciam cancelamento de audiência pública sobre violência contra comunicadores Por Intervozes em 31 de outubro de 2017 Nesta sexta-feira (27), oito entidades que compõem ... Comunicação Popular | Intervozes Intervozes rss Twitter Facebook Flickr Quem Somos Projetos ... Agenda Comunicação Popular 0 Entidades denunciam cancelamento de audiência pública sobre violência ... compõem a Comissão Permanente de Direito à Comunicação e Liberdade de Expressão, vinculada ao… Continue lendo » Categorias: Destaques , Nota Pública , Notícias Tags: Cidadania , Comunicação Popular , Democracia , Direito à Comunicação , Liberdade de Expressão , Mídia Livre 0 Entidades assinam CACHE

Comunicação Popular | Intervozes Intervozes rss Twitter Facebook Flickr Quem Somos Projetos Articulações Biblioteca Campanhas Contribua Mobilize Campanhas Ações Judiciais Últimas Notícias Twitter Agenda Comunicação Popular 0 Entidades denunciam cancelamento de audiência pública sobre violência contra comunicadores Por Intervozes em 31 de outubro de 2017 Nesta sexta-feira (27), oito entidades que compõem a Comissão Permanente de Direito à Comunicação e Liberdade de Expressão, vinculada ao… Continue lendo » Categorias: Destaques , Nota Pública , Notícias Tags: Cidadania , Comunicação Popular , Democracia , Direito à Comunicação , Liberdade de Expressão , Mídia Livre 0 Entidades assinam manifesto em defesa de manifestante condenada por mostrar os seios Por Intervozes em 5 de setembro de 2017 Diversas entidades da sociedade civil assinam manifesto lançado nesta segunda-feira (4) para chamar atenção para o caso de Roberta da… Continue lendo » Categorias: Destaques , Notícias Tags: Comunicação Popular , Democracia , Direitos Humanos , Liberdade de Expressão , Mulheres 0 Festival Elemento em Movimento debate papel da mídia livre e alternativa pra transformação social Por Intervozes em 11 de agosto de 2017 O Intervozes participou nesta quinta-feira (10), do Festival Elemento em Movimento, em Ceilândia/DF. Organizado pelo coletivo RUAS e pelo projeto… Continue lendo » Categorias: Destaques , Notícias Tags: Comunicação Popular , Democracia , Democratização da Comunicação , Direito à Comunicação , Direitos Humanos , Liberdade de Expressão , Participação Popular 0 Intervozes lança relatório e documentário sobre direito à Comunicação em Alagoas Por Intervozes em 9 de agosto de 2017 Na noite desta quinta-feira (03) a Associação dos Docentes da Universidade Federal de Alagoas (Adufal) recebeu o coletivo Intervozes para… Continue lendo » Categorias: Destaques , Notícias Tags: Banda Larga , Cidadania , Comunicação Popular , Comunicação Pública , Concessões Públicas , Democracia , Democratização da Comunicação , Direito à Comunicação , Regulação da Mídia 0 Encontro reúne midiativistas da América Latina na Argentina Por Intervozes em 24 de julho de 2017 A Argentina foi palco do principal encontro de midiativistas da América Latina. O Facción aconteceu entre 13 e 15 de… Continue lendo » Categorias: Destaques , Notícias Tags: Banda Larga , Cidadania , Comunicação Popular , Democracia , Democratização da Comunicação , Direito à Comunicação , Liberdade de Expressão , Regulação da Mídia 0 Intervozes participa de discussão sobre direito à comunicação na Assembleia Estadual dos Povos indígenas do Ceará Por Intervozes em 24 de julho de 2017 Os Povos indígenas do Ceará realizam, entre os dias 23 e 26 de julho, na Aldeia Lagoinha dos Potiguara, em… Continue lendo » Categorias: Destaques , Notícias Tags: Comunicação Popular , Democratização da Comunicação , Direito à Comunicação 1 Intervozes participa de encontro de midiativistas da América Latina Por Intervozes em 2 de junho de 2017 Comunicadores do Chile, Argentina, Uruguai e Brasil estão reunidos em Buenos Aires por três dias para discutir comunicação e realizar… Continue lendo » Categorias: Destaques , Notícias Tags: Comunicação Popular , Comunicação Pública , Democracia , Democratização da Comunicação , Direito à Comunicação , Mídia Livre 0 Encontro Nacional pelo direito à comunicação está com inscrições abertas Por Intervozes em 12 de maio de 2017 Bia Barbosa, do FNDC e do Intervozes, convida para o 3o Encontro Nacional pelo Direito à Comunicação Entre os dias… Continue lendo » Categorias: Destaques , Notícias Tags: Comunicação Popular , Comunicação Pública , Concentração midiática , Concessões Públicas , Democracia , Democratização da Comunicação , Direito à Comunicação , Internet , Liberdade de Expressão , Regulação da Mídia 0 Intervozes estréia coluna no Jornal dos Trabalhadores Por Intervozes em 24 de setembro de 2007 Programa semanal na Rádio Nove de Julho, em São Paulo, trará informações sobre novidades da Comunicação Social. No dia 10… Continue lendo » Categorias: Notícias Tags: Comunicação Popular , Confecom 0 Intervozes firma parceria para capacitar comunicadores populares Por Intervozes em 5 de agosto de 2007 Projeto vai proporcionar a formação de 30 jovens de rádios comunitárias e escolas municipais em São Paulo. Diversidade racial, sexual… Continue lendo » Categorias: Notícias Tags: Comunicação Popular , Diversidade racial , Diversidade Sexual , Igualdade de Gênero , Rádio Comunitária « Artigos anteriores Entre em contato! Endereços Rua Rego Freitas, 454 Cj 92 - 9º andar República • 01220-010 São Paulo • SP Brasil +55 11 3877 0824 Copyleft Intervozes - Coletivo Brasil de Comunicação Social Desenvolvido por com



http://www.insular.com.br/product_info.php/products_id/836
  Comunicação e Barragens: O poder da comunicação das organizações e da mídia na implantação de hidrelétricas, Editora Insular Conteúdo do carrinho Comprar Conta pessoal Início » Catálogo » Comunicação / Jornalismo » 16 x 23cm R$49,00 Comunicação e Barragens: O poder da comunicação das organizações e da mídia na implantação de hidrelétricas [16 x 23cm] Autor: Carlos Locatelli ISBN: 978-85-7474-734-7 ...  Comunicação e Barragens: O poder da comunicação das organizações e da mídia na implantação de ... » Comunicação / Jornalismo » 16 x 23cm R$49,00 Comunicação e Barragens: O poder da comunicação das ... Hidrelétrica Foz do Chapecó, o autor examina diferentes facetas da comunicação empreendida por atores ... Carlos Locatelli, a fim de lançar luz sobre o que Jürg Habermas (1996) chama de comunicação anárquica e fluxo selvagem de mensagens na esfera pública. Seyla Benhabib (1996) denomina de comunicação pública CACHE

 Comunicação e Barragens: O poder da comunicação das organizações e da mídia na implantação de hidrelétricas, Editora Insular Conteúdo do carrinho Comprar Conta pessoal Início » Catálogo » Comunicação / Jornalismo » 16 x 23cm R$49,00 Comunicação e Barragens: O poder da comunicação das organizações e da mídia na implantação de hidrelétricas [16 x 23cm] Autor: Carlos Locatelli ISBN: 978-85-7474-734-7 Páginas: 360 il. Peso: 590g Ano: 2014 Capa e projeto gráfico: Valmor Fritsche Prêmio Capes de Tese 2012 Menção Honrosa Através de uma cuidadosa pesquisa empírica sobre a implantação da Usina Hidrelétrica Foz do Chapecó, o autor examina diferentes facetas da comunicação empreendida por atores do Estado, das empresas, da sociedade civil e dos media . Nas palavras de Rousiley C. M. Maia, “uma vez que esses agentes possuem papéis, interesses, recursos e poderes distintos, a pesquisa evidencia a complexidade da expressão de um conflito social na esfera pública. Convido o leitor desse importante livro a apreciar a relevância dessa pesquisa empírica, conduzida de forma sistemática por Carlos Locatelli, a fim de lançar luz sobre o que Jürg Habermas (1996) chama de comunicação anárquica e fluxo selvagem de mensagens na esfera pública. Seyla Benhabib (1996) denomina de comunicação pública anônima e James Bohman (1996) descreve como interações e influências recíprocas da comunicação como num concerto de Jazz ”. Os desafios acompanham a pesquisa e a produção de conhecimento. Temas abordados em diferentes perspectivas teóricas e metodologias experimentadas indicam maior segurança e tranquilidade ao pesquisador. Não é o caso de Carlos Locatelli, jornalista, professor da UFSC e autor de Comunicação e Barragens, que nos apresenta uma obra originada pela pesquisa de tese realizada no PPGCOM/UFRGS, cujos desafios iniciaram pela decisão de estudar barragens e associá-las à comunicação e, necessariamente, pelo acúmulo teórico da sociologia, da antropologia e da ciência política. Sob qualquer ângulo da leitura, os desafios podem ser identificados e mostram um complexo objeto de pesquisa constituído a partir da compreensão sobre as políticas públicas dirigidas à construção de hidrelétricas e os interesses públicos e privados e, da função da comunicação – pública e privada- para estabelecer relações e, estrategicamente, , ampliar a visibilidade dos atores políticos e das organizações privadas. Carlos Locatelli aceita essa complexidade e se debruça sobre a Usina Hidrelétrica Foz do Chapecó, enfrentando o segundo desafio, este de ordem metodológica para realizar o adequado mapeamento dos movimentos, interesses e vozes dos moradores atingidos pela radical mudança da terra. das associações envolvidas nas negociações. das mídias regionais e a peculiaridade de sua mediação. dos discursos do governo e das organizações concessionárias. As escolhas teóricas e metodológicas se mostraram acertadas e os resultados aqui expostos indicam as estratégias de comunicação eficazes quando têm origem no poder e a limitação da comunicação daqueles atingidos pelas barragens que, naturalmente, colocados em conflito com o espaço que lhes cabe para viver. Maria Helena Weber, orientadora Professora do PPGCOM/UFRGS Pesquisadora do CNPq. CARLOS LOCATELLI Jornalista, mestre em economia e doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação da UFRGS. Professor do Departamento de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina, desenvolve pesquisas em torno de temas que envolvem jornalismo, comunicação organizacional e conflitos sociais. SUMÁRIO I.INTRODUÇÃO CAPÍTULO 1– NOS DOMÍNIOS DA ESFERA PÚBLICA 1.1Esfera pública e deliberação 1.2Esfera midiática, visibilidade e discutibilidade 1.3Comunicação pública 1.4Jornalismo, meio ambiente e movimentos sociais 1.5Comunicação estratégica 1.6Interesses públicos e privados na comunicação estratégica CAPÍTULO 2 –DESENVOLVIMENTO, BARRAGENS E COMUNICAÇÃO 2.1Desenvolvimento e a ideologia das barragens 2.2O setor elétrico brasileiro 2.3A disputa pelo espaço e pelo interesse público 2.4Do Projeto Uruguai à Usina Hidrelétrica Foz do Chapecó 2.5Organizações envolvidas na implantação da Usina Hidrelétrica Foz do Chapecó 2.5.1 Esfera do Estado 2.5.2 Esfera do mercado 2.5.3 Esfera da sociedade civil 2.5.4 Esfera do conhecimento 2.5.5 Esfera midiática 2.6A comunicação entre a lei e os interesses públicos e privados CAPÍTULO 3– COMUNICAÇÃO DAS ORGANIZAÇÕES DO ESTADO, DO MERCADO E DA SOCIEDADE CIVIL 3.1A comunicação das organizações do Estado 3.1.1 A comunicação na esfera federal 3.1.2 A comunicação na esfera estadual 3.1.3 A comunicação na esfera municipal 3.2A comunicação na esfera do mercado 3.2.1 A comunicação da Foz do Chapecó Energia 3.3.A comunicação das organizações da sociedade civil 3.3.1 A comunicação do Movimento dos Atingidos por Barragens 3.4.Considerações sobre a comunicação e o poder das organizações CAPÍTULO 4 –A COMUNICAÇÃO DA MÍDIA 4.1Jornais 4.1.1 Morfologia 4.1.2 Origem das matérias publicadas 4.1.3 Enquadramentos e argumentos dos jornais 4.2Televisão aberta 4.2.1 Morfologia 4.2.2 Origem das matérias publicadas 4.2.3 Enquadramentos e argumentos da televisão 4.3.Elos entre a comunicação midiática e a organizacional 4.4.A mídia como extensão da comunicação da FCE CONSIDERAÇÕES FINAIS REFERÊNCIAS Barragens imaginárias: A construção de hidrelétricas pela comunicação Adicionar Comentários Clientes que compraram este livro também adquiriram Barragens imaginárias: A construção de hidrelétricas pela comunicação Copa do Mundo na África do Sul – Um legado para quem? A CIA e o terrorismo de Estado: Cuba, Vietnã, Angola, Chile, Nicarágua Colômbia: Movimentos pela paz Os megaeventos esportivos: suas consequências, impactos e legados para a América Latina Estudos da Língua Brasileira de Sinais II Indisponível Categorias Administração (29) Administração Universitária (11) Agronomia (7) América Latina (46) Anarquismo (8) Antropologia (13) Automotivação (25) Avaliação Universitária (16) Biblioteconomia / Ciência da Informação (5) Biografia (69) Biologia (5) Ciências Sociais-> (73) Cinema (2) Coleção Debate Social (2) Coleção Jornalismo Audiovisual (6) Coleção Jornalismo e Acontecimento (4) Coleção Jung sai pra rua (2) Coleção Linguística (5) Coleção Pátria Grande (6) Coleção Pedrinho (3) Coleção Pensadores da Pátria Grande (4) Coleção Segurança Pública (2) Comunicação / Jornalismo (160) Contestado (12) Contos (26) Crônica (27) Cultura (6) Desenvolvimento Regional (3) Direito-> (59) Ecologia / Meio Ambiente (32) Economia (27) Educação (94) Enfermagem (3) Engenharia / Arquitetura-> (14) Espiritualismo (13) Esporte (10) Estudos Culturais (8) Estudos em Jornalismo e Mídia (9) Ficção Cientifíca (5) Filosofia (9) Florianópolis / Santa Catarina (63) Futebol (8) Geografia (24) Gerenciamento (3) História (141) Humor (3) Infantojuvenil (10) Jornalismo (1) Linguística (33) Literatura (111) Matemática (3) Neurolinguística (1) Nutrição (6) Permacultura (1) Poesia (58) Política (47) Psicologia (11) Radiotividade (2) Relações Internacionais (13) Religiosidades (15) Romance (36) Saúde (23) Segunda Guerra Mundial (6) Segurança Pública (9) Série Comunicação Audiovisual (2) Série Construindo a Tradução (2) Série Estudos Culturais (6) Série Estudos de Língua de Sinais (3) Série Jornalismo a Rigor (12) Série Jornalismo e Sociedade (5) Série Tecnologia Social (3) Serviço Social (4) Sociologia-> (37) Teoria da Decisão (1) Transporte (4) Urbanismo (5) VESTIBULAR-> (7) Informações Frete Privacidade Termos de Utilização Entre em contato Pesquisa rápida Utilize palavras chave para pesquisar livros. Pesquisa avançada Novidades Sua Majestade, O Efêmero: 50 anos de crônicas R$40,00 Compartilhar o livro Editora Insular Rua Antônio Carlos Ferreira, 537 Agronômica - Florianópolis - SC CEP 88025-211 (48) 3232-9591 / (48) 3334 2729 editora@insular.com.br www.insular.com.br Questions? Feedback? powered by Olark live chat software



http://blogdocout.com.br/pesquisa-salarial/
  Pesquisa salarial | Cout Home Assine Área do Assinante Renove/Reative sua assinatura Termos de uso do serviço Cancelamento de assinatura Empresas Envie sua vaga Banco de currículos para empresas Media Kit Profissionais Envie seu currículo Simulador de entrevistas Produção de currículo Tradução de CV Cursos na área Carreira Informações úteis E-books de Comunicação Pesquisa salarial Podcasts sobre Comunicação ... CV Cursos na área Carreira Informações úteis E-books de Comunicação Pesquisa salarial Podcasts sobre Comunicação Úteis para carreira Vídeos interessantes Downloads úteis Cartas de apresentação Modelos ... salários médios praticados pelo mercado brasileiro para profissionais das áreas de Comunicação. Estas ... mostrados devem servir apenas como referências. Blog do Cout Blog do Cout Comunicação Analista de Comunicação Salário inicial: R$ 1.616,69 Salário Médio: R$ 2.179,53 Sênior: R$ 4.803,40 empregos e vagas em CACHE

Pesquisa salarial | Cout Home Assine Área do Assinante Renove/Reative sua assinatura Termos de uso do serviço Cancelamento de assinatura Empresas Envie sua vaga Banco de currículos para empresas Media Kit Profissionais Envie seu currículo Simulador de entrevistas Produção de currículo Tradução de CV Cursos na área Carreira Informações úteis E-books de Comunicação Pesquisa salarial Podcasts sobre Comunicação Úteis para carreira Vídeos interessantes Downloads úteis Cartas de apresentação Modelos de currículos Modelos de documentos Mailings para download Úteis para a carreira Simulador de entrevistas Dicas valiosas E-book COUT E-books úteis Login Logout Menu Pesquisa salarial Postada em 28 de Janeiro de 2014 3 de novembro de 2015 Este é um guia salarial que oferece informações sobre os salários médios praticados pelo mercado brasileiro para profissionais das áreas de Comunicação. Estas informações têm como base pesquisa de dados internos de vagas cadastradas em nosso site nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Brasília, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina. As faixas salariais apresentadas para cada cargo representam a média baseada nos locais pesquisados, sendo que este número pode variar por região e também de acordo com o tamanho da empresa. Com esses dados em mãos, você poderá: – Negociar um aumento em seu emprego atual. – Responder sobre sua pretensão salarial em uma entrevista com mais segurança. Blog do Cout * Convém ressaltar que os salários mostrados devem servir apenas como referências. Blog do Cout Blog do Cout Comunicação Analista de Comunicação Salário inicial: R$ 1.616,69 Salário Médio: R$ 2.179,53 Sênior: R$ 4.803,40 empregos e vagas em comunicação Assessor de Comunicação Institucional Salário inicial: R$ 2.364,39 Salário Médio: R$ 3.364,39 Sênior: R$ 4.364,39 empregos e vagas em comunicação Assessor de Comunicação Interna Salário Médio: R$ 3.354,35 empregos e vagas em comunicação Assessor de Comunicação Salário inicial: R$ 2.402,18 Salário Médio: R$ 3.288,53 Sênior: R$ 5.174,89 empregos e vagas em comunicação Assistente de Comunicação Salário inicial: R$ 1.611,57 Salário Médio: R$ 2.482,04 Sênior: R$ 3.339,28 empregos e vagas em comunicação Chefe de Comunicação Salário Médio: R$ 9.490,90 empregos e vagas em comunicação Coordenador de Comunicação Salário inicial: R$ 3.669,50 Salário Médio: R$ 5.599,26 Sênior: R$ 8.339,00 empregos e vagas em comunicação Gerente de Comunicação Salário Médio: R$ 7.812,27 empregos e vagas em comunicação empregos e vagas em comunicação Jornalismo Jornalista Salário inicial: R$ 1.620,00 Salário Médio: R$ 2.760,00 Sênior: R$ 3.800,00 empregos e vagas em comunicação Repórter Salário inicial: R$ 1.450,000 Salário Médio: R$ 2.163,00 Sênior: R$ 3.200,00 empregos e vagas em comunicação empregos e vagas em comunicação Marketing Analista de Marketing Salário Médio: R$ 1.930,00 Sênior: R$ 4.250,00 empregos e vagas em comunicação Assessor de Marketing Salário Médio: R$ 3.582,09 empregos e vagas em comunicação Analista de Endomarketing Salário inicial: R$ 1.466,00 Salário Médio: R$ 2.520,61 Sênior: R$ 3.575,23 empregos e vagas em comunicação Analista de Pesquisa de Mercado Salário inicial: R$ 1.493,80 Salário Médio: R$ 2.476,59 Sênior: R$ 3.308,62 empregos e vagas em comunicação Analista de Pesquisa Salário inicial: R$ 1.925,04 Salário Médio: R$ 2.579,21 Sênior: R$ 3.233,38 empregos e vagas em comunicação Supervisor de Marketing Salário inicial: R$ 2.120,00 Salário Médio:$ 3.380,00 Sênior: R$ 4.570,00 empregos e vagas em comunicação empregos e vagas em comunicação Publicidade e Propaganda Analista Salário Médio: R$ 1.780,00 Analista Sênior: R$ 4.680,00 empregos e vagas em comunicação Redator Salário Incial: R$ 1.760,00 Salário Médio: R$ 3.590,00 Sênior: R$ 4.860,00 empregos e vagas em comunicação Publicitário Salário Incial: R$ 1.750,00 Salário Médio: R$ 2.930,00 empregos e vagas em comunicação Assistente de Publicidade Salário Médio: R$ 3.178,03 empregos e vagas em comunicação Gerente de Publicidade Salário Médio: R$ 6.243,86 empregos e vagas em comunicação empregos e vagas em comunicação Relações Públicas Analista de RP Salário Médio: R$ 1.464,17 Salário Médio: R$ 2.773,52 Sênior: R$ 4.047,78 empregos e vagas em comunicação Assessor de RP Salário Médio: R$ 3.354,35 empregos e vagas em comunicação empregos e vagas em comunicação Outras carreiras Professor Universitário Salário Inicial: R$ 1.800,00 Salário Médio: R$ 2.780,00 Doutor: R$ 7.000,00 empregos e vagas em comunicação empregos e vagas em comunicação Depoimentos assinantes 'Consegui um emprego! A Cout tem vagas ótimas e torna o contato com a empresa mais próximo e direcionado.' Mayara Curraleiro 'O serviço é excelente. Muitas e boas vagas. Em dois meses procurando voltei ao mercado de trabalho. Recomendo e muito. Dá de dez a zero na Catho!' Flavius Deliberalli 'Acho muito legal o serviço da Cout, consegui várias entrevistas e o atendimento sempre foi joia todas as vezes que precisei entrar em contato.' Ivna Baracho 'Olá, estou escrevendo este e-mail do meu novo emprego conquistado através do site.' Mauro Werkhäuser 'Arrumei emprego por um anúncio daqui. Muito bom, vagas verdadeiras, a comodidade de recebermos as ofertas todos os dias via mail, preço acessível, vale muito a pena assinar. Só vou parar por hora porque o objetivo foi alcançado.' Patrícia Foganholo 'O site é super organizado e o serviço de mandar as vagas por e-mail é ótimo!' JAQUELINE RAPP 'Gostei bastante do site, a oferta é muito abrangente e bem explicativa.' CINTIA DAMASCENO 'Achei o serviço bastante direto e com vagas interessantes. Indico a Cout para todos meus contatos e amigos da área de comunicação.' LUCILENE BRITO 'Vagas atualizadas quase diariamente. Muitas oportunidades de entrevista e recolocação no mercado de trabalho.' MICHELI GABRIELA 'A Cout, com sua ampla oferta diária de vagas por um custo pequeno, é uma grande ferramenta para profissionais de comunicação obterem emprego. Já consegui duas vezes recolocação no mercado de trabalho jornalístico por meio de seu boletim, sendo a última nesta semana, e com uma proposta de cargo que não imaginava possível atualmente!' MAURICIO KANNO 'Muito assertivo e existe grande oferta por email.' INGRID MARIANO 'Excelente, diferenciado e prático!' NATHÁLIA ALVES 'Gostaria apenas de compartilhar que consegui um novo trabalho por meio do seu site, uma vaga que provavelmente eu não teria acesso, já que não seguia a empresa nas mídias sociais e ela não tem força na marca, ainda que seja uma ótima empresa. Desejo que o site cresça cada vez mais e tenha muito sucesso. Obrigada!' CAROLINA SIMÕES 'Organizado, atualizado e de fácil utilização. Diversidade de vagas muito boa.' NATALIA GUERRA 'Um dos melhores serviços que já utilizei, rápido, fácil e ótimo retorno!' MARCO RANGEL 'Achei ótimo! Consegui um recolocação rapidamente! Indico para todos os colegas.' CLAUDIA REGINA DOS SANTOS 'O trabalho de vocês é muito bom, fiz algumas entrevistas por meio de vocês e desejo muito sucesso!' AMANDA CAMARGO 'Segui as dicas de aprimoramento de currículo e tive bons feedbacks de empregadores. Em quatro meses de assinatura conquistei uma ótima oportunidade de trabalho. Vale ressaltar ainda que o valor pago no serviço é bem menor que o valor cobrado em vários serviços de busca de empregos. Além disso trata-se de um meio focado em Comunicação. No momento deixo o site e pretendo me dedicar ao novo emprego e, futuramente, se pensar em mudar de trabalho certamente voltarei ao blog.' ELTON AMORIM 'O site é ótimo e possui excelentes oportunidades.' LUCIANA GUIMARÃES 'Excelente serviço, nos deixando mais próximos aos contatos e oportunidades reais na área de Comunicação. Recomendo a qualquer pessoa que tenha o ímpeto de se recolocar e 'cavar' novas oportunidades.' RAQUEL PALLAS 'Diversidade de vagas apresentadas. Preço justo e serviço prático com o envio de e-mail, quase que diariamente.' CAMILA SOUSA 'Excelente ferramenta de busca e um nível de descrição das vagas considerado ótimo.' LILIAN SOUZA 'O site possui um ótimo layout, e os boletins diários oferecem excelentes oportunidades de colocação no mercado da comunicação.' ALESSANDRO CALVO 'Muito bom. Objetivo e qualificado. Me deixou em contato com as melhores agências do mercado.' RODRIGO DUTRA 'Consegui um emprego. Achei muito legal o site, de verdade. Vale mais a pena assinar esse serviço que o Catho.' BRUNA PAZINI 'O site foi o melhor serviço de vagas que encontrei' ANA CRISTINA LOMBARDI 'O serviço é bom, com uma excelente quantidade de vagas. O preço também é acessível e já recomendei para alguns amigos' DOUGLAS VIEIRA DA SILVA 'O serviço é muito eficiente, com vagas sempre novas. Através do site encontrei meu novo emprego.' LUIZA SANTANA ARAGÃO 'Consegui um emprego através do site... recomendo o site para todos. Parabéns pela iniciativa. Serviço altamente recomendável' DÍJNA ANDRADE TORRES 'Gostaria de dizer que achei excelente o trabalho realizado! Assinei o site no dia 2/9. No mesmo dia fui chamada para uma entrevista e no dia 3/9 iniciei o novo emprego. Obrigada por divulgar vagas realmente verdadeiras! Parabéns' ANDRESSA DANTAS 'Muito bom o serviço oferecido. Consegui diversas entrevistas e uma recolocação no mercado. Super indico' JAQUELINE PRISCILA MARSON 'Só tenho a agradecer pelo serviço de vocês. Fui contratada na última semana e estou extremamente feliz com o retorno positivo' CLAUDIA MENDES 'Gostaria de agradecer pelas vagas sob medida. Consegui uma nova oportunidade e inicio amanhã. Isso significa que a sua iniciativa é eficaz e capaz de ajudar os profissionais de comunicação a encontrarem melhores colocações no mercado de trabalho' ANNALLY LIMA 'Excelente site para profissionais de comunicação que buscam uma recolocação no mercado de trabalho' PEDRO HENRIQUE 'As vagas que chegam tem ótima qualidade e todo dia tem vaga. Quando eu assinei a Catho, eu não encontrava vagas tão interessantes como as que são enviadas por vcs' MILENE “É um site muito bom. Com preço acessível, oferece inúmeras vagas. O contato próximo com os administradores também é interessante” HÉRICA RODRIGUES 'Gosto muito da Cout. Meus empregos e estágios foram conseguidos por lá. É de fácil acessibilidade e a assinatura é mais barato do que muito site que só tem nome. O administrador é atencioso, respondendo sempre meus e-mails rapidamente' LARISSA FERREIRA Depoimentos empresas 'O Serviço de vocês é ótimo! Recebemos inúmeros currículos de profissionais altamente qualificados. Com toda certeza sempre que necessário voltarei a usar o serviço de vocês.' Sheila Sousa 'O site nos ajudou a descobrir vários profissionais com o perfil desejado. É muito bom saber que temos com quem contar nesses momentos! ' Mariana Sampaio 'Foi excelente. Recebi vários currículos qualificados e consegui encontrar o profissional que procurava. ' Gisele Franchini 'O resultado é bem positivo, recebemos bons candidatos. E já contratamos profissionais através da Cout. ' Hosana Pinheiro 'O site foi muito eficiente e rendeu candidatos qualificados para a vaga. Conseguimos contratar um profissional e estamos muito satisfeitos com o atendimento do site.' Joyce Pais 'Sempre muito eficiente, a Cout auxilia as agências na busca por profissionais de comunicação. É uma ferramenta importante para as empresas e para os profissionais da área.' Ana Paula Soares 'A Cout é um ótimo canal para divulgação de vagas na área de comunicação. Além do conteúdo ser sempre atualizado e relevante, é muito prático fazer a publicação das informações. Parabéns!' CNC Comunicação 'Gostaria de agradecer pela oportunidade e te dar o feedback, que a qualificação dos candidatos é muito boa e a quantidade de CV recebidos foi maior do que esperávamos, ainda estamos selecionando para a próxima fase. Espero que seja o início de uma parceria de sucesso.' Valquíria Farias 'Agradeço a Cout pelo apoio em nossos processos seletivos. Este é um excelente canal. Muito obrigada!' Ana “O site auxiliou muito a RZT Comunicação no processo de recrutamento de profissionais e estagiários. Através dele, recebemos diversos currículos, com vários perfis de candidatos.” Almir Rizzatto 'A divulgação de vocês foi excelente, muitos candidatos disseram ter visto a vaga no site. Já selecionamos o novo editor e, portanto, já podem tirar o anúncio. Pretendo divulgar novos processos no site!' Igor Camargo “O site é uma ferramenta bem efetiva para quem busca profissionais de Comunicação e presta um grande serviço tanto para os profissionais quanto para as empresas” Patricia Buarque e Denise Delalamo – sócias-diretoras 'A divulgação no site teve bom resultado, recebi bons currículos através da divulgação na Cout, muitos deles exatamente dentro do perfil que eu desejava. Inclusive, já até fechei a vaga com uma das candidatas' Tatiana Cioni 'Parabéns pelo site, vc colocou o anúncio ontem e já tenho um número considerável de currículos' Renilde 'Estou adorando o retorno recebido pelo site, os candidatos são todos muito qualificados. Obrigada pelo apoio!' Thyesa Dias 'Estamos muito satisfeitos com o retorno que tivemos com a divulgação das vagas de jornalista e fotógrafo na Cout. Num curto espaço de tempo, recebemos vários currículos de candidatos bastante capacitados e já estamos fazendo uma pré-seleção dos profissionais. Agradecemos à equipe do site por ter publicado as oportunidades de emprego da Partnersnet e esperamos poder contar com vocês novamente em outras ocasiões!' Daniela Nunes 'Estamos muito satisfeitos com os resultados obtidos pela divulgação de vaga no site. Conseguimos ótimos currículos e pudemos concluir nosso processo de seleção. Contratamos 2 funcionários por esta ferramenta.' Silvia Lopes 'Estou muito satisfeita com o serviço prestado por vocês, nos ajudaram a rankear no Google, revertendo em muitos e bons currículos! Muito obrigada e em uma próxima, com certeza pretendo contar com o excelente serviço da Cout!' Larissa Moutinho 'É notável que o site tem tido um número elevado de visitas face a grande quantidade de currículos que recebemos. Para nós, foi ainda mais fácil mensurar, visto que publicamos as vagas somente no site. (...) posso afirmar que é um canal viável tanto para empresas quanto para profissionais que buscam recolocação ou inserção no mercado da comunicação.' Diego Pudo 'Gostei muito da prontidão na divulgação das vagas e o retorno foi bastante positivo. Recebi vários currículos em pouco tempo e consegui chamar muitos candidatos para a entrevista.' Karoline Paiva 'Eu recebi alguns currículos, a maioria interessante, entrevistei algumas pessoas e devo fechar a vaga hoje. Agradeço a ajuda. Entre os três candidatos finais, um veio através do blog. Espero poder contar sempre com a ajuda de vocês para outras oportunidades' Angie Diniz 'A divulgação foi excelente tivemos um bom resultado, várias pessoas enviaram curriculo e fizemos várias entrevistas. Para resumir, o nosso objetivo foi alcançado, o site é de grande importância. Parabéns.' André Rocha WPF Atendimento online Nossos contatos Perguntas frequentes Assinaturas Login assinantes error: Alert: Conteúdo protegido!!



https://public.slidesharecdn.com/desenvolveti/ebook-onipresente
  E-Book Onipresente - Comunicação: De Onde Viemos e para Onde Vamos Slideshare uses cookies to improve functionality and performance, and to provide you with relevant advertising. If you continue browsing the site, you agree to the use of cookies on this website. See our User Agreement and Privacy Policy . Slideshare uses cookies to improve functionality and performance, and to provide you with relevant ... E-Book Onipresente - Comunicação: De Onde Viemos e para Onde Vamos Slideshare uses cookies ... - Comunicação: De Onde Viemos e para Onde Vamos Upcoming SlideShare Loading in … 5 × 1 1 of 125 Like ... ) Start on Show related SlideShares at end WordPress Shortcode Link E-Book Onipresente - Comunicação ... Follow Published on Aug 31, 2012 Onipresente - Comunicação: De Onde Viemos e para Onde Vamos Autor ... No embeds No notes for slide E-Book Onipresente - Comunicação: De Onde Viemos e para Onde Vamos 1. ONI CACHE

E-Book Onipresente - Comunicação: De Onde Viemos e para Onde Vamos Slideshare uses cookies to improve functionality and performance, and to provide you with relevant advertising. If you continue browsing the site, you agree to the use of cookies on this website. See our User Agreement and Privacy Policy . Slideshare uses cookies to improve functionality and performance, and to provide you with relevant advertising. If you continue browsing the site, you agree to the use of cookies on this website. See our Privacy Policy and User Agreement for details. SlideShare Explore Search You Upload Login Signup Submit Search Home Explore Presentation Courses PowerPoint Courses by LinkedIn Learning Successfully reported this slideshow. We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime. E-Book Onipresente - Comunicação: De Onde Viemos e para Onde Vamos Upcoming SlideShare Loading in … 5 × 1 1 of 125 Like this document? Why not share! Share Email Onipresente Ericmessa 1.0 by Roberto Sena 1104 views Livro bakhtin-estetica-criacao-verbal by ANA CLAUDIA DIAS ... 1269 views PRIMER ESTUDIO SOCIOLÓGICO DE BLOGS... by Roberto Sena 786 views Curso Redes Sociais by Instituto Desenvo... 634 views Curso: Aumentando o Faturamento com... by Instituto Desenvo... 892 views TEOLOGIA NAZISTA by Claudio José Ayro... 65 views Share SlideShare Facebook Twitter LinkedIn Email Email sent successfully! Embed Size (px) Start on Show related SlideShares at end WordPress Shortcode Link E-Book Onipresente - Comunicação: De Onde Viemos e para Onde Vamos 1,208 views Share Like Download ... Instituto Desenvolve T.I Follow Published on Aug 31, 2012 Onipresente - Comunicação: De Onde Viemos e para Onde Vamos Autor: Ricardo Cavallini ... Published in: Business 0 Comments 0 Likes Statistics Notes Full Name Comment goes here. 12 hours ago Delete Reply Spam Block Are you sure you want to Yes No Your message goes here Post Be the first to comment Be the first to like this No Downloads Views Total views 1,208 On SlideShare 0 From Embeds 0 Number of Embeds 3 Actions Shares 0 Downloads 39 Comments 0 Likes 0 Embeds 0 No embeds No notes for slide E-Book Onipresente - Comunicação: De Onde Viemos e para Onde Vamos 1. ONI PRE Ricardo CavalliniSENTEcomunicação: de onde viemos e para onde vamos 2. Em “A Estrada do Futu­ro” Bill Gates afirma como éimportante saber exatamen­te a hora em que você tomouuma decisão errada e que,dia após dia, em sua carrei­ra, ele pensou “será que foiagora que errei?”. Já em “A Noite America­na”, numa cena hoje célebre,François Truffaut usa um dire­tor para ilustrar que o processode decisão depende de um cer­to “gut feeling” (seja no mun­do dos negócios, seja na arte). Onipresente, o terceiroli­ ro de Ricardo Cavallini, vfala das mudanças que estãoocorrendo com o consumidor,nas agências, na comunicação.Não apresenta fórmulas mági­cas, mas colabora com conhe­cimento, tão importante nes­ses tempos empíricos. Se você ainda não enten­deu essa tênue relação entre o“gut felling” e o conhecimen­to, vale lembrar a frase antoló­gica de Lee Trevino, um dosgolfistas de maior sucesso nomundo. Após uma tacada lon­ga e precisa, uma voz femininagritou da arquibancada: “Quesorte!”. E Trevino respondeuem voz baixa, mas perto dosmicrofones: “É minha senho­ra...quanto mais eu treino,mais sorte eu tenho.” 3. Ricardo Cavallini Com mais de vinte anos deexperiência em comunicaçãointerativa, sua atuação abrangevárias áreas e disciplinas. FoiDiretor de Mídia da F/NazcaSaatchi & Saatchi, Diretor deOperações da Euro RSCG 4De Sócio-diretor de Tecnologiada agência digital Organic Inc. Autor do livro “O MarketingDepois de Amanhã”, que falasobre o impacto de novastecnologias sobre o comporta­mento do consumidor e domarketing nos próximos anos. Cavallini é consultor corpo­rativo, professor do curso deextensão de marketing direto daABEMD e acumula passagenspor agências, veículos e produ­toras como JWT, DM9DDB,Globo.com e Vetor Zero. 4. ONI PRE Ricardo CavalliniSENTEcomunicação: de onde viemos e para onde vamos 1ª edição São Paulo Editora Fina Flor 2009 5. Autor: Ricardo Cavallini Editora: Cristiane Lisbôa Projeto gráfico: Ricardo Cavallini, Mentor Muniz Neto e Eduardo Sanches Pereira Foto da capa: Freitas Foto do autor: Beto RiginikDados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) Cavallini, Ricardo Onipresente: comunicação: de onde viemos e para onde vamos Ricardo Cavallini – 1ª edição ­ São Paulo : – Editora Fina Flor, 2009. ISBN 978-85-908688-2-8 1. Comunicação 2. Marketing 3. Propaganda Índices para catálogo sistemático: 1. Marketing : Administração English version by InScribe Translations www.inscribe.com.br 6. Para fazer o download deste livro, acesse: www.onipresentelivro.com.brEsta obra está licenciada sob Creative Commons -Atribuição - Uso não-comercial - Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil. Você pode: copiar, distribuir, exibir e executar a obra. Sob as seguintes condições: Atribuição. Você deve dar crédito, indicando o nome do autor e endereço do site onde o livro está disponível para download. Uso não-comercial. Você não pode utilizar esta obra com finalidades comerciais. Vedada a criação de obras derivadas. Você não pode alterar, transformar ou criar outra obra com base nesta.Para cada novo uso ou distribuição, você deve deixar claro para outros os termos da licença desta obra. Qualquer uma destas condições podem ser renun­-cia­ as, desde que você obtenha permissão do autor. d Para mais informações, visite:www.creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.5/br/ 7. índiceintrodução..................................................................................91. por que usar o brasil como base de análise?.................. 112. ondas....................................................................................15 . curva-s....................................................................................................... 16 criação destrutiva:a inovação gerando ondas .................................. 17 mais rápido............................................................................................... 18 disruptura................................................................................................. 19 resistir é inútil.......................................................................................... 22 inovação.................................................................................................... 243. ondas da comunicação......................................................27 . atl e btl...................................................................................................... 31 . a quinta onda........................................................................................... 324. o primeiro fator: fragmentação.......................................33 . jornal......................................................................................................... 36 . revista........................................................................................................ 38 rádio........................................................................................................... 40 televisão.................................................................................................... 42 cinema....................................................................................................... 45 360 graus................................................................................................... 455. o segundo fator: internet..................................................49 . um milhão de veículos de comunicação............................................ 53 consumidores ou pessoas?.................................................................... 56 comunicação integrada.......................................................................... 58 transmedia................................................................................................ 61 quem define o plano de mídia?............................................................ 656. o terceiro fator: o consumidor.........................................68 alcance....................................................................................................... 78 frequência................................................................................................. 80 o último clique........................................................................................ 81 . 8. engajamento............................................................................................. 827. o quarto fator: digital.........................................................85 marketing contextual............................................................................. 908. onipresente..........................................................................94 comunicação onipresente....................................................................1039. conclusão. deste livro, não deste assunto.....................10410. notas.................................................................................107 .11. por que uma versão beta?............................................. 116 . valeu a pena?.......................................................................................... 119 o que foi alterado................................................................................. 120 os beta testers....................................................................................... 121 9. Não é novidade que as coisas mudaram e que, parapublicitários e marketeiros, o cenário está bem diferentede décadas atrás. Basta olhar para as agências de publicidade e ver comoelas mudaram seus discursos. Uma nova onda de sloganse expressões vendedorascomo advertising 360,integrated marketing,through the line, medianeutral, full service hou­ introduçãose, multidisciplinar com­pany, entre outros. Onde esta terminologia se interliga e faz sentido?São apenas palavras da moda ou refletem uma necessidadereal de acompanhar as mudanças? O que é Comunicação Integrada? Por que se tornoutão importante para o mercado de comunicação? Qual adiferença entre Comunicação Integrada e Transmedia?O que é engajamento? Termos que não possuem um significado oficial e quetomaram forma de acordo com o entendimento do merca­do e sua aplicação prática. Evidente que, em alguns casos, o discurso foi usadocom uma enorme distância da realidade. Empresas que,do dia para a noite, se tornaram multidisciplinares, mes­mo sem nenhuma alteração em seus quadros. Na prática,a mudança se resumia a um e-mail para os funcionáriosou um anúncio para os clientes. Não seria e não será ape­nas enviando e-mail que alguém vai mudar a cultura e acapacidade de uma empresa. Atitudes assim demonstramque essas empresas estavam fazendo comunicação do jeitoantigo. Dizer que mudaram sem nenhuma ação prática.Em outras palavras, ter apenas discurso, talvez funcionas­se com os consumidores de antigamente. Agora estamostodos mais céticos. E mais espertos. 10. Este abuso não foi exclusividade das mais antigas oumais tradicionais. Alguns anos atrás, várias agências digi­tais se autodenominavam como Full Service InteractiveHouse. Faziam tudo, mas só se fosse interativo. E sabendoque a tradução para interativo naquela época era internet,o termo se tornava contraditório. Existiam as agências quesó faziam ações na web e se proclamavam como MediaNeutral. Eram neutros no escolha da mídia, desde que oinvestimento fosse destinado para o meio internet. Curio­so, para não dizer outra coisa. Mas ridicularizar todas as agências que utilizam estasexpressões está errado. O que é apenas discurso para algu­mas delas, é consequência para outras. O que poderia seruma demonstração de futilidade, ou entendido como umamoda passageira, também pode demonstrar o oposto: umafacilidade de adaptação. A proposta deste livro não é julgar consumidores,agências ou anunciantes. Também não pretende trazerverdades absolutas, fórmulas mágicas ou respostas defi­nitivas, mas tentar, de maneira fácil e lógica, explicar porque o mercado de comunicação mudou e qual caminhoestá percorrendo. Portanto, é necessário colocar a comunicação em umaperspectiva histórica, mostrando o que passou a ser rele­vante e o que deixou de ser. Apontar o contexto que asmudanças se encaixam, conhecendo os principais fatoresdeterminantes que transformaram a comunicação poderáajudar cada leitor a tirar sua própria conclusão, entenden­do o que ainda está por vir, mesmo se tratando de umcenário em constante e rápida evolução. 11. 1. por que usar o brasil como base de análise? 12. onipresente A Voz do Brasil é um programa de rádio que talvez al­ guns brasileiros mais jovens nem conheçam. Com notícias sobre os Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, sua veiculação se tornou obrigatória para todas as rádios na década de 1930. É apresentado há mais de 70 anos às 19 horas. Horário escolhido por ser a faixa nobre na época, mas que hoje continua importante por ser exatamente quando as pes­ soas estão presas no trânsito e, justamente por isso, são obrigadas a escutar rádio. Para as rádios, significa perder um horário valioso de sua programação. Por este motivo, várias delas em São Paulo e no Rio Grande do Sul conseguiram liminares na justiça para mudar o horário de transmissão do programa. Mas a pirataria é o tivo o resto do Brasil, quando fica brasileiro, pois preso no engarrafamento das sete, continua sendo obrigado aaumenta seu poder engolir uma hora de enfadonha de escolha do que programação. Ironicamente, ao olharmos e quando assistir a curva de audiência padrão comparando São Paulo e Rio de Janeiro, veremos que justamente neste período, no Rio há uma queda vertiginosa. Será possível que os con­ sumidores, presos em seus carros, não escutam mais o que empurramos para eles? Claro que não, empurrar nunca foi eficiente, a diferen­ ça é que agora é menos eficiente ainda, e sabemos disso. Falando sobre comerciais empurrados, muito se discute sobre gravadores de vídeo digital no país. O fato do apa­ relho ajudar a pular os comerciais sempre assustou o mer­ cado publicitário, mas alguns defendem que o aparelho nunca teria penetração em um país pobre como o Brasil. 12 13. 1. por que usar o brasil como base de análise? O que essas pessoas não se atentaram é que o povo já pula os comerciais e a própria programação quando esta não é conveniente. Uma pesquisa da agência F/Nazca Saatchi & Saatchi, realizada pelo Datafolha1, mostrou que a maioria das pessoas – mesmo na Classe C – assume em pesquisa com abordagem pessoal que compra CDs e DVDs piratas em camelôs. A pirataria é o TiVo2 brasileiro, ela aumenta seu poder de escolha do que – e quando – assistir. 40 sp (%) rj (%) 30 20 10 0 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 H5 H5 H5 H5 H5 H5 H5 H5 H5 H5 H5 H5 H5 H5 H5 H5 H5 H5 H5 H5 20 21 22 23 04 14 15 16 17 18 1906 s 0507 s 06 07 08 09 10 11 12 13 às às às às às às às às às às às às às às às às às às à à H H H H H H H H H H H H H H H H H H H H212223001516171819200508091011121314 Audiência da rádio (AM e FM) por faixa horária, de 2ª a 6ª feira3 13 14. onipresente A tecnologia é apenas suporte para potencializar a mu­dança. O brasileiro é o povo que mais se desagrada como fato de não poder controlar, qualificar e interagir com oconteúdo da televisão4. É um povo interativo por natureza. Colocar o brasileiro como o povo mais interativo domundo vai ao encontro de várias outras pesquisas sobrecomportamento e consumo de meios e tecnologias. É obrasileiro que tem o maior tempo médio de navegação re­sidencial mensal na internet5. Em relação às comunidadese redes sociais, é no Brasil que: existe a maior penetraçãona categoria redes sociais6. mais tempo consumindo blogse comunidades7. maior rede de amigos nas comunidades8e. o maior número de contatos em comunicadores instan­tâneos9. Os brasileiros são também os mais ativos lendoblogs, compartilhando fotos, subindo vídeos e gerencian­do o próprio perfil em comunidades online10. É o país com maior índice do que a agência de mídiaUniversal McCann chamou de “superinfluenciadores”: in­ternautas que espalham suas opiniões e recomendações noque chamamos de mídia social, como blogs, comunidadese mensageiros instantâneos11. Segundo a pesquisa da F/Nazca, 81% dos brasileiros en­tre 16 e 24 anos acessam a internet. Acontece que o Ibopeconsidera que apenas 67% dos brasileiros podem ser consi­derados consumidores12. Não é possível cruzar uma pesqui­sa com a outra, mas podemos chegar à conclusão de que amaioria absoluta (para não dizer 100%, pois seria tecnica­mente equivocado) dos jovens consumidores estão online. Um país de tantas riquezas e pobrezas, um país de di­ferenças. A frase é clichê no Brasil, mas vale como defesada escolha. Um país onde a penetração da televisão é tãoalta e o meio tão poderoso. Juntar isso com um povo tãointerativo torna o país o lugar mais rico e interessante paraestudarmos as mudanças.14 15. 2. ondas 16. onipresente Antes de tentar explicar o caminho das mudanças, valeentender um pouco melhor sobre mudanças em si. E tal­vez a melhor forma de explicar seja fazendo uma analogiacom ondas. Entender que a mudança acontece em ondas – ou sal­tos, ou ciclos – não é novo. Já foi explorado por pensa­dores, economistas, cientistas e matemáticos para explicartoda sorte de transformação, inclusive as causadas por ino­vações e empreendedorismo. O futurologista Alvin Toffler usou o conceito de ondaspara representar a mudança estrutural e cultural mobiliza­da pela inovação. Em seu livro1, Toffler descreveu os está­gios da sociedade advindos da revolução agrária, industriale da sociedade baseada no conhecimento. curva-s A palavra onda é aderente não somente pela noçãode movimento, mas também pela representação visual doconceito. O amadurecimento e a aceitação da inovaçãoresponsável pela mudança não apresentam uma aceleraçãoconstante, formando “ondas” em um gráfico evolutivo.O lento amadurecimento é seguido de rápida aceleraçãopara depois perder velocidade novamente. Atingir umpatamar de maturidade significa chegar no seu supostolimite, esperando assim a próxima onda. O formato lem­bra a função matemática sigmoide, que leva este nome porter a forma de sigma, a letra “S” do alfabeto grego. Nãopor coincidência, a função e suas variações são usadas emmodelos de crescimento populacional, crescimento de tu­mores e aplicável também na economia, marketing viral eredes sociais.16 17. 2. ondasPerformance do produto terceira tecnologia segunda tecnologia primeira tecnologia Tempo ou esforço de engenharia Estratégia S-Curve2 criação destrutiva: a inovação gerando ondas Apesar de não existir um corte seco nesta transição, uma nova onda significa a queda da anterior. Schumpeter, conhecido como o mais brilhante economista do século 20, foi um dos primeiros teóricos a estudar a inovação, o empreendedorismo e suas consequências. Analisando teorias de ciclos de negócio, Schumpe­ ter formulou uma ligação entre eles. Em uma de suas teorias – Business Cycles, de 1939 –, concluiu que a ino­ vação e as mudanças tecnológicas rompem o equilíbrio entre mercados e obrigam a evolução do desenvolvi­ mento econômico. 17 18. onipresente Explicar a motivação de se criar algo não era resolvi­do pela economia clássica. O economista apontou que ainovação trazida por estes empreendedores sustentava ocrescimento da economia capitalista, mesmo destruindo ovalor estabelecido pelas empresas atuais. Criação Destrutiva3 foi o termo empregado pelo eco­nomista. Segundo ele, para evitar as quedas teríamos quematar a inovação, pois a inovação gera os ciclos, mudandoo cenário vigente. Em outras palavras, uma economia saudável não sig­nifica que ela esteja em um equilíbrio constante. Conceitoque rendeu a Schumpeter o título de um dos economistasmais radicais do século. mais rápido “Muitas mudanças em um curto período de tempo”.Foi como Toffler descreveu sua visão sobre o futuro. Afrase também demonstra bem o sentimento que muitaspessoas têm do mundo. De acordo com o Departamento de Comércio Norte-Americano, a internet demorou apenas quatro anos paraalcançar 50 milhões de usuários nos EUA. Menos tempoque a televisão (13 anos) ou o rádio (38 anos). Tem certa lógica, o rádio foi um dos fatores que aju­dou na disseminação da televisão. E ambos ajudaram ainternet a se estabelecer. Um ciclo pode gerar um am­biente propício e tornar o próximo mais curto. A Re­volução Industrial nos trouxe tecnologias e ferramentaspara ajudar na difusão do conhecimento e estabelecermeios de comunicação. A cada ano que passa, populaçãoaumenta e temos mais indivíduos aptos para consumirtecnologia ou gerar inovação.18 19. 2. ondas Criticamos empresas e governos que não investem em pesquisa e desenvolvimento, mas, historicamente, se pre­ ocupar com inovação é algo novo. Mesmo assim, já come­ çamos a sentir o impacto desta tendência. Surf’s up Schumpeter’s Waves Acelerate water power steam electricity petrochemicals digital networksPace of innovation textiles rail chemicals electronics software iron steel internal-combustion engine aviation new media firstwave second wave third wave fourth wave fifth wave 1785 1845 1900 1950 1990 1999 2020 60 years 55 years 50 years 40 years 30 years Schumpeter’s waves accelerate4 O gráfico apresenta uma possível projeção do que se­ riam as próximas ondas, segundo o conceito de Joseph A. Schumpeter. O economista escreveu sobre a história do capitalismo, mas ajudou a entender o futuro. Os ciclos es­ tão ficando cada vez mais curtos. disruptura Mas o uso da palavra inovação é muito amplo. Nem toda inovação causa a destruição do modelo vigente. Para distinguir essas variações de impacto, muitas nomencla­ turas acabam sendo utilizadas. Sustentável, incremental, evolutiva e revolucionária são exemplos de termos criados para descrever desde pequenas melhorias até aquelas que trazem uma mudança substancial. 19 20. onipresente Clayton M. Christensen, economista e professor da Harvard Business School, estudou mercados tão distintos quanto escavadeiras e impressoras e criou sua própria tese. Em seu livro5, Christensen explicou sua tese sobre a ino­ vação disruptiva, nos ajudando a compreender melhor a inovação e seu impacto nas empresas. disrupting technologyPerformance most demanding use high quality use medium quality use low quality use Time Disruptive versus Sustaining Technologies. A teoria é melhor apresentada através do gráfico. Para usar o exemplo mais banal de todos, imagine que as retas coloridas representam as necessidades de uso de câmeras fotográficas. O crescimento suave e constante (uma reta) representa a necessidade do mercado por melhorias, seja ele amador (low quality use) ou profissional (high quality use). 20 21. 2. ondas Olhando para o passado, lembraremos das melhoriasque aconteceram nas câmeras analógicas. Um novo tipo defoco, uma lente melhor, um novo processo de zoom, etc.Essas melhorias fomentavam, acompanhavam e supriam anecessidade do uso vigente. Até que surgem, como tecnologia disruptiva, as câme­ras digitais. No começo, eram voltadas para um nicho es­pecífico de consumidores. Pesadas, grandes, caras, lentase com péssima qualidade de imagem. Também faltavamopções para impressão. As impressoras caseiras não eramboas o suficiente e faltavam serviços especializados. Era omesmo que ter um carro elétrico, mas apenas um posto nacidade para carregá-lo. A rápida evolução, representada no gráfico pela curva,permitiu que ao longo dos anos o modelo digital evoluísserapidamente tornando-se a melhor alternativa, até mesmopara as demandas de performance mais exigentes. Salto ouonda, tanto faz, surgiu um novo período para o mercadode imagens fotográficas. Do ponto de vista empresarial, tecnologias disruptivassão pouco lucrativas em seu início. Demandam investi­mento em pesquisa, desenvolvimento e não têm economiade escala. Graças à constante busca por resultados ime­diatos, raramente as empresas líderes investem em umatecnologia disruptiva. Acionistas querem crescimento rá­pido, alto e sem riscos. Algo como bom, bonito e barato.Mas novas tecnologias demandam riscos e investimentode longo prazo. Mudanças de ruptura têm como consequência umagrande mudança no cenário atual. Esta é a principal sacadada teoria de Christensen, mostrar porque as empresas lí­deres geralmente perdem seu posto quando uma inovaçãodisruptiva acontece. 21 22. onipresente resistir é inútil A tecnologia acabou com a proteção de uma série demercados e indústrias. Proteções que são muito parecidascom uma reserva de mercado. Modelos de negócio frágeisque são garantidos de forma artificial, geralmente pelomontante de capital investido. Tome a indústria de entretenimento como exem­plo. Localizar talentos e treiná-los, bem como investirem produção, divulgação e distribuição, demandava ummontante de dinheiro que inviabilizava a entrada de no­vos concorrentes. A tecnologia deixou tudo mais barato. O conhecimen­to agora é compartilhado pela internet. Artistas, progra­madores e empreendedores podem aprender na web o queantes era provido por profissionais contratados a peso deouro. O conhecimento não era escasso, mas era restrito. A produção está mais barata. Computadores e outrosequipamentos caseiros como câmeras, filmadoras e grava­dores de DVD têm capacidade para produzir jogos, músi­cas, filmes e livros de altíssima qualidade. Divulgação e distribuição se tornaram viáveis e atémesmo novas formas de pagamento, como o eBay e PayPal,surgiram para diminuir ainda mais estas barreiras. Mais do que consumidores comuns ganhando força, atecnologia aumentou a competição mesmo entre os gigan­tes. Por exemplo, a infraestrutura implementada por umacompanhia de TV a cabo era voltada apenas para seu focode negócios, ou seja, a televisão por assinatura. Com a di­gitalização, boa parte desta infraestrutura também podeser utilizada para prover outros serviços, como telefoniafixa, internet banda larga e vídeo sob demanda. A digitalização permitiu à Amazon vender uma quan­tidade infinita de livros que nunca caberiam na prateleira22 23. 2. ondasde uma loja física. Com um custo ínfimo para mantê-los,livros que vendem apenas um exemplar por ano não po­dem ser menosprezados, pois nesta fragmentação de con­sumo, a soma de suas vendas pode alcançar ou até bater osgrandes sucessos6. Vendendo jogos casu­ais para iPhone, a Applepassou a concorrer com a se está mais fácilNintendo, Sony e Micro­ distribuir e produzirsoft, em um modelo denegócios completamente jogos, vendê-los poderádiferente. Enquanto a in­ ter a mesma faltadústria de jogos vive degrandes sucessos, a Apple de lógica que pagarpode se contentar com dezenas de reais pormilhões de jogos que ven­ um pacote de músicasdam uma unidade cada. Os jogos são digitais, grudado no plásticomas seu modelo de negó­cio ainda é predominantemente analógico. O modelo daApple, apesar de proprietário, repete o que já vimos emalgumas indústrias e que se repetirá em outras. A Ninten­do depende do Mario e da Zelda, assim como a Microsoftdepende do Office e do Windows. Os três grandes playersdo mercado de jogos ganham com a distribuição de jogoscasuais na mesma proporção que as agências tradicionaisganhavam dinheiro com a web. Dizer que eles têm capa­cidade para se adaptar rápido pode até ser fácil de se de­fender na teoria, mas sabemos que na prática as coisas nãosão bem assim. Se está mais fácil distribuir e produzir jogos, vendê-loscomo é feito hoje poderá ter, em pouco tempo, a mesmafalta de lógica que pagar dezenas de reais por um pacote demúsicas grudado em uma bolacha de plástico. 23 24. onipresente Isso não quer dizer que estúdios e produtoras de jo­ gos de grande porte não terão seu papel e importância. A Amazon ganha dinheiro com livros de baixa tiragem, mas isso não matou o Harry Potter nem as grandes editoras. No Brasil, somente as agências podem comprar mídia de massa. Esta imposição não existe na internet, e mes­ mo que um dia passe a existir, funcionaria somente com a compra de peças em grandes veículos. Todo o investimen­ to que é feito no Google (que não paga comissão às agên­ cias), em conteúdo e em outras ações (que não envolvem compra de mídia), mostra que esta proteção não é garantia de nada. As agências que estão lutando com unhas e den­ tes para manter este modelo estão apenas repetindo o erro da indústria fonográfica. inovação Muitas empresas que se julgam inovadoras não estão nem mesmo preparadas para tanto. Faça um teste, pergunte a si mesmo. Se surgir uma proposta para um serviço ou produto inovador, mas que dependa da ajuda de outros departamentos para colocar muitas empresas em prática, qual a chance de que se julgam ela ser levada adiante? Se os “outros” departa­ inovadoras, não mentos estão interessados estão nem mesmo apenas em bater suas pró­preparadas para tanto priasdiscurso, ou um sonho nas metas, inovar será ape­ distante. Assim como diversas das palavras e expressões apresentadas aqui, inovação vi­ rou palavra da moda. É utilizada com tanta frequência que chega a causar asco em alguns que cansaram de escutá-la. 24 25. 2. ondas Mas não importa se é utilizada como sinônimo de cria­tividade, genialidade ou de ruptura. Inovar vem de novi­dade. E, se tratando de algo novo, buscar histórico paracomprovar a eficácia torna-se uma tarefa ingrata. Podemos nos cercar de boas práticas, conhecimento,análises de tendências e tudo mais. Mesmo assim, se bus­camos inovar, trata-se de experimentação e risco. É difícil para a maioria das empresas, sejam agênciasou anunciantes. A cultura do business plan7 e dependênciade pesquisas foi criada e amadurecida para entender o ris­co, mas acabou virando apenasuma forma de evitá-lo a todocusto. a contradição é que A contradição é que estamosjustamente buscando o risco na estamos justamenteexperimentação. Soa estranho buscando o riscopelo fato de a palavra “risco” teruma conotação negativa. Parece na experimentaçãoque estamos falando do riscopelo risco. Análogo aos esportesradicais, cuja adrenalina é consequência direta do perigo. Não é o caso. Aceitar o risco significa sair do am­biente de resultado garantido para buscar um retornoacima da média. Pode ser feito sem planejamento ou lógica. Como umjogo de azar, onde a fonte de conhecimento ou parâmetrode escolha tem indicativos cuja razão é discutível. Trata-se do apostador de cavalos de corrida que faz sua escolhapor descobrir que seu sobrinho tem o mesmo nome dojóquei. Ou pode ser feito do jeito certo. E abusando das metá­foras, como acontece no mercado de capitais. A ideia é queiniciativas novas ou arriscadas – e que não tenham retornogarantido – sejam entendidas como investimento. 25 26. onipresente Usando esta lógica, investir em veiculação seria con­servador. Com bons parceiros o retorno seria garantido,mas mediano. Por outro lado, iniciativas mais arriscadas, como in­vestir em conteúdo, serviços ou entretenimento em geral,podem trazer um retorno que nenhuma campanha papai-mamãe poderia conseguir. Ilustrando com um clássico exemplo de sucesso, de­pois que dezenas de milhões de pessoas assistiram à sériede curtas The Hire8, ninguém costuma lembrar o riscoque foi para a BMW aprovar a ação. Atingiu uma audiênciadigna do Super Bowl, com as pessoas assistindo aos filmesde 10 a 15 minutos por vontade própria e ainda recomen­dando para os amigos. Mudou a história da comunicação,mas poderia ter sido um fracasso retumbante. Mesmo que o conteúdo seja suportado por veiculaçãode mídia, boa parte do sucesso depende do boca-a-boca.E como a “boca” é parte integrante do ser humano, o re­sultado disso será sempre imprevisível. Os profissionais mais experientes podem fazer boasprevisões e planejar os pontos necessários para o sucesso,assim como o faz um investidor financeiro. Mas nenhumdeles tem como garantir ou ter certeza do resultado final.Do lado do anunciante, cabe escolher parceiros com his­tórico de sucesso, acompanhar o mercado e procurar en­tender mais sobre o assunto. E por último, mas não menosimportante, descobrir se o seu perfil é conservador, mode­rado ou arrojado. O que não funciona é almejar um retorno que só épossível de se obter com ações, mas exigir a segurança queteria investindo na poupança.26 27. 3. ondas da comunicação 28. onipresente Falar sobre a evolução em ondas foi importante poralguns motivos. Primeiro para conceituar que estamospassando por diversas modificações, mas que elas fazemparte de uma grande transição. Estamos chegando no picode uma nova onda e quem ainda vive no modelo antigoestá sofrendo as consequências. Segundo para deixar claro que não seria uma teoriarevolucionária defender que o mercado de comunicaçãoentrou em uma nova era. Defender uma grande transiçãonão é novo e pode ser apenas uma constatação baseada emobservação. E por último, mas não menos importante, para mos­trar que não se trata de uma mudança isolada de outrossegmentos. O avanço trazido pelos computadores e pelainternet teve um grande impacto no mercado de comuni­cação, assim como em outros mercados. O mesmo ocor­reu com a industrialização, algumas décadas antes. Nossaindústria não é o centro do mundo, assim como não eramos barões do café ou não são os poderosos da indústriafonográfica. A propaganda existe no Brasil há mais de 200 anos.Considerando certo atraso – natural, visto a diferença emrelação aos países mais industrializados –, seria possívelidentificar cinco ondas, muito próximas das apontadas nográfico de Schumpeter. A primeira onda acontece com a chegada da imprensa,em 1808. Os primeiros anúncios eram destinados princi­palmente à venda de medicamentos e escravos. Este cená­rio se mantém até a onda seguinte, que teve início com aabolição do tráfico, a partir de 1850. O dinheiro, antes usado para o comércio de escravos,atrelado ao mercado consumidor, formado por trabalha­dores imigrantes, cria um ambiente favorável. Nascem asprimeiras marcas e a publicidade cresce.28 29. 3. ondas da comunicação É somente na terceira onda, na primeira metade doséculo 20, que começa a se formar o mercado como co­nhecemos hoje. Com as primeiras agências de publicidade,o cuidado estético nos anúncios e cartazes aumenta e aslongas descrições são substituídas por textos publicitários,mais curtos e objetivos. Em 1932, a publicidade na rádio passa a ser permiti­da, impulsionando seu desenvolvimento. O período en­tre as décadas de 1930 e 1950 fica conhecido como a Erade Ouro da Rádio. Com o mercado publicitário consolidado na onda an­terior, é na quarta onda que vemos a proliferação dos veí­culos de comunicação. Apesar de até hoje todos os meios se destacarem dealguma maneira, a partir da década de 1960, um deles co­meçou a se distanciar dos outros. Com a entrada do videotape, a televisão aumentou emelhorou a produção de conteúdo nacional, começandoassim sua jornada para se tornar o meio líder no país. Oconteúdo, a atração do vídeo, a alta taxa de analfabetismoe a baixa renda da população ajudaram no sucesso da tele­visão. Atingindo cerca de 30% da população na década de1970, chegou à metade dos brasileiros na década seguintee, 10 anos depois, quase todos os bípedes do território na­cional estariam ligados ao aparelho. Apesar dos pontos positivos deste sucesso, o resultadoprático é terrível. A TV acabou sendo o único referencialde entretenimento, educação e, infelizmente, cultura paraa grande maioria dos cidadãos. 29 30. 1. A Província de São Paulo (fundado em 1875, quando a palavra não tinha acento. após a instituição da Repú- blica, passou a se chamar O Estado de S. Paulo)2. Rádio Nacional do RJ (1936, estatizada em 1940)3. Televisão Tupi (1950-1980, a primeira emissora de televisão do Brasil)4. Revista Manchete (1952-2000) 31. onipresente atl e btl Com a força dos meios de massa, o mercado de comu­ nicação passou a ser dividido em duas partes: acima e abai­ xo da linha. Uma nomenclatura que talvez seja a melhor maneira de descrever a quarta onda. A origem dos termos vem no modelo de receita ado­ tado décadas atrás pelo mercado publicitário, onde parte da receita das agências vem do comissionamento gerado pela compra de mídia. Desta forma, o volume de mídia negociado influencia na receita e no lucro da agência. Por esta característica, a publicidade herdou o termo contábil Acima da Linha (ATL, do inglês Above the Line), des­ parece a questão crevendo os meios de massa como rádio, revista, jornal e te­do aquecimento global. levisão, que trabalham com este não adianta mostrar modelo de comissão. Abaixo da Linha (BTL, do fotos de geleiras inglês Below the Line) passou a desaparecendo, ser usado para descrever todo o sempre terá alguém resto, como marketingrelações eventos, promoções, direto, que desacredita públicas e até mesmo formas de nos fatos publicidade que não envolvam compra de mídia. A expressão ATL também foi adotada pela indústria ci­ nematográfica, usada para descrever os custos mais rele­ vantes, resolvidos antes da produção do filme começar. Separados do resto por uma linha, primeiro são negocia­ dos produtores, atores principais, roteiristas, diretores e direitos autorais. Empregar o termo desta forma também 31 32. 3. ondas da comunicaçãotem semelhanças ao modelo publicitário, já que os gastoscom publicidade são considerados mais importantes e de­finidos antes dos outros. Por este motivo, não é incomumachar referências que digam que o termo ATL veio da in­dústria do cinema. Pela influência da publicidade nos meios de massa, pelapequena fatia na verba de comunicação e, até mesmo pelosignificado da palavra “abaixo”, BTL acabou se tornandoum termo pejorativo e suas disciplinas consideradas me­nos importantes. a quinta onda As condições foram sendo criadas ao longo do tem­po. A velocidade da mudança se intensificou nos últimosanos e, mesmo com todas as provas, ainda existem pessoasque resistem à ideia ou ignoram suas causas e consequên­cias. Parece a questão do aquecimento global. Não adiantamostrar as fotos das geleiras desaparecendo, sempre teráalguém que desacredita nos fatos. Chegamos à quinta onda, na qual nos encontramos.Se olharmos para o mercado de comunicação, seria maisfácil – e talvez até mais correto – falar sobre a transiçãodo analógico para o digital, tendo a internet como tecno­logia de ruptura. Mas para entender a quinta onda, é necessário mostrara fragmentação dos meios de comunicação, que explodiuainda na onda anterior. Falar sobre a internet, seu cresci­mento e influência no comportamento do consumidor. Epor último, mas não menos importante, apresentar as pos­síveis consequências do avanço dos meios digitais e outrastecnologias. Todos, fatores determinantes para a transição acon­tecer. Nos próximos capítulos, falaremos sobre elescom detalhes. 32 33. 4. o primeiro fator: fragmentação 34. onipresente O consumo de mídia mudou e, com ele, o comporta­ mento das pessoas. O inverso também se mostrou verda­ deiro. O comportamento das pessoas mudou e, com isso, a forma como elas consomem a mídia. No mercado de co­ municação, o que era problema exclusivo do profissional de mídia passou a merecer atenção de todos. Planejadores, criativos e todas as outras equipes. E fora da agência tam­ bém: anunciantes, veículos e produtoras. Todos precisan­ do entender e se adaptar. A digitalização, a criação de novos meios e outras con­ sequências da evolução tecnológica mudaram bastante o cenário da comunicação. Mas, obviamente, não seria possível justificar as mudanças de maneira tão simples, apontando apenas um causa­ dor e ignorando questões po­a fragmentação é de líticas, sociais, econômicas ou culturais. meios, conteúdo, No Brasil, a globalização e audiência, tempo e a economia aparentemente es­ tável – para quem, há mais de atenção. mas dez anos, chegou a viver com também é de poder inflação de 2.490% ao ano, po­ demos dizer que vivemos em uma economia aparentemente estável – talvez tenha mudado mais o consumidor do que novos meios e novas tecnologias. Apesar de não ser o único causador, entender a frag­ mentação em um contexto mais amplo ajudará a responder uma série de questões e trazer uma visão clara para anali­ sar as mudanças. Temos as mesmas 24 horas por dia e muito mais op­ ções para dividir nossa atenção. Opções para escolher o que, como, quando e onde consumir. Cenário bastante diferente de poucas décadas atrás, este poder de escolha é 34 35. 4. o primeiro fator: fragmentaçãoconsequência de uma série de fatores, entre eles, a multi­plicação de novos meios e tecnologias. A fragmentação é de meios, conteúdo, audiência, tem­po e atenção. Mas também é de poder, o que faz da quintaonda a mais interessante de todas. Jornal, rádio, revista e televisão se multiplicaram, mas­sificaram e ganharam importância para hoje receberem otítulo de veículos tradicionais. Em um cálculo não muitopreciso, diria que o número de veículos tradicionais cres­ceu 5 ou 10 vezes em poucas décadas, cuja fase mais im­portante aconteceu nos anos 90. Esta breve noção, mesmo que imprecisa, seria sufi­ciente para descrever a fragmentação dos meios de comu­nicação. Mas pelo propósito acadêmico do livro e, paraevitar um buraco histórico, é preciso ter informações maisprecisas. Mostrar alguns números tem uma segunda utilidade:provar para universitários e formandos que a fragmenta­ção também ocorreu nos meios analógicos. Jovens que não compreendem o que é ter apenas 4 ou5 canais de TV aberta à disposição. Profissionais que nãovivenciaram, em suas adolescências, um período com pou­cas opções de escolha. Para eles, os dados presentes nas próximas páginasservem com um rápido resumo deste crescimento. 35 36. onipresentejornal Com crescimento estável, a década de 1990 aumentou em 57% o número de publicações diárias de jornais brasi­ leiros. Não parece muito mas o crescimento resultou, hoje, em 3.076 jornais, sendo 532 deles diários1. 36 37. 1. Folha da Noite (fundado em 1921, passou a se cha- mar Folha de S. Paulo em 1960, resultado da união com a Folha da Manhã e a Folha da Tarde)2. Correio Braziliense (1960)3. Extra (1998)4. Super Notícia (2002)5. Destak (2005)6. Metro (2007) 38. onipresenterevista Assim como aconteceu com os outros meios, a história se repete. De 1991 para 2007, os 900 títulos de revista vira­ ram 3.833. Destes, 1.767 representam edições regulares2 . 38 39. 1. Capricho (1952)2. Veja (1968)3. Raça Brasil (1996)4. Fluir (1983) 40. onipresenterádio Partimos de poucas centenas de estações – estima-se menos de quinhentas na década de 1950 – para quase qua­ tro mil emissoras em 2008. Um crescimento de 40% só nos últimos dez anos. Mas o levantamento de 2.284 rádios FM e 1.704 AM ignora a estimativa de 2.408 rádios comu­ nitárias e mais de 15 mil rádios piratas3. 40 41. 1. Rádio Bandeirantes (1937)2. CBN (1991)3. Heliópolis (1992, conside- rada a maior rádio comu- nitária do Brasil, situada na favela urbanizada de mesmo nome)4. Kiss FM (2001) 42. onipresentetelevisão As últimas décadas trouxeram novidades para o am­ biente de TV aberta. Antes restrita a seis emissoras, a TV aberta começou seu crescimento com a entrada dos canais segmentados nas frequências VHF ou UHF. Entre eles, MTV (1990), Rede Vida (1995) e Rede TV (1999). Obviamente, o responsável pelo maior crescimento do número de canais foi a TV por assinatura. Em 1991, a entrada dos cinco canais da TVA e dos quatro canais da Globosat foi significativa, mas o número saltou para 59 em 1999 e depois para 97, em 20084. Em 2007, começam as primeiras iniciativas do que pode se tornar uma nova explosão de conteúdo na TV. A entrada das teles, com destaque para a Brasil Telecom e seu serviço de IPTV com vídeo sob demanda. A Telefônica iniciou seus serviços comprando a operadora de TV por assinatura TVA, assim como fez a Telemar comprando a Way Brasil. Com o poder das teles para investir em conte­ údo e tecnologia, este jogo só está começando. Foi também em 2007 que estreou a TV digital no Bra­ sil. Mas depois de uma estreia pomposa, perdeu força dan­ do ares de esquecimento e desdém. Por sua capacidade de resolução, o avanço da TV di­ gital foi muito comparado à entrada da TV em cores. Não é possível competir com tamanha diferença de percepção que as cores trouxeram, por isso, sempre que a compara­ ção foi feita, era para desqualificar a iniciativa. Mas a transformação não é apenas no visual. O corre­ to seria comparar as possibilidades que a TV digital pode nos trazer, com a mudança ocorrida na década de 1960, graças a entrada do videotape. Programas puderam ser gravados, editados e transmitidos em qualquer horário. 42 43. 4. o primeiro fator: fragmentaçãoAumentou a qualidade, variedade e quantidade de conte­údos nacionais ofertados. Com interatividade, canal de dados, multiprogramaçãoe transmissão móvel, talvez a TV digital fizesse o mesmopelo meio hoje, dando um novo fôlego para a TV aberta.Mas só saberemos se o suporte for maior por parte de to­dos os envolvidos. 43 44. 1. TV Record (1953)2. Rede Globo (1965)3. TV Bandeirantes (1967)4. MTV (1990)5. Net (1993)6. Telefônica TV Digital (2007) 45. onipresentecinema Apesar do número apontar salas de cinema que exibem publicidade, é possível usá-lo para mostrar que o cresci­ mento do meio não ficou para trás. As 379 salas contabili­ zadas em 1992 se multiplicaram para bater 1.916 salas em 20085. Em apenas uma década e meia, cinco vezes mais salas exibindo comerciais.360 graus Antes da fragmentação começar, um plano de mídia com poucos veículos seria o suficiente para atingir todo mundo. Com um tiro de canhão, acertava-se o navio com todos dentro. No começo da década de 1990, os programas de maior audiência da televisão brasileira, como a novela das oito e o Jornal Nacional, tinham uma audiência média acima dos 60 pontos. Em apenas dez anos, este número já havia caído para uma média de 40 ou 50 pontos e, atualmente, a audiência média destes programas está em torno de 35 pontos. Um ponto de audiência representa 1% do universo pes­ quisado. Dizer que determinado programa teve um ponto de audiência na grande S. Paulo, por exemplo, é o mesmo que dizer que 1% dos domicílios com televisão nesta re­ gião estavam sintonizados naquele programa. A maior audiência aconteceu em 1985, na novela Roque Santeiro, que supostamente teve 100 pontos de audiência, um número que se não impossível, parece improvável. Hoje os recordes batem apenas metade deste valor. Com o aumento do número de veículos, passa a ser cada vez mais importante medir a audiência e entender com qual frequência cada um deles é consumido. 45 46. 4. o primeiro fator: fragmentação Aumenta-se consideravelmente o investimento empesquisas para descobrir quem tem a maior afinidade como perfil desejado. O objetivo é mostrar a mensagem para determinadoperfil, algumas vezes para que ela seja compreendida. Porexemplo, mostrar um comercial de 30 segundos, em médiacinco vezes, para mulheres de 20 a 35 anos e que perten­çam às classes A/B. Sistemas de amostra­gem como o DIB 46 doIbope alimentam bases de uma política de preçosdados que ajudam a res­ ou distribuição componder onde anunciar. problemas podem Mas o aumento dafragmentação torna pouco atrapalhar resultados.efetivo trabalhar poucos uma campanha malfeitameios, obrigando a olhar­mos inclusive os que não na tv, um site confusosão explorados pela publi­ ou um atendimentocidade tradicional. Comoignorar o ponto-de-venda, ao consumidorpor exemplo, se sabemos mal treinado temque parte importante da de­ o mesmo efeitocisão de compra é tomadaneste momento. São raras as pesquisas sobre o assunto. A maior delas,organizada pelo Interactive Advertising Bureau norte-americano, levou mais de dois anos e contou com dozegrandes anunciantes, como Ford, Procter & Gamble eMcDonald’s. Os resultados das pesquisas mostram o ób­vio. Uma campanha em um meio influencia no resulta­do da campanha em outro meio. Uma campanha na TVinfluencia o resultado da campanha online e vice-versa.Afinal, o consumidor é o mesmo. 46 47. onipresente Anunciantes sempre souberam que uma política depreços ou distribuição com problemas podem atrapalharresultados. Mas qualquer relacionamento ruim que a pes­soa tenha com a marca tem o mesmo efeito. Uma campa­nha malfeita na TV, um site confuso ou um atendimentoao consumidor mal treinado. Para otimizar resultados, passa a ser interes­sante para os anunciantes trabalharem em todas asfrentes possíveis. Todos os ângulos, nos trezentos e ses­senta graus. Explicando o termo assim, ele fica realmentesem graça. Ações 360 Graus utilizam o mesmo conteúdo, compequenas adaptações, em vários meios e mídias diferentes.Por passar por vários meios, levam o nome de Crossmedia.Uma profusão de termos, não é de se estranhar que mui­tos profissionais não saibam explicar o significado damaioria deles. Ao pé da letra, o termo acaba causando um erro deinterpretação compreensível. Todas as frentes é apenasuma força de expressão. Não significa que serão obriga­toriamente trabalhadas, mas que todas serão analisadase boa parte delas poderá fazer parte dos esforços de co­municação. Quando as agências começam a trabalhar em váriasfrentes, acaba ficando difícil diferenciar as disciplinas.Para ilustrar, imagine qualquer uma destas promoções quecansamos de ver hoje em dia. Elas incluem ações na TV,cadastros na internet, têm resposta direta, trabalham aqui­sição, etc. Em resumo, misturam publicidade, marketingdireto, digital, promoção, etc. A linha entre ATL e BTL começa a desaparecer e algu­mas agências preferem utilizar o termo Through the Line(TTL, através da linha em inglês) para deixar claro que47 48. 4. o primeiro fator: fragmentaçãosuas estratégias ignoram a barreira da linha, trabalhandocom o que antes era considerado abaixo e acima dela. O profundo conhecimento de cada meio con­tinua importante. A imensa variedade de for­matos aumenta a necessidade de um grupomaior de pessoas com especializações distintas. Uma equi­pe de vários conhecimentos ou disciplinas. Uma equipemultidisciplinar. 48 49. 5. o segundo fator: internet 50. onipresente Um dos melhores representantes dos chamados meiostradicionais, o dominical Fantástico foi um dos respon­sáveis por divulgar, a centenas de milhões de brasileiros,a grande novidade. O programa de TV, que se intitula “asua revista eletrônica”, refere-se até hoje a internet como“a rede mundial de computadores”. Em 1995, a internet, que era de uso exclusivo da co­munidade acadêmica, foi aberta para os outros setoresda sociedade. No começo, ainda era encarada por anunciantes apenascomo uma responsabilidade da equipe de TI, ignorando ouso da web para comunicação. Esta falta de atenção abriuespaço para o surgimento das chamadas agências digitais. Em sua maioria, as agências tradicionais trabalharamno passivo, ou seja, criaram departamentos de internetapenas para suprir uma pequena e obrigatória demandaimposta por seus clientes. Usando a teoria de inovação disruptiva de Christen­sen – citada no capítulo Ondas – bastaria lembrar que navisão das agências, a internet era voltada para um nicho,era pouco lucrativa e cheia de limitações. Assim, apostarna web era menos lucrativo e mais trabalhoso. As digitais fizeram o trabalho oposto, tentando atodo custo mostrar o poder da web como plataforma decomunicação. Para provar sua importância e unicidade,duas expressões cunhadas décadas antes da internet nas­cer passaram a ser bastante usadas em apresentações deagências digitais. A frase de McLuhan1, “o meio é a mensagem”, foiusada para explicar as marcantes características do meio.Uma crítica direcionada aos que acreditavam ser suficientecolocar o comercial de 30 segundos na web, reclamandodepois dos resultados pífios. O pior não era nem o fato deexplorar pouco o poder da internet, mas de unir o pior dos50 51. 5. o segundo fator: internetdois meios. A falta de interatividade e rigidez do formatoda televisão com a baixa qualidade visual da web, graças àlimitação de velocidade de download. As empresas não sabiam como tirar proveito da redeainda, era um processo natural de aprendizado e amadu­recimento. Basta ver que estamosrepetindo este processo com a TVdigital. Veja os primeiros comerciais os primeirosda TV interativa, a maioria se asse­ comerciaismelha aos hotsites e jogos online de10 anos atrás. de tv interativa É possível ligar para uma rádio se assemelhamao vivo e interagir com o locu­tor, mas nada comparável ao que aos hotsites epode acontecer em um meio digi­ jogos onlinetal como a internet. Os hyperlinks de 10 anos atráspermitem atender diferentes de­mandas e profundidades. Um anunciante pode colocar todos os seus produtosno site, com todo tipo de informação sobre cada um deles.Cada pessoa escolhe o que e quanto aprofundar sua na­vegação. Enquanto um pode se interessar pelas cores doproduto, outra pessoa pode se chafurdar em seus detalhestécnicos. Por causa desta abundância de informações e comple­xidade de interação outra expressão passou a ser muitousada: “form follows function”2 . Apesar dos debates emrelação ao seu significado verdadeiro ou sua aderência aomeio digital, foi muito usada por agências digitais para ex­plicar a necessidade de se pensar em usabilidade. Comodiz Steve Jobs: “design não é somente como o produto separece. Design é como ele funciona”3. 51 52. 1. BOL (BBS em 1994, portal em 1995 e serviço de e-mail gratuito em 1999)2. Cadê? (1995, comprado em 2002, passou a se chamar Yahoo! Cadê?)3. Mandic (BBS em 1990, portal em 1996 e serviço de e-mail em 2002)4. UOL (1996)5. ZipMail (1998) 53. onipresenteum milhão de veículos de comunicação Conforme esperado, nos primeiros anos de exploração comercial no Brasil existiam poucos sites disponíveis em língua portuguesa. Mas os poucos viraram alguns. De al­ guns, rapidamente muitos e, de muitos, se tornaram tantos que a contagem virou um exercício lúdico. Somente um grande indexador de conteúdo como o Google poderia realizar uma boa estimativa, mas uma das teorias de cálculo – que utiliza o próprio Google – aponta para um montante entre 1,4% e 2% dos sites mundiais sendo em língua portuguesa. Algo entre 2 e 3 milhões de sites. Existem 1,3 milhão de domínios brasileiros. Muitos não devem se concretizar em conteúdo, mas a contribuição de outros países que falam a mesma língua e o fato de mui­ tos sites usarem domínios estrangeiros – como o gigante portal globo.com e o pequeno e divertido wishlist.nu4 – fazem o número 2 milhões parecer realista. Conte também aplicativos como mensageiros instan­ tâneos – como MSN Messenger ou Google Talk – e pense como quantificar serviços como o YouTube e Wordpress, com centenas de milhões de vídeos ou blogs pessoais. Cada pequeno pedaço da web, cada pequeno conteúdo gerado pelo consumidor tem seu valor. Costumo brincar que a avó da minha filha já usava MSN antes de ela nascer. É um jogo de palavras, mas é verdade. Não é só a realidade da minha filha que está sendo diferente, a maneira como seus avós (meus pais) consomem mídia também mudou muito. E mudou em um curto período de tempo. A Lei de Metcalfe pode explicar melhor um dos mo­ tivos desta mudança. Segundo a lei, o valor sistêmico da comunicação é proporcional ao quadrado do número de membros conectados5. 53 54. 5. o segundo fator: internet Traduzindo para o português: a utilidade da rede au­menta exponencialmente de acordo com o número de usu­ários. A lei pode ser questionada, mas é evidente que oaumento do número de usuários e de conteúdo disponívelna internet a tornou mais atraente e valiosa. Além de veras fotos da netinha, facilidades como achar o telefone dapizzaria do bairro e falar com amigos que moram longetornaram a rede bem mais interessante para meus pais. Além disso, quanto mais usuários, mais “professores”.De 2005 para 2007, um período de apenas dois anos, onúmero de crianças brasileiras de 6 a 11 anos de idade quenavegam na internet aumentou em 77%. E a quantidadede horas médias navegadas por mês passou de 14 para 19horas. Um aumento de 40%6. Pais e irmãos mais velhosconectados dão o exemplo e o incentivo para o cresci­mento se tornar exponencial. O que parece distante podeacontecer em poucos anos graças à rápida aceleração. Segundo o Ibope, em maio de 2008, o jovem adoles­cente consumiu 3,3 mil páginas de internet. Esta médiamensal é duas vezes maior que do ano anterior. Olhandopor outro ângulo, seria equivalente a dizer que estes ado­lescentes estão lendo uma revista por dia, na web7. E, mesmo com a presença dos grandes portais, deixa­mos de olhar para dezenas para analisar milhares de veícu­los. Em 2008, a agência digital norte-americana Razorfishcomprou para seus clientes espaço publicitário em mais demil sites diferentes8. Um, dois ou quatro milhões de sites? Não importa,o volume brutal destes valores mostra que não faz maissentido contar número de veículos de comunicação. Coma entrada da web, fragmentação passou a ter um novo sig­nificado. 54 55. 1. ZAZ (foi ao ar em 1996, foi comprado em 1999 e virou o portal Terra)2. Yahoo Brasil (1999)3. iG (2000)4. globo.com (2000)5. MSN Messenger Service (no Brasil em 2000) 56. onipresenteconsumidores ou pessoas? No começo olhávamos apenas para os meios de comu­ nicação. Com o poder de atingir a massa, era fácil atingir todo mundo, não precisando mirar um público específi­ co. A fragmentação tornou necessário selecionar melhor, verificando o perfil de quem consumia cada meio e cada veículo de comunicação. Mas, mesmo levantando o perfil demográfico, socioe­ conômico, cultural e psicográfico, o foco ainda era o meio. Depois de escolhido o meio, realiza-se um cruzamento por base de amostragem para escolher qual parte do meio priorizar. Por exemplo, antes escolhe-se o meio televisão, para depois definir os canais e por último os programas. Assim que a conversação se tornou viável e os meios infinitos, precisamos voltar o olhar para o consumidor. Rótulos podem ser levados em conta, mas, assim como a audiência, deixaram de ser um fator dominante na fór­ mula e não podem ser a única preocupação do profissio­ nal de mídia. No passado, isso fazia sentido quando o próprio con­ sumidor escolhia primeiro o meio. O tradicional “deixa eu ver o que está passando de interessante” ou “deixa eu ler uma revista” ou “escutar uma musiquinha”. Hoje, apesar desse comportamento ainda coexistir, com tanta oferta, o mais comum é o consumidor escolher o que quer ver, como e onde. Ele quer ver Heroes. Ele quer assistir novela. Sim, por enquanto a novela só é oferecida na televisão e em um determinado horário. Os veículos acham que estão no comando, mas estão apenas perdendo oportunidades. A resistência por parte de alguns profissionais contra a etiqueta “consumidor”, preferindo chamá-los apenas de “pessoa”, demonstra necessidade de parar de dividir 56 57. 5. o segundo fator: internetpessoas por classe social, sexo, faixa etária ou qualqueroutro rótulo. A tecnologia tornou o uso destes rótulos arriscado.Usando os jogos como exemplo. Décadas atrás, eles eramcoisa de adolescentes do sexo masculino, hoje atingem ho­mens e mulheres de todas as idades. Porque os adolescen­tes cresceram e porque os jogos evoluíram, em qualidadee variedade. Um senhor de 60 anos que não se interessariapor Pong ou Pac-Man pode se interessar por Brain Agepara exercitar o cérebro, se divertir jogando boliche noWii ou até passar o tempo jogando Paciência no celular.Muitos jogam durante horas a fio e nem se consideramjogadores, afinal, Brain Age e Paciência nem são conside­rados jogos por alguns. Outro exemplo pode ser visto na penetração de telefo­nia fixa. Antigamente, pagar uma assinatura mínima peloserviço dificultava a penetração do aparelho nas classesmenos favorecidas. Selecionar pessoas e entrevistá-las portelefone fixo não era problema, pois uma simples pondera­ção manteria a qualidade da amostra. Mas hoje é comum encontrar pessoas que aboliramo uso do fixo em prol do celular, independentemente daclasse social. Os mais abonados por facilidade, já que amaior parte de seus contatos estão na memória do celulare é mais prático para ligar, e por custo, pois a maioria dasligações são feitas para celulares de amigos, o que seriamais caro ligando de um fixo. Com celulares pré-pagos e usando mensageiros instan­tâneos na lan house, o custo-benefício do fixo tornou-semenos atraente para os menos abonados, mesmo que oserviço ainda seja visto como objeto de desejo. Por isso, realizar pesquisas usando o telefone fixo comofiltro, pode dar um grande desvio na amostra se o objetivoda pesquisa for justamente analisar o consumo de meios. 57 58. onipresente Na internet, pesquisas mostram que não existem dife­ renças significativas entre as classes sociais para o consu­ mo de conteúdo, entretenimento ou sites de comunidades. A participação e profundidade de uso que as pessoas fazem destas novas ferramentas sociais não costumam ter relação com idade ou classe social. É preciso tomar muito cuidado com os rótulos que criamos ao longo das últimas décadas.comunicação integrada Não é apenas a maneira como rotulamos os consumi­ dores que precisa ser revista. Medir o consumo de mídia da forma antiga também deixou de ser eficaz. O consumidor está em todo lugar e passa a acessar muitos meios e veículos, inclusive vários ao mesmo tempo. São muitas opções e não faz mais sentido focar em cada uma delas para entender como as pessoas estão consumin­ do mídia. Medir o aparelho, seja ele uma televisão, um computador ou um celular, passa a ser impreciso demais. É preciso medir o consumidor: a pessoa. Os principais institutos de pesquisa de audiência e comportamento desenvolvem sistemas com esta finalida­ de. Portable People Meter (PPM) da Arbitron, Mediawatch da Telecontrol e, no Brasil, o DIB 6 do Ibope. Os três sis­ temas funcionam de forma semelhante, reco­ hecendo as n mídias através do áudio de seu conteúdo, através de um microfone embutido no aparelho. 58 59. Mediawatch, da Telecontrol. Sempre com o consumidor. 60. onipresente O dinheiro é finito e os meios diversos e desiguais.Os parâmetros atuais de medir resultado não se aplicam atodos. Usar diferentes metodologias dificulta a compara­ção. A dúvida passa a ser “quanto investir em cada meio”,criando uma vasta e ineficiente discussão comparativa en­tre televisão e internet. O foco é na pessoa, não no meio. A ideia é anterior emais importante que a escolha da mídia. Na hora de tan­gibilizar o conceito, cada meio deve ser utilizado buscan­do explorar todas as suas possibilidades sem ignorar suaslimitações. Vai parecer masturbatório, mas para não mudar a com­preensão do que está escrito, é preciso lembrar que falo de“ideia” no sentido amplo da palavra. Não é referente à pia­dinha do comercial. É ideia no sentido de conceito. O queestá por trás, qual a mensagem e qual o seu propósito. Aliás, o recado também vale para a palavra “mensa­gem”. Não se refere ao discurso escrito e falado que éapresentado durante um comercial. É mensagem no sen­tido de “significado”, ou seja, que imagem será passadaao consumidor através de todas as ações da marca. Nãoimporta se a ação é um patrocínio de um desportista, oinvestimento na produção de determinado conteúdo ou aescolha das palavras que compõe um jingle. Até mesmo afalta de ação, ou omissão, contém uma mensagem. Um bom exemplo disso é a relação que algumas mar­cas tiveram com o trabalho escravo infantil. Ter ignoradoo problema e não tomado atitudes práticas quando ele veioà tona é uma mensagem bastante clara sobre a personali­dade destas empresas. A mensagem é a mesma, ela é formada através deações com diferentes formas, em diversos meios e comdiferentes conteúdos. A união da comunicação em cadaum deles integra-se para formar uma só. O nome adota­60 61. 5. o segundo fator: internetdo pelo mercado para definir esta necessidade é Comu­nicação Integrada. Escolher onde anunciar, seja meio ou veículo, é pos­terior. Posterior por serconsequência da ideia. escolher onde anunciar,Os escolhidos devem sera melhor maneira de im­ seja meio ou veículo,plementar a ideia e expor é posterior, por sera mensagem. consequência da ideia. A escolha deve serestabelecida em critérios os escolhidos devemtécnicos e sob a perspec­ ser a melhor maneirativa do consumidor. Sefor baseada no interesse de implementar a ideiafinanceiro ou esforço, ela e expor a mensagemnão será neutra. Para fomentar uma imagem de isenção na escolhada mídia, muitas agências passaram a empregar o termoMedia Neutral como parte de seus discursos. transmedia Um bom exemplo de como tirar o melhor proveito decada meio está na série Heroes, entendida como um marconeste tipo de raciocínio. A limitação de horário não permite que roteiristasaprofundem a história no programa de TV, mas eles fize­ram isso produzindo revistas, quadrinhos, jogos e criandosites de todo tipo. O blog do personagem, por exemplo,não é um derivado ou uma franquia do seriado principal,mas um complemento da história, usando o meio adequa­do para isso. Quem acompanha o seriado e gosta de histórias deamor, pode ler o livro que conta um dos romance do se­riado9, que não pode ser explorado com detalhes na tele­ 61 62. onipresentevisão. É hiperlink no sentido conceitual, ou seja, atenderdiferentes demandas e profundidades. Assim como uminternauta pode clicar nos links e decidir qual assunto seaprofundar no site de um produto qualquer, ele pode fazero mesmo com o seriado Heroes. Esta gama de possibilidades permite uma experiênciamais rica. Quem consumiu a série The Matrix em outrasfontes além dos longas-metragens, como os curtas anima­dos The Animatrix10, teve um melhor entendimento datrilogia. Isso porque parte da narrativa, que não aparecenos filmes principais, foi preenchida nas animações. Aspartes podem ser consumidas individualmente, mas emconjunto, se complementam. A interconexão do conteúdo torna a narrativa maiscomplexa. Em relação aos filmes tradicionais, esta com­plexidade seria equivalente a comparar o controle doPlayStation 3, com seus quinze botões, ao joystick doAtari, com seu único e solitário botão vermelho.62 63. Joystick do Atari. Foto de Bill Bradford. 64. onipresente A complexidade gera experiências únicas, e com isso,conversação das pessoas que buscam entender ou expli­car sua percepção sobre o tema. Esta movimentação é boapara manter e gerar mais interesse. Contar histórias desta forma ganha o nome de Trans­media11. A diferença entre os termos é tão sutil que, paramuitos, é apenas uma versão acadêmica do termo Comu­nicação Integrada. O entendimento do termo está diretamente relaciona­do ao ambiente e à época em que foi adotado. Tempos deinternet, redes sociais e jovens consumidores com acessofácil e quase irrestrito a tudo. Olhando neste contexto histórico, os primeirosbons cases de Transmedia parecem ser uma versão evo­luída de Comunicação Integrada. O conteúdo já nasceem várias camadas e intercala com sucesso entre açõesde massa e nicho. Lembrando que atingir a massa ou nicho não são ob­jetivos, mas consequências. O objetivo é criar diversosníveis de imersão para os fãs se aprofundarem de acordocom o desejado. Olhando por este ponto de vista, todas asações são voltadas para a massa, mesmo que acabem sendorelevantes para uma pequena parte dela. Ainda assim, atingindo apenas uma pequena partedo todo, chamar de nicho não seria de todo correto, jáque estas poucas pessoas poderiam envolver e influen­ciar outras. Se Comunicação Integrada tivesse sido bem entendi­da e explorada desde o seu princípio por comunicadores,talvez o termo Transmedia não tivesse vingado. Agora, éprovável que aconteça o movimento contrário e, Transme­dia passe a fazer parte do vocabulário publicitário.64 65. 5. o segundo fator: internet quem define o plano de mídia? Em um modelo de Comunicação Integrada ouTransmedia, quem é responsável pela definição do pla­no de mídia? Pelo modelo de negócios utilizado no mercado, o Bra­sil não aceitou a entrada dos bureaus de mídia. Hoje, issonos proporciona, ao menos em tese, uma enorme vanta­gem na hora de executar o trabalho de forma integrada, jáque o planejamento e criação das ações são realizados pelamesma empresa que planeja a mídia. Mas ter as duas equipes dentro do mesmo teto não ga­rante esta integração. Trata-se de humanas e exatas experi­mentando algo novo e, em um casamento forçado. Se estamos falando de absorver a mensagem, as esco­lhas realizadas pela equipe de mídia têm relação direta como histórico da marca, o tamanho do problema que precisaser resolvido, o grau de complexidade da mensagem e atémesmo o caminho que escolhemos para solucioná-lo. Por isso, não é somente na escolha dos meios que otrabalho de mídia se tornou mais integrado com as ou­tras equipes. O planejamento de mídia como um todoprecisa ser tratado em conjunto com a criação e com oplanejamento. No mercado de comunicação, a divisão em etapas oucategorias é similar à linearidade da produção em largaescala advinda da revolução industrial. Com o processo de trabalho ficando cada vez maisinterdependente e integrado, disciplinas, meios e áreaspassam por uma dificuldade de nomenclatura. Se todasas agências trabalham marca, fazem retenção e aquisição,como dividir o que é above ou below the line? Antigamente o processo era bastante linear. O anun­ciante passava o briefing para o atendimento, que passava 65 66. onipresente para o planejamento, que passava para a criação, que pas­ sava para a equipe de rádio e televisão, que passava para a produtora. Hoje todos deveriam atender o cliente, não somente o profissional de atendimento. Todo mundo precisa ser criativo, não só a criação. As funcionalidades que serão produzidas em um site também fazem parte do processo de planejamento de marca. E se tudo é mídia, então não deveria ser um assunto restri­ os prazos para to a um único departamento. se produzir uma criar, planejar marca atender, As funções de e mídia campanha eram devem ser executadas matri­relativamente bem cialmente por todos, o que não impede a existência de conhecidos. profissionais de comunicaçãoagora, a variedade com diferentes especialida­ des. e complexidade É uma discussão atual dependem e ao mesmo tempo antiga,do relacionamento masolhamos a assunto quan­ do cabe neste complexidade de vários tipos apontada pela fragmentação. de profissionais O planejador precisa sentar com a criação, a mídia com para garantir o planejamento. A verdade um cronograma é que todos precisam sentar juntos. realista Não é falta de processos, é um processo mais matricial. Até mesmo um simples orçamento pede mais integração. Antes, os prazos para se produzir uma campanha eram relativamente bem conhecidos. Agora, a variedade e com­ 66 67. 5. o segundo fator: internetplexidade dependem do relacionamento de vários tipos deprofissionais para garantir um cronograma realista. Nos meios tradicionais, os principais formatos co­merciais são do conhecimento de todos. A variedade deformas, aplicações, serviços e possibilidades de uso que ainternet e outros meios digitais oferecem parece infinita. O consumo dos meios digitais não é passivo. É pos­sível criar novos conteúdos e também novas formas deconsumo, tornando o conhecimento do meio fundamen­tal. Para definir uma das ações, como por exemplo umaaplicação para Orkut, é necessário saber da existência edas vantagens deste uso. E para detalhar tal aplicação, éessencial entender a mecânica e a lógica de como as pesso­as interagem com a comunidade. Uma tarefa ou conhecimento que poderia ser poste­riormente terceirizado para outra agência ou produtora érequerido desde o princípio. O que antes era linear, passaa ser matricial. Para tangibilizar ideias e conceitos, passaa ser difícil trabalhar forma e função em momentos dis­tintos. Um exemplo, a tecnologia define limites e possibilida­des para o trabalho da equipe de criação, assim como oque foi criado define o trabalho da equipe de tecnologia.Não adianta o criativo pensar em algo para depois a tec­nologia matar o projeto por ser muito custoso ou inviávelnaquele prazo. Todas as equipes precisam conversar paragarantir uma resposta consistente. Passamos da relação dedependência para a de interdependência. Existe maior envolvimento com tecnologia e produ­ção. Para controlar qualidade, prazo e custo de projetostão complexos, é preciso aplicar práticas de gestão de pro­jeto mais eficientes. Gerentes de projetos, que sempre fize­ram parte das agências digitais, passam a integrar o quadrodas agências tradicionais. 67 68. 6. o terceiro fator: o consumidor 69. onipresente Em 1995, o site GeoCities tornou simples a tarefa deconstruir e manter páginas na internet para pessoas semnenhum conhecimento técnico. O que o serviço começou tomou novas proporçõescom o advento de ferramentas como o Blogspot, Fotolog,YouTube, Flickr e câmeras fotográficas digitais. O serviçode publicação e hospedagem de blogs Blogger foi abertoem 1999 e, menos de dez anos depois, chegamos a 184milhões de blogs no mundo1. Mais do que aumentar o volume de sites, o conteúdogerado pelo consumidor2 tornou a web relevante. A aten­ção deixou de ser exclusiva dos grandes portais e veículos,sendo dedicada em maior parte às comunidades.69 70. 1. GeoCities (1994, comprado em 1999, passou a se cha- mar Yahoo! GeoCities)2. Blogger (2000)3. Wikipedia (2001, que usou por um tempo o logo do projeto Nupedia, que o antecedeu)4. Fotolog (2002)5. Skype (2003)6. Wordpress (2003) 71. onipresente Sucesso nas BBS3, foi somente poucos anos atrás que as comunidades ganharam força na web. O que co­ meçou como uma espécie de inconsciente coletivo entre blogueiros, tornou-se bem evidente nas redes sociais. O consumidor ganhou potência em sua voz. O Fantástico, que pautava os assuntos que seriam discutidos pelos bra­ sileiros durante a semana, agora é pautado pelo Orkut e suas histórias. Praticamente todo domingo, o programa apresenta alguma matéria relacionada à comunidade. nas redes sociais, Não se trata de con­ seguir conteúdo fácil e a força é do grupo, barato, mas de relevância. como em um Pode parecer absurdo para enxame de abelhas. alguns, mas se mais de vin­ te milhões de brasileirosuma picada pode doer, estão no Orkut, falar sobre mas o maior risco ele é tão importante quan­ to o trânsito, cuja frota de é da picada chamar carros é estimada em 28 a atenção milhões. A grande mudança não de outras abelhas está na comunicação de um para muitos – como acon­ tece em um spam –, mas de muitos para muitos, como no bom e velho boca-a-boca. As possibilidades para uma pessoa dar sua opinião au­ mentaram muito com o celular e a internet. Nem todo mundo visitava salas de chat ou páginas pessoais, mas o surgimento de sites que permitiam opi­ nar sobre produtos ou lojas mostrou que muito ainda es­ taria por vir. 71 72. 6. o terceiro fator: o consumidor Em duas décadas, passamos das conversas tête-à-tête edo telefone fixo para blogs, comunicadores instantâneos,SMS e comunidades online. Do restrito e filtrado contato com veículos tradicionais– a cartinha para o jornal ou ligação para a rádio local –para serviços que publicam na web o vídeo que alguémacabou de gravar através do seu celular, no meio da rua. Nas redes sociais, a força é do grupo, como em umenxame de abelhas. Uma picada pode doer, mas o maiorrisco é da picada chamar a atenção de outras abelhas. Umcomentário pode gerar uma reação em cadeia que repre­sente a mesma força de um grande veículo. E mais, podechamar também a atenção dos grandes veículos. Diferente da uniformidade do meio de massa, a vi­ralização na web é desordenada, mesmo sendo realizadapor pessoas. São divulgados por indivíduos com poderde fogo distinto, usando maneiras de se comunicar comtempos e impactos desiguais. Pode ser um e-mail, sala dechat, fórum, blog, comunicador instantâneo, microblog,comunidade, ou qualquer nova ferramenta e serviço quevenha a surgir. 72 73. 1. Flickr (2004)2. Orkut (2004)3. YouTube (2005)4. Twitter (2006) 74. onipresente O consumidor gerando, distribuindo e consumindo conteúdo de várias formas, inclusive de outros consumi­ dores. A melhor forma de evidenciar a extensão deste fe­ nômeno foi demonstrada pelo antropólogo Dr. Michael Wesch em seu vídeo: Uma Intro­ dução Antropológica ao YouTu­ a transmissão be4. Dr. Wesch apontou que ape­ de toda a história nas seis YouTube vídeos enviados para o meses de somavam mais das quatro maiores horas que toda a transmissão emissoras da Rede ABC, em sua história. Fazendo um paralelo brasileiro, brasileiras é se somarmos todos os anos detrês ou quatro vezes transmissão das quatro maiores emissoras brasileiras (TV Globo, menor que SBT, TV Record e TV Bandei­o montante de horas rantes), o número de horas trans­ enviado para mitidasque otrês ou quatro horas menor seria montante de vezes o youtube em enviado para o YouTube, em um um único ano único ano. O número é assustador, e não é ele que importa, mas sim o que ele representa. Pessoas normais criando conteúdo tomou uma proporção difícil de ser ignorada. A Amazon explora a fragmentação vendendo mui­ tos livros de pequena tiragem. O mesmo acontece com o consumo de outros tipos de conteúdos. Todos os dias, centenas de milhões de vídeos são assistidos no YouTube. Assim como os livros da Amazon, alguns vídeos recebem a atenção de apenas uma pessoa, enquanto outros atraem milhões delas. Em sua maioria, os vídeos do YouTube não são pro­ fissionais ou comerciais, mas amadores. As mesmas pes­ 74 75. 6. o terceiro fator: o consumidorsoas que se espantaram com o sucesso dos reality showsna televisão, se surpreendem novamente com o sucesso doYouTube. Pessoas também querem assistir a outras pes­soas, não somente produções profissionais. Os maioressucessos do YouTube são recheados por estes exemplos.Uma adolescente fala sobre seus problemas de um jei­to que nenhum escritor, jornalista ou redator publicitá­rio poderia imitar com tamanha precisão. O que antesera piada, agora é encarado com apreensão por parte dequem detinha o poder de produção, divulgação e distri­buição de conteúdo. Produtoras, agências, veículos e anunciantes agoracompartilham este poder com desconhecidos que nuncaproduziram nada na vida. Pessoas como Juliana, cujo slideshow animado de final de namoro teve relevância para 12milhões de pessoas. Seu vídeo não tem importância histó­rica e nem está mais online, mas estamos competindo pelaatenção, e foi a Juliana quem conquistou quatro minutos emeio de cada uma destas pessoas. Não se trata apenas de conteúdo. Conectados atravésde sites, ferramentas e comunidades online como MSNMessenger, YouTube e Orkut, a opinião do consumidorpode chegar a todos, mesmo àquelas pessoas que ele nãoconhece. A extensão desta ligação fica evidente no levan­tamento do Ibope, realizado para divulgar seu serviço vol­tado para pesquisa em redes sociais: “Caso os membros das comunidades relacionadasàs marcas de veí­ ulos decidissem fazer uma campanha ca favor ou contra o consumo de automóveis, atingiriam1.000.000.000 (1 bilhão) de pessoas duplicadas5.” O número é tão absurdo que sua precisão deixa de serimportante, afinal, não faria a menor diferença se fossem800 milhões ou 2 bilhões. Lembra das abelhas? No finaldas contas, apontar este número é o mesmo que dizer 75 76. onipresente“cuidado, você pode ser picado por quatrocentas e oitentae cinco mil seiscentas e noventa e duas abelhas”. Se depoisde 500 picadas um ser humano normal morre, qualquernúmero muito acima disso perde o sentido. O que vale não está na informação do Ibope, massubentendido nela. Usando a metáfora das abelhas, com­preender que uma única abelha pode provocar a pica­da de muitas outras, causando uma grande vantagem ouprejuízo à marca. Qualquer um pode baixar na internet uma lista commais de 40 milhões de e-mails brasileiros e enviar umspam. Disponibilizar a mensagem para mais pessoas não ésinônimo de resultado. Audiência é importante, mas ape­nas parte da fórmula de mídia. Sem relevância, a mensa­gem não tem efeito. A relevância é criada automaticamente pelo consumi­dor. Sem perceber, imaginando quem iria gostar de rece­ber cada informação. Indicamos o vídeo de carros parao amigo que acompanha corridas e as fotos do desfile demoda para a amiga que gosta do assunto. Agências e anunciantes aproveitam para realizar açõesde marketing viral, criando estratégias para transformarconsumidores em mensageiros da marca. Também pas­saram a utilizar o conteúdo amador como parte de suascampanhas, mas era possível aproveitar melhor a aberturaque o ambiente digital proporcionou. A participação deconsumidores através de pedidos para enviar fotos ou ví­deos é interessante, mas dentro de um tema ou formatopreviamente decidido pela marca, não ajuda a mostrar oque é relevante. Faltava escutar o consumidor no ambiente digital, sa­ber o que está falando, consumindo e produzindo sem ainfluência direta das ações promocionais. Um conheci­mento que pode contribuir, entre outras coisas, para me­76 77. 6. o terceiro fator: o consumidorlhorar a qualidade e o direcionamento do conteúdo geradoprofissionalmente. Com isso é possível, entre outras coisas, experimen­tar mais. Por exemplo, lançar um personagem nos qua­drinhos e só levar o mesmo para o canal principal, casoele faça sucesso. Recurso utilizado em açõesTransmedia como o seriadoHeroes. Hana Gitelman, persona­gem da série que apareceu inicial­ se a ideiamente nos quadrinhos, foi anfitriãde várias ações digitais, interagin­ é anterior à escolhado com os fãs através de SMS, dos meios,e-mails e blogs. Fez tanto sucesso o conhecimentoonline que ganhou espaço em al­guns episódios da série na TV. obtido através Se a ideia é anterior à escolha de um delesdos meios, o conhecimento obtidoatravés de um deles deveria servir deveria servircomo aprendizado para todos os como aprendizadooutros. O resultado e a aceitaçãode um conteúdo pode influenciar para todosou modificar o caminho da narra­ os outrostiva. Uma evolução natural, refle­xo do que aconteceu na web, coma ascensão das redes sociais. A importância do conteúdo e a necessidade de relevân­cia têm impacto direto sobre o mantra de planejamento demídia, baseado em alcance, frequência e impacto. O pesoe o entendimento sobre cada um destes pilares precisa serrevisto. É disso que trataremos a seguir. 77 Recommended Learning PowerPoint 2016 Online Course - LinkedIn Learning Teaching Future-Ready Students Online Course - LinkedIn Learning Common Core: Exploring K-12 Standards Online Course - LinkedIn Learning Onipresente Ericmessa 1.0 Roberto Sena Livro bakhtin-estetica-criacao-verbal ANA CLAUDIA DIAS RIBEIRO PRIMER ESTUDIO SOCIOLÓGICO DE BLOGS DE MODA Y BELLEZA ESPAÑA 2012 Roberto Sena Curso Redes Sociais Instituto Desenvolve T.I Curso: Aumentando o Faturamento com Mídias Sociais Instituto Desenvolve T.I TEOLOGIA NAZISTA Claudio José Ayrosa Rosière E-Book Para Entender as Mídias Sociais Instituto Desenvolve T.I English Español Português Français Deutsch About Dev & API Blog Terms Privacy Copyright Support LinkedIn Corporation © 2018 × Share Clipboard × Email Email sent successfully.. Facebook Twitter LinkedIn Link Public clipboards featuring this slide × No public clipboards found for this slide × Save the most important slides with Clipping Clipping is a handy way to collect and organize the most important slides from a presentation. You can keep your great finds in clipboards organized around topics. Start clipping No thanks. Continue to download. Select another clipboard × Looks like you’ve clipped this slide to already. Create a clipboard You just clipped your first slide! Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later. Now customize the name of a clipboard to store your clips. Name* Description Visibility Others can see my Clipboard Cancel Save



https://www.jobbydoo.com.br/vagas-comunica%C3%A7%C3%A3o?ref=p&p=7
  Vagas Comunicação, Emprego Comunicação, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação Ordenar 29892 vagas Relevância Data Companhia Biscoitos NAGA Itaú Ambev GE Cargill Mais Lopes Polishop Fundatec Johnson & Johnson Spot Walmart Cognizant Centauro Ipiranga Wizard TOTVS Ernst & Young John Deere Pão de Açúcar Angeloni Agência de empregos Hays Integrar RS Manpower Randstad ... Vagas Comunicação, Emprego Comunicação, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação Ordenar 29892 vagas Relevância Data Companhia Biscoitos NAGA Itaú Ambev GE ... $ 70000 + (58) R$ 100000 + (20) Ver Empregos Empregos Comunicação 91 - 105 de 29892 Receba as vagas por e-mail! Digite seu e-mail, você receberá grátis todas as novas vagas para Comunicação Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. uol.com.br Criação/comunicação ontem CACHE

Vagas Comunicação, Emprego Comunicação, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação Ordenar 29892 vagas Relevância Data Companhia Biscoitos NAGA Itaú Ambev GE Cargill Mais Lopes Polishop Fundatec Johnson & Johnson Spot Walmart Cognizant Centauro Ipiranga Wizard TOTVS Ernst & Young John Deere Pão de Açúcar Angeloni Agência de empregos Hays Integrar RS Manpower Randstad Selpe Mais Page Personnel Gi Group Adecco Atento ABRE Metta Capital Humano Luandre Desidy RHBrasil RHF Talentos Stefanini NVH - Nova Visão Humana Deloitte Willisa Allis Tipo de contrato Aplicar filtro Remover o filtro CLT (3986) Estagio (848) Consultor/Terceirizado/PJ (284) Contrato temporário (119) Pré determinado (2) Horas de trabalho Aplicar filtro Remover o filtro Integral (2113) Parcial (274) Salário Aplicar filtro Remover o filtro R$ 10000 + (2229) R$ 20000 + (781) R$ 40000 + (197) R$ 70000 + (58) R$ 100000 + (20) Ver Empregos Empregos Comunicação 91 - 105 de 29892 Receba as vagas por e-mail! Digite seu e-mail, você receberá grátis todas as novas vagas para Comunicação Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. uol.com.br Criação/comunicação ontem São Paulo Comunicação Ver detalhes OBSERVAÇÕES 1.o Ano ao 3.o Ano ( ) SP-CAPITAL/ ITAIM BIBI - Cód da Vaga 2293911 Inscrições gratuitas e informações: Tel (11) 3040-8241, site www.ciee.org.br ou na unidade CIEE mais próxima, informando o código da vaga Mais detalhes nube.com.br Comunicação Social São Paulo hoje Nube São Paulo Comunicação Social Ver detalhes Vaga de Estágio Superior Cursando: 1º semestre ao 4º semestre. Conclusão: 2º semestre de 2019 ao 1º semestre de 2022. Cidade / Bairro: São Paulo / Vila Gomes Cardim Duração do estágio: 12 meses. Horário do estágio: de se... Mais detalhes nube.com.br Comunicação Social Barueri ontem Nube São Paulo Comunicação Social Ver detalhes Vaga de Estágio Superior Tecnólogo e Superior Conclusão: 1º semestre de 2018 ao 2º semestre de 2019. Cidade / Bairro: Barueri / Alphaville Comercial (Clique aqui para visualizar a localização aproximada da empresa. Lemb... Mais detalhes bebee.com Coordenador de comunicação há 2 dias PSICOESPAÇO Vitória Coordenador Comunicação Ver detalhes Coordenador de comunicação Será responsável pela imagem, reputação e comunicação interna e externa da empresa e suas controladas, coordenação e gestão das atividades de relacionamento com a imprensa e comunicação ... Mais detalhes bebee.com Coordenador de Comunicação há 2 dias PSICOESPAÇO Vitória Coordenador Comunicação Ver detalhes Coordenador de Comunicação Será responsável pela imagem, reputação e comunicação interna e externa da empresa e suas controladas, coordenação e gestão das atividades de relacionamento com a imprensa e comunicação ... Mais detalhes bebee.com Assessor de comunicação há 2 dias Muito mais seleção Salvador Assessor Comunicação Ver detalhes Assessor de comunicação Irá atuar na coordenação de comunicação , definindo e executando as estratégias de comunicação corporativa. Beneficios: A Combinar. Formação Acadêmica: Ensino superior completo em Comunicação ... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação interna há 2 dias APRIORI RH Curitiba Analista Comunicação Interna Ver detalhes Analista de comunicação interna Plano estratégico de comunicação interna com ações, prazos e indicadores de resultados através de avaliações e ajustes de foco, quando necessário. Monitorar veículos internos... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação há 2 dias GIGROUP São Paulo Analista Comunicação Ver detalhes Analista de comunicação Irá elaborar planejamento estratégico, propostas, relatórios, produtos e serviços de comunicação em conjunto com a coordenação de comunicação . Atender à imprensa e produz conteúdo textual... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação interna JR há 2 dias LOJAS RIACHUELO São Paulo Analista Comunicação Interna Ver detalhes Analista de comunicação interna JR Será responsável por desenvolver, identificar, aplicar e acompanhar a comunicação interna entre a Riachuelo e seus colaboradores, através de meios de comunicação oficiais da empresa... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação e marketing há 2 dias CURSOR RH Porto Alegre Analista Comunicação Marketing Ver detalhes Analista de comunicação e marketing Irá implementar as atividades de comunicação interna, externa do marketing da organização, acompanhar as ações junto às agências de publicidade, comunicação e propaganda externas... Mais detalhes tiptopjob.com Assistente De Comunicação há 2 dias Bhs Belo Horizonte Assistente Comunicação Ver detalhes Assistente de comunicação Irá auxiliar o departamento administrativo e RH nas atividades de comunicação interna e ações voltadas ao colaborador, desenvolver comunicados internos, auxiliar no desenvolvimento de campanhas... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação interna há 2 dias ANGLOGOLD ASHANTI Sabará Analista Comunicação Interna Ver detalhes Analista de comunicação interna Atuará como analista de comunicação interna e demais atividades. Beneficios: Formação Acadêmica: Superior completo em comunicação social, jornalismo, publicidade e propaganda ou relações... Mais detalhes bebee.com Assistente de comunicação há 2 dias BHS Belo Horizonte Assistente Comunicação Ver detalhes Assistente de comunicação Irá auxiliar o departamento administrativo e RH nas atividades de comunicação interna e ações voltadas ao colaborador, desenvolver comunicados internos, auxiliar no desenvolvimento de campanhas... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação interna JR há 2 dias LOJAS RIACHUELO Ribeirão Preto Analista Comunicação Interna Ver detalhes Analista de comunicação interna JR Será responsável por desenvolver, identificar, aplicar e acompanhar a comunicação interna entre a Riachuelo e seus colaboradores, através de meios de comunicação oficiais da empresa... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação interna há 2 dias ANGLOGOLD ASHANTI Sabará Analista Comunicação Interna Ver detalhes Analista de comunicação interna Atuará como analista de comunicação interna e demais atividades. Beneficios: Formação Acadêmica: Superior completo em comunicação social, jornalismo, publicidade e propaganda ou relações... Mais detalhes Mais vagas – Marketing / Comunicação Atendimento Cliente Técnico Serviços Assistente Desenvolvimento Produto Atendimento Consumidor Atendimento Técnico Marketing Vagas similares Atendimento Comunicação Área Comunicação Atendimento Técnico Comunicaçao Nunca perca uma oportunidade de emprego! Digite seu e-mail agora e receba atualizações por e-mail das últimas vagas para Comunicação Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Termos de Serviço Política de Privacidade Contatos © 2017 Jobbydoo



https://pt.wikipedia.org/wiki/Sistemas_de_Supervis%C3%A3o_e_Aquisi%C3%A7%C3%A3o_de_Dados
  Sistemas de Supervisão e Aquisição de Dados – Wikipédia, a enciclopédia livre Sistemas de Supervisão e Aquisição de Dados Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Ir para: navegação , pesquisa Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes , mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde maio de 2012) . Por favor, insira mais referências no texto . Material ... dispositivos de sistemas de controle conectados através de servidores/drivers de comunicação ( drivers ... múltiplos servidores-clientes. Atualmente tendem a libertar-se de protocolos de comunicação proprietários ... diferentes hardwares utilizados possuem interfaces físicas de comunicação e protocolos proprietários ou abertos de comunicação. Portanto é necessário um servidor/driver de comunicação específico para ... software independente. Nesse último caso tem-se a arquiteturas cliente-servidor de comunicação CACHE

Sistemas de Supervisão e Aquisição de Dados – Wikipédia, a enciclopédia livre Sistemas de Supervisão e Aquisição de Dados Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Ir para: navegação , pesquisa Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes , mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde maio de 2012) . Por favor, insira mais referências no texto . Material sem fontes poderá ser removido . — Encontre fontes: Google ( notícias , livros e acadêmico ) Sistemas de Supervisão e Aquisição de Dados , ou abreviadamente SCADA (proveniente do seu nome em inglês Supervisory Control and Data Acquisition ) também chamado de software supervisório ou software SCADA , são sistemas que utilizam software para monitorar e supervisionar as variáveis e os dispositivos de sistemas de controle conectados através de servidores/drivers de comunicação ( drivers ) específicos. Estes sistemas podem assumir topologia mono-posto (standalone), cliente-servidor ou múltiplos servidores-clientes. Atualmente tendem a libertar-se de protocolos de comunicação proprietários. Permitem realizar operações de leitura e escrita na áreas de memória de dados e imagem (I/O) dos dispositivos PACs (Controladores Programáveis para Automação), módulos DAQ (aquisição de dados), controladores lógicos programáveis (CLPs), controladores singleloop/multloop, sistemas de fieldbus, etc. Os diferentes hardwares utilizados possuem interfaces físicas de comunicação e protocolos proprietários ou abertos de comunicação. Portanto é necessário um servidor/driver de comunicação específico para cada caso. Este driver pode estar sendo executado no contexto do próprio software SCADA ou em um software independente. Nesse último caso tem-se a arquiteturas cliente-servidor de comunicação. No Windows podem ser utilizados alguns protocolos de interface para estabelecer a relação cliente-servidor , que podem ser o OPC (OLE for Process Control), DDE (Dynamic Data Exchange), entre outros. Atualmente o Software SCADA tende operar em diferentes sistemas operacionais com uso de diversos protocolos como por exemplo: OPC UA, MQTT, Mobus RTU, Modbus TCP e muitos outros. [ 1 ] [ 2 ] [ 3 ] [ 4 ] Índice 1 O que é na prática? 2 Por que a empresa precisa de um sistema de supervisão? 3 Sinóticos 4 Alarmes 5 Relatórios 6 Gráficos Históricos 7 Tipos de comunicação e protocolos 7.1 Meio físico 7.2 Protocolos 8 OPC (OLE for process control) 8.1 Tipos de OPC 9 Sistema cliente/servidor 10 Sistema Web Server 11 Redundância e confiabilidade 12 Banco de Dados 13 PIMS O que é na prática? [ editar | editar código-fonte ] De forma genérica, um software de supervisão ou software SCADA (SSC) permite monitorar e operar partes ou todo um processo. Esse processo pode ser de industrial como de manufatura, processo contínuo, batelada, elétrico, automação residencial/predial (domótica), entre outros. ou até mesmo sistemas de serviço público como de tratamento de água, esgoto, transporte, etc. Também pode ser utilizado para implementar as interfaces de sistemas de Internet das Coisas (IdC/IoT). Os SSC geralmente têm 2 módulos básicos: o desenvolvedor e o executável ('run-time'). (Os nomes e a metodologia de desenvolvimento variam um pouco de fabricante para fabricante, mas sempre são bem parecidos). Atualmente, para desenvolver projetos de SSC não é necessário o conhecimento de nenhuma linguagem de programação em específico. A maioria dos passos de programação é automatizada, suprindo a maior parte das necessidades de um projeto. Em casos mais complexos e específicos, onde os passos não estão automatizados, alguns SSC´s incorporam módulos de programação em linguagens de SCRIPT como: Java Script, VBA (Visual Basic For Applications), VBS (Visual Basic Script), 'C', entre outras. Em alguns casos encontram-se linguagem próprias, mas sempre parecidas com linguagens comerciais que já são difundidas. Por que a empresa precisa de um sistema de supervisão? [ editar | editar código-fonte ] Qualidade, redução dos custos operacionais, maior desempenho de produção, base para outros sistemas, ou seja, vantagem competitiva. Qualidade: Através do monitoramento das variáveis do processo produtivo, (pressão, temperatura, vazão, nível, etc.) é possível determinar valores ótimos de trabalho. Caso estes valores saiam da faixa aceitável o SSC pode gerar um alarme na tela, alertando o operador do processo para um eventual problema no processo produtivo. Desta forma, as intervenções no processo são feitas rapidamente, garantindo que o produto final sempre tenha as mesmas características. Redução dos custos operacionais: Com o SSC é possível centralizar toda a leitura dos instrumentos de campo, gerar gráficos de tendência e gráficos históricos das variáveis do processo. Dessa forma, são necessários poucos funcionários especializados e com poucos “cliques” de mouse é possível realizar a operação do processo com o uso dos instrumentos virtuais implementados na interface do software SCADA. Maior desempenho de produção: Através da rapidez da leitura dos instrumentos de campo, as intervenções necessárias podem ser feitas mais rapidamente. Problemas de parada de máquina por defeitos podem ser diagnosticados mais pontualmente e os setup´s de máquina também são agilizados. Base para outros sistemas: Os SSC podem coletar os dados do processo produtivo e armazená-los em banco de dados. Estes dados podem ser utilizados para gerar informações importantes, sendo integrados com sistemas MES, ERP, SAP e etc. Podem também fornecer dados em tempo real, para sistemas que realizam cálculos de SPC, OEE, sistemas SFC, sistemas de PCP ou similares e ERP. SPC - Statistic Process Control OEE - Overall Equipment Effectiveness PCP – Planejamento e controle de produção MES - Manufacturing Execution Systems SFC - Shop floor control ERP - Enterprise Resource Planning Sinóticos [ editar | editar código-fonte ] Através das telas de sinóticos do processo a operação é realizada. Estas telas são planejadas, projetadas e implementadas em um módulo desenvolvedor (conforme dito anteriormente) e depois executadas através do executável (run-time). Alarmes [ editar | editar código-fonte ] Os SSC podem ser configurados para gerar alarmes, ou seja, avisar ao usuário do sistema quando uma variável ou condição do processo de produção está fora dos valores previstos. Os alarmes são mostrados na tela em formato de planilhas e/ou animações na tela. O gerenciamento de alarmes em SSC é um vasto tema de estudos. A principal questão está no fato de que a grande maioria dos sistemas SCADA não possui ferramentas adequadas para o tratamento de grande quantidade de alarmes. Dessa forma, os operadores de sistemas, como seres humanos, possuem um limite de processamento de mensagens a cada intervalo de tempo. Em situações de estresse contínuo ou mesmo de “avalanches”, o excesso de mensagens geradas pode fazer com que os operadores passem a desprezá-las. Nesse contexto, os sistemas de supervisão deveriam fornecer mais ferramentas que pudessem auxiliar os operadores nesses momentos, como por exemplo, distinguindo quais as ações são mais importantes e devem ter uma resposta mais imediata, e quais têm prioridade mais baixa, por ser apenas consequência de outros eventos. Relatórios [ editar | editar código-fonte ] Atualmente, os SSC do mercado possuem ferramentas para a geração de relatórios na própria estação de trabalho. Os relatórios mais comuns que são utilizados são: Relatório de alarmes: Lista um histórico com os alarmes ocorridos durante uma faixa de tempo escolhida pelo operador do sistema. Relatório de Acesso: Lista quais foram os usuários que acessaram o SSC ou modificaram algum parâmetro do processo. Relatório de variáveis: Lista a alteração de variáveis ao decorrer do tempo/lote/período. Os relatórios dependem dos requisitos da aplicação e dos recursos existentes no software SCADA. Geralmente não são executados relatórios “pesados” (com muitos cálculos e relacionamentos) dentro do SSC, pois podem afetar drasticamente o desempenho do sistema (que geralmente é vital para o processo industrial). Relatórios complexos devem ser processados por outros sistemas de informação. Gráficos Históricos [ editar | editar código-fonte ] Uma das mais interessantes funcionalidades dos SSC é a possibilidade de geração de gráficos históricos. Gráficos históricos ajudam a avaliar valores de variáveis ao longo do tempo de forma rápida. Tipos de comunicação e protocolos [ editar | editar código-fonte ] Meio físico [ editar | editar código-fonte ] Os SSC necessitam de um meio físico para que seja possível a aquisição de dados no controlador de campo ( CLP ou outro). O meio físico normalmente segue padrões elétricos como RS-232 , RS-485 , RS-422 , Ethernet ou USB . O padrão RS232 pode ser utilizado até uma distância máxima de 12 metros. Já os padrões RS485 e RS422 podem chegar a uma distância de até 1200 metros sem repetidores. Atualmente, o padrão Ethernet é bem difundido para redes locais. Chega à distância de até 100 metros entre segmentos com cabeamento do 10BaseT. Para distância elevadas pode-se utilizar fibra óptica. Protocolos [ editar | editar código-fonte ] Para que haja comunicação entre o controlador de campo e o SSC não basta apenas o meio físico. Os dois sistemas devem utilizar o mesmo protocolo de comunicação. Cada fabricante de CLP tem o seu protocolo de comunicação que pode ser proprietário ou aberto. Logo, os SSC podem possuir vários “drivers” de comunicação, para que possam atender a maior parte dos fabricantes. Em muitos casos os SSC possuem interfaces que permitem a comunicação com protocolos como por exemplo o OPC. Nesse caso existe a relação cliente(SSC) e servidor (driver). Existem protocolos de comunicação abertos, como por exemplo, o Modbus versões RTU e TCP. A maioria dos fabricantes de CLP já implementa este protocolo de forma nativa. OPC (OLE for process control) [ editar | editar código-fonte ] OPC (OLE for Process Control) é um padrão industrial publicado para interconectividade de sistema. As especificações deste padrão são mantidas pela Fundação de OPC. A Fundação OPC é uma organização dedicada ao desenvolvimento de tecnologias aplicadas a interoperabilidade na automação a fim de criar e gerenciar especificações que padronizam a comunicação das arquiteturas de acesso a dados on line, alarmes, registros de eventos, comandos e bancos de dados de diferentes equipamentos, de vários fabricantes que comunicam em diferentes protocolos. Seu funcionamento é baseado no OLE (Object Linking and Embedding) de componentes orientados a objeto, por meio das tecnologias COM e DCOM da Microsoft que permitem que aplicações troquem dados que podem ser acessados por um ou mais computadores que usam uma arquitetura cliente/servidor, mesmo que essas aplicações trabalhem sobre sistemas que utilizem protocolos diferentes. O OPC funciona utilizando os serviços das tecnologias OLE COM de Microsoft (modelo objeto/componente) e DCOM (modelo objeto/componente distribuído), a especificação define o formato padrão de objetos, interfaces e métodos para uso em sistemas de automação e controle que facilitam a interoperabilidade. As tecnologias de COM/DCOM proveram o procedimento padrão para criação de softwares que objetivam a integração de equipamentos. Com base nessa tecnologia foram criadas centenas de OPC de acesso a dados tanto em servidores quanto em clientes. O OPC propõe a interface amigável entre sistemas que trabalham usando protocolos diferentes. Assim diversas aplicações recebem dados no mesmo formato da sua base de dados, embora a fonte desses dados possa trabalhar com um padrão diferente de formatação e comunicação de dados. O OPC unifica o padrão de comunicação de dados de controle de processo e a permite que diferentes produtos sejam interfaceados com uma única tecnologia, promovendo interações dos sistemas de operação e integração de vários processos em um só sistema, isso com custo e tempo de implementação reduzidos (IWANITZ F. E LANGE, 2006). O OPC permite a “integração vertical” entre os diferentes sistemas dentro de uma organização. Consiste em um programa servidor, geralmente disponibilizado pelo próprio fabricante do PLC, que se comunica com o PLC através do protocolo proprietário e disponibiliza os dados no padrão OPC. O cliente, ao invés de precisar ter um driver do protocolo proprietário, necessita ter apenas o driver OPC client instalado. O servidor OPC pode estar instalado na mesma maquina que o OPC client. Quando o servidor e o cliente estão instalados no mesmo computados, o OPC utiliza o COM para estabelecer a comunicação. O COM é de fácil configuração e relativamente rápido. Em aplicações distribuídas, o servidor e o cliente OPC serão instalados em computadores diferentes. Neste caso, o OPC passa a utilizar o DCOM. O DCOM é de configuração complicada, difícil de trabalhar em WAN´s, tem timeout elevado e exige configurações avançadas no firewall. A especificação OPC UA liberta o protocolo permitindo trabalhar em outros sistemas operacionais não Windows (R). Tipos de OPC [ editar | editar código-fonte ] OPC DA – 'Qual o valor da variável “x” AGORA?' OPC HDA – 'Qual o valor da variável “x” ONTEM?' OPC A&E – 'A variável “x” está com valor Alto' - Trata de alarmes e eventos OPC UA: - Independe de Plataforma. Sistema cliente/servidor [ editar | editar código-fonte ] Existem aplicação onde é necessário ter acesso remoto as interfaces de operação do SSC, até mesmo a partir da Internet. Os SSC permitem arquiteturas servidor SCADA WEB. Geralmente, o processamento dos dados do processo fica centralizado no servidor SCADA, garantindo que não haverá incertezas e diminuindo o trafego de rede. O servidor SCADA, neste caso, pode ou não ter uma interface gráfica. Um exemplo de software SCADA com estas características é o Myscada [1] Sistema Web Server [ editar | editar código-fonte ] De forma análoga ao sistema cliente/servidor o Web Server visa disponibilizar os dados do processo através da rede. Porém os clientes ao invés de acessarem os dados através de um software instalado na máquina, eles acessam via browser de Internet. Estes sistemas têm como vantagem a não necessidade de instalação de softwares adicionais no micro cliente e pode-se acessar o SSC através da Internet de forma fácil e segura. Permite o fácil acesso através de palms e celulares mais avançados. A principal desvantagem é a relativa perda de robustez do sistema. A tendência é a substituição dos clientes normais por sistemas WEB. Os custos são menores, há menor investimento em infra-estrutura e gera ótimos resultados. Redundância e confiabilidade [ editar | editar código-fonte ] Existem processos industriais que não podem parar. A parada destes processos pode causar prejuízos financeiros imensos ou até mesmo riscos à vida. Desta forma alguns dos sistemas SCADA podem ser configurados de forma redundante. Existem inúmeros métodos de arquitetura de redundância de dados, variando de fabricante a fabricante de SSC. O mais utilizado é comumente chamado de hot standby . Neste caso, usam-se dois servidores, um chamado primário e outro secundário ou backup . Os dois sistemas possuem base de dados idênticas, que resumem as planilhas de comunicação com o PLC. Quando o servidor primário está em funcionamento, os clients requisitam dos dados deste servidor. O próprio servidor secundário também requisita os dados do servidor primário e deixa a sua base de dados inativa. Quando o servidor primário não está mais ativo, os clients automaticamente começam a requisitar dados do servidor secundário, o que é chamado failover automático. O servidor secundário, por sua vez, ativa a sua base de dados local e inicia a leitura das variáveis dos CLP. Quando o servidor primário volta à ativa, o sistema chaveia-se automaticamente, ou seja, volta à condição inicial. Banco de Dados [ editar | editar código-fonte ] Os SSC têm plena capacidade de armazenamento em banco de dados relacionais (DB). Podem ser armazenados: Dados históricos. Alarmes e eventos. Informações Logísticas. Dados de logon / logoff . Entre outros. Os dados podem ser utilizado para gerar relatórios, gráficos, entre outras informações analíticas. Os sistemas de gerenciamento de bancos de dados (SGBD) mais utilizados no mercado são SQL Server , Oracle e mySQL . Em alguns casos que exijam menor complexidade pode-se utiliza MS Access . Geralmente instalam-se os SSC e os SGBD em maquinas separadas, por razões de desempenho e maior tolerância a falhas. PIMS [ editar | editar código-fonte ] Basicamente, PIMS (do inglês Process Information Management System ) é um software que contém um repositório, onde são concentradas todas as informações relevantes das células de produção, diretamente ligadas aos sistemas de supervisão e controle. O PIMS coleta informações dos sistemas de supervisão, CLP, SDCD e sistemas legados e os armazena em uma base de dados real time . Tal base tem características não encontradas nos bancos de dados convencionais, como grande capacidade de compactação (tipicamente de 10:1) e alta velocidade de resposta a consultas em sua base histórica. Devido a isto, é capaz de armazenar um grande volume de dados com recursos mínimos, se comparada às soluções convencionais. Estes dados são normalmente utilizados para controle de produção, consumo, eficiência etc. Este artigo sobre Informática é um esboço . Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o . v • e ↑ «What is SCADA? Supervisory Control and Data Acquisition» . inductiveautomation.com (em inglês) . Consultado em 24 de agosto de 2017 ↑ «APOSTILA IFF- Supervisorio_scada» . Scribd (em inglês) . Consultado em 24 de agosto de 2017 ↑ «APOSTILA-Supervisorio-scada - Documents» . Docslide.com.br (em inglês) ↑ «125203600-supervisorio-scada - SISTEMA SCADA SUPERVISRIO DSc William da Silva Vianna Colaborao Philipe Massad Bringhenti e Larissa dos Santos Martins» . www.coursehero.com (em inglês) . Consultado em 24 de agosto de 2017 Obtida de ' https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Sistemas_de_Supervisão_e_Aquisição_de_Dados&oldid=50765855 ' Categorias : Ciência da computação Automação industrial Indústria Categorias ocultas: !Artigos que carecem de notas de rodapé desde maio de 2012 !Esboços sobre informática !Esboços maiores que 15000 bytes !CS1 inglês-fontes em língua (en) Menu de navegação Ferramentas pessoais Não autenticado Discussão Contribuições Criar uma conta Entrar Domínios Artigo Discussão Variantes Vistas Ler Editar Editar código-fonte Ver histórico Mais Busca Navegação Página principal Conteúdo destacado Eventos atuais Esplanada Página aleatória Portais Informar um erro Loja da Wikipédia Colaboração Boas-vindas Ajuda Página de testes Portal comunitário Mudanças recentes Manutenção Criar página Páginas novas Contato Donativos Imprimir/exportar Criar um livro Descarregar como PDF Versão para impressão Noutros projetos Wikimedia Commons Ferramentas Páginas afluentes Alterações relacionadas Carregar ficheiro Páginas especiais Hiperligação permanente Informações da página Elemento Wikidata Citar esta página Noutros idiomas العربية Català Čeština Deutsch Ελληνικά English Español Eesti Euskara فارسی Suomi Français Galego עברית Hrvatski Bahasa Indonesia Italiano 日本語 한국어 Nederlands Norsk Polski Русский Simple English Slovenščina Српски / srpski Svenska ไทย Türkçe Українська Tiếng Việt 中文 Editar hiperligações Esta página foi editada pela última vez à(s) 23h30min de 15 de dezembro de 2017. Este texto é disponibilizado nos termos da licença Creative Commons - Atribuição - Compartilha Igual 3.0 Não Adaptada (CC BY-SA 3.0) . pode estar sujeito a condições adicionais. Para mais detalhes, consulte as condições de uso . Política de privacidade Sobre a Wikipédia Avisos gerais Programadores Declaração sobre cookies Versão móvel



https://www.jobbydoo.com.br/vagas-comunica%C3%A7%C3%A3o?ref=p&p=8
  Vagas Comunicação, Emprego Comunicação, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação Ordenar 30756 vagas Relevância Data Companhia Biscoitos NAGA Itaú Ambev Cargill GE Mais Walmart Polishop Johnson & Johnson Lopes Centauro Ernst & Young Fundatec Spot Cognizant Angeloni TOTVS Wizard Santander Ipiranga Chilli Beans Agência de empregos Manpower Hays Integrar RS Randstad ... Vagas Comunicação, Emprego Comunicação, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação Ordenar 30756 vagas Relevância Data Companhia Biscoitos NAGA Itaú Ambev Cargill ... $ 70000 + (62) R$ 100000 + (20) Ver Empregos Empregos Comunicação 106 - 120 de 30756 Receba as vagas por e-mail! Digite seu e-mail, você receberá grátis todas as novas vagas para Comunicação Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. nube.com.br Comunicação Social Belo CACHE

Vagas Comunicação, Emprego Comunicação, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação Ordenar 30756 vagas Relevância Data Companhia Biscoitos NAGA Itaú Ambev Cargill GE Mais Walmart Polishop Johnson & Johnson Lopes Centauro Ernst & Young Fundatec Spot Cognizant Angeloni TOTVS Wizard Santander Ipiranga Chilli Beans Agência de empregos Manpower Hays Integrar RS Randstad Selpe Mais ABRE Page Personnel Gi Group Adecco Atento Metta Capital Humano Luandre Stefanini Desidy RHBrasil RHF Talentos NVH - Nova Visão Humana Deloitte Allis Global Tipo de contrato Aplicar filtro Remover o filtro CLT (4150) Estagio (883) Consultor/Terceirizado/PJ (289) Contrato temporário (138) Pré determinado (2) Horas de trabalho Aplicar filtro Remover o filtro Integral (2206) Parcial (256) Salário Aplicar filtro Remover o filtro R$ 10000 + (2341) R$ 20000 + (807) R$ 40000 + (206) R$ 70000 + (62) R$ 100000 + (20) Ver Empregos Empregos Comunicação 106 - 120 de 30756 Receba as vagas por e-mail! Digite seu e-mail, você receberá grátis todas as novas vagas para Comunicação Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. nube.com.br Comunicação Social Belo Horizonte hoje Nube Minas Gerais Comunicação Social Ver detalhes Possibilidade de efetivação: Possível Possibilidade de prorrogação: Possível Auxílio-transporte: Sim. Recesso remunerado: Área de atuação: Comunicação Atividades de estágio: efetuar visitas externas , prestar auxílio nas atividades... Mais detalhes curriculum.com.br Assistente de Comunicação hoje São Paulo Assistente Comunicação Ver detalhes CLT Vaga de emprego código 1.147.536 Assistente de Comunicação Empresa anunciante Universo Online S.A. Área de atuação Recursos Humanos Ramo de atividade Informática e Internet Departamento Tecnologia da Informação... Mais detalhes bebee.com Estágio em Comunicação Jornalismo hoje Confidencial Porto Alegre Estágio Comunicação Ver detalhes Estágio em Comunicação Jornalismo Irá auxiliar na elaboração de textos, na elaboração de relatórios, na organização de arquivos e no atendimento telefônico às demandas. Beneficios: Vale Transporte. Formação Acadêmica... Mais detalhes nube.com.br Comunicação Social Florianópolis hoje Nube Santa Catarina Comunicação Social Ver detalhes Vaga de Estágio Superior Tecnólogo e Superior Conclusão: 2º semestre de 2017 ao 2º semestre de 2018. Cidade / Bairro: Florianópolis (Clique aqui para visualizar a localização aproximada da empresa. Lembre-se: o Google M... Mais detalhes nube.com.br Comunicação Social hoje Nube São Paulo Comunicação Social Ver detalhes Duração do estágio: 12 meses. Horário do estágio: de segunda a sexta-feira, sendo 6h diárias a combinar com a empresa Quantidade de vagas: 2 Bolsa auxílio: R$ 700,00/mês Possibilidade de efetivação: Possível Possibilidad... Mais detalhes nube.com.br Comunicação Social São Paulo hoje Nube São Paulo Comunicação Social Ver detalhes Vaga de Estágio Superior Cursando: 3º semestre ao 6º semestre. Conclusão: 2º semestre de 2018 ao 1º semestre de 2020. Cidade / Bairro: São Paulo / Jardim Umuarama (Clique aqui para visualizar a localização aproximada da... Mais detalhes bebee.com Coordenador de comunicação ontem PSICOESPAÇO Vitória Coordenador Comunicação Ver detalhes Coordenador de comunicação Será responsável pela imagem, reputação e comunicação interna e externa da empresa e suas controladas, coordenação e gestão das atividades de relacionamento com a imprensa e comunicação ... Mais detalhes bebee.com Coordenador de Comunicação ontem PSICOESPAÇO Vitória Coordenador Comunicação Ver detalhes Coordenador de Comunicação Será responsável pela imagem, reputação e comunicação interna e externa da empresa e suas controladas, coordenação e gestão das atividades de relacionamento com a imprensa e comunicação ... Mais detalhes bebee.com Assessor de comunicação ontem Muito mais seleção Salvador Assessor Comunicação Ver detalhes Assessor de comunicação Irá atuar na coordenação de comunicação , definindo e executando as estratégias de comunicação corporativa. Beneficios: A Combinar. Formação Acadêmica: Ensino superior completo em Comunicação ... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação interna ontem APRIORI RH Curitiba Analista Comunicação Interna Ver detalhes Analista de comunicação interna Plano estratégico de comunicação interna com ações, prazos e indicadores de resultados através de avaliações e ajustes de foco, quando necessário. Monitorar veículos internos... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação ontem GIGROUP São Paulo Analista Comunicação Ver detalhes Analista de comunicação Irá elaborar planejamento estratégico, propostas, relatórios, produtos e serviços de comunicação em conjunto com a coordenação de comunicação . Atender à imprensa e produz conteúdo textual... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação interna JR ontem LOJAS RIACHUELO São Paulo Analista Comunicação Interna Ver detalhes Analista de comunicação interna JR Será responsável por desenvolver, identificar, aplicar e acompanhar a comunicação interna entre a Riachuelo e seus colaboradores, através de meios de comunicação oficiais da empresa... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação e marketing ontem CURSOR RH Porto Alegre Analista Comunicação Marketing Ver detalhes Analista de comunicação e marketing Irá implementar as atividades de comunicação interna, externa do marketing da organização, acompanhar as ações junto às agências de publicidade, comunicação e propaganda externas... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação interna ontem ANGLOGOLD ASHANTI Sabará Analista Comunicação Interna Ver detalhes Analista de comunicação interna Atuará como analista de comunicação interna e demais atividades. Beneficios: Formação Acadêmica: Superior completo em comunicação social, jornalismo, publicidade e propaganda ou relações... Mais detalhes bebee.com Assistente de comunicação ontem BHS Belo Horizonte Assistente Comunicação Ver detalhes Assistente de comunicação Irá auxiliar o departamento administrativo e RH nas atividades de comunicação interna e ações voltadas ao colaborador, desenvolver comunicados internos, auxiliar no desenvolvimento de campanhas... Mais detalhes Mais vagas – Marketing / Comunicação Atendimento Cliente Técnico Serviços Assistente Desenvolvimento Produto Atendimento Consumidor Atendimento Técnico Marketing Vagas similares Atendimento Comunicação Área Comunicação Atendimento Técnico Comunicaçao Nunca perca uma oportunidade de emprego! Digite seu e-mail agora e receba atualizações por e-mail das últimas vagas para Comunicação Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 Termos de Serviço Política de Privacidade Contatos © 2017 Jobbydoo



https://www.jobbydoo.com.br/vagas-comunica%C3%A7%C3%A3o?ref=p&p=10
  Vagas Comunicação, Emprego Comunicação, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação Ordenar 29966 vagas Relevância Data Companhia Biscoitos NAGA Itaú Ambev GE Cargill Mais Polishop Walmart Johnson & Johnson Lopes Fundatec Spot Centauro Cognizant Ipiranga TOTVS Wizard Ernst & Young Angeloni Pão de Açúcar Chilli Beans Agência de empregos Hays Integrar RS Manpower Randstad ... Vagas Comunicação, Emprego Comunicação, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação Ordenar 29966 vagas Relevância Data Companhia Biscoitos NAGA Itaú Ambev GE ... ) R$ 70000 + (60) R$ 100000 + (20) Ver Empregos Empregos Comunicação 136 - 150 de 29966 Receba as vagas por e-mail! Digite seu e-mail, você receberá grátis todas as novas vagas para Comunicação Você ... Comunicação e Marketing ontem ABRH-BRASIL São Paulo Estagiário Área Comunicação Ver detalhes Estagiário CACHE

Vagas Comunicação, Emprego Comunicação, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação Ordenar 29966 vagas Relevância Data Companhia Biscoitos NAGA Itaú Ambev GE Cargill Mais Polishop Walmart Johnson & Johnson Lopes Fundatec Spot Centauro Cognizant Ipiranga TOTVS Wizard Ernst & Young Angeloni Pão de Açúcar Chilli Beans Agência de empregos Hays Integrar RS Manpower Randstad Selpe Mais Page Personnel ABRE Gi Group Adecco Atento Metta Capital Humano Luandre Desidy RHBrasil RHF Talentos Stefanini NVH - Nova Visão Humana Deloitte Allis Willisa Tipo de contrato Aplicar filtro Remover o filtro CLT (4063) Estagio (859) Consultor/Terceirizado/PJ (292) Contrato temporário (135) Pré determinado (2) Horas de trabalho Aplicar filtro Remover o filtro Integral (2188) Parcial (277) Salário Aplicar filtro Remover o filtro R$ 10000 + (2305) R$ 20000 + (788) R$ 40000 + (198) R$ 70000 + (60) R$ 100000 + (20) Ver Empregos Empregos Comunicação 136 - 150 de 29966 Receba as vagas por e-mail! Digite seu e-mail, você receberá grátis todas as novas vagas para Comunicação Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. bebee.com Estagiário área de Comunicação e Marketing ontem ABRH-BRASIL São Paulo Estagiário Área Comunicação Ver detalhes Estagiário área de Comunicação e Marketing Irá acompanhar os processos de orçamentação de produtos e serviços de apoio à área de comunicação e marketing, tais como agências de propaganda, gráficas e outros, repassando... Mais detalhes tiptopjob.com Assistente De Comunicação ontem buscojobs Brasil São Paulo Assistente Comunicação Ver detalhes Acompanhar programas de incentivo e fidelização ao cliente, zelando pela comunicação efetiva de cada projeto. Ser responsável pela Gestão das ferramentas de comunicação já utilizadas na casa: disparos de e:mail, SMS etc... Mais detalhes tiptopjob.com Estagiário Área De Comunicação E Marketing ontem Abrh Brasil São Paulo Estagiário Área Comunicação Ver detalhes Estagiário área de Comunicação e Marketing Irá acompanhar os processos de orçamentação de produtos e serviços de apoio à área de comunicação e marketing, tais como agências de propaganda, gráficas e outros, repassando... Mais detalhes bebee.com Estágio em Comunicação social manhã ontem FUNDATEC Porto Alegre Estágio Comunicação Social Ver detalhes Estágio em Comunicação social manhã Auxiliará pesquisa de imagens, tratar, equalizar e adequar as fotos/cards para redes sociais, produzir artes e campanhas para redes sociais, produzir artes diversas para impressão... Mais detalhes bebee.com Assistente de comunicação ontem EVENTO FÁCIL São Paulo Assistente Comunicação Ver detalhes Assistente de comunicação Irá atuar em eventos corporativos, mídias impressas e digitais, elaborar redação de press releases, artigos, desenvolvimento de pautas, foco estratégico para grande imprensa, relacionamento... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação de marketing e endomarketing ontem Auge Rh - Boituva Boituva Analista Comunicação Marketing Ver detalhes Analista de comunicação de marketing e endomarketing Irá desenvolver e implementar ações de marketing, incluindo pesquisas de mercado, campanhas publicitárias e promocionais, desenvolver ações de endo marketing... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação ontem APRIORI RH Curitiba Analista Comunicação Ver detalhes Analista de comunicação Coordenação editorial das revistas corporativas externas da Volvo (Revista Eu Rodo), nas versões impressa e digital (edição, revisão, conteúdo e projeto gráfico). Coordenação de produção... Mais detalhes emprega-me.com.br Estagiário(a) em Comunicação Social ontem Rio de Janeiro Estagiária Comunicação Ver detalhes Estagio Estagiário(a) em Comunicação Social por Qualita RH em Rio de Janeiro/RJ Estagiário(a) em Comunicação Social Local: Rio de Janeiro/RJ Bolsa: R$ 800,00 Benefícios: VT + VR + Plano Odontológico. Atividades: Atuará... Mais detalhes bebee.com Especialista de comunicação ontem MANPOWER - PORTO ALEGRE (RS) São Paulo Especialista Ver detalhes Especialista de comunicação Irá atuar como responsável pela comunicações internas da empresa, planejamento de ações e estratégias de comunicação interna, realizar prospecção e contato de palestrantes, elaboração... Mais detalhes bebee.com Analista de Comunicação Interna ontem BATERIAS MOURA Belo Jardim Analista Comunicação Interna Ver detalhes Analista de Comunicação Interna Irá conduzir projetos e campanhas de comunicação Interna, relacionamento com públicos estratégicos da organização, realizar a interface com diversas áreas para ações de Comunicação ... Mais detalhes bebee.com Assistente de comunicação pleno ontem SBB Barueri Assistente Comunicação Ver detalhes Assistente de comunicação pleno Irá realizar comunicação interna jornal mural, manutenção da intranet, boletins e campanhas, entre outras ações, desenvolver conteúdo editorial para materiais de comunicação como folders... Mais detalhes bebee.com Analista de Comunicação Interna ontem BATERIAS MOURA Belo Jardim Analista Comunicação Interna Ver detalhes Analista de Comunicação Interna Irá conduzir projetos e campanhas de comunicação Interna, relacionamento com públicos estratégicos da organização, realizar a interface com diversas áreas para ações de Comunicação ... Mais detalhes bebee.com Estágio em comunicação social jornalismo ontem ABRE São José dos Campos Lorena Estágio Comunicação Social Ver detalhes Estágio em comunicação social jornalismo Irá trabalhar na procura e na divulgação de informações por meio de veículos de comunicação , como jornais, revistas, rádio, tv e internet . Beneficios: A Combinar. Formação... Mais detalhes bebee.com Vendedor de Comunicação Visual ontem A&R Soluções Empresariais Belo Horizonte Vendedor Comunicação Visual Ver detalhes Vendedor de Comunicação Visual Irá realizar venda de Comunicação Visual. Beneficios: Vale Transporte. Bonificação /Comissão. Formação Acadêmica: Ensino médio completo. Experiência: Necessário experiência em vendas... Mais detalhes bebee.com Estagio em Comunicação Digital ontem INTEGRAR RS Porto Alegre Estágio Comunicação Digital Ver detalhes Estagio em Comunicação Digital Auxiliar em geração de conteúdo e manutenção de canais de comunicação interna, apoiar as ações de Endomarketing , campanhas e demais atividades da área. Beneficios: Formação Acadêmica... Mais detalhes Mais vagas – Marketing / Comunicação Atendimento Cliente Técnico Serviços Assistente Desenvolvimento Produto Atendimento Consumidor Atendimento Técnico Marketing Vagas similares Atendimento Comunicação Área Comunicação Atendimento Técnico Comunicaçao Nunca perca uma oportunidade de emprego! Digite seu e-mail agora e receba atualizações por e-mail das últimas vagas para Comunicação Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 Termos de Serviço Política de Privacidade Contatos © 2017 Jobbydoo



https://www.jobbydoo.com.br/vagas-comunica%C3%A7%C3%A3o?ref=p&p=4
  Vagas Comunicação, Emprego Comunicação, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação Ordenar 30392 vagas Relevância Data Companhia Biscoitos NAGA Itaú Ambev Cargill GE Mais Polishop Walmart Johnson & Johnson Lopes Fundatec Spot Centauro Cognizant Ernst & Young Ipiranga TOTVS Angeloni Wizard Pão de Açúcar Chilli Beans Agência de empregos Hays Manpower Integrar RS Randstad ... Vagas Comunicação, Emprego Comunicação, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação Ordenar 30392 vagas Relevância Data Companhia Biscoitos NAGA Itaú Ambev Cargill ... ) R$ 70000 + (60) R$ 100000 + (20) Ver Empregos Empregos Comunicação 46 - 60 de 30392 Receba as vagas por e-mail! Digite seu e-mail, você receberá grátis todas as novas vagas para Comunicação Você pode ... Comunicação hoje Rio de Janeiro Analista Comunicação Ver detalhes Vaga de emprego código 2.012.380 Analista CACHE

Vagas Comunicação, Emprego Comunicação, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação Ordenar 30392 vagas Relevância Data Companhia Biscoitos NAGA Itaú Ambev Cargill GE Mais Polishop Walmart Johnson & Johnson Lopes Fundatec Spot Centauro Cognizant Ernst & Young Ipiranga TOTVS Angeloni Wizard Pão de Açúcar Chilli Beans Agência de empregos Hays Manpower Integrar RS Randstad Selpe Mais Page Personnel ABRE Gi Group Adecco Atento Metta Capital Humano Luandre Desidy RHBrasil RHF Talentos Stefanini NVH - Nova Visão Humana Deloitte Allis Willisa Tipo de contrato Aplicar filtro Remover o filtro CLT (4072) Estagio (869) Consultor/Terceirizado/PJ (288) Contrato temporário (136) Pré determinado (2) Horas de trabalho Aplicar filtro Remover o filtro Integral (2153) Parcial (269) Salário Aplicar filtro Remover o filtro R$ 10000 + (2298) R$ 20000 + (788) R$ 40000 + (200) R$ 70000 + (60) R$ 100000 + (20) Ver Empregos Empregos Comunicação 46 - 60 de 30392 Receba as vagas por e-mail! Digite seu e-mail, você receberá grátis todas as novas vagas para Comunicação Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. curriculum.com.br Analista de Comunicação hoje Rio de Janeiro Analista Comunicação Ver detalhes Vaga de emprego código 2.012.380 Analista de Comunicação Empresa anunciante Confidencial Nível de atuação Especialistas Área de atuação Outros Local de trabalho 1 vaga - Rio de Janeiro / RJ Principais atividades... Mais detalhes empregodf.com.br Emprego para Assessor de Comunicação Digital - 27.09.17 hoje Distrito Federal Assessor Comunicação Ver detalhes Empresa: Comitê Internacional da Cruz Vermelha Tipo de Profissional: Assessor de Comunicação Digital Quantidade de vagas: 01 Local: Lago Sul Salário: à Combinar Descrição: Ensino Superior Completo, preferencialmente... Mais detalhes uvv.br Assistente de Comunicação hoje Universidade Vila Velha Vila Velha Assistente Comunicação Ver detalhes Contato: Tayana Dantas E-mail: tayana.dantas uvv.br Telefone: Cargo Assistente de Comunicação Atribuições/Disciplinas Auxiliar no desenvolvimento e na implementação de ações e campanhas de comunicação e marketing... Mais detalhes nube.com.br Comunicação Social Belo Horizonte hoje Nube Minas Gerais Comunicação Social Ver detalhes Possibilidade de efetivação: Possível Possibilidade de prorrogação: Possível Auxílio-transporte: Sim. Recesso remunerado: Área de atuação: Comunicação Atividades de estágio: efetuar visitas externas , prestar auxílio nas atividades... Mais detalhes curriculum.com.br Assistente de Comunicação hoje São Paulo Assistente Comunicação Ver detalhes CLT Vaga de emprego código 1.147.536 Assistente de Comunicação Empresa anunciante Universo Online S.A. Área de atuação Recursos Humanos Ramo de atividade Informática e Internet Departamento Tecnologia da Informação... Mais detalhes nube.com.br Comunicação Social Florianópolis hoje Nube Santa Catarina Comunicação Social Ver detalhes Vaga de Estágio Superior Tecnólogo e Superior Conclusão: 2º semestre de 2017 ao 2º semestre de 2018. Cidade / Bairro: Florianópolis (Clique aqui para visualizar a localização aproximada da empresa. Lembre-se: o Google M... Mais detalhes nube.com.br Comunicação Social São Paulo hoje Nube São Paulo Comunicação Social Ver detalhes Vaga de Estágio Superior Cursando: 3º semestre ao 6º semestre. Conclusão: 2º semestre de 2018 ao 1º semestre de 2020. Cidade / Bairro: São Paulo / Jardim Umuarama (Clique aqui para visualizar a localização aproximada da... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação sênior ontem Confidencial São Caetano do Sul Analista Comunicação Sênior Ver detalhes Analista de comunicação sênior Irá Elaborar plano de comunicação para campanhas de incentivo, garantir a comunicação das campanhas de incentivos e ações seja feita e traga o melhor resultado. Elaborar a comunicação ... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação Interna Junior ontem Confidencial São Paulo Analista Comunicação Interna Ver detalhes Analista de comunicação Interna Junior Irá ser responsável por desenvolver, identificar, aplicar e acompanhar a comunicação interna entre a riachuelo e seus colaboradores, através de meios de comunicação oficiais... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação Interna Junior ontem Confidencial São Paulo Analista Comunicação Interna Ver detalhes Analista de comunicação Interna Junior Irá ser responsável por desenvolver, identificar, aplicar e acompanhar a comunicação interna entre a riachuelo e seus colaboradores, através de meios de comunicação oficiais... Mais detalhes bebee.com Supervisor de comunicação ontem Confidencial Belo Horizonte Supervisor Ver detalhes Supervisor de comunicação Apoiar no desenvolvimento de estratégias e planos de comunicação , visando promover a imagem institucional e a alavancagem do negócio. Supervisionar os projetos e atividades de comunicação ... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação e GIRC Pleno ontem Confidencial Manaus Analista Comunicação Ver detalhes Analista de comunicação e GIRC Pleno Irá elaborar planejamento estratégico, propostas, relatórios, produtos e serviços de comunicação em conjunto com a coordenação de comunicação , atender à imprensa e produzir conteúdo... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação e GIRC Pleno ontem Confidencial Manaus Analista Comunicação Ver detalhes Analista de comunicação e GIRC Pleno Irá elaborar planejamento estratégico, propostas, relatórios, produtos e serviços de comunicação em conjunto com a coordenação de comunicação , atender à imprensa e produzir conteúdo... Mais detalhes bebee.com Estágio em comunicação social ontem Confidencial Rio de Janeiro Estágio Comunicação Social Ver detalhes Estágio em comunicação social Irá ajudar na prestação de assessoria, comunicação interna e externa. Beneficios: Vale Transporte. Vale Refeição. Formação Acadêmica: Superior cursando Experiência: Conhecimento... Mais detalhes peoplenect.com AUXILIAR DE COMUNICAÇÃO (Caruaru) ontem Quest Caruaru Auxiliar Comunicação Ver detalhes CLT Acompanhar site organizacional, mídias sociais. Produzir conteúdo textual e visual para internet, Intranet e demais canais de comunicação - Auxiliar mo desenvolvimento de ações de comunicação interna, dentre... Mais detalhes Mais vagas – Marketing / Comunicação Atendimento Cliente Técnico Serviços Assistente Desenvolvimento Produto Atendimento Consumidor Atendimento Técnico Marketing Vagas similares Atendimento Comunicação Área Comunicação Atendimento Técnico Comunicaçao Nunca perca uma oportunidade de emprego! Digite seu e-mail agora e receba atualizações por e-mail das últimas vagas para Comunicação Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Termos de Serviço Política de Privacidade Contatos © 2017 Jobbydoo



https://www.jobtonic.com.br/brazil/jobs/analista-comunicacao/
  Vagas de emprego Analista de comunicação em Brazil, Trabalho - Jobtonic.com.br Menu Filtros Procurar vaga Vagas Funcionários Emprego no exterior Publicar CV Registro Entrar procurando um emprego em todos os sites Procurar vaga Iniciação Marketing Para aumentar suas chances de encontrar um emprego adequado, complete a 'cidade' Refinar a pesquisa Inscreva-se Vagas de emprego Analista de comunicação ... Vagas de emprego Analista de comunicação em Brazil, Trabalho - Jobtonic.com.br Menu Filtros ... comunicação em Brazil: 5.755 anúncios Empregos em Goianira Vagas de Gestor Comercial em Maringá Vagas de ... emprego Segurança Patrimonial em Amazonas Analista de comunicação Interna Junior jardim são paulo, são paulo Confidencial Analista de comunicação Interna Junior Irá ser responsável por desenvolver, identificar, aplicar e acompanhar a comunicação interna entre a riachuelo e Descrição completa Enviar a um CACHE

Vagas de emprego Analista de comunicação em Brazil, Trabalho - Jobtonic.com.br Menu Filtros Procurar vaga Vagas Funcionários Emprego no exterior Publicar CV Registro Entrar procurando um emprego em todos os sites Procurar vaga Iniciação Marketing Para aumentar suas chances de encontrar um emprego adequado, complete a 'cidade' Refinar a pesquisa Inscreva-se Vagas de emprego Analista de comunicação em Brazil: 5.755 anúncios Empregos em Goianira Vagas de Gestor Comercial em Maringá Vagas de Suporte A Cliente Ibirubá Vagas de Auxiliar Patrocínio Emprego de Publicidade em Natal Vagas de emprego Programador em São Caetano do Sul Emprego de Coordenador de logística em Ribeirão Preto Vagas de emprego Segurança Patrimonial em Amazonas Analista de comunicação Interna Junior jardim são paulo, são paulo Confidencial Analista de comunicação Interna Junior Irá ser responsável por desenvolver, identificar, aplicar e acompanhar a comunicação interna entre a riachuelo e Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação interna JR ribeirão preto, são paulo Lojas Riachuelo Analista de comunicação interna JR Será responsável por ... , identificar, aplicar e acompanhar a comunicação interna entre a Riachuelo e ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação júnior belo horizonte, minas gerais LEADERRH Analista de comunicação júnior Atuará no setor de comunicação com produção de conteúdo para mídias online e ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação serrana, são paulo USINA DA PEDRA Analista de comunicação Irá atuar com redação dos meios de comunicação interna. Atuar na comunicação interna (murais, comunicados, intranet, entre outros) Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação porto alegre, rio grande do sul RH Cursor Analista de comunicação Irá implementar as atividades de comunicação interna, externa do marketing da organização, acompanhar as ações junto às agências de ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação rio de janeiro Confidencial Analista de comunicação Atuará com assessoria de imprensa e comunicação da consultoria, será responsável pela criação de pautas e matérias para o site da ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação jardim são paulo, são paulo Gigroup Analista de comunicação Irá elaborar planejamento estratégico, propostas, relatórios, produtos e serviços de comunicação em conjunto com a coordenação Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação curitiba, paraná APRIORI RH Analista de comunicação Coordenação editorial das revistas corporativas externas da Volvo (Revista Eu Rodo), nas versões impressa e digital (edição, revisão Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação jardim são paulo, são paulo Confidencial Analista de comunicação Realizará atendimentos aos clientes, possíveis clientes e parceiros. Atendimento será realizado com foco em vendas, acompanhamento Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação belo horizonte, minas gerais Sl Consultoria em Recursos Humanos Analista de comunicação Será responsável por apoiar, orientar e monitorar as atividades relacionadas ao departamento de comunicação da empresa, coordenar Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação porto alegre, rio grande do sul RH Cursor Analista de comunicação Irá implementar as atividades de comunicação interna, externa do marketing da organização, acompanhar as ações junto às agências Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação curitiba, paraná Operativa Assessoria RH Analista de comunicação Realizará o acompanhamento no desenvolvimento de vídeos corporativos e atendimento às demandas de comunicação aos colaboradores. ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação serrana, são paulo USINA DA PEDRA Analista de comunicação Irá atuar com redação dos meios de comunicação interna. Atuar na comunicação interna (murais, comunicados, intranet, entre outros). ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação belo horizonte, minas gerais Sl Consultoria em Recursos Humanos Analista de comunicação Será responsável por apoiar, orientar e monitorar as atividades relacionadas ao departamento de comunicação da empresa, coordenar e ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação jardim são paulo, são paulo Gigroup Analista de comunicação Irá elaborar planejamento estratégico, propostas, relatórios, produtos e serviços de comunicação em conjunto com a coordenação de ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação jardim são paulo, são paulo Confidencial Analista de comunicação irá realizar o acompanhamento e atualização diária do fluxo de comunicação, a fim de que sejam realizadas e liberadas no prazo ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação diadema, são paulo Papaiz Analista de comunicação Irá realizar atividades de comunicação externa, operacionalizar e acompanhar as diversas ações juntos aos públicos de interesse de cada ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação belo horizonte, minas gerais Confidencial Analista de comunicação Irá manter a funcionalidade plena do site da empresa como ferramenta principal de comunicação com o público externo por meio de ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação belo horizonte, minas gerais Sociis Rh Analista de comunicação Irá trabalhar na comunicação interna, externa e de campanhas de vendas em lojas físicas e lojas virtuais e-commerce. Beneficios Vale ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação belo horizonte, minas gerais Confidencial Analista de comunicação Irá manter a funcionalidade plena do site da empresa como ferramenta principal de comunicação com o público externo por meio de Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação curitiba, paraná Operativa Assessoria RH Analista de comunicação Realizará o acompanhamento no desenvolvimento de vídeos corporativos e atendimento às demandas de comunicação aos colaboradores Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação brasil, são paulo PAGRISA Analista de comunicação Irá atuar em projetos e campanhas de comunicação institucional, com foco em conteúdo e design, planejar pesquisas de opinião pública Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação diadema, são paulo Papaiz Analista de comunicação Irá realizar atividades de comunicação externa, operacionalizar e acompanhar as diversas ações juntos aos públicos de interesse Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação jardim são paulo, são paulo Confidencial Analista de comunicação Realizará atendimentos aos clientes, possíveis clientes e parceiros. Atendimento será realizado com foco em vendas, acompanhamento de ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação curitiba, paraná APRIORI RH Analista de comunicação Coordenação editorial das revistas corporativas externas da Volvo (Revista Eu Rodo), nas versões impressa e digital (edição, revisão, ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação maceió, alagoas AlmavivA do Brasil Analista de comunicação Será responsável pelo planejamento tático e implantação de campanhas motivacionais. Elaboração de brindes. Produção de textos e Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação rio de janeiro Confidencial Analista de comunicação Atuará com assessoria de imprensa e comunicação da consultoria, será responsável pela criação de pautas e matérias para o site Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação Interna Junior jardim são paulo, são paulo Confidencial Analista de comunicação Interna Junior Irá ser responsável por desenvolver, identificar, aplicar e acompanhar a comunicação interna entre a riachuelo e Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação interna JR ribeirão preto, são paulo Lojas Riachuelo Analista de comunicação interna JR Será responsável por desenvolver, identificar, aplicar e acompanhar a comunicação interna entre a Riachuelo e seus ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação interna sabará, minas gerais ANGLOGOLD ASHANTI Analista de comunicação interna Atuará como analista de comunicação interna e demais atividades. Beneficios Superior completo em comunicação social, jornalismo Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação pleno serrana, são paulo USINA DA PEDRA Analista de comunicação pleno Irá atuar com redação dos meios de comunicação interna. Atuar na comunicação interna murais, comunicados, intranet, site Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação interna jaboatão dos guararapes, pernambuco Baterias Moura Analista de comunicação interna Irá redigir textos institucionais para diferentes públicos e canais (comunicados, notícias, jornais internos, portais, Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação eventos jardim são paulo, são paulo CLEAR SALE Analista de comunicação eventos Atuará com Entrega dos eventos com qualidade, encantamento, conseguir gerar negócios, captar leads, mailing para prospecção Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de Comunicação Interna belo jardim, alagoas BATERIAS MOURA Analista de Comunicação Interna Irá conduzir projetos e campanhas de comunicação Interna, relacionamento com públicos estratégicos da organização, realizar Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação e GIRC Pleno manaus, amazonas Confidencial Analista de comunicação e GIRC Pleno Irá elaborar planejamento estratégico, propostas, relatórios, produtos e serviços de comunicação em conjunto com a Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação interna jaboatão dos guararapes, pernambuco BATERIAS MOURA Analista de comunicação interna Irá conduzir projetos e campanhas de comunicação interna, relacionamento com públicos estratégicos da organização, realizar Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação eventos jardim são paulo, são paulo CLEAR SALE Analista de comunicação eventos Atuará com Entrega dos eventos com qualidade, encantamento, conseguir gerar negócios, captar leads, mailing para prospecção da ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação interna sabará, minas gerais ANGLOGOLD ASHANTI Analista de comunicação interna Atuará como analista de comunicação interna e demais atividades. Beneficios Superior completo em comunicação social, jornalismo, ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação sênior são caetano do sul, são paulo Confidencial Analista de comunicação sênior Irá Elaborar plano de comunicação para campanhas de incentivo, garantir a comunicação das campanhas de incentivos e ações seja ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação Interna pi jardim são paulo, são paulo Confidencial Analista de comunicação Interna pi Irá garantir a elaboração de conteúdos das Comunicações Internas dentro do padrão do grupo saint-gobain, responsável pelo ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação pleno serrana, são paulo USINA DA PEDRA Analista de comunicação pleno Irá atuar com redação dos meios de comunicação interna. Atuar na comunicação interna murais, comunicados, intranet, site, etc. ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação interna jardim são paulo, são paulo Confidencial Analista de comunicação interna Irá desenvolver e publicar peças de comunicação interna, responsável pelo desenvolvimento de campanhas de comunicação interna, ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação júnior belo horizonte, minas gerais LEADERRH Analista de comunicação júnior Atuará no setor de comunicação com produção de conteúdo para mídias online e ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar 1 2 3 4 Último Quer criar a subscrição pela sua solicitação “ Vagas de profissão Analista de comunicação em Brazil ”? Inscreva-se Quer criar a subscrição pela sua solicitação “ Vagas de profissão Analista de comunicação em Brazil ”? Inscreva-se Você está subscrito à newsletter “ Vagas de profissão Analista de comunicação em Brazil ” Inscreva-se Вы уже подписаны на рассылку “ Vagas de profissão Analista de comunicação em Brazil ” Inscreva-se Por favor, verifique a sua caixa de e-mail Enviamos-lhe a carta de confirmação para ativar a sua newsletter Seleccionar filtros Analista de comunicação Redefinir filtros Salário 10000+ 126 20000+ 79 30000+ 35 40000+ 19 50000+ 10 Horário de trabalho a combinar 7 Vagas similares Comunicação 43.677 Publicidade 10.347 Propaganda 7.416 Analista de marketing 5.652 Assistente de marketing 2.908 Gerente de marketing 2.773 Estagiário de marketing 2.397 promotor de merchandising 1.738 Assistente de comunicação 1.612 Supervisor de marketing 1.531 Coordenador de marketing 1.381 Jornalismo 1.252 Estagiário de publicidade e propaganda 1.044 Marketing Interno 985 Estagiário de propaganda e marketing 890 Supervisor de merchandising 714 Editora 564 Marketing Manager 496 promotor de supermercados 437 Project Manager 374 Redator 370 Assistente de desenvolvimento de produção 272 Jornalista 170 Locutor 72 Qualquer vaga Vagas em Brazil nas outras categorias Administração 234.654 Comercial 227.937 Alimentação 96.794 Informática 96.663 Serviços Gerais 95.604 Recursos Humanos 93.425 Saúde 89.057 Industrial 85.193 Engenharia 66.777 Educação 57.540 Financeira 47.221 Logística 40.010 Segurança 34.643 Construção 30.864 Telemarketing 17.718 Design 15.001 Hotelaria 10.919 Jurídica 10.181 Social 9.333 Transportes 8.604 Pessoas Com Deficiência 6.360 Telecomunicações 5.964 Artes 4.878 Veterinária 1.988 Agronomia 1.897 Mecânico Automotivo 733 Deficientes 605 Todas as categorias Trabalhar em empresas em Brazil CasaeCafe 30.272 Manpower 2.688 Ambev 2.329 Randstad 2.071 Desidy 1.507 GLOBAL 1.478 Expert Consultoria 1.464 Luandre 1.239 RhBrasil 1.135 GRUPO PÃO DE AÇÚCAR 853 Global Empregos 821 Proativa Rh 787 Gi Group 735 Ast Consultoria 733 Nossa Gestao De Pessoas E Servicos 659 Rhf Talentos 630 Shamar RH 567 Gelre 538 Sucessor Rh 491 Soulan 471 ABRE 443 MRV 439 Robert Half 430 CWI Software 423 Jobcenter 416 Polishop 403 LC Consultoria 396 Clínica Madesa 391 Drogaria 369 AST Consult 357 todas as empresas Vagas em outras cidades São Paulo 1.115 Rio Grande 771 Campinas 169 Belo Horizonte 135 Curitiba 119 Catarina 111 Jardim 101 Brasília 97 Porto Alegre 65 São José 59 Fortaleza 42 Barueri 41 Florianópolis 41 Aracaju 40 Salvador 38 Recife 31 São José dos Campos 29 Goiânia 29 Uberlândia 25 São Caetano do Sul 24 São Luís 23 Ribeirão Preto 21 Manaus 21 Guarulhos 20 Pinhais 20 Jundiaí 19 Camboriú 19 Ribeirão 19 Bauru 17 Niterói 17 Todas as cidades Experiência 6 meses 251 sem experiência 121 2 anos 3 1 ano 1 Tipo de vaga do empregador 2459 Subscreva-se com 1 clique Quer criar a subscrição pela sua solicitação “ Vagas de profissão Analista de comunicação em Brazil ”? Inscreva-se Quer criar a subscrição pela sua solicitação “ Vagas de profissão Analista de comunicação em Brazil ”? Alterar assinaturas Inscreva-se Вы уже подписаны на рассылку “ Vagas de profissão Analista de comunicação em Brazil ” Alterar assinaturas Inscrição criada Você está subscrito à newsletter “ Vagas de profissão Analista de comunicação em Brazil ” Alterar assinaturas Inscrição criada Por favor, verifique a sua caixa de e-mail Enviamos-lhe a carta de confirmação para ativar a sua newsletter Ainda não recebeu a carta? Enviar A média salarial para a profissão Analista de comunicação Brazil é 2.000 BRL Assista estatísticas detalhadas Sobre nós Estamos em outro lugar Procure empregos A privacidade e termos de Para parceiros Fale conosco Blog Procurando candidatos em Brazil Siga-nos © 2017 Jobtonic.com.br Todos os direitos reservados Para cima



https://www.jobbydoo.com.br/vagas-comunica%C3%A7%C3%A3o?ref=p&p=3
  Vagas Comunicação, Emprego Comunicação, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação Ordenar 29516 vagas Relevância Data Companhia Biscoitos NAGA Itaú Ambev GE Cargill Mais Lopes Polishop Fundatec Spot Walmart Johnson & Johnson Centauro Cognizant Santander Wizard Ipiranga TOTVS Ernst & Young Pão de Açúcar IEL Agência de empregos Hays Integrar RS Randstad Selpe Manpower ... Vagas Comunicação, Emprego Comunicação, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação Ordenar 29516 vagas Relevância Data Companhia Biscoitos NAGA Itaú Ambev GE ... $ 70000 + (56) R$ 100000 + (20) Ver Empregos Empregos Comunicação 31 - 45 de 29516 Receba as vagas por e-mail! Digite seu e-mail, você receberá grátis todas as novas vagas para Comunicação Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. bebee.com Estágio em comunicação ontem CACHE

Vagas Comunicação, Emprego Comunicação, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação Ordenar 29516 vagas Relevância Data Companhia Biscoitos NAGA Itaú Ambev GE Cargill Mais Lopes Polishop Fundatec Spot Walmart Johnson & Johnson Centauro Cognizant Santander Wizard Ipiranga TOTVS Ernst & Young Pão de Açúcar IEL Agência de empregos Hays Integrar RS Randstad Selpe Manpower Mais Page Personnel Gi Group Adecco Atento Metta Capital Humano ABRE Luandre RHBrasil Desidy RHF Talentos Stefanini Deloitte NVH - Nova Visão Humana Willisa Allis Tipo de contrato Aplicar filtro Remover o filtro CLT (3886) Estagio (818) Consultor/Terceirizado/PJ (270) Contrato temporário (115) Pré determinado (2) Horas de trabalho Aplicar filtro Remover o filtro Integral (2113) Parcial (269) Salário Aplicar filtro Remover o filtro R$ 10000 + (2243) R$ 20000 + (798) R$ 40000 + (199) R$ 70000 + (56) R$ 100000 + (20) Ver Empregos Empregos Comunicação 31 - 45 de 29516 Receba as vagas por e-mail! Digite seu e-mail, você receberá grátis todas as novas vagas para Comunicação Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. bebee.com Estágio em comunicação ontem Confidencial Rio de Janeiro Estágio Comunicação Ver detalhes Estágio em comunicação Ajuda na prestação de assessoria, comunicação interna e externa, presta apoio a organização de eventos, controle e planejamento de materiais e ambiente e comunicação . Beneficios: Formação... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação ontem Confidencial São Paulo Analista Comunicação Ver detalhes Analista de comunicação irá realizar o acompanhamento e atualização diária do fluxo de comunicação , a fim de que sejam realizadas e liberadas no prazo necessário, realizará redação de e-mails marketing, posts whatsapp... Mais detalhes bebee.com Supervisor de comunicação ontem Confidencial Uberlândia Supervisor Ver detalhes Supervisor de comunicação Irá realizar as estratégias de comunicação interna e externa, revisar a redação de textos dos projetos e documentos em geral e propõe estudos mercadológicos, para avaliar e divulgar a imagem... Mais detalhes bebee.com Supervisor de comunicação ontem Confidencial São Paulo Supervisor Ver detalhes Supervisor de comunicação Irá realizar as estratégias de comunicação interna e externa, revisar a redação de textos dos projetos e documentos em geral e propõe estudos mercadológicos, para avaliar e divulgar a imagem... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação e marketing ontem Confidencial São Paulo Analista Comunicação Marketing Ver detalhes Analista de comunicação e marketing Irá participar do planejamento e execução dos projetos de comunicação e marketing. coordenar a criação de materiais de comunicação e eventos, em parceria com agências, realizando... Mais detalhes bebee.com Estágio em Comunicação Social ontem Confidencial Vila Velha Estágio Comunicação Social Ver detalhes Estágio em Comunicação Social Irá auxiliar na edição, arte e finalização de imagens utilizando programas, auxiliar a redigir notas para publicação, lançamentos e registros de documentos em sistemas informatizados... Mais detalhes bebee.com Estágio em comunicação ontem Confidencial São José dos Campos Estágio Comunicação Ver detalhes Estágio em comunicação Irá desenvolver materiais de comunicação para a diretoria da qualidade, apoiar na formação de estratégias de comunicação dos eventos e fatos da diretoria, produzir e publicar conteúdo nas mídias... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação ontem Confidencial Belo Horizonte Analista Comunicação Ver detalhes Analista de comunicação Irá manter a funcionalidade plena do site da empresa como ferramenta principal de comunicação com o público externo por meio de manutenção periódica dos sistemas operacionais do portal bem... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação e marketing ontem Confidencial São Paulo Analista Comunicação Marketing Ver detalhes Analista de comunicação e marketing Irá participar do planejamento e execução dos projetos de comunicação e marketing. coordenar a criação de materiais de comunicação e eventos, em parceria com agências, realizando... Mais detalhes bebee.com Coordenador de marketing e Comunicação ontem Confidencial São Paulo Coordenador Marketing Ver detalhes Coordenador de marketing e Comunicação Será responsável pelo desenvolvimento e execução de adequado mix de comunicação , aderente à identidade corporativa global, assegurando que as estratégias desenvolvidas pelas áreas... Mais detalhes bebee.com Orçamentista de comunicação visual ontem Confidencial São Caetano do Sul Orçamentista Comunicação Visual Ver detalhes Orçamentista de comunicação visual Irá controlar gestão de orçamentos, atendimentos em geral, comunicação visual e atendimento aos clientes. Beneficios: Formação Acadêmica: Ensino médio completo. Experiência... Mais detalhes bebee.com Estágio em Comunicação Social ontem Confidencial São Luís Estágio Comunicação Social Ver detalhes Estágio em Comunicação Social Irá auxiliar na elaboração de pautas e matérias, elaboração de textos informativos, edição de textos e imagens para publicação nas redes sociais. Beneficios: Vale Transporte. Formação... Mais detalhes bebee.com Orçamentista de comunicação visual ontem Confidencial São Caetano do Sul Orçamentista Comunicação Visual Ver detalhes Orçamentista de comunicação visual Irá controlar gestão de orçamentos, atendimentos em geral, comunicação visual e atendimento aos clientes. Beneficios: Formação Acadêmica: Ensino médio completo. Experiência... Mais detalhes bebee.com Estágio em Comunicação Visual ontem Confidencial São Paulo Estágio Comunicação Visual Ver detalhes Estágio em Comunicação Visual Irá analisar, interpretar e propor a produção da identidade visual das peças. Beneficios: A Combinar. Formação Acadêmica: Ensino superior cursando a partir do primeiro ano. Experiência... Mais detalhes bebee.com Estágio em Comunicação Social ontem Confidencial São Paulo Estágio Comunicação Social Ver detalhes Estágio em Comunicação Social Irá desenvolver campanhas de publicidade e elaborar planos de marketing. Beneficios: A Combinar. Formação Acadêmica: Ensino superior cursando. Experiência: Salário: A combinar Cargo... Mais detalhes Mais vagas – Marketing / Comunicação Atendimento Cliente Técnico Serviços Assistente Desenvolvimento Produto Atendimento Consumidor Atendimento Técnico Marketing Vagas similares Atendimento Comunicação Área Comunicação Atendimento Técnico Comunicaçao Nunca perca uma oportunidade de emprego! Digite seu e-mail agora e receba atualizações por e-mail das últimas vagas para Comunicação Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Termos de Serviço Política de Privacidade Contatos © 2017 Jobbydoo



http://agenciabelem.com.br/Noticia/142697
  Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria ... Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de CACHE

Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Agência Belém de Notícias Ouvidoria do Município Editais e Licitações Conheça Belém ouvidoria transparência Toggle navigation notícias notas pautas mídia fotos áudios vídeos clipping Assessorias Loading... Notícias Fotos Áudios Vídeos Procurar prefeitura municipal de belém Praça Dom Pedro I - Cidade Velha CEP: 66070-240 telefones úteis ouvidoria geral - 162 atendimento à mulher - 180 disque denúncia - 181 disque limpeza - 156 fale com a guarda - 153/190 iluminação pública - 0800-400-0300 código de postura - 3039-3707 links importantes portal pmb servidor online sgn.net midiaip superclipping Todos os direitos reservados © 2017.



http://agenciabelem.com.br/Noticias/?filtro=semma
  Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria ... Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de CACHE

Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Agência Belém de Notícias Ouvidoria do Município Editais e Licitações Conheça Belém ouvidoria transparência Toggle navigation notícias notas pautas mídia fotos áudios vídeos clipping Assessorias Loading... Notícias Fotos Áudios Vídeos Procurar Home Notícias Notícias Palavra-chave Buscar Em qualquer data Em qualquer data Hoje Na última semana No último mês No último ano Data personalizada... até Por página: 12 20 60 100 Por página: 12 20 60 100 prefeitura municipal de belém Praça Dom Pedro I - Cidade Velha CEP: 66070-240 telefones úteis ouvidoria geral - 162 atendimento à mulher - 180 disque denúncia - 181 disque limpeza - 156 fale com a guarda - 153/190 iluminação pública - 0800-400-0300 código de postura - 3039-3707 links importantes portal pmb servidor online sgn.net midiaip superclipping Todos os direitos reservados © 2017.



http://agenciabelem.com.br/Noticia/142721
  Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria ... Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de CACHE

Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Agência Belém de Notícias Ouvidoria do Município Editais e Licitações Conheça Belém ouvidoria transparência Toggle navigation notícias notas pautas mídia fotos áudios vídeos clipping Assessorias Loading... Notícias Fotos Áudios Vídeos Procurar prefeitura municipal de belém Praça Dom Pedro I - Cidade Velha CEP: 66070-240 telefones úteis ouvidoria geral - 162 atendimento à mulher - 180 disque denúncia - 181 disque limpeza - 156 fale com a guarda - 153/190 iluminação pública - 0800-400-0300 código de postura - 3039-3707 links importantes portal pmb servidor online sgn.net midiaip superclipping Todos os direitos reservados © 2017.



http://agenciabelem.com.br/Noticias/?filtro=sesma
  Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria ... Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de CACHE

Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Agência Belém de Notícias Ouvidoria do Município Editais e Licitações Conheça Belém ouvidoria transparência Toggle navigation notícias notas pautas mídia fotos áudios vídeos clipping Assessorias Loading... Notícias Fotos Áudios Vídeos Procurar Home Notícias Notícias Palavra-chave Buscar Em qualquer data Em qualquer data Hoje Na última semana No último mês No último ano Data personalizada... até Por página: 12 20 60 100 Por página: 12 20 60 100 prefeitura municipal de belém Praça Dom Pedro I - Cidade Velha CEP: 66070-240 telefones úteis ouvidoria geral - 162 atendimento à mulher - 180 disque denúncia - 181 disque limpeza - 156 fale com a guarda - 153/190 iluminação pública - 0800-400-0300 código de postura - 3039-3707 links importantes portal pmb servidor online sgn.net midiaip superclipping Todos os direitos reservados © 2017.



http://agenciabelem.com.br/Noticias/?filtro=semob
  Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria ... Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de CACHE

Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Agência Belém de Notícias Ouvidoria do Município Editais e Licitações Conheça Belém ouvidoria transparência Toggle navigation notícias notas pautas mídia fotos áudios vídeos clipping Assessorias Loading... Notícias Fotos Áudios Vídeos Procurar Home Notícias Notícias Palavra-chave Buscar Em qualquer data Em qualquer data Hoje Na última semana No último mês No último ano Data personalizada... até Por página: 12 20 60 100 Por página: 12 20 60 100 prefeitura municipal de belém Praça Dom Pedro I - Cidade Velha CEP: 66070-240 telefones úteis ouvidoria geral - 162 atendimento à mulher - 180 disque denúncia - 181 disque limpeza - 156 fale com a guarda - 153/190 iluminação pública - 0800-400-0300 código de postura - 3039-3707 links importantes portal pmb servidor online sgn.net midiaip superclipping Todos os direitos reservados © 2017.



http://agenciabelem.com.br/notas
  Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria ... Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de CACHE

Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Agência Belém de Notícias Ouvidoria do Município Editais e Licitações Conheça Belém ouvidoria transparência Toggle navigation notícias notas pautas mídia fotos áudios vídeos clipping Assessorias Loading... Notícias Fotos Áudios Vídeos Procurar Home Notas Notas Palavra-chave Buscar Em qualquer data Em qualquer data Hoje Na última semana No último mês No último ano Data personalizada... até Por página: 12 20 60 100 Por página: 12 20 60 100 prefeitura municipal de belém Praça Dom Pedro I - Cidade Velha CEP: 66070-240 telefones úteis ouvidoria geral - 162 atendimento à mulher - 180 disque denúncia - 181 disque limpeza - 156 fale com a guarda - 153/190 iluminação pública - 0800-400-0300 código de postura - 3039-3707 links importantes portal pmb servidor online sgn.net midiaip superclipping Todos os direitos reservados © 2017.



http://agenciabelem.com.br/Noticias/?filtro=semec
  Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria ... Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de CACHE

Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Agência Belém de Notícias Ouvidoria do Município Editais e Licitações Conheça Belém ouvidoria transparência Toggle navigation notícias notas pautas mídia fotos áudios vídeos clipping Assessorias Loading... Notícias Fotos Áudios Vídeos Procurar Home Notícias Notícias Palavra-chave Buscar Em qualquer data Em qualquer data Hoje Na última semana No último mês No último ano Data personalizada... até Por página: 12 20 60 100 Por página: 12 20 60 100 prefeitura municipal de belém Praça Dom Pedro I - Cidade Velha CEP: 66070-240 telefones úteis ouvidoria geral - 162 atendimento à mulher - 180 disque denúncia - 181 disque limpeza - 156 fale com a guarda - 153/190 iluminação pública - 0800-400-0300 código de postura - 3039-3707 links importantes portal pmb servidor online sgn.net midiaip superclipping Todos os direitos reservados © 2017.



http://agenciabelem.com.br/noticias/?filtro=cultura
  Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria ... Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de CACHE

Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Agência Belém de Notícias Ouvidoria do Município Editais e Licitações Conheça Belém ouvidoria transparência Toggle navigation notícias notas pautas mídia fotos áudios vídeos clipping Assessorias Loading... Notícias Fotos Áudios Vídeos Procurar Home Notícias Notícias Palavra-chave Buscar Em qualquer data Em qualquer data Hoje Na última semana No último mês No último ano Data personalizada... até Por página: 12 20 60 100 Por página: 12 20 60 100 prefeitura municipal de belém Praça Dom Pedro I - Cidade Velha CEP: 66070-240 telefones úteis ouvidoria geral - 162 atendimento à mulher - 180 disque denúncia - 181 disque limpeza - 156 fale com a guarda - 153/190 iluminação pública - 0800-400-0300 código de postura - 3039-3707 links importantes portal pmb servidor online sgn.net midiaip superclipping Todos os direitos reservados © 2017.



http://agenciabelem.com.br/noticias/?filtro=esporte
  Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria ... Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de CACHE

Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Agência Belém de Notícias Ouvidoria do Município Editais e Licitações Conheça Belém ouvidoria transparência Toggle navigation notícias notas pautas mídia fotos áudios vídeos clipping Assessorias Loading... Notícias Fotos Áudios Vídeos Procurar Home Notícias Notícias Palavra-chave Buscar Em qualquer data Em qualquer data Hoje Na última semana No último mês No último ano Data personalizada... até Por página: 12 20 60 100 Por página: 12 20 60 100 prefeitura municipal de belém Praça Dom Pedro I - Cidade Velha CEP: 66070-240 telefones úteis ouvidoria geral - 162 atendimento à mulher - 180 disque denúncia - 181 disque limpeza - 156 fale com a guarda - 153/190 iluminação pública - 0800-400-0300 código de postura - 3039-3707 links importantes portal pmb servidor online sgn.net midiaip superclipping Todos os direitos reservados © 2017.



http://agenciabelem.com.br/Noticias/?filtro=fumbel
  Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria ... Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de CACHE

Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Agência Belém de Notícias Ouvidoria do Município Editais e Licitações Conheça Belém ouvidoria transparência Toggle navigation notícias notas pautas mídia fotos áudios vídeos clipping Assessorias Loading... Notícias Fotos Áudios Vídeos Procurar Home Notícias Notícias Palavra-chave Buscar Em qualquer data Em qualquer data Hoje Na última semana No último mês No último ano Data personalizada... até Por página: 12 20 60 100 Por página: 12 20 60 100 prefeitura municipal de belém Praça Dom Pedro I - Cidade Velha CEP: 66070-240 telefones úteis ouvidoria geral - 162 atendimento à mulher - 180 disque denúncia - 181 disque limpeza - 156 fale com a guarda - 153/190 iluminação pública - 0800-400-0300 código de postura - 3039-3707 links importantes portal pmb servidor online sgn.net midiaip superclipping Todos os direitos reservados © 2017.



http://agenciabelem.com.br/Noticias/?filtro=sesan
  Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria ... Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de CACHE

Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Agência Belém de Notícias Ouvidoria do Município Editais e Licitações Conheça Belém ouvidoria transparência Toggle navigation notícias notas pautas mídia fotos áudios vídeos clipping Assessorias Loading... Notícias Fotos Áudios Vídeos Procurar Home Notícias Notícias Palavra-chave Buscar Em qualquer data Em qualquer data Hoje Na última semana No último mês No último ano Data personalizada... até Por página: 12 20 60 100 Por página: 12 20 60 100 prefeitura municipal de belém Praça Dom Pedro I - Cidade Velha CEP: 66070-240 telefones úteis ouvidoria geral - 162 atendimento à mulher - 180 disque denúncia - 181 disque limpeza - 156 fale com a guarda - 153/190 iluminação pública - 0800-400-0300 código de postura - 3039-3707 links importantes portal pmb servidor online sgn.net midiaip superclipping Todos os direitos reservados © 2017.



http://agenciabelem.com.br/Noticias/?filtro=funpapa
  Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria ... Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de CACHE

Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Agência Belém de Notícias Ouvidoria do Município Editais e Licitações Conheça Belém ouvidoria transparência Toggle navigation notícias notas pautas mídia fotos áudios vídeos clipping Assessorias Loading... Notícias Fotos Áudios Vídeos Procurar Home Notícias Notícias Palavra-chave Buscar Em qualquer data Em qualquer data Hoje Na última semana No último mês No último ano Data personalizada... até Por página: 12 20 60 100 Por página: 12 20 60 100 prefeitura municipal de belém Praça Dom Pedro I - Cidade Velha CEP: 66070-240 telefones úteis ouvidoria geral - 162 atendimento à mulher - 180 disque denúncia - 181 disque limpeza - 156 fale com a guarda - 153/190 iluminação pública - 0800-400-0300 código de postura - 3039-3707 links importantes portal pmb servidor online sgn.net midiaip superclipping Todos os direitos reservados © 2017.



http://agenciabelem.com.br/noticias/?filtro=saneamento
  Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria ... Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de CACHE

Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Agência Belém de Notícias Ouvidoria do Município Editais e Licitações Conheça Belém ouvidoria transparência Toggle navigation notícias notas pautas mídia fotos áudios vídeos clipping Assessorias Loading... Notícias Fotos Áudios Vídeos Procurar Home Notícias Notícias Palavra-chave Buscar Em qualquer data Em qualquer data Hoje Na última semana No último mês No último ano Data personalizada... até Por página: 12 20 60 100 Por página: 12 20 60 100 prefeitura municipal de belém Praça Dom Pedro I - Cidade Velha CEP: 66070-240 telefones úteis ouvidoria geral - 162 atendimento à mulher - 180 disque denúncia - 181 disque limpeza - 156 fale com a guarda - 153/190 iluminação pública - 0800-400-0300 código de postura - 3039-3707 links importantes portal pmb servidor online sgn.net midiaip superclipping Todos os direitos reservados © 2017.



http://agenciabelem.com.br/Noticias/?filtro=cultura
  Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria ... Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de CACHE

Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Agência Belém de Notícias Ouvidoria do Município Editais e Licitações Conheça Belém ouvidoria transparência Toggle navigation notícias notas pautas mídia fotos áudios vídeos clipping Assessorias Loading... Notícias Fotos Áudios Vídeos Procurar Home Notícias Notícias Palavra-chave Buscar Em qualquer data Em qualquer data Hoje Na última semana No último mês No último ano Data personalizada... até Por página: 12 20 60 100 Por página: 12 20 60 100 prefeitura municipal de belém Praça Dom Pedro I - Cidade Velha CEP: 66070-240 telefones úteis ouvidoria geral - 162 atendimento à mulher - 180 disque denúncia - 181 disque limpeza - 156 fale com a guarda - 153/190 iluminação pública - 0800-400-0300 código de postura - 3039-3707 links importantes portal pmb servidor online sgn.net midiaip superclipping Todos os direitos reservados © 2017.



http://agenciabelem.com.br/Noticia/142815
  Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria ... Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de CACHE

Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Agência Belém de Notícias Ouvidoria do Município Editais e Licitações Conheça Belém ouvidoria transparência Toggle navigation notícias notas pautas mídia fotos áudios vídeos clipping Assessorias Loading... Notícias Fotos Áudios Vídeos Procurar prefeitura municipal de belém Praça Dom Pedro I - Cidade Velha CEP: 66070-240 telefones úteis ouvidoria geral - 162 atendimento à mulher - 180 disque denúncia - 181 disque limpeza - 156 fale com a guarda - 153/190 iluminação pública - 0800-400-0300 código de postura - 3039-3707 links importantes portal pmb servidor online sgn.net midiaip superclipping Todos os direitos reservados © 2017.



http://agenciabelem.com.br/Noticia/142756
  Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria ... Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de CACHE

Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Agência Belém de Notícias Ouvidoria do Município Editais e Licitações Conheça Belém ouvidoria transparência Toggle navigation notícias notas pautas mídia fotos áudios vídeos clipping Assessorias Loading... Notícias Fotos Áudios Vídeos Procurar prefeitura municipal de belém Praça Dom Pedro I - Cidade Velha CEP: 66070-240 telefones úteis ouvidoria geral - 162 atendimento à mulher - 180 disque denúncia - 181 disque limpeza - 156 fale com a guarda - 153/190 iluminação pública - 0800-400-0300 código de postura - 3039-3707 links importantes portal pmb servidor online sgn.net midiaip superclipping Todos os direitos reservados © 2017.



http://agenciabelem.com.br/pautas
  Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria ... Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de CACHE

Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Agência Belém de Notícias Ouvidoria do Município Editais e Licitações Conheça Belém ouvidoria transparência Toggle navigation notícias notas pautas mídia fotos áudios vídeos clipping Assessorias Loading... Notícias Fotos Áudios Vídeos Procurar Home Pautas Pautas Palavra-chave Buscar Em qualquer data Em qualquer data Hoje Na última semana No último mês No último ano Data personalizada... até Por página: 12 20 60 100 Por página: 12 20 60 100 prefeitura municipal de belém Praça Dom Pedro I - Cidade Velha CEP: 66070-240 telefones úteis ouvidoria geral - 162 atendimento à mulher - 180 disque denúncia - 181 disque limpeza - 156 fale com a guarda - 153/190 iluminação pública - 0800-400-0300 código de postura - 3039-3707 links importantes portal pmb servidor online sgn.net midiaip superclipping Todos os direitos reservados © 2017.



http://agenciabelem.com.br/noticias/?filtro=Transporte
  Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria ... Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de CACHE

Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Agência Belém de Notícias Ouvidoria do Município Editais e Licitações Conheça Belém ouvidoria transparência Toggle navigation notícias notas pautas mídia fotos áudios vídeos clipping Assessorias Loading... Notícias Fotos Áudios Vídeos Procurar Home Notícias Notícias Palavra-chave Buscar Em qualquer data Em qualquer data Hoje Na última semana No último mês No último ano Data personalizada... até Por página: 12 20 60 100 Por página: 12 20 60 100 prefeitura municipal de belém Praça Dom Pedro I - Cidade Velha CEP: 66070-240 telefones úteis ouvidoria geral - 162 atendimento à mulher - 180 disque denúncia - 181 disque limpeza - 156 fale com a guarda - 153/190 iluminação pública - 0800-400-0300 código de postura - 3039-3707 links importantes portal pmb servidor online sgn.net midiaip superclipping Todos os direitos reservados © 2017.



http://agenciabelem.com.br/noticias
  Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria ... Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de CACHE

Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Agência Belém de Notícias Ouvidoria do Município Editais e Licitações Conheça Belém ouvidoria transparência Toggle navigation notícias notas pautas mídia fotos áudios vídeos clipping Assessorias Loading... Notícias Fotos Áudios Vídeos Procurar Home Notícias Notícias Palavra-chave Buscar Em qualquer data Em qualquer data Hoje Na última semana No último mês No último ano Data personalizada... até Por página: 12 20 60 100 Por página: 12 20 60 100 prefeitura municipal de belém Praça Dom Pedro I - Cidade Velha CEP: 66070-240 telefones úteis ouvidoria geral - 162 atendimento à mulher - 180 disque denúncia - 181 disque limpeza - 156 fale com a guarda - 153/190 iluminação pública - 0800-400-0300 código de postura - 3039-3707 links importantes portal pmb servidor online sgn.net midiaip superclipping Todos os direitos reservados © 2017.



http://agenciabelem.com.br/Noticias/?filtro=Transporte
  Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria ... Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de CACHE

Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Agência Belém de Notícias Ouvidoria do Município Editais e Licitações Conheça Belém ouvidoria transparência Toggle navigation notícias notas pautas mídia fotos áudios vídeos clipping Assessorias Loading... Notícias Fotos Áudios Vídeos Procurar Home Notícias Notícias Palavra-chave Buscar Em qualquer data Em qualquer data Hoje Na última semana No último mês No último ano Data personalizada... até Por página: 12 20 60 100 Por página: 12 20 60 100 prefeitura municipal de belém Praça Dom Pedro I - Cidade Velha CEP: 66070-240 telefones úteis ouvidoria geral - 162 atendimento à mulher - 180 disque denúncia - 181 disque limpeza - 156 fale com a guarda - 153/190 iluminação pública - 0800-400-0300 código de postura - 3039-3707 links importantes portal pmb servidor online sgn.net midiaip superclipping Todos os direitos reservados © 2017.



http://agenciabelem.com.br/videos
  Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria ... Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de CACHE

Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Agência Belém de Notícias Ouvidoria do Município Editais e Licitações Conheça Belém ouvidoria transparência Toggle navigation notícias notas pautas mídia fotos áudios vídeos clipping Assessorias Loading... Notícias Fotos Áudios Vídeos Procurar Home Vídeos Vídeos Palavra-chave Buscar Em qualquer data Em qualquer data Hoje Na última semana No último mês No último ano Data personalizada... até Por página: 12 20 60 100 Por página: 12 20 60 100 prefeitura municipal de belém Praça Dom Pedro I - Cidade Velha CEP: 66070-240 telefones úteis ouvidoria geral - 162 atendimento à mulher - 180 disque denúncia - 181 disque limpeza - 156 fale com a guarda - 153/190 iluminação pública - 0800-400-0300 código de postura - 3039-3707 links importantes portal pmb servidor online sgn.net midiaip superclipping Todos os direitos reservados © 2017.



http://agenciabelem.com.br/noticias/?filtro=MeioAmbiente
  Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria ... Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de CACHE

Agência Belém Toggle navigation MENU BELÉM Prefeitura Municipal de Belém Portal de Serviços Órgãos Municipais Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Secretaria de Comunicação Agência Belém de Notícias Ouvidoria do Município Editais e Licitações Conheça Belém ouvidoria transparência Toggle navigation notícias notas pautas mídia fotos áudios vídeos clipping Assessorias Loading... Notícias Fotos Áudios Vídeos Procurar Home Notícias Notícias Palavra-chave Buscar Em qualquer data Em qualquer data Hoje Na última semana No último mês No último ano Data personalizada... até Por página: 12 20 60 100 Por página: 12 20 60 100 prefeitura municipal de belém Praça Dom Pedro I - Cidade Velha CEP: 66070-240 telefones úteis ouvidoria geral - 162 atendimento à mulher - 180 disque denúncia - 181 disque limpeza - 156 fale com a guarda - 153/190 iluminação pública - 0800-400-0300 código de postura - 3039-3707 links importantes portal pmb servidor online sgn.net midiaip superclipping Todos os direitos reservados © 2017.



https://www.jobbydoo.com.br/vagas-designer-comunica%C3%A7%C3%A3o
  Vagas Designer Comunicação, Emprego Designer Comunicação, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Designer Comunicação Ordenar 32200 vagas Relevância Data Companhia Biscoitos NAGA Itaú Ambev GE Cargill Mais Lopes Polishop Fundatec Spot Walmart Johnson & Johnson Centauro Cognizant Santander Ipiranga IEL Wizard Pão de Açúcar TOTVS Ernst & Young Agência de empregos Hays Integrar ... Vagas Designer Comunicação, Emprego Designer Comunicação, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Designer Comunicação Ordenar 32200 vagas Relevância Data Companhia ... Comunicação 1 - 15 de 32200 Receba as vagas por e-mail! Digite seu e-mail, você receberá grátis todas as novas vagas para Designer Comunicação Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer ... sociais e/ou meio de comunicação , salvo por aqueles prévia e expressamente autorizados pelo Emprega CACHE

Vagas Designer Comunicação, Emprego Designer Comunicação, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Designer Comunicação Ordenar 32200 vagas Relevância Data Companhia Biscoitos NAGA Itaú Ambev GE Cargill Mais Lopes Polishop Fundatec Spot Walmart Johnson & Johnson Centauro Cognizant Santander Ipiranga IEL Wizard Pão de Açúcar TOTVS Ernst & Young Agência de empregos Hays Integrar RS Randstad Selpe Manpower Mais Page Personnel Metta Capital Humano Gi Group Adecco Stefanini Atento ABRE Luandre Desidy RHBrasil RHF Talentos Proativa RH NVH - Nova Visão Humana Deloitte Grupo DSRH Tipo de contrato Aplicar filtro Remover o filtro CLT (4287) Estagio (909) Consultor/Terceirizado/PJ (419) Contrato temporário (122) Pré determinado (5) Horas de trabalho Aplicar filtro Remover o filtro Integral (2369) Parcial (291) Salário Aplicar filtro Remover o filtro R$ 10000 + (2457) R$ 20000 + (868) R$ 40000 + (214) R$ 70000 + (62) R$ 100000 + (20) Ver Empregos Empregos Designer Comunicação 1 - 15 de 32200 Receba as vagas por e-mail! Digite seu e-mail, você receberá grátis todas as novas vagas para Designer Comunicação Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. empregacampinas.com.br Estagiário em ti hoje Emprega Campinas Valinhos Estagiário Ti Ver detalhes do site e redes sociais do Empregas Campinas. Proibida a reproduç em outros sites, redes sociais e/ou meio de comunicação , salvo por aqueles prévia e expressamente autorizados pelo Emprega Campinas.... Mais detalhes bebee.com Designer hoje Confidencial Guarulhos Designer Ver detalhes Designer Irá montar layout para comunicação visual. Beneficios: Vale Transporte. Formação Acadêmica: Ensino médio completo. Experiência: Conhecimentos em Corel, Photoshop e comunicação visual. Experiência em informática... Mais detalhes bebee.com Designer hoje Confidencial Cabo Frio Designer Ver detalhes Designer Irá execução do marketing das empresas. Beneficios: A Combinar. Formação Acadêmica: Ensino médio completo. Experiência: Desejável experiência como designer . Conhecimento em Comunicação visual. Salário: 800... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação sênior hoje Confidencial São Caetano do Sul Analista Comunicação Sênior Ver detalhes Analista de comunicação sênior Irá Elaborar plano de comunicação para campanhas de incentivo, garantir a comunicação das campanhas de incentivos e ações seja feita e traga o melhor resultado. Elaborar a comunicação ... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação Interna Junior hoje Confidencial São Paulo Analista Comunicação Interna Ver detalhes Analista de comunicação Interna Junior Irá ser responsável por desenvolver, identificar, aplicar e acompanhar a comunicação interna entre a riachuelo e seus colaboradores, através de meios de comunicação oficiais... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação Interna Junior hoje Confidencial São Paulo Analista Comunicação Interna Ver detalhes Analista de comunicação Interna Junior Irá ser responsável por desenvolver, identificar, aplicar e acompanhar a comunicação interna entre a riachuelo e seus colaboradores, através de meios de comunicação oficiais... Mais detalhes bebee.com Supervisor de comunicação hoje Confidencial Belo Horizonte Supervisor Ver detalhes Supervisor de comunicação Apoiar no desenvolvimento de estratégias e planos de comunicação , visando promover a imagem institucional e a alavancagem do negócio. Supervisionar os projetos e atividades de comunicação ... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação e GIRC Pleno hoje Confidencial Manaus Analista Comunicação Ver detalhes Analista de comunicação e GIRC Pleno Irá elaborar planejamento estratégico, propostas, relatórios, produtos e serviços de comunicação em conjunto com a coordenação de comunicação , atender à imprensa e produzir conteúdo... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação e GIRC Pleno hoje Confidencial Manaus Analista Comunicação Ver detalhes Analista de comunicação e GIRC Pleno Irá elaborar planejamento estratégico, propostas, relatórios, produtos e serviços de comunicação em conjunto com a coordenação de comunicação , atender à imprensa e produzir conteúdo... Mais detalhes bebee.com Estágio em comunicação social hoje Confidencial Rio de Janeiro Estágio Comunicação Social Ver detalhes Estágio em comunicação social Irá ajudar na prestação de assessoria, comunicação interna e externa. Beneficios: Vale Transporte. Vale Refeição. Formação Acadêmica: Superior cursando Experiência: Conhecimento... Mais detalhes bebee.com Estágio em comunicação hoje Confidencial Rio de Janeiro Estágio Comunicação Ver detalhes Estágio em comunicação Atuará com a produção de conteúdo para redes sociais. Criação de texto publicitários e demais atividades. Beneficios: A Combinar. Formação Acadêmica: Ensino superior em Comunicação . Experiência... Mais detalhes bebee.com Assistente de comunicação hoje Confidencial Uberlândia Assistente Comunicação Ver detalhes Assistente de comunicação Irá atuar no auxílio no departamento de comunicação , materiais comerciais, site, vídeo institucional e demais materiais publicitários da empresa. Beneficios: A Combinar. Formação Acadêmica... Mais detalhes bebee.com Supervisor de comunicação hoje Confidencial Itapevi Supervisor Ver detalhes Supervisor de comunicação Irá realizar as estratégias de comunicação interna e externa, revisar a redação de textos dos projetos e documentos em geral e propõe estudos mercadológicos, para avaliar e divulgar a imagem... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação em mídias digitais hoje Confidencial São Paulo Analista Comunicação Ver detalhes Analista de comunicação em mídias digitais Atuará com a elaboração de campanhas de incentivo em mídias digitais, criação e desenvolvimento de materiais de comunicação . Beneficios: A Combinar. Formação Acadêmica: Ensino... Mais detalhes bebee.com Supervisor de comunicação hoje Confidencial Água Santa Supervisor Ver detalhes Supervisor de comunicação Irá realizar as estratégias de comunicação interna e externa, revisar a redação de textos dos projetos e documentos em geral e propõe estudos mercadológicos, para avaliar e divulgar a imagem... Mais detalhes Vagas similares Comunicação Designer Designers Atendimento Comunicação Área Comunicação Atendimento Técnico Comunicaçao Nunca perca uma oportunidade de emprego! Digite seu e-mail agora e receba atualizações por e-mail das últimas vagas para Designer Comunicação Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Termos de Serviço Política de Privacidade Contatos © 2017 Jobbydoo



https://www.jobbydoo.com.br/vagas-comunica%C3%A7%C3%A3o-em-s%C3%A3o-paulo-%28sp%29
  Comunicação Vagas São Paulo, Emprego, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação São Paulo Comunicação em São Paulo Ordenar 9479 vagas Relevância Data Distância Auto Localização exata 10km 20km 30km 40km 50km Companhia Itaú Agência de empregos Hays Page Personnel Tipo de contrato Aplicar filtro Remover o filtro CLT (1174) Estagio (204) Consultor/Terceirizado/PJ (100) ... Comunicação Vagas São Paulo, Emprego, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação São Paulo Comunicação em São Paulo Ordenar 9479 vagas Relevância Data Distância ... + (336) R$ 40000 + (85) R$ 70000 + (22) R$ 100000 + (9) Ver Empregos Empregos Comunicação em São Paulo ... as vagas por e-mail! Digite seu e-mail, você receberá grátis todas as novas vagas para Comunicação em ... de comunicação hoje São Paulo Analista Comunicação Ver detalhes BRL R$ 4000 /mês e serviços de CACHE

Comunicação Vagas São Paulo, Emprego, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação São Paulo Comunicação em São Paulo Ordenar 9479 vagas Relevância Data Distância Auto Localização exata 10km 20km 30km 40km 50km Companhia Itaú Agência de empregos Hays Page Personnel Tipo de contrato Aplicar filtro Remover o filtro CLT (1174) Estagio (204) Consultor/Terceirizado/PJ (100) Contrato temporário (63) Pré determinado (2) Horas de trabalho Aplicar filtro Remover o filtro Integral (855) Parcial (124) Salário Aplicar filtro Remover o filtro R$ 10000 + (875) R$ 20000 + (336) R$ 40000 + (85) R$ 70000 + (22) R$ 100000 + (9) Ver Empregos Empregos Comunicação em São Paulo Buscar vagas em São Paulo (SP) São Paulo (PR) São Paulo (CE) São Paulo (RS) 1 - 15 de 9479 Receba as vagas por e-mail! Digite seu e-mail, você receberá grátis todas as novas vagas para Comunicação em São Paulo Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. uol.com.br Analista de comunicação hoje São Paulo Analista Comunicação Ver detalhes BRL R$ 4000 /mês e serviços de comunicação em conjunto com a coordenação de comunicação . Atender à imprensa e produzir conteúdo textual e visual para internet, intranet e demais canais de comunicação , com o objetivo de aumentar a base de fã... Mais detalhes nube.com.br Comunicação Social São Paulo hoje Nube São Paulo Comunicação Social Ver detalhes Vaga de Estágio Superior Tecnólogo e Superior Cursando: 2º semestre ao 5º semestre. Conclusão: 1º semestre de 2018 ao 2º semestre de 2021. Cidade / Bairro: São Paulo / Vila Santa Teresa (Clique aqui para visualizar a lo... Mais detalhes uol.com.br Criação/comunicação hoje São Paulo Comunicação Ver detalhes OBSERVAÇÕES 1.o Ano ao 3.o Ano ( ) SP-CAPITAL/ ITAIM BIBI - Cód da Vaga 2293911 Inscrições gratuitas e informações: Tel (11) 3040-8241, site www.ciee.org.br ou na unidade CIEE mais próxima, informando o código da vaga Mais detalhes nube.com.br Comunicação Social Barueri hoje Nube São Paulo Comunicação Social Ver detalhes Vaga de Estágio Superior Tecnólogo e Superior Conclusão: 1º semestre de 2018 ao 2º semestre de 2019. Cidade / Bairro: Barueri / Alphaville Comercial (Clique aqui para visualizar a localização aproximada da empresa. Lemb... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação Interna Junior ontem Confidencial São Paulo Analista Comunicação Interna Ver detalhes Analista de comunicação Interna Junior Irá ser responsável por desenvolver, identificar, aplicar e acompanhar a comunicação interna entre a riachuelo e seus colaboradores, através de meios de comunicação oficiais... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação Interna Junior ontem Confidencial São Paulo Analista Comunicação Interna Ver detalhes Analista de comunicação Interna Junior Irá ser responsável por desenvolver, identificar, aplicar e acompanhar a comunicação interna entre a riachuelo e seus colaboradores, através de meios de comunicação oficiais... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação em mídias digitais ontem Confidencial São Paulo Analista Comunicação Ver detalhes Analista de comunicação em mídias digitais Atuará com a elaboração de campanhas de incentivo em mídias digitais, criação e desenvolvimento de materiais de comunicação . Beneficios: A Combinar. Formação Acadêmica: Ensino... Mais detalhes empregandobrasil.com.br Efetivas analista sênior comunicação interna ontem São Paulo Analista Senior Ver detalhes ANALISTA SÊNIOR DE COMUNICAÇÃO INTERNA / ENDOMARKETING – Urgente!! SP Capital Formação em Designer/ Marketing ou áreas correlatas Experiência na área: campanhas de endomarketing/ comunicação corporativa. Planejamento... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação ontem Confidencial São Paulo Analista Comunicação Ver detalhes Analista de comunicação irá realizar o acompanhamento e atualização diária do fluxo de comunicação , a fim de que sejam realizadas e liberadas no prazo necessário, realizará redação de e-mails marketing, posts whatsapp... Mais detalhes bebee.com Supervisor de comunicação ontem Confidencial São Paulo Supervisor Ver detalhes Supervisor de comunicação Irá realizar as estratégias de comunicação interna e externa, revisar a redação de textos dos projetos e documentos em geral e propõe estudos mercadológicos, para avaliar e divulgar a imagem... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação e marketing ontem Confidencial São Paulo Analista Comunicação Marketing Ver detalhes Analista de comunicação e marketing Irá participar do planejamento e execução dos projetos de comunicação e marketing. coordenar a criação de materiais de comunicação e eventos, em parceria com agências, realizando... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação e marketing ontem Confidencial São Paulo Analista Comunicação Marketing Ver detalhes Analista de comunicação e marketing Irá participar do planejamento e execução dos projetos de comunicação e marketing. coordenar a criação de materiais de comunicação e eventos, em parceria com agências, realizando... Mais detalhes bebee.com Coordenador de marketing e Comunicação ontem Confidencial São Paulo Coordenador Marketing Ver detalhes Coordenador de marketing e Comunicação Será responsável pelo desenvolvimento e execução de adequado mix de comunicação , aderente à identidade corporativa global, assegurando que as estratégias desenvolvidas pelas áreas... Mais detalhes bebee.com Estágio em Comunicação Visual ontem Confidencial São Paulo Estágio Comunicação Visual Ver detalhes Estágio em Comunicação Visual Irá analisar, interpretar e propor a produção da identidade visual das peças. Beneficios: A Combinar. Formação Acadêmica: Ensino superior cursando a partir do primeiro ano. Experiência... Mais detalhes bebee.com Estágio em Comunicação Social ontem Confidencial São Paulo Estágio Comunicação Social Ver detalhes Estágio em Comunicação Social Irá desenvolver campanhas de publicidade e elaborar planos de marketing. Beneficios: A Combinar. Formação Acadêmica: Ensino superior cursando. Experiência: Salário: A combinar Cargo... Mais detalhes Mais vagas – Marketing / Comunicação em São Paulo Atendimento Cliente Técnico Serviços Assistente Desenvolvimento Produto Atendimento Consumidor Atendimento Gerente Serviços Vagas similares em São Paulo Atendimento Comunicação Área Comunicação Atendimento Técnico Comunicaçao Vagas de emprego Comunicação – mais localidades Campinas Barueri Guarulhos Expandir a pesquisa de emprego Comunicação São Paulo Nunca perca uma oportunidade de emprego! Digite seu e-mail agora e receba atualizações por e-mail das últimas vagas para Comunicação em São Paulo Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Termos de Serviço Política de Privacidade Contatos © 2017 Jobbydoo



https://www.jobbydoo.com.br/vagas-assistente-comunica%C3%A7%C3%A3o-interna
  Vagas Assistente Comunicação Interna, Emprego Assistente Comunicação Interna, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Assistente Comunicação Interna Ordenar 29689 vagas Companhia Biscoitos NAGA Itaú Ambev GE Cargill Mais Lopes Polishop Fundatec Spot Johnson & Johnson Walmart Centauro Cognizant Santander Wizard Ipiranga TOTVS Pão de Açúcar Angeloni IEL Agência de empregos Hays ... Vagas Assistente Comunicação Interna, Emprego Assistente Comunicação Interna, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Assistente Comunicação Interna Ordenar 29689 vagas ... Comunicação Interna 1 - 15 de 29689 Receba as vagas por e-mail! Digite seu e-mail, você receberá grátis todas as novas vagas para Assistente Comunicação Interna Você pode cancelar o seu alerta de vagas por ... comunicação sr. / jaguariuna / 1 vaga(s) hoje Campinas Analista Comunicação Ver detalhes INTERNOS , ETC CACHE

Vagas Assistente Comunicação Interna, Emprego Assistente Comunicação Interna, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Assistente Comunicação Interna Ordenar 29689 vagas Companhia Biscoitos NAGA Itaú Ambev GE Cargill Mais Lopes Polishop Fundatec Spot Johnson & Johnson Walmart Centauro Cognizant Santander Wizard Ipiranga TOTVS Pão de Açúcar Angeloni IEL Agência de empregos Hays Integrar RS Randstad Selpe Manpower Mais Page Personnel Gi Group Adecco Atento Metta Capital Humano ABRE Luandre Desidy RHBrasil RHF Talentos Stefanini Deloitte NVH - Nova Visão Humana Willisa Allis Tipo de contrato Aplicar filtro Remover o filtro CLT (3884) Estagio (816) Consultor/Terceirizado/PJ (268) Contrato temporário (115) Pré determinado (2) Horas de trabalho Aplicar filtro Remover o filtro Integral (2113) Parcial (269) Salário Aplicar filtro Remover o filtro R$ 10000 + (2224) R$ 20000 + (789) R$ 40000 + (198) R$ 70000 + (56) R$ 100000 + (20) Ver Empregos Empregos Assistente Comunicação Interna 1 - 15 de 29689 Receba as vagas por e-mail! Digite seu e-mail, você receberá grátis todas as novas vagas para Assistente Comunicação Interna Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. empregacampinas.com.br Estagiário em ti hoje Emprega Campinas Valinhos Estagiário Ti Ver detalhes Tip Brasil, operadora de telefonia fixa está com 1 vaga(s) em aberto para VALINHOS / SP. Responsabilidades: Fazer suporte de primeiro nível à usuários dos sistemas desenvolvidos internamente . Manutenç e desenvolvimento... Mais detalhes empregacampinas.com.br Analista comunicação sr. / jaguariuna / 1 vaga(s) hoje Campinas Analista Comunicação Ver detalhes INTERNOS , ETC…. Requisitos: WORD, EXCEL, ADVISOR, NIELSEN, SAP, POWER POINT. 3 anos de experiencia na área ce COMUNICAÇÃO OU MKT. superior completo em PUBLICIDADE E PROPAGANDA, COMUNICAÇÃO […] The post ANALISTA COMUNICAÇÃO SR... Mais detalhes trampos.co Analista de Comunicação Pleno hoje Moema Analista Comunicação Ver detalhes SP Analista de Comunicação Pleno ADS Comunicação Corporativa | AV LAVANDISCA, 777, MOEMA - SAO PAULO, SP R$ Faixa salarial NÃO DIVULGADA Contratação PREST. DE SERVIÇO Vagas 1 DETALHES EMPRESA Será responsável... Mais detalhes nube.com.br Comunicação Social Barueri hoje Nube São Paulo Comunicação Social Ver detalhes Vaga de Estágio Superior Tecnólogo e Superior Conclusão: 1º semestre de 2018 ao 2º semestre de 2019. Cidade / Bairro: Barueri / Alphaville Comercial (Clique aqui para visualizar a localização aproximada da empresa. Lemb... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação Interna Junior ontem Confidencial São Paulo Analista Comunicação Interna Ver detalhes Analista de comunicação Interna Junior Irá ser responsável por desenvolver, identificar, aplicar e acompanhar a comunicação interna entre a riachuelo e seus colaboradores, através de meios de comunicação oficiais... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação Interna Junior ontem Confidencial São Paulo Analista Comunicação Interna Ver detalhes Analista de comunicação Interna Junior Irá ser responsável por desenvolver, identificar, aplicar e acompanhar a comunicação interna entre a riachuelo e seus colaboradores, através de meios de comunicação oficiais... Mais detalhes empregandobrasil.com.br Efetivas analista sênior comunicação interna ontem São Paulo Comunicação Interna Ver detalhes ANALISTA SÊNIOR DE COMUNICAÇÃO INTERNA / ENDOMARKETING – Urgente!! SP Capital Formação em Designer/ Marketing ou áreas correlatas Experiência na área: campanhas de endomarketing/ comunicação corporativa. Planejamento... Mais detalhes bebee.com Assistente de comunicação ontem Confidencial São Paulo Assistente Comunicação Ver detalhes Assistente de comunicação Irá desenvolver ações de comunicação interna e externa, elaborar conteúdo para redes sociais, site, newsletter, entre outras mídias, criar informativos internos e atuar na divulgação de cursos... Mais detalhes bebee.com Assistente de Comunicação e Marketing ontem Confidencial Barueri Assistente Comunicação Marketing Ver detalhes Assistente de Comunicação e Marketing Irá desenvolver, planejar e elaborar conteúdos criativos para materiais de divulgação e e-mails marketing. Desenvolver materiais para comunicação interna e principalmente externa... Mais detalhes bebee.com Assistente administrativo comunicação ontem Confidencial São Paulo Assistente Administrativo Comunicação Ver detalhes Assistente administrativo comunicação Irá atuar no setor de comunicação , prestando suporte na organização e divulgação de eventos científicos, realizando: contato com médicos, patrocinadores e organizações dos eventos... Mais detalhes bebee.com Assistente de comunicação ontem Confidencial Uberlândia Assistente Comunicação Ver detalhes Assistente de comunicação Irá atuar no auxílio no departamento de comunicação , materiais comerciais, site, vídeo institucional e demais materiais publicitários da empresa. Beneficios: A Combinar. Formação Acadêmica... Mais detalhes bebee.com Assistente de comunicação ontem Confidencial Poços de Caldas Assistente Comunicação Ver detalhes Assistente de comunicação Irá atuar no auxílio no departamento de comunicação , materiais comerciais, site, vídeo institucional e demais materiais publicitários da empresa. Beneficios: A Combinar. Formação Acadêmica... Mais detalhes agraria.com.br Assistente de Comunicação - Fundação Cultural hoje Agrária Guarapuava Assistente Comunicação Ver detalhes REQUISITOS: Ensino médio completo. Possuir fluência na língua alemã. Possuir conhecimento em rádio, mídia e imprensa. Possuir conhecimento de técnicas de redação jornalística. Possuir conhecimento da Cultura Suábia: his... Mais detalhes bebee.com Técnico de comunicação interna corporativa gente e gestao há 2 dias AMBEV Jaguariúna Comunicação Interna Ver detalhes Técnico de comunicação interna corporativa gente e gestao Atuará com gestão dos fornecedores de comunicação Interna , montar, validar, enviar comunicações Internas corporativas, organizar call de resultados trimestral... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação interna há 2 dias APRIORI RH Curitiba Analista Comunicação Interna Ver detalhes Analista de comunicação interna Plano estratégico de comunicação interna com ações, prazos e indicadores de resultados através de avaliações e ajustes de foco, quando necessário. Monitorar veículos internos ... Mais detalhes Vagas similares Assistente Comunicação Comunicação Interna Assistente Vendas Interno Assistente Vendas Interna Assistente Vendas Internas Analista Comunicação Interna Nunca perca uma oportunidade de emprego! Digite seu e-mail agora e receba atualizações por e-mail das últimas vagas para Assistente Comunicação Interna Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Termos de Serviço Política de Privacidade Contatos © 2017 Jobbydoo



https://www.jobbydoo.com.br/vagas-comunica%C3%A7%C3%A3o-em-porto-alegre
  Comunicação Vagas Porto Alegre, Emprego, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação Porto Alegre Comunicação em Porto Alegre Ordenar 1705 vagas Relevância Data Distância Auto Localização exata 10km 20km 30km 40km 50km Companhia Fundatec Agência de empregos Integrar RS Metta Capital Humano Tipo de contrato Aplicar filtro Remover o filtro CLT (306) Estagio (141) Consultor/Terceirizado/PJ ... Comunicação Vagas Porto Alegre, Emprego, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação Porto Alegre Comunicação em Porto Alegre Ordenar 1705 vagas Relevância Data ... + (61) R$ 40000 + (13) R$ 70000 + (2) Ver Empregos Empregos Comunicação em Porto Alegre 1 - 15 de 1705 ... Comunicação em Porto Alegre Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. empregosim.com.br Analista de Comunicação hoje EMPREGOSIM Rio Grande do Sul Analista Comunicação Ver CACHE

Comunicação Vagas Porto Alegre, Emprego, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação Porto Alegre Comunicação em Porto Alegre Ordenar 1705 vagas Relevância Data Distância Auto Localização exata 10km 20km 30km 40km 50km Companhia Fundatec Agência de empregos Integrar RS Metta Capital Humano Tipo de contrato Aplicar filtro Remover o filtro CLT (306) Estagio (141) Consultor/Terceirizado/PJ (14) Contrato temporário (9) Horas de trabalho Aplicar filtro Remover o filtro Integral (234) Parcial (26) Salário Aplicar filtro Remover o filtro R$ 10000 + (190) R$ 20000 + (61) R$ 40000 + (13) R$ 70000 + (2) Ver Empregos Empregos Comunicação em Porto Alegre 1 - 15 de 1705 Receba as vagas por e-mail! Digite seu e-mail, você receberá grátis todas as novas vagas para Comunicação em Porto Alegre Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. empregosim.com.br Analista de Comunicação hoje EMPREGOSIM Rio Grande do Sul Analista Comunicação Ver detalhes de interesse dos clientes expostos em mídias online, impressas, rádio, TV e mídias sociais, realizando buscas nos veículos de comunicação regionais e nacionais, adequação, filtragem e avaliação de conteúdo. Atender as necessidades... Mais detalhes empregosim.com.br Estágio em Comunicação hoje EMPREGOSIM Rio Grande do Sul Estágio Comunicação Ver detalhes Jornada de trabalho Período integral Tipo de contratação Salário A combinar Descrição da Vaga Deverá estar cursando: Ensino Superior em Marketing ou Publicidade. Auxiliar na criação e produção de materiais publicitários... Mais detalhes bebee.com Estágio em Comunicação Jornalismo hoje Confidencial Porto Alegre Estágio Comunicação Ver detalhes Estágio em Comunicação Jornalismo Irá auxiliar na elaboração de textos, na elaboração de relatórios, na organização de arquivos e no atendimento telefônico às demandas. Beneficios: Vale Transporte. Formação Acadêmica... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação e marketing ontem CURSOR RH Porto Alegre Analista Comunicação Marketing Ver detalhes Analista de comunicação e marketing Irá implementar as atividades de comunicação interna, externa do marketing da organização, acompanhar as ações junto às agências de publicidade, comunicação e propaganda externas... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação e marketing ontem CURSOR RH Porto Alegre Analista Comunicação Marketing Ver detalhes Analista de comunicação e marketing Irá implementar as atividades de comunicação interna, externa do marketing da organização, acompanhar as ações junto às agências de publicidade, comunicação e propaganda externas... Mais detalhes bebee.com Encarregado de comunicação visual ontem Decisão Recursos Humanos Porto Alegre Comunicação Visual Ver detalhes Encarregado de comunicação visual Organização e planejamento de pautas, comprometimento com prazos e metas, criação de pautas para entregas de tarefas. Beneficios: Formação Acadêmica: Superior completo Experiência... Mais detalhes bebee.com Estágio em Comunicação social manhã ontem FUNDATEC Porto Alegre Estágio Comunicação Social Ver detalhes Estágio em Comunicação social manhã Auxiliará pesquisa de imagens, tratar, equalizar e adequar as fotos/cards para redes sociais, produzir artes e campanhas para redes sociais, produzir artes diversas para impressão... Mais detalhes bebee.com Estágio em comunicação social ontem ABRH Porto Alegre Estágio Comunicação Social Ver detalhes Estágio em comunicação social Ajuda na criação de briefing para peças institucionais ou promocionais e assessoria de comunicação social, em análise de mercado, avaliando as tendências de mídia e novas necessidades... Mais detalhes bebee.com Estagio em Comunicação Digital ontem INTEGRAR RS Porto Alegre Estágio Comunicação Digital Ver detalhes Estagio em Comunicação Digital Auxiliar em geração de conteúdo e manutenção de canais de comunicação interna, apoiar as ações de Endomarketing , campanhas e demais atividades da área. Beneficios: Formação Acadêmica... Mais detalhes bebee.com Estágio em comunicação ontem METTA CAPITAL HUMANO Porto Alegre Estágio Comunicação Ver detalhes Estágio em comunicação Irá auxiliar na produção de conteúdo para mídias sociais, facebook, instagram e youtube. auxiliar na comunicação e atendimento ao cliente. Beneficios: A Combinar. Formação Acadêmica: Ensino... Mais detalhes bebee.com Estagio em Comunicação Social ontem INTEGRAR RS Porto Alegre Estágio Comunicação Social Ver detalhes Estagio em Comunicação Social Auxiliar em geração de conteúdo e manutenção de canais de comunicação interna, apoiar as ações de Endomarketing , campanhas e demais atividades da área. Beneficios: Formação Acadêmica... Mais detalhes bebee.com Estagio em Comunicação Social ontem INTEGRAR RS Porto Alegre Estágio Comunicação Social Ver detalhes Estagio em Comunicação Social Auxiliar em geração de conteúdo e manutenção de canais de comunicação interna, apoiar as ações de Endomarketing , campanhas e demais atividades da área. Beneficios: Formação Acadêmica... Mais detalhes bebee.com Estágio em comunicação visual ontem TALENTOS DO SUL Porto Alegre Estágio Comunicação Visual Ver detalhes Estágio em comunicação visual Irá auxiliar na criação de materiais gráficos, busca de conteúdo para postagem nas redes sociais e demais atividades da área. Residir em Porto Alegre - RS. Beneficios: Vale Transporte... Mais detalhes bebee.com Assistente de comunicação ontem CURSOR RH Porto Alegre Assistente Comunicação Ver detalhes Assistente de comunicação Irá realizar ações promocionais, eventos e atividades de marketing, criação de arte, anúncios, encartes, banners e folders. Beneficios: Formação Acadêmica: Superior completo. Experiência... Mais detalhes bebee.com Estágio em comunicação social ontem METTA CAPITAL HUMANO Porto Alegre Estágio Comunicação Social Ver detalhes Estágio em comunicação social Auxiliará na criação e otimização de posts, produção de conteúdo online utilizando as ferramentas de desenvolvimento, administração dos canais de mídias sociais, verificação de audiência... Mais detalhes Mais vagas – Marketing / Comunicação em Porto Alegre Atendimento Cliente Técnico Serviços Atendimento Consumidor Atendimento Assistente Desenvolvimento Produto Técnico Marketing Vagas similares em Porto Alegre Atendimento Comunicação Área Comunicação Atendimento Técnico Comunicaçao Vagas de emprego Comunicação – mais localidades Canoas Caxias do Sul São Leopoldo Expandir a pesquisa de emprego Comunicação Porto Alegre Nunca perca uma oportunidade de emprego! Digite seu e-mail agora e receba atualizações por e-mail das últimas vagas para Comunicação em Porto Alegre Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Termos de Serviço Política de Privacidade Contatos © 2017 Jobbydoo



https://www.jobtonic.com.br/brazil/jobs/comunicacao/
  Vagas de emprego Comunicação em Brazil, Trabalho - Jobtonic.com.br Menu Filtros Procurar vaga Vagas Funcionários Emprego no exterior Publicar CV Registro Entrar procurando um emprego em todos os sites Procurar vaga Iniciação Marketing Para aumentar suas chances de encontrar um emprego adequado, complete a 'cidade' Refinar a pesquisa Inscreva-se Vagas de emprego Comunicação em Brazil: 43.677 anúncios ... Vagas de emprego Comunicação em Brazil, Trabalho - Jobtonic.com.br Menu Filtros Procurar vaga ... , complete a 'cidade' Refinar a pesquisa Inscreva-se Vagas de emprego Comunicação em Brazil: 43.677 ... Auxiliar Acadêmico em São Gonçalo Vagas de Vendas em Mariana Comunicação em marketing pato branco, paraná Sicredi Comunicação em marketing Irá atuar com atendimento ao cliente, contato com fornecedores ... amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Comunicação Imprensa jardim são CACHE

Vagas de emprego Comunicação em Brazil, Trabalho - Jobtonic.com.br Menu Filtros Procurar vaga Vagas Funcionários Emprego no exterior Publicar CV Registro Entrar procurando um emprego em todos os sites Procurar vaga Iniciação Marketing Para aumentar suas chances de encontrar um emprego adequado, complete a 'cidade' Refinar a pesquisa Inscreva-se Vagas de emprego Comunicação em Brazil: 43.677 anúncios Empregos em Paragominas Vagas de emprego de Assistente De Engenharia São Caetano do Sul Vagas de emprego Analista de métodos e processos em São José dos Campos Vagas de Vendas Ituiutaba Vagas de emprego de Saúde Goiana Vagas de emprego Atendimento em Santo Antônio de Jesus Vagas de emprego Auxiliar Acadêmico em São Gonçalo Vagas de Vendas em Mariana Comunicação em marketing pato branco, paraná Sicredi Comunicação em marketing Irá atuar com atendimento ao cliente, contato com fornecedores, criação gráfica e editorial do desenvolvimento do briefing ao ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Comunicação Imprensa jardim são paulo, são paulo SINTARESP Comunicação - Imprensa (Zona Leste) Responsável pela produção de conteúdos e matérias para sites, mídias sociais, malas diretas, boletins online, jornal e ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Comunicação Makerting Imprensa jardim são paulo, são paulo Sintaresp Comunicação - Makerting Imprensa Será responsável por produção de conteúdos e matérias para sites, mídias sociais, malas diretas, boletins online, jornal e ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Comunicação em marketing pato branco, paraná Sicredi Comunicação em marketing Irá atuar com atendimento ao cliente, contato com fornecedores, criação gráfica e editorial do desenvolvimento do briefing ao Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Comunicação Imprensa jardim são paulo, são paulo SINTARESP Comunicação - Imprensa (Zona Leste) Responsável pela produção de conteúdos e matérias para sites, mídias sociais, malas diretas, boletins online, jornal Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Coordenador de marketing e Comunicação jardim são paulo, são paulo Confidencial Coordenador de marketing e Comunicação Será responsável pelo desenvolvimento e execução de adequado mix de comunicação, aderente à identidade corporativa ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação sênior são caetano do sul, são paulo GRUPO PÃO DE AÇÚCAR Analista de comunicação sênior Irá elaborar plano de comunicação para campanhas de incentivo, garantir a comunicação das campanhas de incentivos e ações seja ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação sênior são caetano do sul, são paulo Confidencial Analista de comunicação sênior Irá Elaborar plano de comunicação para campanhas de incentivo, garantir a comunicação das campanhas de incentivos e ações seja ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação jardim são paulo, são paulo Gigroup Analista de comunicação Irá elaborar planejamento estratégico, propostas, relatórios, produtos e serviços de comunicação em conjunto com a coordenação de ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação interna jardim são paulo, são paulo Confidencial Analista de comunicação interna Irá desenvolver e publicar peças de comunicação interna, responsável pelo desenvolvimento de campanhas de comunicação interna, ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação rio de janeiro Confidencial Analista de comunicação Atuará com assessoria de imprensa e comunicação da consultoria, será responsável pela criação de pautas e matérias para o site da ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação interna curitiba, paraná APRIORI RH Analista de comunicação interna Plano estratégico de comunicação interna com ações, prazos e indicadores de resultados através de avaliações e ajustes de foco, ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação interna rio grande do sul MUV RECURSOS HUMANOS Analista de comunicação interna Irá responder pela execução de ações de comunicação interna e endomarketing da empresa, elaborar plano anual?? de comunicação ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Estagiário área de Comunicação e Marketing jardim são paulo, são paulo ABRH BRASIL Estagiário área de Comunicação e Marketing Irá acompanhar os processos de orçamentação de produtos e serviços de apoio à área de comunicação e marketing, tais ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação serrana, são paulo USINA DA PEDRA Analista de comunicação Irá atuar com redação dos meios de comunicação interna. Atuar na comunicação interna (murais, comunicados, intranet, entre outros). ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Assessor de comunicação salvador, bahia Muito mais seleção Assessor de comunicação Irá atuar na coordenação de comunicação, definindo e executando as estratégias de comunicação corporativa. Beneficios A Combinar. Ensino ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação pleno serrana, são paulo USINA DA PEDRA Analista de comunicação pleno Irá atuar com redação dos meios de comunicação interna. Atuar na comunicação interna murais, comunicados, intranet, site, etc. ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação interna eldorado do sul, rio grande do sul MUV RECURSOS HUMANOS Analista de comunicação interna Irá responder pela execução de ações de comunicação interna e endomarketing da empresa, elaborar plano anual?? de comunicação ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação interna sabará, minas gerais ANGLOGOLD ASHANTI Analista de comunicação interna Atuará como analista de comunicação interna e demais atividades. Beneficios Superior completo em comunicação social, jornalismo, ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Estagiário de Comunicação jardim são paulo, são paulo AMON Estagiário de Comunicação Irá atuar prestando auxilio a área de comunicação conhecendo toda a rotina para obter experiência e conhecimento da profissão, prestar ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação diadema, são paulo Papaiz Analista de comunicação Irá realizar atividades de comunicação externa, operacionalizar e acompanhar as diversas ações juntos aos públicos de interesse de cada ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Estágio em comunicação social são bernardo do campo, são paulo RUF MARTINS PARCERIAS EMPRESARIAIS Estágio em comunicação social Ajudará na criação de briefing para peças institucionais ou promocionais e assessoria de comunicação social, em análise de ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação porto alegre, rio grande do sul RH Cursor Analista de comunicação Irá implementar as atividades de comunicação interna, externa do marketing da organização, acompanhar as ações junto às agências de ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação interna JR ribeirão preto, são paulo Lojas Riachuelo Analista de comunicação interna JR Será responsável por desenvolver, identificar, aplicar e acompanhar a comunicação interna entre a Riachuelo e seus ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação de marketing e endomarketing boituva, são paulo Auge Assessoria Analista de comunicação de marketing e endomarketing Elabora planejamento estratégico, propostas, relatórios, produtos e serviços de comunicação em conjunto com ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de Comunicação Interna belo jardim, alagoas BATERIAS MOURA Analista de Comunicação Interna Irá conduzir projetos e campanhas de comunicação Interna, relacionamento com públicos estratégicos da organização, realizar a ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação Interna Junior jardim são paulo, são paulo Confidencial Analista de comunicação Interna Junior Irá ser responsável por desenvolver, identificar, aplicar e acompanhar a comunicação interna entre a riachuelo e seus ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Consultor de comunicação barueri, são paulo EDITORA NOVO SÉCULO Consultor de comunicação Auxiliará no desenvolvimento de ações de comunicação interna e externa, elaborar conteúdo para redes sociais, site, newsletter, entre ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação e marketing jardim são paulo, são paulo Confidencial Analista de comunicação e marketing Irá participar do planejamento e execução dos projetos de comunicação e marketing. coordenar a criação de materiais de ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Estágio em Comunicação Social vila velha, ceará Confidencial Estágio em Comunicação Social Irá auxiliar na edição, arte e finalização de imagens utilizando programas, auxiliar a redigir notas para publicação, lançamentos ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Assistente de comunicação jardim são paulo, são paulo EVENTO FÁCIL Assistente de comunicação Irá atuar em eventos corporativos, mídias impressas e digitais, elaborar redação de press releases, artigos, desenvolvimento de ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação curitiba, paraná Operativa Assessoria RH Analista de comunicação Realizará o acompanhamento no desenvolvimento de vídeos corporativos e atendimento às demandas de comunicação aos colaboradores. ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Supervisor de comunicação uberlândia, minas gerais Confidencial Supervisor de comunicação Irá realizar as estratégias de comunicação interna e externa, revisar a redação de textos dos projetos e documentos em geral e propõe ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Supervisor de comunicação barueri, são paulo Confidencial Supervisor de comunicação Irá realizar as estratégias de comunicação interna e externa, revisar a redação de textos dos projetos e documentos em geral e propõe ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Supervisor de comunicação arujá, são paulo Confidencial Supervisor de comunicação Irá realizar as estratégias de comunicação interna e externa, revisar a redação de textos dos projetos e documentos em geral e propõe ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Analista de comunicação eventos jardim são paulo, são paulo CLEAR SALE Analista de comunicação eventos Atuará com Entrega dos eventos com qualidade, encantamento, conseguir gerar negócios, captar leads, mailing para prospecção da ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Supervisor de comunicação itapeua, amazonas Confidencial Supervisor de comunicação Irá realizar as estratégias de comunicação interna e externa, revisar a redação de textos dos projetos e documentos em geral e propõe ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Supervisor de comunicação jardim são paulo, são paulo Confidencial Supervisor de comunicação Irá realizar as estratégias de comunicação interna e externa, revisar a redação de textos dos projetos e documentos em geral e propõe ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Especialista de comunicação jardim são paulo, são paulo MANPOWER PORTO ALEGRE Especialista de comunicação Irá atuar como responsável pela comunicações internas da empresa, planejamento de ações e estratégias de comunicação interna, ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar Assistente de comunicação poços de caldas, minas gerais Confidencial Assistente de comunicação Irá atuar no auxílio no departamento de comunicação, materiais comerciais, site, vídeo institucional e demais materiais publicitários ... Descrição completa Enviar a um amigo Adicionar uma nota Adicionar aos favoritos Fechar Adicionar Enviar 1 2 3 4 Último Quer criar a subscrição pela sua solicitação “ Vagas de profissão Comunicação em Brazil ”? Inscreva-se Quer criar a subscrição pela sua solicitação “ Vagas de profissão Comunicação em Brazil ”? Inscreva-se Você está subscrito à newsletter “ Vagas de profissão Comunicação em Brazil ” Inscreva-se Вы уже подписаны на рассылку “ Vagas de profissão Comunicação em Brazil ” Inscreva-se Por favor, verifique a sua caixa de e-mail Enviamos-lhe a carta de confirmação para ativar a sua newsletter Seleccionar filtros Comunicação Redefinir filtros Salário 10000+ 1218 20000+ 383 30000+ 164 40000+ 96 50000+ 72 Horário de trabalho a combinar 108 Vagas similares Publicidade 10.582 Propaganda 3.860 Analista de marketing 3.143 Analista de comunicação 2.997 Assistente de marketing 2.908 Estagiário de marketing 2.300 promotor de merchandising 1.789 Assistente de comunicação 1.612 Supervisor de marketing 1.531 Gerente de marketing 1.415 Coordenador de marketing 1.381 Jornalismo 1.252 Estagiário de publicidade e propaganda 1.044 Marketing Interno 985 Estagiário de propaganda e marketing 890 Supervisor de merchandising 714 Editora 564 Marketing Manager 496 promotor de supermercados 437 Project Manager 352 Assistente de desenvolvimento de produção 272 Redator 230 Jornalista 170 Locutor 78 Qualquer vaga Vagas em Brazil nas outras categorias Administração 234.520 Comercial 227.137 Alimentação 96.794 Informática 95.979 Serviços Gerais 95.692 Recursos Humanos 93.685 Saúde 88.044 Industrial 84.425 Engenharia 66.759 Educação 57.237 Financeira 46.795 Logística 40.010 Segurança 33.766 Construção 30.846 Telemarketing 17.718 Design 15.090 Hotelaria 10.919 Jurídica 10.088 Social 9.358 Transportes 8.585 Pessoas Com Deficiência 6.481 Telecomunicações 5.964 Artes 4.978 Veterinária 1.988 Agronomia 1.896 Mecânico Automotivo 733 Deficientes 600 Todas as categorias Trabalhar em empresas em Brazil CasaeCafe 30.466 Manpower 2.688 Ambev 2.352 Randstad 2.071 Desidy 1.507 GLOBAL 1.503 Expert Consultoria 1.474 Luandre 1.234 RhBrasil 1.139 GRUPO PÃO DE AÇÚCAR 864 Global Empregos 825 Proativa Rh 787 Gi Group 735 Ast Consultoria 733 Nossa Gestao De Pessoas E Servicos 665 Rhf Talentos 629 Shamar RH 567 Gelre 538 Sucessor Rh 494 Soulan 470 ABRE 441 MRV 439 Robert Half 430 CWI Software 425 Jobcenter 415 Polishop 396 LC Consultoria 396 Clínica Madesa 391 Drogaria 369 AST Consult 358 todas as empresas Vagas em outras cidades São Paulo 7.885 Campinas 1.459 Rio Grande 1.297 Guarulhos 1.094 Catarina 975 Brasília 862 Belo Horizonte 762 Porto Alegre 733 Curitiba 616 Fortaleza 615 São José 541 Itajaí 409 Florianópolis 403 São José dos Campos 366 Maringá 281 Palmas 271 Bauru 219 Recife 199 Goiânia 199 Salvador 179 São Bernardo 173 Patos 172 Ribeirão Preto 165 Ribeirão 152 Manaus 144 Barueri 139 Valinhos 120 Patos de Minas 117 São Caetano do Sul 97 Londrina 93 Todas as cidades Experiência 6 meses 2024 sem experiência 1769 1 ano 12 2 anos 9 Tipo de vaga do empregador 19147 Subscreva-se com 1 clique Quer criar a subscrição pela sua solicitação “ Vagas de profissão Comunicação em Brazil ”? Inscreva-se Quer criar a subscrição pela sua solicitação “ Vagas de profissão Comunicação em Brazil ”? Alterar assinaturas Inscreva-se Вы уже подписаны на рассылку “ Vagas de profissão Comunicação em Brazil ” Alterar assinaturas Inscrição criada Você está subscrito à newsletter “ Vagas de profissão Comunicação em Brazil ” Alterar assinaturas Inscrição criada Por favor, verifique a sua caixa de e-mail Enviamos-lhe a carta de confirmação para ativar a sua newsletter Ainda não recebeu a carta? Enviar A média salarial para a profissão Comunicação Brazil é 1.501 BRL Assista estatísticas detalhadas Sobre nós Estamos em outro lugar Procure empregos A privacidade e termos de Para parceiros Fale conosco Blog Procurando candidatos em Brazil Siga-nos © 2017 Jobtonic.com.br Todos os direitos reservados Para cima



https://www.jobbydoo.com.br/vagas-comunica%C3%A7%C3%A3o-em-rio-de-janeiro
  Comunicação Vagas Rio de Janeiro, Emprego, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação Rio de Janeiro Comunicação em Rio de Janeiro Ordenar 1817 vagas Distância Agência de empregos Hays Tipo de contrato Aplicar filtro Remover o filtro CLT (242) Estagio (57) Consultor/Terceirizado/PJ (20) Contrato temporário (10) Horas de trabalho Aplicar filtro Remover o filtro Integral ... Comunicação Vagas Rio de Janeiro, Emprego, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação Rio de Janeiro Comunicação em Rio de Janeiro Ordenar 1817 vagas Distância ... ) R$ 40000 + (19) R$ 70000 + (5) R$ 100000 + (3) Ver Empregos Empregos Comunicação em Rio de Janeiro 1 ... vagas para Comunicação em Rio de Janeiro Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. agnis.com.br Gerente relações públicas - comunicação hoje AGNIS Rio de Janeiro Gerente CACHE

Comunicação Vagas Rio de Janeiro, Emprego, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação Rio de Janeiro Comunicação em Rio de Janeiro Ordenar 1817 vagas Distância Agência de empregos Hays Tipo de contrato Aplicar filtro Remover o filtro CLT (242) Estagio (57) Consultor/Terceirizado/PJ (20) Contrato temporário (10) Horas de trabalho Aplicar filtro Remover o filtro Integral (157) Parcial (27) Salário Aplicar filtro Remover o filtro R$ 10000 + (176) R$ 20000 + (58) R$ 40000 + (19) R$ 70000 + (5) R$ 100000 + (3) Ver Empregos Empregos Comunicação em Rio de Janeiro 1 - 15 de 1817 Receba as vagas por e-mail! Digite seu e-mail, você receberá grátis todas as novas vagas para Comunicação em Rio de Janeiro Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. agnis.com.br Gerente relações públicas - comunicação hoje AGNIS Rio de Janeiro Gerente Relações Públicas Ver detalhes Rio de Janeiro - 5 anos de experiência no gerenciamento das áreas de comunicação interna e externa em empresas multinacionais, preferencialmente do segmento de energia. Graduação em Comunicação Social, Marketing... Mais detalhes nube.com.br Comunicação Social Rio de Janeiro hoje Nube Rio de Janeiro Comunicação Social Ver detalhes Possível Auxílio-transporte: Sim. Recesso remunerado: Área de atuação: Comunicação Atividades de estágio: manter contato com os fornecedores, auxiliar no planejamento e produção de eventos, elaborar planilhas, prospectar... Mais detalhes bebee.com Estágio em comunicação social ontem Confidencial Rio de Janeiro Estágio Comunicação Social Ver detalhes Estágio em comunicação social Irá ajudar na prestação de assessoria, comunicação interna e externa. Beneficios: Vale Transporte. Vale Refeição. Formação Acadêmica: Superior cursando Experiência: Conhecimento... Mais detalhes bebee.com Estágio em comunicação ontem Confidencial Rio de Janeiro Estágio Comunicação Ver detalhes Estágio em comunicação Atuará com a produção de conteúdo para redes sociais. Criação de texto publicitários e demais atividades. Beneficios: A Combinar. Formação Acadêmica: Ensino superior em Comunicação . Experiência... Mais detalhes bebee.com Estágio em comunicação ontem Confidencial Rio de Janeiro Estágio Comunicação Ver detalhes Estágio em comunicação Ajuda na prestação de assessoria, comunicação interna e externa, presta apoio a organização de eventos, controle e planejamento de materiais e ambiente e comunicação . Beneficios: Formação... Mais detalhes bebee.com Estágio em comunicação há 2 dias INFOBASE Rio de Janeiro Estágio Comunicação Ver detalhes Estágio em comunicação Atuará com a produção de conteúdo para redes sociais. Criação de texto publicitários e demais atividades. Beneficios: A Combinar. Formação Acadêmica: Ensino superior em Comunicação . Experiência... Mais detalhes tiptopjob.com Estágio Em Comunicação há 3 dias Infobase Rio de Janeiro Estágio Comunicação Ver detalhes Estágio em comunicação Atuará com a produção de conteúdo para redes sociais. Criação de texto publicitários e demais atividades. Beneficios: A Combinar. Formação Acadêmica: Ensino superior em Comunicação . Experiência... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação há 4 dias Confidencial Rio de Janeiro Analista Comunicação Ver detalhes Analista de comunicação Atuará com assessoria de imprensa e comunicação da consultoria, será responsável pela criação de pautas e matérias para o site da empresa, atuar com mídias sociais, manter a boa imagem da empresa... Mais detalhes empregos.com.br Estágio em comunicação há 4 dias INFOBASE Rio de Janeiro Estágio Comunicação Ver detalhes Estágio em comunicação Atuará com a produção de conteúdo para redes sociais. Criação de texto publicitários e demais atividades. Beneficios: A Combinar. Formação Acadêmica: Ensino superior em Comunicação . Experiência... Mais detalhes vagas.com.br Analista de Comunicação Sr há 4 dias Airswift Rio de Janeiro Analista Comunicação Ver detalhes Requisitos: Inglês fluente. Experiência com comunicação interna. Experiência com Branding. Experiência com organização de eventos. Desejável: Experiência com design gráfico. Conhecimento em softwares de web design. Mais detalhes emprega-me.com.br Estagiário(a) de Comunicação/Marketing há 4 dias Rio de Janeiro Estagiária Comunicação Ver detalhes Estagio Estagiário(a) de Comunicação /Marketing por Banco de CV em Rio de Janeiro/RJ Estagiário(a) de Comunicação /Marketing Local: Rio de Janeiro/RJ Salário: R$ 1.000,00 Benefícios: Vale Refeição, Vale Transporte, Plano... Mais detalhes nube.com.br Comunicação Social Rio de Janeiro há 4 dias Nube Rio de Janeiro Comunicação Social Ver detalhes Vaga de Estágio Superior Tecnólogo e Superior Conclusão: 2º semestre de 2018 ao 2º semestre de 2019. Cidade / Bairro: Rio de Janeiro / Centro (Clique aqui para visualizar a localizaç aproximada da empresa. Lembre-se: Goo... Mais detalhes empregojusto.com Gestor de Comunicação há 4 dias Portal Local Rio de Janeiro Gestor Ver detalhes Atuar no portal local por meio da publicação diária de notícias locais, eventos locais, coberturas, publicidades, inclusões no guia comercial do site e em um trabalho comercial ativo e estratégico em campo para vender pr... Mais detalhes vagas.com.br Coordenador de Comunicação há 5 dias Futurestep Rio de Janeiro Coordenador Comunicação Ver detalhes Principais responsabilidades do cargo: • Identificar necessidades e oportunidades de comunicação trabalhando com representantes dos diversos negócios. • Planejar e ativar plataforma... Mais detalhes vagas.com.br Analista de Comunicação e Marketing há 5 dias Ipiranga Produtos de Petróleo S/A Rio de Janeiro Analista Comunicação Marketing Ver detalhes DESCRIÇÃO DA VAGA: - Desenvolvimento e implementação do plano de comunicação da empresa. - Suporte à composição do mix de comunicação , desenvolvendo e administrando os canais como revistas, internet, e marketing direto... Mais detalhes Mais vagas – Marketing / Comunicação em Rio de Janeiro Atendimento Cliente Técnico Serviços Atendimento Consumidor Atendimento Assistente Desenvolvimento Produto Técnico Marketing Vagas similares em Rio de Janeiro Atendimento Comunicação Área Comunicação Atendimento Técnico Comunicaçao Vagas de emprego Comunicação – mais localidades Niterói Nova Iguaçu São Gonçalo Expandir a pesquisa de emprego Comunicação Rio de Janeiro Nunca perca uma oportunidade de emprego! Digite seu e-mail agora e receba atualizações por e-mail das últimas vagas para Comunicação em Rio de Janeiro Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Termos de Serviço Política de Privacidade Contatos © 2017 Jobbydoo



https://www.jobbydoo.com.br/vagas-comunica%C3%A7%C3%A3o-em-belo-horizonte-%28mg%29
  Comunicação Vagas Belo Horizonte, Emprego, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação Belo Horizonte Comunicação em Belo Horizonte Ordenar 1777 vagas Relevância Data Distância Auto Localização exata 10km 20km 30km 40km 50km Agência de empregos Selpe Tipo de contrato Aplicar filtro Remover o filtro CLT (262) Estagio (71) Consultor/Terceirizado/PJ (14) Contrato temporário ... Comunicação Vagas Belo Horizonte, Emprego, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação Belo Horizonte Comunicação em Belo Horizonte Ordenar 1777 vagas Relevância ... Empregos Empregos Comunicação em Belo Horizonte Buscar vagas em Belo Horizonte (MG) Belo Horizonte ... vagas para Comunicação em Belo Horizonte Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail ... Ver detalhes Planejamento e Organização, Comunicação , Fornecer e receber Feedback, Foco no cliente CACHE

Comunicação Vagas Belo Horizonte, Emprego, Trabalho job bydoo Trabalho que você está procurando Onde Início Comunicação Belo Horizonte Comunicação em Belo Horizonte Ordenar 1777 vagas Relevância Data Distância Auto Localização exata 10km 20km 30km 40km 50km Agência de empregos Selpe Tipo de contrato Aplicar filtro Remover o filtro CLT (262) Estagio (71) Consultor/Terceirizado/PJ (14) Contrato temporário (3) Horas de trabalho Aplicar filtro Remover o filtro Integral (120) Parcial (20) Salário Aplicar filtro Remover o filtro R$ 10000 + (153) R$ 20000 + (48) R$ 40000 + (15) R$ 70000 + (2) Ver Empregos Empregos Comunicação em Belo Horizonte Buscar vagas em Belo Horizonte (MG) Belo Horizonte (RN) 1 - 15 de 1777 Receba as vagas por e-mail! Digite seu e-mail, você receberá grátis todas as novas vagas para Comunicação em Belo Horizonte Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. empregosim.com.br Encarregado de Loja hoje EMPREGOSIM Minas Gerais Encarregado Loja Ver detalhes Planejamento e Organização, Comunicação , Fornecer e receber Feedback, Foco no cliente, Flexibilidade, Iniciativa, Trabalho em Equipe, Solução de problemas.... Mais detalhes empregosim.com.br Programador de Centro de Usinagem hoje EMPREGOSIM Minas Gerais Programador Centro Usinagem Ver detalhes pressão, Atenção, Agilidade, Habilidade de Comunicação , Organização, Capacidade de Liderança, Flexibilidade, Disponibilidade.... Mais detalhes bebee.com Supervisor de comunicação hoje Confidencial Belo Horizonte Supervisor Ver detalhes Supervisor de comunicação Apoiar no desenvolvimento de estratégias e planos de comunicação , visando promover a imagem institucional e a alavancagem do negócio. Supervisionar os projetos e atividades de comunicação ... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação hoje Confidencial Belo Horizonte Analista Comunicação Ver detalhes Analista de comunicação Irá manter a funcionalidade plena do site da empresa como ferramenta principal de comunicação com o público externo por meio de manutenção periódica dos sistemas operacionais do portal bem... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação hoje Confidencial Belo Horizonte Analista Comunicação Ver detalhes Analista de comunicação Irá planejar pesquisas de opinião pública conforme demandas apresentadas, planejar e executar campanhas de opinião pública, contribuir na promoção de maior integração entre a empresa... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação hoje Confidencial Belo Horizonte Analista Comunicação Ver detalhes Analista de comunicação Irá planejar pesquisas de opinião pública conforme demandas apresentadas, planejar e executar campanhas de opinião pública, contribuir na promoção de maior integração entre a empresa... Mais detalhes bebee.com Gerente de comunicação hoje Confidencial Belo Horizonte Gerente Comunicação Ver detalhes Gerente de comunicação Será responsável por elaborar planos estratégicos das áreas de marketing e comunicação . Supervisionar a elaboração de catálogos de produtos, promovendo a sua divulgação. Planejar e supervisionar... Mais detalhes nube.com.br Comunicação Social Belo Horizonte - MG R$ 700,00 + benefícios hoje Nube Estágios Belo Horizonte Comunicação Social Ver detalhes Estagio Vaga de Estágio Número da Oportunidade(OE): 152059 Cursos: Clique aqui para visualizar os cursos exigidos pela vaga. Nível: Superior Cursando: 4º semestre ao 7º semestre. Conclusão: 1º semestre de 2018 ao 2º semestre de ... Mais detalhes bebee.com Assistente de comunicação ontem BHS Belo Horizonte Assistente Comunicação Ver detalhes Assistente de comunicação Irá auxiliar o departamento administrativo e RH nas atividades de comunicação interna e ações voltadas ao colaborador, desenvolver comunicados internos, auxiliar no desenvolvimento de campanhas... Mais detalhes bebee.com Supervisor de comunicação ontem GRUPO SELPE Belo Horizonte Supervisor Ver detalhes Supervisor de comunicação Irá poiar no desenvolvimento de estratégias e planos de comunicação , visando promover a imagem institucional e a alavancagem do negócio, supervisionar os projetos e atividades de comunicação ... Mais detalhes bebee.com Estagio em Comunicação ontem MAKERH RECURSOS HUMANOS Belo Horizonte Estágio Comunicação Ver detalhes Estagio em Comunicação Será responsável por executar e controlar as atividades do plano de comunicação interna e externa, elaborar material de comunicação interna e externa, incluindo infogiro, infogrupo banco... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação ontem Sl Consultoria em Recursos Humanos Belo Horizonte Analista Comunicação Ver detalhes Analista de comunicação Será responsável por apoiar, orientar e monitorar as atividades relacionadas ao departamento de comunicação da empresa, coordenar e colaborar com as produções internas, supervisionar e apoiar... Mais detalhes bebee.com Analista de comunicação júnior ontem LEADERRH Belo Horizonte Analista Comunicação Junior Ver detalhes Analista de comunicação júnior Atuará no setor de comunicação com produção de conteúdo para mídias online e offline, planejamento e execução de estratégias de marketing, relacionamento com clientes e interface com áreas... Mais detalhes bebee.com Vendedor de Comunicação Visual ontem A&R Soluções Empresariais Belo Horizonte Vendedor Comunicação Visual Ver detalhes Vendedor de Comunicação Visual Irá realizar venda de Comunicação Visual. Beneficios: Vale Transporte. Bonificação /Comissão. Formação Acadêmica: Ensino médio completo. Experiência: Necessário experiência em vendas... Mais detalhes empregominasgerais.com.br Empregos Assistente De Comunicação E Marketing -Belo Horizonte-Mg hoje Belo Horizonte Assistente Comunicação Marketing Ver detalhes Assistente de Comunicação e Marketing Habilidades necessárias: Boa comunicação verbal e escrita. capacidade de planejamento e organização. responsabilidade e compromisso com metas e prazos. Escolaridade: Cursando... Mais detalhes Mais vagas – Marketing / Comunicação em Belo Horizonte Atendimento Cliente Técnico Serviços Assistente Desenvolvimento Produto Atendimento Consumidor Atendimento Técnico Marketing Vagas similares em Belo Horizonte Atendimento Comunicação Área Comunicação Atendimento Técnico Comunicaçao Vagas de emprego Comunicação – mais localidades Patos de Minas Uberlândia Contagem Expandir a pesquisa de emprego Comunicação Belo Horizonte Nunca perca uma oportunidade de emprego! Digite seu e-mail agora e receba atualizações por e-mail das últimas vagas para Comunicação em Belo Horizonte Você pode cancelar o seu alerta de vagas por e-mail a qualquer momento. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Termos de Serviço Política de Privacidade Contatos © 2017 Jobbydoo



http://domaza.com.br/communication-16849-4981-0-0-0-0-sl/
  Comunicação No mundo todo | Domaza.com.br Definições País Österreich Belgium България Česká republika République française Deutschland Ελλάδα Χώρα Magyarország Italia Latvija Lietuva Luxembourg Nederland Polska Portugal România Россия Slovenija España Sverige Türkiye United Kingdom Црна Гора Republika Srbija Schweiz Украина(Русский) Україна(Українська) Белару́сь Hrvatska Norwegian Eesti Liechtenstein ... Comunicação No mundo todo | Domaza.com.br Definições País Österreich Belgium България Česká ... Contatos Publicidade Funcionalidade Portal de Imóveis Comunicação No mundo todo Conecte-se ... ; Imóveis / Catálogo de imóveis / Comunicação Comunicação No mundo todo Países Alterado pela última vez 2017-10-26 Comunicação Em _ Comunicação Em Abecasia Comunicação Em Afeganistão Comunicação Em Africa do Sul Comunicação Em Åland Comunicação Em Albânia Comunicação Em Alemanha Comunicação Em Andorra CACHE

Comunicação No mundo todo | Domaza.com.br Definições País Österreich Belgium България Česká republika République française Deutschland Ελλάδα Χώρα Magyarország Italia Latvija Lietuva Luxembourg Nederland Polska Portugal România Россия Slovenija España Sverige Türkiye United Kingdom Црна Гора Republika Srbija Schweiz Украина(Русский) Україна(Українська) Белару́сь Hrvatska Norwegian Eesti Liechtenstein Danmark Finland Iceland Ireland Slovakia Albania Malta Қазақстан(Қазақша) Казахстан(Русский) Россия Türkiye Việt Nam(Tiếng Việt) Vietnam(English) 中国(中文) China(English) India Taiwan United Arab Emirates(العربية) United Arab Emirates(English) 香港(中文) Hong Kong(English) Qatar Pakistan Philippines Mongolia United States(English) Canada Brasil México Kalaallit Nunaat Chile Columbia Peru Estados Unidos(Español) New Zealand Australia Equatorial Guinea Gabon Kenya Mali Nigeria South Africa Uganda Moeda BRL BRL USD EUR RUB BGN CHF CZK GBP PLN RON TRY Sistema de unidade Metric (m 2 ) Metric (m2) Imperial (ft2) Anuncie Perfil Entrar para Domaza AS MINHAS PESQUISAS Meus favoritos Links úteis Casa Contatos Publicidade Funcionalidade Portal de Imóveis Comunicação No mundo todo Conecte-se Inscrição Começo Imóveis Projetos de Investimento Negócio Companhias Notícias Útil Análises Venda Alugar Aluguel de um dia Meus favoritos 0 Anuncie Raio: km Somente nesta área 1/4 km 1/2 km 1 km 2 km 4 km 6 km 8 km 10 km 20 km 30 km 40 km Selecionar distrito Selecionar Metro Melhores Locais Escolha o local País Escolher Abecasia Africa do Sul Albânia Alemanha Andorra Antigua e Barbuda Armenia Australia Austria Azerbaijão Barbados Belgica Belize Bielorrussia Bosnia e Herzegovina Brasil Bulgaria Cabo Verde Camarões Canada Catar Cazaquistão China Chipre Chipre do Norte Colômbia Coreia do Sul Costa Rica Costa do Marfim Croacia Dinamarca Dominicana Egito Emirados Arabes Unidos Escocia Eslovaquia Eslovenia Espanha Estados Unidos Estonia Filipinas Finlândia França Georgia Granada Grecia Gâmbia Hungria India Indonesia Inglaterra Iraque Islândia Israel Italija Jamaica Japão Kuwait Letonia Libano Lituânia Luxemburgo Malta Marrocos Mauricia Mexico Moldavia Monaco Montenegro Nova Zelândia Pais de Gales Paises Baixos Polonia Portugal Quirguistão Romenia Russia San Marino Santa Lucia Seicheles Servia Singapura Sri Lanka Suecia Suiça São Cristovão e Nevis Tailândia Tanzânia Tcheca Tunisia Turquemenistão Turquia Ucrânia Uzbequistão Venezuela Vietnã Região Pernambuco Rio Grande do Norte Santa Catarina Sao Paulo Cidade / Comunidade District Metro Microdistrict Raio Somente nesta área 1/4 km 1/2 km 1 km 2 km 4 km 6 km 8 km 10 km 20 km 30 km 40 km Pesquisa Claro Tipo de imóvel Imóveis Habitação Apartamento Penthouse Casinha Estúdio Apartamento em complexo residencial Ateliê Quarto Attic plana Sótão Souterrain Prédio-Flat Moradia Casa sem quintal Moradia num complexo de habitações Andares Casa de férias Casa de campo Complexo Em um resort Na cidade Fora da cidade Complexo de moradias Complexo de apartamentos Terreno para construção Com licença de construção Sem permissão de planeamento Garagem Quarto / Parte de casa Residência Ilha Palácio Imóveis comerciais Escritório Em prédio de escritórios Na construção do Estado No Edifício Medical Em Business Park Em prédio de apartamentos Em Laboratório Em Armazém Bar / Restaurante Standing Individual Em Shopping Center Em prédio de escritórios Em prédio de apartamentos Café Discoteca Bar Restaurante Loja Standing Individual Em Shopping Center Em prédio de escritórios Em prédio de apartamentos Varejo Hipermercado Loja De Departamentos Armazém Aparelhos de refrigeração Centros Logísticos Salão / Galpão Salão Industrial / galpão Armazém Espaço Armazém Local industrial Aparelhos de refrigeração Centros Logísticos Industrial e Zona Comercial Estacão de gasolina Parque de estacionamento Parque de estacionamento interior Lavagem de carros Prédio de habitação Edifício de escritórios Centro comercial Hipermercado Shopping Centro de saúde Standing Individual Em prédio de apartamentos Hospital Hotel / Motel Outros Fábrica Factory Outlet Terreno para negócio Outros Misto Agrícolas/económicos Terreno cultivável Campo Pasto Vinha Pomar Jardim de flores Floresta Quinta/Ferma Castelo Parque de caça Caça e silvicultura Celeiro/Palheiro Pesquisa Claro Preço Preço (BRL) 10 000 15 000 20 000 30 000 40 000 50 000 60 000 75 000 90 000 100 000 150 000 200 000 300 000 400 000 500 000 750 000 1 000 000 1 250 000 1 500 000 1 750 000 2 000 000 2 250 000 2 500 000 2 750 000 3 000 000 10 000 15 000 20 000 30 000 40 000 50 000 60 000 75 000 90 000 100 000 150 000 200 000 300 000 400 000 500 000 750 000 1 000 000 1 250 000 1 500 000 1 750 000 2 000 000 2 250 000 2 500 000 2 750 000 3 000 000 Mais filtros Limpar filtros Superfície Qualquer Superfície m 2 - 20 40 60 80 100 120 140 180 220 260 300 - 20 40 60 80 100 120 140 180 220 260 300 Refrescar Claro Andares Qualquer Andares - 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 - 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 Refrescar Claro Número de andares no prédio Qualquer Número de andares no prédio - 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 - 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 Refrescar Claro Número de assoalhadas Qualquer Número de assoalhadas - 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 - 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 Refrescar Claro Número de quartos Qualquer Número de quartos - 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 - 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 Refrescar Claro Proposta de Agência de Imobiliário Particular Companhia de construção Sociedade de investimento Banco Corretor independente Property Category Deluxe Economy Standart Vista Vista para a piscina View Patio Vista da rua Vista para o mar Vista para o rio Vista para a montanha Vista para o lago Vista para o parque Caraterísticas do imóvel Electric kettle* Hair dryer* Hot plate* Iron* Iron stand* Microwave* Toaster* Elevador Satélite ou TV a cabo Internet Sistema de Ar condicionado Sistema De Alarme Acesso controlado Guarda Varanda Terraço Cozinha equipada Kitchenette Despensa Lavanderia Lavaroupas Banheira Bidê Lareira Porão Sótão Armazenamento de bicicleta WC para Visitas Nova armação – janelas Casa de banho com janela Jardim Jardim de Inverno Outdoor Grill Academia Sauna Vapor Jacuzzi Piscina Campo de ténis Animais de estimação Considerado Permitido fumar Apenas não fumadores Adequado para idosos ou deficientes Acessível A Cadeiras De Rodas Sistema de aquecimento Sem manutenção anual Proposta de Agência de Imobiliário Particular Companhia de construção Sociedade de investimento Banco Corretor independente Finalidade do imóvel Compra-se Let Domicílio principal Renda garantida Para investimento Para recreio Revestimento Leste Norte Nordeste Noroeste Sul Sudeste Sudoeste Ocidente Vista Vista para a piscina View Patio Vista da rua Vista para o mar Vista para o rio Vista para a montanha Vista para o lago Vista para o parque Propriedade Com base no terceiro Terra Propriedade Plano Permissão para construir Propriedade Compartilhada A propriedade exclusiva Mobiliário Mobilado Mobilado-Part Sem mobília Quartos / Dormitórios Privado Compartilhado Construção civil Painel Tijolo Armação de larga superfície Traves Casa montável Casa de madeira Camas para Alugar 1 2 3 4 5+ Caraterísticas do imóvel Elevador Satélite ou TV a cabo Internet Sistema de Ar condicionado Sistema De Alarme Acesso controlado Guarda Varanda Terraço Cozinha equipada Kitchenette Despensa Lavanderia Lavaroupas Banheira Bidê Lareira Porão Sótão Armazenamento de bicicleta WC para Visitas Nova armação – janelas Casa de banho com janela Jardim Jardim de Inverno Outdoor Grill Academia Sauna Vapor Jacuzzi Piscina Campo de ténis Animais de estimação Considerado Permitido fumar Apenas não fumadores Adequado para idosos ou deficientes Acessível A Cadeiras De Rodas GRAU DE ACABAMENTO Construções novas Em vias de construção Construções antigas Primeira Profissão Com alvará de exploração Em etapa de projeto Parque de estacionamento Estacionamento Telheiro Garagem Lugar de estacionamento Estacionamento subterrâneo Tipo de aluguel Comercial Longo Prazo Outros Curto Prazo Aluna Características Cama Infantil Lava-Louças Sheets Talheres Fontes de energia Alternativa Eletricidade Geotérmica Gás Óleo Communal Aquecimento Geotérmica Bomba de Calor A hidroeletricidade Pastilha Solar Aluguel Negociável Não Sim Período de ocupação Deixa Curto Pet política Chamada Não Sim Pagamento único No one-off pagamento Pagamento único Serviços Adicionais Limpeza Nível de Ruído Os níveis médios de ruído Níveis de ruído excessivo Níveis de ruído insignificantes Quiet Location Destinação do imóvel Luxuoso Desenhista Para Demolição Para Renovação Parcialmente renovado Pobre Renovado Baixo preço características da área Golfe SPA Estacão balnear Primeira linha mar Até 500 m do mar Segunda linha do mar - até 700 m Linha de mar Third - acima de 700 m Caça e pesca Em/Perto de Esqui Lagos/Rios Montanhas Modo de pagamento Sem taxa para o comprador Aluguel com opção de compra Hipoteca Hot Deal Arrendamento Preço promocional Parcelamento Preço a negociar Leilão Sistema de aquecimento Central District Heating Aquecimento no chão Individual de aquecimento a gás Fogão de aquecimento Aquecimento central Pavimentação Cimento Carpete Mármore Pedra Madeira de lei Laminado Plástico Tiles Soalho Proposta de Agência de Imobiliário Particular Companhia de construção Sociedade de investimento Banco Corretor independente Finalidade do imóvel Compra-se Let Domicílio principal Renda garantida Para investimento Para recreio Revestimento Leste Norte Nordeste Noroeste Sul Sudeste Sudoeste Ocidente Vista Vista para a piscina View Patio Vista da rua Vista para o mar Vista para o rio Vista para a montanha Vista para o lago Vista para o parque Propriedade Com base no terceiro Terra Propriedade Plano Permissão para construir Propriedade Compartilhada A propriedade exclusiva Mobiliário Mobilado Mobilado-Part Sem mobília Quartos / Dormitórios Privado Compartilhado Construção civil Painel Tijolo Armação de larga superfície Traves Casa montável Casa de madeira Caraterísticas do imóvel Elevador Satélite ou TV a cabo Internet Sistema de Ar condicionado Sistema De Alarme Acesso controlado Guarda Varanda Terraço Cozinha equipada Kitchenette Despensa Lavanderia Lavaroupas Banheira Bidê Lareira Porão Sótão Armazenamento de bicicleta WC para Visitas Nova armação – janelas Casa de banho com janela Jardim Jardim de Inverno Outdoor Grill Academia Sauna Vapor Jacuzzi Piscina Campo de ténis Animais de estimação Considerado Permitido fumar Apenas não fumadores Adequado para idosos ou deficientes Acessível A Cadeiras De Rodas GRAU DE ACABAMENTO Construções novas Em vias de construção Construções antigas Primeira Profissão Com alvará de exploração Em etapa de projeto Parque de estacionamento Estacionamento Telheiro Garagem Lugar de estacionamento Estacionamento subterrâneo Destinação do imóvel Luxuoso Desenhista Para Renovação Parcialmente renovado Renovado Baixo preço características da área Golfe SPA Estacão balnear Primeira linha mar Até 500 m do mar Segunda linha do mar - até 700 m Linha de mar Third - acima de 700 m Caça e pesca Em/Perto de Esqui Lagos/Rios Montanhas Modo de pagamento Sem taxa para o comprador Aluguel com opção de compra Hipoteca Hot Deal Arrendamento Preço promocional Parcelamento Preço a negociar Leilão Compensação Sistema de aquecimento District Heating Aquecimento no chão Individual de aquecimento a gás Fogão de aquecimento Aquecimento central Fotovoltaica Pavimentação Cimento Carpete Mármore Pedra Madeira de lei Laminado Plástico Tiles Soalho Proposta de Agência de Imobiliário Particular Companhia de construção Sociedade de investimento Banco Corretor independente Finalidade do imóvel Compra-se Let Domicílio principal Renda garantida Para investimento Para recreio Revestimento Leste Norte Nordeste Noroeste Sul Sudeste Sudoeste Ocidente Vista Vista para a piscina View Patio Vista da rua Vista para o mar Vista para o rio Vista para a montanha Vista para o lago Vista para o parque Propriedade Com base no terceiro Terra Propriedade Plano Permissão para construir Propriedade Compartilhada A propriedade exclusiva Mobiliário Mobilado Mobilado-Part Sem mobília Quartos / Dormitórios Privado Compartilhado Construção civil Painel Tijolo Armação de larga superfície Traves Casa montável Casa de madeira Caraterísticas do imóvel Elevador Satélite ou TV a cabo Internet Sistema de Ar condicionado Sistema De Alarme Acesso controlado Guarda Varanda Terraço Cozinha equipada Kitchenette Despensa Lavanderia Lavaroupas Banheira Bidê Lareira Porão Sótão Armazenamento de bicicleta WC para Visitas Nova armação – janelas Casa de banho com janela Jardim Jardim de Inverno Outdoor Grill Academia Sauna Vapor Jacuzzi Piscina Campo de ténis Animais de estimação Considerado Permitido fumar Apenas não fumadores Adequado para idosos ou deficientes Acessível A Cadeiras De Rodas GRAU DE ACABAMENTO Construções novas Em vias de construção Construções antigas Primeira Profissão Com alvará de exploração Em etapa de projeto Parque de estacionamento Estacionamento Telheiro Garagem Lugar de estacionamento Estacionamento subterrâneo Tipo de aluguel Comercial Longo Prazo Outros Curto Prazo Aluna Características Cama Infantil Lava-Louças Sheets Talheres Fontes de energia Alternativa Eletricidade Geotérmica Gás Óleo Communal Aquecimento Geotérmica Bomba de Calor A hidroeletricidade Pastilha Solar Aluguel Negociável Não Sim Pet política Chamada Não Sim Pagamento único No one-off pagamento Pagamento único Serviços Adicionais Limpeza Nível de Ruído Os níveis médios de ruído Níveis de ruído excessivo Níveis de ruído insignificantes Quiet Location Destinação do imóvel Luxuoso Desenhista Para Demolição Para Renovação Parcialmente renovado Pobre Renovado Baixo preço características da área Golfe SPA Estacão balnear Primeira linha mar Até 500 m do mar Segunda linha do mar - até 700 m Linha de mar Third - acima de 700 m Caça e pesca Em/Perto de Esqui Lagos/Rios Montanhas Modo de pagamento Sem taxa para o comprador Aluguel com opção de compra Hipoteca Hot Deal Arrendamento Preço promocional Parcelamento Preço a negociar Leilão Sistema de aquecimento District Heating Aquecimento no chão Individual de aquecimento a gás Fogão de aquecimento Aquecimento central Pavimentação Cimento Carpete Mármore Pedra Madeira de lei Laminado Plástico Tiles Soalho Perto Pesquisa Superfície Qualquer Superfície m 2 - 20 40 60 80 100 120 140 180 220 260 300 - 20 40 60 80 100 120 140 180 220 260 300 Refrescar Claro Andares Qualquer Andares - 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 - 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 Refrescar Claro Número de andares no prédio Qualquer Número de andares no prédio - 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 - 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 Refrescar Claro Número de assoalhadas Qualquer Número de assoalhadas - 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 - 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 Refrescar Claro Número de quartos Qualquer Número de quartos - 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 - 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 Refrescar Claro Proposta de Qualquer Agência de Imobiliário Particular Companhia de construção Sociedade de investimento Banco Corretor independente Property Category Qualquer Deluxe Economy Standart Vista Qualquer Vista para a piscina View Patio Vista da rua Vista para o mar Vista para o rio Vista para a montanha Vista para o lago Vista para o parque Caraterísticas do imóvel Qualquer Electric kettle* Hair dryer* Hot plate* Iron* Iron stand* Microwave* Toaster* Elevador Satélite ou TV a cabo Internet Sistema de Ar condicionado Sistema De Alarme Acesso controlado Guarda Varanda Terraço Cozinha equipada Kitchenette Despensa Lavanderia Lavaroupas Banheira Bidê Lareira Porão Sótão Armazenamento de bicicleta WC para Visitas Nova armação – janelas Casa de banho com janela Jardim Jardim de Inverno Outdoor Grill Academia Sauna Vapor Jacuzzi Piscina Campo de ténis Animais de estimação Considerado Permitido fumar Apenas não fumadores Adequado para idosos ou deficientes Acessível A Cadeiras De Rodas Sistema de aquecimento Sem manutenção anual Finalidade do imóvel Qualquer Compra-se Let Domicílio principal Renda garantida Para investimento Para recreio Revestimento Qualquer Leste Norte Nordeste Noroeste Sul Sudeste Sudoeste Ocidente Vista Qualquer Vista para a piscina View Patio Vista da rua Vista para o mar Vista para o rio Vista para a montanha Vista para o lago Vista para o parque Propriedade Qualquer Com base no terceiro Terra Propriedade Plano Permissão para construir Propriedade Compartilhada A propriedade exclusiva Mobiliário Qualquer Mobilado Mobilado-Part Sem mobília Quartos / Dormitórios Qualquer Privado Compartilhado Construção civil Qualquer Painel Tijolo Armação de larga superfície Traves Casa montável Casa de madeira Camas para Alugar Qualquer 1 2 3 4 5+ Caraterísticas do imóvel Qualquer Elevador Satélite ou TV a cabo Internet Sistema de Ar condicionado Sistema De Alarme Acesso controlado Guarda Varanda Terraço Cozinha equipada Kitchenette Despensa Lavanderia Lavaroupas Banheira Bidê Lareira Porão Sótão Armazenamento de bicicleta WC para Visitas Nova armação – janelas Casa de banho com janela Jardim Jardim de Inverno Outdoor Grill Academia Sauna Vapor Jacuzzi Piscina Campo de ténis Animais de estimação Considerado Permitido fumar Apenas não fumadores Adequado para idosos ou deficientes Acessível A Cadeiras De Rodas GRAU DE ACABAMENTO Qualquer Construções novas Em vias de construção Construções antigas Primeira Profissão Com alvará de exploração Em etapa de projeto Parque de estacionamento Qualquer Estacionamento Telheiro Garagem Lugar de estacionamento Estacionamento subterrâneo Tipo de aluguel Qualquer Comercial Longo Prazo Outros Curto Prazo Aluna Características Qualquer Cama Infantil Lava-Louças Sheets Talheres Fontes de energia Qualquer Alternativa Eletricidade Geotérmica Gás Óleo Communal Aquecimento Geotérmica Bomba de Calor A hidroeletricidade Pastilha Solar Aluguel Negociável Qualquer Não Sim Período de ocupação Qualquer Deixa Curto Pet política Qualquer Chamada Não Sim Pagamento único Qualquer No one-off pagamento Pagamento único Serviços Adicionais Qualquer Limpeza Nível de Ruído Qualquer Os níveis médios de ruído Níveis de ruído excessivo Níveis de ruído insignificantes Quiet Location Destinação do imóvel Qualquer Luxuoso Desenhista Para Demolição Para Renovação Parcialmente renovado Pobre Renovado Baixo preço características da área Qualquer Golfe SPA Estacão balnear Primeira linha mar Até 500 m do mar Segunda linha do mar - até 700 m Linha de mar Third - acima de 700 m Caça e pesca Em/Perto de Esqui Lagos/Rios Montanhas Modo de pagamento Qualquer Sem taxa para o comprador Aluguel com opção de compra Hipoteca Hot Deal Arrendamento Preço promocional Parcelamento Preço a negociar Leilão Sistema de aquecimento Qualquer Central District Heating Aquecimento no chão Individual de aquecimento a gás Fogão de aquecimento Aquecimento central Pavimentação Qualquer Cimento Carpete Mármore Pedra Madeira de lei Laminado Plástico Tiles Soalho Finalidade do imóvel Qualquer Compra-se Let Domicílio principal Renda garantida Para investimento Para recreio Revestimento Qualquer Leste Norte Nordeste Noroeste Sul Sudeste Sudoeste Ocidente Vista Qualquer Vista para a piscina View Patio Vista da rua Vista para o mar Vista para o rio Vista para a montanha Vista para o lago Vista para o parque Propriedade Qualquer Com base no terceiro Terra Propriedade Plano Permissão para construir Propriedade Compartilhada A propriedade exclusiva Mobiliário Qualquer Mobilado Mobilado-Part Sem mobília Quartos / Dormitórios Qualquer Privado Compartilhado Construção civil Qualquer Painel Tijolo Armação de larga superfície Traves Casa montável Casa de madeira Caraterísticas do imóvel Qualquer Elevador Satélite ou TV a cabo Internet Sistema de Ar condicionado Sistema De Alarme Acesso controlado Guarda Varanda Terraço Cozinha equipada Kitchenette Despensa Lavanderia Lavaroupas Banheira Bidê Lareira Porão Sótão Armazenamento de bicicleta WC para Visitas Nova armação – janelas Casa de banho com janela Jardim Jardim de Inverno Outdoor Grill Academia Sauna Vapor Jacuzzi Piscina Campo de ténis Animais de estimação Considerado Permitido fumar Apenas não fumadores Adequado para idosos ou deficientes Acessível A Cadeiras De Rodas GRAU DE ACABAMENTO Qualquer Construções novas Em vias de construção Construções antigas Primeira Profissão Com alvará de exploração Em etapa de projeto Parque de estacionamento Qualquer Estacionamento Telheiro Garagem Lugar de estacionamento Estacionamento subterrâneo Destinação do imóvel Qualquer Luxuoso Desenhista Para Renovação Parcialmente renovado Renovado Baixo preço características da área Qualquer Golfe SPA Estacão balnear Primeira linha mar Até 500 m do mar Segunda linha do mar - até 700 m Linha de mar Third - acima de 700 m Caça e pesca Em/Perto de Esqui Lagos/Rios Montanhas Modo de pagamento Qualquer Sem taxa para o comprador Aluguel com opção de compra Hipoteca Hot Deal Arrendamento Preço promocional Parcelamento Preço a negociar Leilão Compensação Sistema de aquecimento Qualquer District Heating Aquecimento no chão Individual de aquecimento a gás Fogão de aquecimento Aquecimento central Fotovoltaica Pavimentação Qualquer Cimento Carpete Mármore Pedra Madeira de lei Laminado Plástico Tiles Soalho Finalidade do imóvel Qualquer Compra-se Let Domicílio principal Renda garantida Para investimento Para recreio Revestimento Qualquer Leste Norte Nordeste Noroeste Sul Sudeste Sudoeste Ocidente Vista Qualquer Vista para a piscina View Patio Vista da rua Vista para o mar Vista para o rio Vista para a montanha Vista para o lago Vista para o parque Propriedade Qualquer Com base no terceiro Terra Propriedade Plano Permissão para construir Propriedade Compartilhada A propriedade exclusiva Mobiliário Qualquer Mobilado Mobilado-Part Sem mobília Quartos / Dormitórios Qualquer Privado Compartilhado Construção civil Qualquer Painel Tijolo Armação de larga superfície Traves Casa montável Casa de madeira Caraterísticas do imóvel Qualquer Elevador Satélite ou TV a cabo Internet Sistema de Ar condicionado Sistema De Alarme Acesso controlado Guarda Varanda Terraço Cozinha equipada Kitchenette Despensa Lavanderia Lavaroupas Banheira Bidê Lareira Porão Sótão Armazenamento de bicicleta WC para Visitas Nova armação – janelas Casa de banho com janela Jardim Jardim de Inverno Outdoor Grill Academia Sauna Vapor Jacuzzi Piscina Campo de ténis Animais de estimação Considerado Permitido fumar Apenas não fumadores Adequado para idosos ou deficientes Acessível A Cadeiras De Rodas GRAU DE ACABAMENTO Qualquer Construções novas Em vias de construção Construções antigas Primeira Profissão Com alvará de exploração Em etapa de projeto Parque de estacionamento Qualquer Estacionamento Telheiro Garagem Lugar de estacionamento Estacionamento subterrâneo Tipo de aluguel Qualquer Comercial Longo Prazo Outros Curto Prazo Aluna Características Qualquer Cama Infantil Lava-Louças Sheets Talheres Fontes de energia Qualquer Alternativa Eletricidade Geotérmica Gás Óleo Communal Aquecimento Geotérmica Bomba de Calor A hidroeletricidade Pastilha Solar Aluguel Negociável Qualquer Não Sim Pet política Qualquer Chamada Não Sim Pagamento único Qualquer No one-off pagamento Pagamento único Serviços Adicionais Qualquer Limpeza Nível de Ruído Qualquer Os níveis médios de ruído Níveis de ruído excessivo Níveis de ruído insignificantes Quiet Location Destinação do imóvel Qualquer Luxuoso Desenhista Para Demolição Para Renovação Parcialmente renovado Pobre Renovado Baixo preço características da área Qualquer Golfe SPA Estacão balnear Primeira linha mar Até 500 m do mar Segunda linha do mar - até 700 m Linha de mar Third - acima de 700 m Caça e pesca Em/Perto de Esqui Lagos/Rios Montanhas Modo de pagamento Qualquer Sem taxa para o comprador Aluguel com opção de compra Hipoteca Hot Deal Arrendamento Preço promocional Parcelamento Preço a negociar Leilão Sistema de aquecimento Qualquer District Heating Aquecimento no chão Individual de aquecimento a gás Fogão de aquecimento Aquecimento central Pavimentação Qualquer Cimento Carpete Mármore Pedra Madeira de lei Laminado Plástico Tiles Soalho > Imóveis / Catálogo de imóveis / Comunicação Comunicação No mundo todo Países Alterado pela última vez 2017-10-26 Comunicação Em _ Comunicação Em Abecasia Comunicação Em Afeganistão Comunicação Em Africa do Sul Comunicação Em Åland Comunicação Em Albânia Comunicação Em Alemanha Comunicação Em Andorra Comunicação Em Angola Comunicação Em Anguilla Comunicação Em Antartida Comunicação Em Antigua e Barbuda Comunicação Em Antilhas Neerlandesas Comunicação Em Arabia Saudita Comunicação Em Argelia Comunicação Em Argentina Comunicação Em Armenia Comunicação Em Aruba Comunicação Em Australia Comunicação Em Austria Comunicação Em Azerbaijão Comunicação Em Bahamas Comunicação Em Bahamas Comunicação Em Bahrein Comunicação Em Bangladesh Comunicação Em Barbados Comunicação Em Belgica Comunicação Em Belize Comunicação Em Benim Comunicação Em Bermudas Comunicação Em Bielorrussia Comunicação Em Bolivia Comunicação Em Bonaire Comunicação Em Bosnia e Herzegovina Comunicação Em Botswana Comunicação Em Brasil Comunicação Em Brunei Comunicação Em Bulgaria Comunicação Em Burkina Faso Comunicação Em Burundi Comunicação Em Butão Comunicação Em Cabo Verde Comunicação Em Camarões Comunicação Em Camboja Comunicação Em Canada Comunicação Em Catar Comunicação Em Cazaquistão Comunicação Em Chade Comunicação Em Chile Comunicação Em China Comunicação Em Chipre Comunicação Em Chipre do Norte Comunicação Em Coletividade de São Bartolomeu Comunicação Em Colômbia Comunicação Em Comores Comunicação Em Congo Comunicação Em Coreia do Norte Comunicação Em Coreia do Sul Comunicação Em Costa do Marfim Comunicação Em Costa Rica Comunicação Em Croacia Comunicação Em Cuba Comunicação Em Dinamarca Comunicação Em Djibouti Comunicação Em Dominica Comunicação Em Dominicana Comunicação Em Egito Comunicação Em El Salvador Comunicação Em Emirados Arabes Unidos Comunicação Em Equador Comunicação Em Eritreia Comunicação Em Escocia Comunicação Em Eslovaquia Comunicação Em Eslovenia Comunicação Em Espanha Comunicação Em Estados Federados da Micronésia Comunicação Em Estados Unidos Comunicação Em Estonia Comunicação Em Etiopia Comunicação Em Fiji Comunicação Em Filipinas Comunicação Em Finlândia Comunicação Em França Comunicação Em Gabão Comunicação Em Gâmbia